História Um amor diferente - Jeon Jungkook - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bangtan Boys(bts), Blackpink, Kpop
Visualizações 75
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 49 - Just feel - Parte 1


Fanfic / Fanfiction Um amor diferente - Jeon Jungkook - Capítulo 49 - Just feel - Parte 1

Jungkook Pov's Off

S/N Pov's On 

Já eram 18:00 e Hobi iria vir me buscar de 19:00. Fui tomar banho e, logo em seguida, fui escolher minha roupa. De todas elas, eu só tinha uma opção que era conveniente ao lugar que nós iríamos. Teria que ser uma roupa despojada, aliás, eu não iria para nenhum lugar chique. Pego uma jaqueta jeans, uma blusa e uma saia preta, um tênis branco e uma bolsa. 

S/N: Ótimo! Será esta a roupa! - falo com um sorriso no rosto olhando a roupa que eu tinha deixado na cama

Vou até a penteadeira e começo à me maquear. Não gosto de maquiagem pesada, então fiz algo simples. Depois, sequei meu cabelo e deixei ele solto mesmo, aliás, ele até que estava bonito. Logo após, visto minha roupa e calço meu tênis. Vou até meu espelho me olhar. 

S/N: Nada mal... - falo com um sorriso no rosto 

Não demorou muito e alguém havia tocado a campainha. Era Hobi! Olhei para a hora no celular e percebi que eu tinha demorado mais do que eu esperava para me arrumar. Pego rapidamente o meu melhor perfume e passo em mim. 

S/N: Puta que pariu! - falo desesperada - Anda logo, S/N! 

Desço em rapidamente a escada e abro a porta, quando vejo, era mesmo o Hobi. Ele me olhou de cima para baixo, com uma expressão de: "Olha o mulherão que eu vou sair hoje". 

S/N: H-hobi? - falo timidamente - Estou estranha?  

Hoseok: O que?! Claro que não, S/N! Você está... Incrível. - fala com sorriso gentil - Está linda, mais do que já é. 

S/N: Obrigada! - falo corada - E... Você também não está nada mal! 

Hobi: Oh! - fala impressionado - Fico feliz em ouvir isso! 

Ele estava usando uma calça preta rasgada, uma blusa/casaco branca com alguns detalhes rosa e uma jaqueta verde. Nossa... Não parecia que era o mesmo Hobi que eu via no hospital. Ele já era muito bonito, mas assim... Ficou ainda mais. 

S/N: E então... Vamos? 

Hoseok: Claro! 

Fecho a porta de casa e vamos até o carro dele. Não demorou muito para chegar, o parque estava movimentado, pois era a véspera do festival de primavera. Hobi compra várias ingressos e depois fomos para a maioria dos brinquedos. Depois, ele comprou algodão-doce para eu e ele. Enquanto nós estávamos andando pela multidão, íamos conversando sobre nosso dia e Hobi me contava tudo. Era incrível como eu e ele conversávamos tão bem. 

Hoseok: S/N... 

S/N: Sim? 

Hoseok: Por que naquele dia que você foi tirar o gesso no hospital, você estava tão para baixo? Aconteceu algo?  

S/N: A-ah... Foi apenas um problema. 

Hoseok: Posso perguntar qual? 

S/N: É que... Eu tinha um melhor amigo, sabe? Aquele que eu ia encontrar no dia do acidente. Ele tinha viajado sem me avisar. Apesar de eu saber que ele iria, mas não sabia que seria naquele dia. E... Nós não vamos mais nos ver, pois ele está construindo uma nova vida no lugar que ele está... - falo em um tom triste, quando Hobi para de andar 

Hoseok: Você não deveria ficar triste. Aliás, quem perdeu foi ele, não você. - fala colocando uma mecha de meu cabelo atrás da minha orelha - Que tal irmos naquela roda gigante? 

S/N: Adoraria. - falo e dou um sorriso 

Fomos até a roda gigante e, quando estávamos lá, ela parou bem no alto, fazendo com que eu e Hobi nos encararmos. Ele se aproxima de meu rosto, deixando uma distância mínima dos meus lábios com o dele. 

S/N: Hobi... 

Hoseok: Shii... Não fale nada. Só sinta. 

Ele sela seus lábios com o meu, iniciando um beijo calmo e lento, depois colocou a mão em meu rosto e eu coloquei as minhas em seu ombro. Ele colocou sua língua e eu cedi. Nossa... Como ele beijava bem. Eu e nem ele, definitivamente, não queriamos parar. A falta de ar estava vindo, então ele terminou o beijo com selinhos. 

S/N: Precisava mesmo parar? - falo rindo 

Hobi: Se você quiser outro... 

Eu o puxo e o beijo novamente. Vejo que ele abre um sorriso entre o beijo, me fazendo rir também. A falta de ar fez presente e tivemos que parar. 

S/N: Se continuarmos com isso, iremos fazer algo que não seria muito decente fazer aqui, não acha? - falo o provocando 

Hoseok: Espere dar a hora disso aqui parar... 

S/N: Na sua casa ou na minha? 

Hoseok: Na minha... - fala com um sorriso malicioso 

Não demorou 5 minutos e então descemos da roda gigante. Fomos direto para o carro e depois para a casa do Hobi. Quando chegamos em frente, não era bem uma casa... E sim uma mansão. Era enorme! 

Ele coloca o carro em sua garagem e então descemos. Quando entro em sua casa, não pude não parar para observá-la. 

S/N: É tão linda... - falo a admirando 

Hoseok: Muito investimento para conseguir ela... - fala com um sorriso de canto - Quer comer algo? 

S/N: Que tal... Um vinho? 

Hoseok: Vinho? - fala tirando três tipos de vinhos debaixo do balcão da cozinha - Pode escolher. 

S/N: Vinho tinto. 

Hoseok: Boa escolha... - fala o abrindo 

Ele pega duas taças e coloca um pouco de vinho em cada uma. 

S/N: Quem diria... - falo dando um gole do vinho 

Hoseok: O que? 

S/N: Que o grande médico Jung Hoseok seria assim... Tão... 

Hoseok: Diferente do que achou que eu era? - fala se aproximando 

S/N: Isso... 

Hoseok: S/N... Ainda há muitas coisas que você não sabe sobre mim. - fala em um tom sexy 

S/N: Pode me mostrar uma dessas coisas? - falo o provocando e colocando meus braços em seus ombros 

Hoseok: Com todo o prazer. - fala me pegando no colo e me colocando em cima da bancada - Aqui mesmo? 

S/N: Aham... - falo mordendo os lábios

Ele começa beijando meu pescoço, me fazendo arfar. Depois vai descendo os beijos até meus seios e vai tirando minha jaqueta, em seguida minha blusa, depois minha saia, me deixando apenas de sutiã e calcinha em sua frente. 

Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...