História Um amor ilusório mas de verdade - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Visualizações 3
Palavras 524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - (Minissérie) cap 2 o monstro dentro de mim


Den: raja ?

Raja: ola meu irmão

Den: o que faz aqui ?

raja: preciso de ajuda

Den: com o que ?

raja então vai um pouco pro lado mostrando que tinha outra pessoa atrás dele, era um kommo-o desmaiado no chá com varios espinhos nas costas

Den: MEU ARCEUS !! me ajuda a trazer ele pra dentro

Raja: ok

nós os levamos para dentro da cabana e tinha outra pessoa lá dentro, uma lycanroc (midnight) fêmea de 16 anos praticamente uma roqueira com uma camiseta preta com as mangas rasgadas, uma bermuda jeans rasgada, uma cicatriz que ia do seu pulso até o seu ombro, seu cabelo era pintado de rosa nas pontas e sempre andava com uma guitarra que era de um lado preta e do outro rosa

Den: lyn ajuda

Lyn: tô indo

ela ajudou a levar o kommo-o para uma cama para tentar retirar os espinhos dele

Den: raja, quem é ele

raja: o nome dele é Dankan um amigo da escola... bom não meu amigo, amigo do Phantom

Den: achei que o Phantom não existisse mais

raja: bom, ele existe ainda

Den: isso não é bom -ele tira um dos espinho de Dankan e começa a sair muito sangue- raja bota um pano aqui e faz pressão pra parar o sangramento

raja por o pano e fica apertando para conter o sangramento

Den: lyn vai pegar as ervas no jardim

lyn: tô indo -ela vai no jardim e pega algumas ervas e então as entrega para Dentro

Den: raja pode tirar o pano raja tira o pano e o sangramento já havia parado então Den por as ervas em cima do ferimento, eles repetem esse processo até saírem todos os espinhos

Den: agora ele precisa de repouso

raja: ok, uma pergunta

Den: o que ?

raja: eu posso ficar aqui com você por um tempo

Den: claro quanto tempo precisar

raja: sempre posso contar com você Den

( enquanto isso no acampamento, 5 dias depois)

Diogo: nada do raja ainda! como está a Nysa ?

Marcos: ela está na barraca em depressão disse que quer ficar sozinha

Diogo: a polícia está procurando ele na cidade e nos bosques, mas ninguém acha nada dele

Marcos: cara o que fez ele ir embora assim

Diogo: é isso que eu quero saber

Marcos: será que ele não pensa nas pessoas que se importam com ele -fala puto da vida

Diogo: calma Marcos

marcos: calma ? CALMA? RAJA E OU NAO NOSSO AMIGO? ELE CONFIA OU NAO NA GENTE? UMA COISA EU SEI EU NAO CONFIO MAIS NELE ATE ELE ME DAR UMA EXPLICAÇÃO ! QUANDO EU ACHAR ELE....

Marcos fica envolto em uma aura azul e começa a alimentar de tamanha ele ganha dois chifres fica em duas patas e ele estava EVOLUINDO

Marcos: ...ELE VAI ME EXPLICAR TUDO !

(Na casa de Den)

Den: raja sei que faz 5 dias que você está aqui e eu ainda não perguntei mas por que você veio aqui e não cuidou dele no acampamento

Raja: bom, e que.... como eu posso dizer, o Phantom fez isso nele

Den: QUE ?

Raja: de alguma forma quando Phantom está no controle do meu corpo ele consegue usar habilidades de um pokémon de pedra

Den: COMO ? QUE ?..... WHAT?

raja: eu vim para ca achando que você podia tirar ele de mim

Den: posso tentar

raja: obrigado irmao

continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...