1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor Épico (Romance Gay) >
  3. Acerto de Contas

História Um Amor Épico (Romance Gay) - Capítulo 44


Escrita por:


Capítulo 44 - Acerto de Contas


Fanfic / Fanfiction Um Amor Épico (Romance Gay) - Capítulo 44 - Acerto de Contas

Algumas semanas depois de tudo o que houve...

Já faz um tempo que Caleb começou a praticar magia em sua nova escola, até que tem bastante iniciantes nessa coisa de mágica, lá todos aprendem o que podem e o que não praticar assim como a magia negra, se não conseguir dominá-la ela acaba te controlando. Não pode de jeito nenhum pratica-la, mas sempre tem um que quer desobedecer as regras.

Nesse tempo houve muitas novidades, de como as meninas pediram para Fréia matar o lobo delas...Taylor e Jason começaram um relacionamento sério e "sinceramente vai dar casamento, estou torcendo para isso" Caleb pensava, Melissa está numa espécie de "amizade" com o Blue Boy "mas acho que vai dar namoro...eles super combinam" ainda pensava.

Caroline? Ela vive no bosque feliz onde os ursos de pelúcias vivem, mas ela está escondendo alguma coisa do Caleb, tem visto ela muito feliz ultimamente. Não que isso seja algo ruim, mas ele gostaria que essa felicidade fosse compartilhada entre eles.

Agora vamos ao casal épico...depois de todos esses acontecimentos, Mariano finalmente pediu o Caleb em casamento e estão super felizes, só tem um probleminha fora estararem longe do mundo real...infelizmente ele ainda não contou a sua mãe sobre ele muito menos do Mariano.

"Falando nisso ela deve achar que eu desapareci, apesar de que eu fiquei minhas férias inteiras aqui e ela não percebeu minha ausência da primeira vez, será que alguma espécie de clone fica em nossos lugares enquanto estamos aqui? Mistéeeerio, agora voltando, ainda não contei a ela o que pra mim pode ser impossível...mesmo que eu não consiga contar a ela, ainda vou me casar e ser feliz com o Mariano" ele pensava com um friozinho na barriga e um lindo sorriso estampado.

Três dias atrás...

ㅡ ai gente, tô muito cansado...estudar magia não é pra qualquer um não - Caleb disse se sentando no sofá.

ㅡ oi meu anjo, que bom que chegou! - Mariano apareceu lhe cumprimentando com um beijo.

ㅡ oi lindo, que alegria toda é essa? - perguntou sorrindo para ele.

ㅡ tenho uma surpresa pra ti! - respondeu colocando a mão em seus olhos e guiando ele para algum lugar que ele não conseguia ver, pois os olhos estavam tampados.

ㅡ que tipo de surpresa? - perguntou curioso e ansioso.

ㅡ essa...- ele disse tirando a mão de seus olhos e quando Caleb olhou, tinha pétalas de rosas vermelhas na cama em um formato de coração e um"CASA COMIGO?".

Ele começou a sorrir de tanta felicidade, seus olhos já estavam marejados, em seguida Mariano se ajoelhou e abriu uma caixinha com duas alianças, Caleb aceitou o pedido e colocaram as alianças. Obviamente terminaram essa noite na cama juntinhos.

ㅡ eu me sinto a pessoa mais sortuda desse mundo! - Caleb disse olhando seu futuro marido nos olhos...

No dia de hoje...

Então aqui está ele, com os dois idiotas que tentaram e sem sucesso estragar o seu relacionamento com o Mariano...

ㅡ então, quem vai falar primeiro? - perguntou aos dois que permaneceram quietos, ele então usou seus poderes.

ㅡ AAAAAAAH - os dois gritaram por causa da dor.

ㅡ posso fazer isso o dia todo, a não ser que me revelem tudo sobre vocês e seus planos - disse num tom autoritário.

ㅡ vai a merda! - Eduardo falou e Caleb aumentou a potência, já escorria sangue do naris deles.

ㅡ AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH - gritaram mais alto.

ㅡ tá bom, eu falo o que quiser saber! - Max falou não aguentando mais aquilo.

ㅡ ótimo - disse se sentando com um sorriso ㅡ pode começar falando sobre aquelas duas Nurse e Demon - disse olhando nos olhos dele.

ㅡ eu as conheci na prisão das criaturas mágicas, depois que fomos soltos elas foram morar comigo no meu castelo, elas eram namoradas e estavam prestes a se casar até você e sua amiga tirar isso delas as matando! - ele contou tudo com a voz embargada.

