1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor escondido >
  3. Só uma vez

História Um amor escondido - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei ME DESCULPE ESSA DEMORA TODA de verdade pensei no que escrever todos os dias mas nada me vinha por vários motivos pessoais e a escola mas voltarei com mais frequência assim que me acostumar com a rotina denovo

Capítulo 17 - Só uma vez


Fanfic / Fanfiction Um amor escondido - Capítulo 17 - Só uma vez


                 Fx  on

Tae: é foi isso  -diz me mostrando as fotos eu não podia crer, já se faz 3 dias desde que s/n está internada a emorragia interna foi se dado como um alarme falso, mas ainda investigam o caso de suas febres piorarem-

Fx: entendo  -suspiro engolindo minhas lágrimas- ela -aperto minha mão em forma de soco-   ela me prometeu 

Tae: a todos nós  -guarda seu celular- acho que foi uma forma de proteção 

Fx: mande as fotos para mim

Tae: Félix eu..

Fx: confie em mim só mande as fotos  -deixo o dinheiro encima da mesa-  ela tem que saber que mentir pra gente é mesma coisa que nada -me levanto da mesa um tanto apressado e bravo saio da lanchonete com a mesma pressa de antes durante o caminho do hospital só fiquei pensando o porqur ela mentiu, esconder é óbvio que ela esconderia, mas mentir para nós-

Dr: é aparentemente suas pernas também estão melhores  -ele sorri para ela enquanto deitava uma de suas pernas na cama e anotava algo- fique a vontade Félix   -me olha por um tempo e volta a escrever- irei ver com a enfermeira como está sua dieta para ver se está comendo bem  -ele faz um breve "oi"  é saí do local-

S/n: Não está cedo para você está aqui?  -ela pergunta de forma sorridente que quase me fez esquecer a raiva que estava passando por ela ter mentindo para mim também-

Fx: precisamos conversar é muito sério  -me sento na sua frente incrível como eles nunca deixam ela deitada ou é opção dela mesmo-

S/n: é do que se trata?  -ela fica um pouco mais seria e transmitia um tanto de medo-

Fx: porque mentiu para mim?

S/n: do que está falando?

Fx: -suspiro muitas vezes tentando me acalmar é nada, pego meu celular o desbloqueando mostrando a ela as fotos que taehyung tirou-  você continua bebendo e tomando remédio escondido  -a mesma olha para o celular mas logo intercala  seu olho entre o celular é eu-

S/n: eu  -ela abaixa a cabeça e pude ver lágrimas caindo-

Fx: eu sei tudo que acontecia naquela casa ou pelo menos achava, minha própria namorada mentiu para mim sobre algo importante  -ela me olha por um instante mas logo abaixa a cabeça novamente- você iria mesmo se matar é me deixar sozinho??

S/n: não era essa a intenção 

Fx: mas era o que iria fazer

S/n: me desculpa?

Fx: sempre estará mas não muda o fato  de você ter mentindo escondido e tentando se matar denovo 

S/n: já faz 4 semanas desde os remédios agora as bebidas 

Fx: hun?

S/n: parei um dia antes do exame de sangue até mesmo dois, tentei parar depois mas voltei a beber mas consegui parar

Fx: porque não falou para ninguém?

S/n: eu só não queria incomodar 

Fx: sua vida não me é incômodo afinal ela completa a minha

S/n: Félix 

Fx: que foi?  -falo baixo pegando em sua mão fazendo carinho em seus dedos com meu polegar-

S/n: você me chamou de namorada

Fx: eu chamei?  -ela concorda com a cabeça começando a rir de forma fofa aí que lembrei "minha própria namorada"  solto um sorriso ao lembrar que isso saiu tão naturalmente da minha boca-

S/n: não creio que você me chamou disso 

Fx: chamei é se reclamar mais eu te chamo de esposa 

S/n: somos muitos novos para casamento sr Félix 

Fx: mas para namorar não sra s/n pense nisso  -olho em volta-  Mark não era para estar aqui? 

S/n: e era sim  -ela olha em volta calmamente-  ele anda estranho desaparece nada vêm com perguntas mais estranhas ainda 

Fx: você ainda sente algo por ele? -minha inquietação sobre o passado deles era algo que eu não queria esconder que me incomodava de forma alguma-

S/n: pelo amor ele é meu melhor amigo não sentimos nada um pelo outro

Fx: então não tenho concorrência?

S/n: como você ficou tão cara de pau?

Fx: depois que me soltei e segui os conselhos do seu primo ficou fácil 

S/n: nenem  -ela me puxa devagar-  não siga os conselhos do meu primo -ela me puxa para um selinho demorado e sorri ao ver o quanto meus olhos caíram de frente com o dela-

Fx: ue

S/n: que foi?

