1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor em 24 horas >
  3. Apenas não resisti..

História Um amor em 24 horas - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Apenas não resisti..


Por Emma,

Eu sabia que Regina havia pago apenas por uma noite mais existia uma força invisível que me fazia sentir vontade de ficar de não desgrudar mais dessa mulher..

Sem nem raciocinar oque estava acontecendo desci da mesa e a sentei na cadeira me ajoelhado em sua frente, enquanto delicadamente eu abri seu roupão sempre olhando em seus olhos.. e quando baixei o olhar deparei -me com aquele membro rosado, grosso e ereto na minha frente me fazendo salivar.. me aproximei dele dando beijinhos em sua cabeça, descendo os beijos pelas laterais com beijos molhados para logo depois passar a chupa-lo fazendo com que Regina desse altos e roucos gemidos, senti sua mão adentrar em meus longos fios loiros puchando-os forte e delicadamente.. depois de um bom longo tempo dando mamadas, lambidas e chupada naquele membro delicioso, percebi que Regina estava prestes a explodir em orgasmo e fechou os olhos. Afastei-me dela vendo-a abrir os olhos frustrada por eu ter parado quase na melhor parte..

- Olhando pra mim! - ordenei fazendo-a dar um sorrisinho de lado.

Assim como Regina eu precisava urgentemente de um alívio. Não pensei duas vezes e abocanhei seu membro de uma vez dando fortes sugadas o controlando e ignorando seus gemidos até fazê-la chegar ao seu limite ainda olhando em meus olhos, continuei mais um pouco a sucção até ouvir seus gemidos de prazer..

- Porra Emma! - Ela gritou soltando meus cabelos abrindo e fechando os olhos, tentando controlar a respiração.

Regina me olhou com um olhar que estava escuro havia um brilho que eu jurava ser de desejo e me levantou invadindo meu espaço com beijo na boca, eu sabia que seria um grande erro deixar ela quebrar uma regra mais eu não me importei .

Regina se deu conta de seu erro e se afastou deixando meus lábios com gosto de quero mais.

- Desculpe-me Emma por favor?! Eu apenas não resisti.. - Regina confessou mordendo o lábio inferior.

Me afastei um pouco de Regina observando sua cara de pânico com minha reação, e avancei com tudo sobre o seus lábios beijando com força e urgência; Definitivamente Regina me levou ao céu e me jogaria no inferno quando partisse!


Regina parou o beijo e passou a beijar meu pescoço ombro e seios e desceu beijando minha barriga, ajoelhou-se dando beijos em minha coxa, primeiro na parte externa e depois parte interna muito próxima a minha virilha me fazemos gemer de vontade de sentia dentro de mim; Quando pensei que Regina me levaria a mais um orgasmo com sua língua ela se levantou me surpreendendo e corrigindo sua postura,passando os braços por trás de mim e derrubando parte do que estava sobre a mesa e antes que eu pudesse pensar em algo , me pegou pelo quadril me colocando por sobre a mesa abrigando seu corpo sobre o meu e me penetrando com força me fazendo gritar.. descontrolada eu gemia de tanto prazer e um pouquinho de ardência, pois seu membro era bem avantajado.. Regina ficou imóvel e me beijou com carinho e urgência, movimentando-se devagar dentro de mim para que eu me acostumasse e logo passou a a inicia o movimento vai e vem ganhando mais espaço dentro de mim, me fazendo sentir aquela sensação maravilhosa.. eu revelava acompanhando seu ritmo benjando-a e arranhando com vontade.

- Ah Emma, como você é gostosa! Delícia.. Rebola Emma.. Rebola pra mim.. - Regina dizia me fazendo deseja-la ainda mais.

Os sons dos meus gemidos misturava-se com os seus e eu estava aproveitando o máximo aquele momento que me fazia esquecer o mundo lá fora, onde mais nada fazia sentido. Regina me segurou pela cintura sem sair de dentro de mim me levando até o quarto e me deitando sobre a cama abandonando meu sexo fazendo com que eu me sentisse vazia, e deitou sobre meu corpo beijando e mamando meus seios.. com maestria!

Regina delicadamente me virou de bruços e começou a beijar minhas costas fazendo caminho até que os beijos chegaram em meu bumbum, onde deu leves mordidinhas me deixando ainda mais em chamas e me suspendeu me fazendo com que meu bumbum ficasse empinado, segurando em meus cabelos.. Regina me penetrou novamente com força a assim eu gritava urrava e revelava.. agarrei nos lençóis da cama.. sabia que não aguentaria segurar por muito tempo e Regina parecia saber pois passou a me socar apressadamente e me dá palmadas na bundada, me provocando um orgasmo avassalador.. Ela deu mais uma estocadas e eu ouvi seu grito rouco sentindo seu corpo desfalecer sobre o meu..

Após se deitar para conseguir recuperar o controle da sua respiração Regina rolou deitando sobre o meu corpo, me dando um beijo no rosto e um selinho, se levantou me dando a mão e disse:

- Tome um banho e fique, preciso fazer uma ligação urgente, não demoro.

- Mas Regina.. - tento lembra-la que já havia passado do meu horário mas fui cortada.

- Eu disse tome um banho e fique. E isso é tudo! - creio que ela não gosta de ser desafiada.

Por Regina,

Sai do quarto e fui até a sala, pois precisava fazer a ligação para o Robin. Olhei para o relógio eram 8:00 da manhã, e eu havia acabado de ter uma transa magnífica.. Emma era mesmo surpreendente, sorri sentando-me no sofá para ligar.

- Regina oque aconteceu para ter sumido desde ontem? Está tudo bem? - Perguntou ele.

- Está sim Robin.. na verdade nunca estive tão bem! respondi sem esconder a animação em minha voz. - Mas não liguei para informar sobre minha vida, eu quero saber se realmente conseguiu marcar a reunião com o Senhor Golde.

- Ele pediu para trocar o almoço por um jantar Regina, e eu aceitei por você. - Me informou Robin receoso.

- Tudo bem Robin, me passe o endereço e o horário por mensagem por favor! - pedi querendo logo encerrar a ligação..

- Precisa de minha compania Regina?!

- Não Robin.. já tenho compania obrigada!

- Como assim já tem compania? Quem irá lhe acompanhar se isso é o que eu sempre faço? - Perguntou Robin alterado.

- Não lhe deve satisfações Robin. Tenha um bom dia! - desliguei sem dar a ele a chance de resposta.

Talvez a decisão que acabei de tomar tenha sido precipitada, mas não iria voltar a trás porque era oque eu realmente queria a compania da Emma.

Retornei para o quarto e encontrei Emma já vestida e me sentei na cama a chamando para que se sentasse em meu colo. Ela veio, e se sentando disse:

- Regina adorei essa noite pois você foi perfeita, fez eu me sentir uma mulher de verdade, me deu amor carinho, me tocou em um ponto onde nenhum outro alguém havia tocado em toda a minha vida.. e o principal Regina, não deveria estar lhe dizendo isso , mas como a chance de nos encontrarmos novamente é o% Eu confesso, você me fez pela primeira vez na vida gozar.. Emma me confessou tudo isso me olhando nos olhos.. e ali pude enxergar uma Emma nua na alma e coloquei os meus dedos sobre os seus lábios em um pedido mudo de silêncio para depois substituí-lo pelos meus lábios. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...