ㅡ e você Eduardo, como conheceu o MEU marido - disse mostrando a aliança para ele entender de uma vez que nunca vai ter nada com o vampiro.

ㅡ affs - revirou os olhos ㅡ eu conheci ele numa festa...Mariano estava sentado com uns amigos e eu fui até eles e começamos a conversar, flertamos um pouco até a festa acabar. Ele me levou para casa e demos nosso primeiro beijo, desde então começamos a namorar até o dia em que ele queria terminar e até hoje eu não sei o porquê...mas cai entre nós ele é muito gostoso na cama né não - respondeu dando um riso malicioso.

ㅡ me poupe de detalhes, esquece que isso você não vai ter mais, agora voltando ao Max. Conte-me mais sobre minha duplicata - disse olhando para o belo homem.

ㅡ eu não o matei e sim o amante dele, um tal de Diego. Não me arrependo nenhum pouquinho de ter sentido o sabor daquele sangue - começou a contar o que ele fez. O estranho é que Eduardo ficou com os olhos marejados.

ㅡ por que está assim, por acaso conhecia os aqueles dois? - Caleb perguntou, mas ele não respondeu.

ㅡ AAAAAAH - ele gritou mais uma vez - TÁ BOM EU FALO - ele disse ficando com a aparência do Caleb como das outras vezes.

ㅡ o que é isso? - perguntou não entendendo nada.

ㅡ não tá vendo, prazer sou Dominik o ex-namorado do Max e Mariano, mas o sangue suga só me conhece como Eduardo! - respondeu, Caleb e o homem ficaram indignados com essa revelação.

ㅡ seu desgraçado, ainda está vivo - Max olhou incrédulo para ele. Logo a porta se abre.

ㅡ Caleb, o que está acontecendo aqui? - Mariano apareceu e ficou assustado com a cena.

ㅡ estou fazendo um acerto de contas, a propósito já conhece a minha duplicata Dominik?! - disse a ele apontando para Eduardo ㅡ seu ex na verdade se chama Dominik e não é o ruivo que você conheceu, ele é igual a mim nos tornando duplciatas - contou ao moreno que parecia bravo.

ㅡ se passou por outra pessoa pra me conquistar e ainda por cima me enganar. Realmente você não presta, alguém como você não merece o amor nem a compaixão de ninguém? - Mariano falou o olhando com desprezo.

ㅡ eu admito docinho...ele é ótimo na cama, pedaço de mal caminho! - Eduardo disse não dando importância para o comentário, queria provocar o Caleb.

ㅡ cala a boca, além disso se passou por mim, beijou o meu noivo e fez três homens sofrer. Um deles morreu por sua casa - Caleb disse já muito irritado.

ㅡ desculpe...seu o que? Noivo? Até parece, é questão de segundos até ele voltar pra mim - ele disse e o garoto não aguentou mais.

ㅡ você já era! - Caleb disse o olhando com raiva.

ㅡ e vai fazer o que? -Eduardo disse com uma cara de deboche.

aricatazem...- dize e o garoto começa a gritar de dor.

ㅡ Caleb, o que está fazendo? - Mariano perguntou olhando assustado e preocupado com o noivo.

Estava matando Eduardo com a sua magia, já era hora de alguém dar um basta nisso tudo, "já cansei desse desgraçado infernizando minha vida. Agora ele nunca mais vai nos atormentar, o Max eu vou deixar ele em paz só o fato de não estar perto dele já é um bônus pra mim, agora posso viver minha vida...estamos prontos para ir embora do mundo desse lugar. Eu ainda não sei onde vamos viver juntos" Caleb pensava depois de olhar para o corpo do garoto.

Depois que saíram de lá, Max foi preso por seus atos assim como a bruxa que o ajudou, vão pagar por todo o dano que causaram.

ㅡ acho que finalmente estamos longe de problemas e mais perto da felicidade - Mariano disse com um sorriso.

ㅡ também acho - Caleb respondeu e selaram seus lábios num beijo calmo, cheio de sentimentos envolvido. Reforçando a chama do amor que nunca se apagou...

Continua...


Notas Finais


Nhaaaaaa gente...tô apaixonado por esses dois. Não deixaram nada acabar com o amor que sentem um pelo outro, nem mesmo a magia é capaz de apagar a chama do amor.

Bom finalmente o #fora_Eduardo aconteceu kkkk. Espero que estejam gostando da história, estamos rumo a reta final. Trágico isso.

Agradeço por ler até aqui e muito feliz ^^

_beijos eu amo vocês...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...