História Um amor impossível - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias 007
Tags Romance
Visualizações 13
Palavras 353
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gntttt!!!!! Tava com saudade de escrever sobre a Agnes!!! espero que gostem!!

Capítulo 4 - O que houve?


Fanfic / Fanfiction Um amor impossível - Capítulo 4 - O que houve?

Quando abri o papel e vi o novo desafio, até cheguei a pensar em desistir, mas lembrei que o Andrey poderia sumir de vez! Então tomei coragem e decidi que vou praticar CANIBALISMO.

Percebi que no papel do desafio estava escrito um número com essa frase: Número do vendedor de carne humana. Fui para casa e quando cheguei, minha casa estava com várias viaturas. Fui correndo para lá!

Chegando lá, vi minha mãe sendo levada pelos paramédicos numa maca. Eu comecei a me desesperar eu gritava:

-MÃE! MÃE! O QUE TÁ ACONTECENDO?! ALGUÉM ME RESPONDE POR FAVOR!!!- eu caio no chão e começo a chorar com o rosto no asfalto. Um policial me levantou e tentou me acalmar.

Depois de estar um pouco calma, o policial me perguntou:

-Qual seu nome?

-Agnes- eu disse ainda soluçando

-Belo nome... O meu é Graham - disse o tal Graham estendendo a mão, mas eu olhei pra ele e virei o rosto

-Vai me falar o que aconteceu com a minha mãe sim ou não?- disse eu com a voz um pouco baixa

-Bom, é difícil de explicar e também... - antes que o policial terminasse a frase eu o interrompi

-DIFÍCIL DE EXPLICAR? DIFÍCIL DE EXPLICAR? VOCÊS SÃO UM BANDO DE DESGRAÇADOS! COMO A POLÍCIA É DESSE JEITO?- eu disse isso com uma entonação de voz que nem eu sabia que conseguia fazer

-TÁ BOM! DESCULPE-ME!

-ENTÃO ME FALA O QUE ACONTECEU COM A MINHA MÃE!!

-Bom, não temos certeza, mas... - o policial foi interrompido por uma policial

-Graham! Achamos uma coisa!

Graham e a policial foram para o meu quarto e obviamente eu fui atrás. Chegando lá, estava escrito na parede do meu quarto: “Melhor você fazer tudo direito para o Andrey não acabar como sua mãe!”. Quando li aquilo veio um milhão de pensamentos na minha cabeça, mas o pior deles foi: “Será que minha mãe... não! Não pode ser”. Eu fiquei paralisada, não sabia se gritava ou chorava! Graham tirou seu chapéu de policial, ajeitou seu cabelo e me disse:

-Nos acompanhe até a delegacia, você vai nos responder algumas perguntas.


Notas Finais


Gostaram??
Bjsss <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...