Fx: meu celular está no silencioso como?  -pergunto para mim mesmo, e vejo a mensagem- 

"Você não me ouviu estou te vendo e meu amiguinho está no hospital se você não se afastar dela, já sabe bebê ~"

S/n: Félix?? Félix o que foi?

Fx: s/n eu te amo 

S/n: o que aconteceu?

-mostro a mensagem a ela-

Fx: eu irei resolver isso pode ter certeza mas quero que saiba eu te amo e te amar foi a coisa mais filha da puta de boa que aconteceu comigo nunca duvide e farei de tudo para proteger sua vida  -quando ia selar sua boca na minha novamente vejo uma pedra bater na cabeça da s/n vindo de trás, olho e vejo a porta aberta quem a abriu??-

S/n: Félix estou comedo -diz começando a chorar a pedra era um tanto média e acertou o canto de sua cabeça, quem a jogou queria acertar mas não machucar era mais para assustar-

Fx: também estou -dou um em seu rosto-  chamarei o médico para ver isso é procurarei o Mark  eeee não me espere

S/n: Félix  Félix  Felixxxx  -escuto ela gritando meu nome enquanto chora é não pude evitar deixar cair uma lágrima minha também meu coração dava pontadas estranhas tanto doloridas-

     ~mensagem que Félix apagou antes de mostrar a s/n

             Ooo lindinho você sabe quem eu sou não precisamos desses jogos desnecessários é insignificantes você sabe uma coisa dela e do Mark eu também espera isso ficar somente entre nós quatro? Me encontre ao anoitecer na praça antiga no antigo parquinho onde todos nós brincávamos~      ass amor da sua vida

Tae: essa vadia e loka

Mh: não entendo se Lúcia namorou sehun para causar ciúmes é agora tudo isso a questão é o que ela quer do Félix?

Yhj: não é óbvio?

Js: o cu dele?

Tae: se fosse só o cu é minha prima?

Fx: a deixei com as enfermeiras

Jg: tá mas temos um problema

Js: e qual séria?

Jg: um dos 7 GOTicos perguntou dela

Fx: que os famosos 7 góticos? Da escola?

Jg:sim ele falou  "você e amigo daquele guri que mora com a s/n" falei que sim Daii ele perguntou dela e tals

Fx: e o que você falou

Jg: nem lembro mais

Fx: era só o que me faltava aixi 

                     Lúcia on

  

Sh: caralho Lúcia quem te deu o direito 

Lc: Você  -grito apontando meu dedo na cara dele- VOCÊ ME DEU O DIREITO VOCÊ ME DEU A IDÉIA VOCÊ ME QUIS NISSO VOCÊ QUE ESTÁ SENDO AJUDADO  -a cada palavra empurro ele para trás com meu dedo-  agora aquieta o cu porque só está começando 

Sh: e o que você vai fazer ? -ele fala com um tom de medo e rio disso-

Lc: me encontrarei com Félix no parquinho antigo tire fotos e traga nosso amiguinho para filmar tudo 

Sh: tá mas... para que isso?

Lc: jaja você ira entender jaja


                 S/n on

Mk: eu sei pequena mas 

S/n: mas nada -digo recuperando fôlego após chorar muito- Félix nunca mais confiara em mim, ele estava estranho hoje será que não gosta mais de mim?

Mk: ele não gosta, ele ama você!!

S/n:mae É se o amor todo acabou?

Mk: ain marrie tpm que fala né?? Ele não deixaria de te amar assim do nada

S/n: eu me sinto um nada -ele me abraça e me deixa ali um tempo sinto algo vibrar-

Mk: estranho -pega seu celular um tanto surpreso- a eu já volto marrie

S/n: certo  -concordo com a cabeça esperando ele Voltar ele parecia agitado no celular-

Mk: marrie tenho que ir

S/n: quem era?

Mk: minha mãe  -ele estava mentindo eu o conheço mas porque?-  preciso mesmo ir -me da um selinho-  até mais minha menina

-ele sai do quarto e logo vejo uma pessoa no hospital eeee que ele está fazendo aqui?-


                   Jk on

-estava indo para casa taehyung aquele corno pai de uma creche mandou eu comprar o suco preferido dele frescura? Não sabem nem a metade era meu sinal de passar com o carro mas nem deu tempo de pensar quando percebi o carro já tinha batido com força no meu e o meu capotado-


              Tae on

Fx: ele já vai chegar 

Tae: sei não estou com mal presentimento 

Fx: isso jaja passa -meu celular toca-veja vai que é ele 

Tae: espero que seja -sorrio na expectativa mas logo meu sorriso desaparece- não  -meus olhos se enchem de lágrimas-

~todos que são amigos  da dita cuja devem morrer 

|foto do carro capotado|



Notas Finais


E isso amores

Tentando voltar
Desculpa mesmo a demora não desistam de mim taaa bomm


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...