História Um amor duplamente perigoso (Mafiatale) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Frisk, Grillby, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Visualizações 30
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O primeiro olhar


Fanfic / Fanfiction Um amor duplamente perigoso (Mafiatale) - Capítulo 1 - O primeiro olhar

-vamos Papyrus, vai ser divertido! -Diz Sans entrando em um restaurante que também é um lugar para as pessoas se apresentarem

-se você diz...-Papyrus segue Sans até lá dentro e eles dois se sentam em uma mesa

*No camarim* Caroline está se preparando para cantar, ela está muito bonita. Ela está vestindo um vestido vermelho e um simples coque na cabeça. Mas ela, na realidade, não se veste assim tão elegante com penteados extravagantes. Ela, infelizmente, não tem a onde morar ou ter o que comer porque ela não tem dinheiro e ela é obrigada a dormir nas ruas. Aquela apresentação que ela iria fazer iria lhe render dinheiro, mas não o suficiente para comprar um simples prato de comida... O gerente do restaurante bate na porta do camarim e a avisa que já é hora dela se apresentar. Ela ascenou e se levantou. Ela segue o gerente até o palco que está coberto por cortina vermelha. O gerente pede para que ela se sente no piano e, sendo muito ingênua, o obedece e se assenta no piano. O gerente vai pra um canto do palco e abre as cortinas que cercavam o palco. O pianista começa a tocar uma música e Cary começa a cantar.

Quando ele bateu logo de cara os olhos nela, Sans imediatamente se apaixonou. Ele ficou bastante corado, mas sorria e ficava admirando ela de longe dando uns suspiros. Papyrus vendo o seu irmão se comportando assim, logo fez aquela carinha (😏) à ele. Sans vendo Papyrus o olhando daquele jeito, ficou mais corado ainda e escondeu seu rosto abaixando seu chapéu. Papyrus dá uma mera risada a reação de seu irmão ao ver, pela primeira vez, uma mulher que chamou a sua atenção.

Depois de se apresentar é o restaurante fechar, Cary saía pelos fundos do lugar segurando os seus braços e tremendo de frio. O gerente do restaurante achou que ela foi PÉSSIMA no palco, então ele bateu muito nela e à jogou pra fora, fazendo com que ela caísse em uma possa de lama. Ela estava olhando onde que ela podia dormir naquela noite. Papyrus e Sans estavam saíndo do restaurante, eles eram os últimos clientes do restaurante. Saíndo de lá, Sans olhou para a sua direita e viu Cary segurando os seus braços, tremendo de frio, sangrando um pouco e suas roupas estavam todas rasgadas e sujas. Sans se assustou ao ver a garota mais linda que ele já viu daquele jeito. Ele imediatamente foi até ela e a perguntou com um tom de preocupação :

-você está bem? Quem fez isso com você?

Cary olhou para Sans e começou a ficar com muito medo. Ela já o conhecia como o vice chefe da Máfia e ela sabia que ele não tinha dó de ninguém. Bom... Era isso que todo mundo dizia dele. De repente começou a chover e Sans notando isso, ele tirou a sua jaqueta e deu para a Cary usar. Ela ficou muito confusa do porquê dele ter feito isso por ela. Ele abrindo o seu guarda-chuva, falou :

-não se preocupe, nós não vamos te machucar. Eu vou levá-la à minha casa para você poder se limpar e dormir em uma cama, não no concreto. Nenhuma dama merece isso.

Depois de ter dito isso à ela, ele dá um sorriso carinhoso à ela. Cary, toda corada por causa do que ele acabou de dizer à ela, só ascenou com a cabeça e olhou pra baixo escondendo o seu rosto todo corado. Nenhum homem, na vida dela, disse algo tão bonito e carinhoso como o que Sans acabou de dizer. Ele e Papyrus começaram a levá-la a casa deles. Caroline estava tímida, mas ao mesmo tempo, com muito medo do que vai acontecer com ela daqui pra frente...


Notas Finais


Eu tive essa idéia alguns dias atrás, mas eu ficava pensando em como eu poderia fazer um 1° capítulo bom e só hoje saiu alguma coisa XD e, pfv, me perdoem por não ter postado mais nada em A Novata e o Descolado, eu ainda estou com um bloqueio criativo muito grande pra aquela história... Eu peço desculpas por isso... Se vcs tiverem alguma sugestão de como eu poderia fazer o próximo capítulo dela, eu ficaria muito agradecida..!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...