1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor diferente ( jenlisa) >
  3. Peter?

História Um amor diferente ( jenlisa) - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


hi boys
hi girls
tudo bem com vocês?? espero que sim
desculpe os erros
two kisses

Capítulo 37 - Peter?


POV.LISA

Depois de ligar pra mãe de jennie que ela ia passar o dia comigo, me sentei no sofá junto com ela procurando alguma coisa para assistir.

SR. SIMON- aqui está – meu pai vem com uma cumbuquinha e um pano embaixo dando para jennie.

JENNIE- obrigado – dá um sorriso.

SR. SIMON- espero que goste – dá um sorriso – se não tiver do seu gosto pode me falar.

JENNIE- hum.. está ótima – diz experimentando.

SR. SIMON- que bom, essa era a sopa preferida da lisa quando era pequena.

LISA- ah então depois eu quero um pouco.

SR. SIMON- está dentro da panela, só pegar depois. Bom já que está tudo bem vou subir estou um pouco cansado de ontem – se despedi e sobe as escadas.

LISA- você está melhor? – pergunto alisando seu cabelo.

JENNIE- huhum – olho preocupada pra ela.

LISA- jennie sabe que eu não quero te forçar a nada – olho pra ela.

JENNIE- eu sei, eu estou bem em relação a isso se quer saber, e estou muito feliz por estar esperando um filho seu – dá um sorriso e se encosta em mim.

LISA- tudo bem – dou um beijo no topo de sua cabeça – quer assistir alguma coisa?

JENNIE- pode escolher.

LISA- o médico já disse que dia vai ser sua consulta?

JENNIE- daqui duas semanas

LISA- hum...

JENNIE- lisa?

LISA- sim – olho pra ela.

JENNIE- o seu pai e obstetra né? – me olha

LISA- sim, o que tem?

JENNIE- será que ele gostaria de me acompanhar na gravides.... mas é só se ele quiser claro.

LISA- posso falar com ele, tenho certeza que ele vai adorar. Alias e o neto dele – dou um sorriso – e até bom, pra aquele médico não ficar te tocando – me dá um tapa fraco no ombro.

JENNIE- boba – rimos.

Voltei a procurar uma coisa para nos assistir e jennie a terminar de tomar a sopa.

3 MESES SE PASSOU...

 

MANCHESTER-INGLATERRA.

POV.JISOO

JISOO- ROSÉ!

ROSÉ- oi – diz entrando no quarto.

JISOO- o que significa isso aqui – aponto pro monte de roupa suja jogado no chão.

ROSÉ- e que sabe – coça a cabeça – eu estava cansada i...

JISOO- i porra nenhuma, pode pegar tudo isso aqui agora

ROSÉ- tá bom estressadinha – diz rindo e pegando as roupas.

JISOO- se me chamar de estressadinha mais uma vez você vai ver o que eu vou fazer.

ROSÉ- a é e o que você vai fazer – se aproxima de mim

JISOO- pode saindo nem vem. – Digo me afastando dela caindo na cama.

ROSÉ- a e – me agarra pela cintura e me beija, pego seu pescoço e começamos um beijo calmo. até que um serzinho dá um chutinho na barriga. – Nos fazendo rir.

JISOO- acho que é melhor pararmos por aqui – dou uma risada.

ROSÉ- acho que ela não quer ficar de vela – me ajuda a se levantar.

JISOO- o berço dela vai chegar hoje, então fica atenta ao telefone. – Falo apontando pra ela.

ROSÉ- ok.

JISOO- se o bebe da jennie e da minha irmã for menina, podemos mandar algumas roupas da ava ela já vai tá um pouco grandinha e até bom pra elas não gastarem tanto.

ROSÉ- boa ideia. – O telefone da sala toca.

JISOO- acho que é o berço – falo indo pra sala.

ROSÉ- deve ser.

Pego o telefone.

JISOO- oi elliot e o berço?

ELLIOT- não senhorita e uma rapaz dizendo que e um amigo seu querendo te ver.

JISOO- amigo mais não tenho nenhum amigo homem aqui.

ELLIOT- o nome dele e peter, e ele disse que precisa tratar um assunto importante com a senhorita.

Peter como assim, o que ele queria falar comigo.

JISOO- ok diz a ele que estou indo

ELLIOT- tudo bem.

Desligo o telefone e fico com uma cara de assustada, como ele descobriu onde eu morava.

ROSÉ- era o berço? – diz entrando na cozinha

JISOO- na-não era o elliot querendo falar comigo, acho que e sobre os entregadores. – Dou um sorriso nervoso.

ROSÉ- mas eu já dei as características dos entregadores a ele – faz cara de confusa

JISOO- e, mas sabe como e os idosos esquecem rápido – pego meu casaco que estava pendurado na porta – vou lá e rápido já volto

ROSÉ- ok.

Deixo rosé lá antes que ela me faça mais perguntas, desço no elevador mais nervosa do que estava tentando imaginar o que ele fazia ali sendo que ele tinha deixado bem claro de que não queria me ver e nem minha filha. Chegando na recepção reconheci peter que agora estava loiro e com uma calça jeans preta e uma jaqueta de couro. Me aproximo com receio e sem entender nada.

JISOO- o que está fazendo aqui?

PETER- oi pra você também – tenta me dar um beijo no rosto, mas eu me viro.

JISOO- o que você quer aqui?

PETER- eu quero a guarda da minha filha – fala sério.

JISOO- pra que não era você que não me queria, e disse que estava muito novo para responsabilidade e terminou comigo sem dar explicações.

PETER- e, mas eu me arrependi e vim me redimir. – Se aproxima de mim e eu me afasto.

JISOO- não chega perto de mim.

ELLIOT- quer que eu chame a senhora rosé? - me pergunta pegando no telefone.

JISOO- não será preciso.

PETER- então quer dizer que vai criar minha filha com uma estranha – fala entre dente

JISOO-ela não é uma estranha e minha namorada é foi a única que assumiu um filho que nem e dela é além de tudo e mais responsável do que você – falo apontando pra ele irritada

PETER- então quer dizer que uma estranha pode ter meu filho e eu não?

JISOO- entenda como quiser – ele se aproxima de mim me pegando pelo braço me fazendo ficar com medo.

PETER- e o que vamos ver na justiça – se aproxima do meu rosto e eu me viro – e melhor já ir fazendo as malas – fala em meu ouvido e vai embora.


Notas Finais


peter tinha que aparecer
se quiserem posso postar mais um capitlo hoje???
espero que tenham gostado??
bye
two kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...