História Um amor grego ( Marichat ) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Tags Dividade, Grego, Marichat, Plakki, Romance
Visualizações 187
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus amores , muito obrigada pelos comentários do capítulo de hoje
Espero que gostem do capítulo de hoje
Uma boa leitura

Por favor, leiam as notas finais

Capítulo 32 - As moiras -primeira parte.



__    Por que não pergunta para as moiras sobre a nova profecia ? , Assim você vai planejar um contra ataque melhor contra o Chat Noir e o seu irmão , Plagg !  -   Agonia sugerindo ao deus dos mortos fazer uma nova consulta com as videntes , explicando o seu motivo.
__   Hum, talvez eu não tenha ouvido direito elas, eu sai muito apressado e contente com a nova visão delas ,  elas podem me dar algumas repostas !  -   Hades ouvindo a sugestão do demônio vermelho, se lembrando da última consulta , começando a planejar.
 ___  Que ótima ideia ,mestre, você é o melhor !  -   Agonia aceitando a ideia , falando que a ideia foi de Hades , não dele, se ajoelhando  e começando a bajular o deus dos mortos, elogiando a sua inteligência.

___   Claro, que eu sou o melhor, seu imbecil,porque os dois não tem nenhum cerébro brilhante como o meu !  -   Hades concordando com a bajulação de Agonia , falando que ele era o melhor em tudo , xingando o demônio azul.

___   Mestre, podemos ir com o senhor até as moiras ?   -  Pânico se rastejando de joelhos para ir na direção do deus dos mortos ,pedindo permissão para que ele e o amigo fossem juntos.

___   Claro que pode,seus imprestáveis ,  assim vocês vão ficar mais sábios como as moiras, bem , já que a minha esposa está transado com aquele gladiador romano dela, vamos indo para lá , sem avisar á ela, porque eu não quero ela criticando as moiras da última vez !   -  Hades dando a permissão ao xingar os seus servos, tomando a decisão de ir para lá imediamante , sem avisar  a esposa que estava ocupada com o gladiador ,   lembrando das críticas dela com as moiras.

___   Sim,mestre , vamos indo !   -  Os dois demônios aceitando o plano dele ,   se transformando em dois corvos ,  começando a ir na frente do deus dos mortos.

___   Espere , seus imprestáveis , são piores quando estão de aves, seus cérebros de minhoca ,  eu vou na frente, porque eu sou um deus, vocês são os meus servos que devem me obedecer !   -  Hades não gostando que os servos fossem na frente dele , xingando eles pela conduta  imprópria , mandando eles  irem para atrás dele com um gesto.

___  Sim,mestre, nos perdoe !   -   Os dois corvos abaixando os seus bicos, entendo o gesto do deus dos mortos ,  começando a voar por de atrás dele com os bicos abaixados.

__  Ótimo, agora me sigam , seus corvos imundos !   -  O deus dos mortos vendo os dois corvos voando tristemente atrás dele, gostando da obediência dele ,  xingando eles.

___   Somos mesmo, corvos imundos ,mestre !    -  Os dois corvos batendo as asas deles, olhando para  baixo, aceitando o xingamento de Hades que sorriu com malícia.

___   Ótimo, agora vamos indo , antes que a minha esposa chata e irritante atrapalhe o meu caminho !  -  Hades vendo a humilhação dos dois corvos , querendo apressar os seus passos para chegar na morada das moiras, antes que a Persefóne atrapalhe os seus planos , começando a deixar a sala do trono dle

___    Sim,mestre !  -    Os dois corvos voando baixo para  seguir o deus dos mortos em sua jornada na direção das moiras ,  começando a deixar também a sala do trono, acompanhando o deus dos mortos.

   -  x x  -
     Hades e os seus dois corvos falantes, sendo eles , os seus fieis servos, Agonia e Pânico, deixaram  a sala do trono , começaram a sua jornada para chegar na morada das moiras, aonde o deus dos mortos ia fazer uma nova consulta com as videntes.

   -  x x  -
     ~  Quebra de tempo  :  No submundo -  Na moradia das moiras  .

     As moiras também viviam no submundo, eram anciãs muito feias , não tinham os olhos de uma pessoa normal, os seus olhos eram vazios, elas tinham um único olho humano para dividir entre as três ,elas sempre viviam disputando o olho , porque elas usam este olho para prever o futuro de qualquer pessoa , sendo ela viva ou morta.
  A segunda função das videntes, era ser executadas dos mortais , que estavam prestes á morrer , então uma delas pegava um fio sujo de próprio cabelo, esticava ele, simbolizando o último minuto de vida do mortal que estava á beira da morte.
   Uma outra moira tinha uma tesoura velha que cortava o fio esticado da irmã,  assim que ela cortava o fio , a pessoa no mundo dos mortais, morria.
   
   Mas no dia de hoje, não tinha ninguém para morrer, ao invés disto, as três moiras como sempre , estavam brigando pelo único  olho humano que tinham , jogando o olho como se fosse uma bola de volêi.
  
   -  x x  -
  __   Desta vez, minhas irmãs , eu vou usar o olho , vocês já usaram demais !   -   A irmã do meio correndo atrás do olho que estava rolando na grama podre delas, avisando para as suas irmãs  que ia usar o olho desta vez.

___   É mentira sua , você usa demais , nem cuida dele !   -    A irmã caçula correndo atrás a do meio ,  falando que era mentira dela , acusando ela de maus tratos do olho enquanto ia atrás da irmã 

___  Suas mentirosas, vocês sabem muito, que eu sou mais velha das duas , eu vou usar , gostem ou não !   -   A mais velha das moiras correndo  atrás das mais novas ,  avisando que deveria ser ela.

   -  x x  -
   No momento  que as moiras corriam atrás do olho, Hades havia chegado com  Agonia e Pânico que já tinham voltado para  a sua forma original, enquanto ele viu o olho correndo  na direção dos seus pés , assim que ele chegou, o deus dos mortos se inclinou para pegar o  olho das moiras.

   Ao ver que Hades tinha  pegado o olho delas, as moiras começaram a disputar para ver quem ia usar o olho primeiro, sem perceber , as moiras viram que o deus dos mortos estava a frente delas, segurando o olho delas .

   -  x x  -

  ___   Senhoras, é por causa disto que estão brigando ?  -   Hades começando a brincar com o olho, querendo se o olho era o motivo da briga das irmãs.


__    Sim, é mesmo, como sempre , por favor , me devolva !   -   A mais velha confirmando para o deus dos mortos, estendendo a mão para pedir para o deus devolva.

___  Não é a sua vez,  é a nossa !    -   As duas mais novas   ficando abismadas com a mais velha, falando ao mesmo que era a vez delas.

___   Fiquem quietas, eu sou mais velha de nós !   -   A mais velha brigando as duas mais novas, fazendo um gesto sério para as irmãs dela.
 


Notas Finais


Me desculpe por algum erro
Metas para próximo capítulo.
De 1 comentário até 5 comentários
De 50 favoritos até 55 favoritos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...