1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor em 24 horas >
  3. Ciúmes?!

História Um amor em 24 horas - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Ciúmes?!



Por Regina,

Meu Deus! Eu não sabia onde estava com a cabeça para chamar a Emma para passar a noite comigo, talvez tenha sido por que eu senti ciúmes ou talvez porque em todos os meus 30 anos eu jamais havia sentido algo tão forte por uma mulher, como havia sentido por ela.

Emma tinha um sorriso meigo, mas tinha um corpo de mulher e que corpo!

Após aceitar passar a noite comigo a levei para suíte em que estava hospedada e mesmo com medo de ser rejeitada por ser intersexual eu arrisquei.

Eu não sei explicar o Porque, mas ela tem um efeito sobre mim , que só de olha-la eu sentia tesão coisa que nunca havia sentido com ninguém..

Eu sabia que Emma era uma garota de programa mas não a queria ali como tal. Quando eu terminei todos os assuntos importantes voltei para sala, e percebi que Emma Estava preocupada com a hora.. Eu até senti ciúmes mas ela logo confessou que queria apenas um pouco de prazer comigo.

Me surpreendi com sua confissão e tive uma idéia talvez absurda, a contratei para passar a noite comigo e ela pareceu pensar um pouco mas no final para meu alívio ela aceitou.

Olhando para aquela menina mulher engatinhando em minha direção tive uma idéia Que, se alguém que me conhece escutasse diria que eu estava ficando louca e não acreditaria, Eu Regina Mills conhecida como a "mulher de ferro" e até mesmo "coração de gelo" iria dar a essa linda loira uma noite inteira de prazer!

Acidentalmente descobri que Emma possuía seus exames em dia e está bem de saúde, com isso me aperfeiçoaria, pois não irei deixar que ela de uma noite de prazer para nenhum velho rico, mas ganhará o melhor prazer já sentido em toda sua vida por mim Regina Mills!

- Emma precisamos conversar! - eu disse pois ela já estava sentada em meu colo rebolando e aquilo já estava acabando com a minha lucidez.

- Esse assunto tem a haver com esse seu brinquedinho extra? - ela me perguntou me surpreendendo.

Então vejo que não se assustou com meu amiguinho.. - respondi surpresa e feliz pois eu estava morrendo de ser rejeitada pela Emma.

- Óh não! - respondeu-me divertida - Mas confesso que estou curiosa para saber o limite da felicidade que esse brinquedo pode me proporcionar! - disse mordendo os lábios.

Eu havia colocado na cabeça que essa noite será inesquecível para Emma, e de fato eu havia dado o melhor para que assim fosse, mas eu não imagina que seria para mim também.. tivemos uma noite espetacular onde Emma foi perfeita só em gemer em meu ouvido e desfalecer em meus braços, e realmente foi a melhor escolha que eu fiz, ama-la!

Se existia uma coisa que eu abominava era dormir abraçada, não entendia a necessidade disso até sentir o cheiro da Emma, o cheiro que exalava dela me embriagava e me fez aninha-la em meus braços, e acariciar seus cabelos até sentir a sua respiração se acalmando, mostrando que a mesma havia dormido; Depois de confirmar que Emma havia dormido, me entreguei ao sono também..

Acordei com a claridade pois havia esquecido de fechar as cortinas o que me fez me espraguejar mentalmente; abri os olhos lentamente e flashes da noite anterior invadiram a minha mente ao sentir um peso sobre os meus braços.

Há muito tempo eu não dormia tão bem, há anos eu não acordava assim tão leve; Olhei para o lado avisando aquela bela mulher que dormia ao meu lado e senti meu membro dar sinal, não pensei duas vezes se atribui beijos em seu rosto pescoço e ombro, e desci para seus seios, onde hora mamava hora lambia e aproveitei um pouco mais, sentindo a reação do seu corpo com arrepios desci lentamente para barriga e descendo mais um pouco cheguei enfim onde eu mais queria.

Só de olhar aquela linda paisagem a minha boca salivou e vi EmmaLentamente despertar e me olhar com um olhar meio assustado mas que logo deu espaço a um olhar admirado acompanhado de um sorriso. Quando nossos olhos se encontraram foi algo inexplicável, como na noite passada eu a satisfiz da melhor maneira possível sem descíamos nosso olhar.. Quando Emma já não aguentava mais eu intensifiquei as lambidas e bebi cada gota do seu gozo.. o melhor sabor do mundo para mim.. Eu acho que estava viciada.

Subi em cima de Emma devagarinho e dei um beijo em seu rosto desejando um bom dia, e levantei a levando para o banheiro para me acompanhar no banho..

Terminadas o banho seguimos a cozinha para nosso desjejum e eu como sempre me servi com uma xícara de café preto, como fazia todos os dias e me permiti a comer umas fatias de bolo e uns pedaços de queijo, afinal depois de todo exercício da madrugada acreditei que um pouco de carboidratos não faria mal ao meu corpo até porque a genética latina me favorecia!

Observei Emma que ainda se alimentava. Ela comia bem e eu me perguntava para onde iria toda aquela comida já que ela tinha um corpo perfeito, seios médios e bumbum empinado com sua pernas grossas torneadas em um belo formato, Emma realmente era uma falsa magra pois tinha uma cintura fina e um abdômen maravilhoso.. me perguntava como ela conseguia comer desse jeito e ter esse corpo perfeito, mas daí me lembrei.. sexo! Pela sua profissão talvez o sexo consiga fazer com que ela mantenha esse maravilhoso corpo; Mas o ditado diz que sexo emagrece e isso a favorecia.

Derrepente um sentimento desconhecido me invadiu.. ciúmes! Sim senti ciúmes só em imaginar uma outra pessoa tocando o seu corpo, um ciúme que me fez sentir pontadas no peito..

Para afastar esse sentimento levantei da mesa e caminhei em sua direção olhando-a com carinho e tristeza em saber que minha partida estava próxima.

- No que está pensando? - Emma me perguntou e quando dei por mim ela já estava se sentando em cima da mesa, de frente para mim.

- Em que preciso trabalhar Emma. - falei tão baixo que eu quase não me ouvi.

Emma passou as mãos por meu ombro, enquanto seu lábios beijam meu pescoço e descia pelas minhas clavícula lentamente..ela tinha um poder sobrenatural sobre mim e eu não consegui me concentrar e estava com um bela ereção outra vez.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...