1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor impossível- namjin >
  3. O passado

História Um amor impossível- namjin - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oiee voltei, desculpa a demora

Boa leitura

Capítulo 10 - O passado


Fanfic / Fanfiction Um amor impossível- namjin - Capítulo 10 - O passado

Nam- jin e-eu p-posso explicar...

Jin- Namjoon não se faça de idiota eu sei que tudo isso é apenas uma brincadeira de mal gosto.

Nam- jin deixa eu explicar.

Jin- então explica - jin diz com uma voz meio chorosa

Nam- jin eu espero que se eu te contar isso você não se afaste de mim, eu não sei como começar, apenas o jimin e o jungkook sabem- sinto meus olhos arderem, não gostava de falar sobre isso, sinto dois braços me rodearem, abro os olhos que nem tinha percebido fechar, e vejo jin me abraçando.

Jin- você não precisa me explicar agora- ele seca meus olhos com seus dedinhos tortinhos, e nos deita em minha cama.

Ele se separa de mim e vira e do outro lado, fico olhando para seus cabelos, até perceber um solavanco e um barulho de soluço, levanto meu peitoral da cama e olho para jin e vejo o mesmo chorando, subo em cima dele e apoio os cotovelos no colchão para não soltar todo meu peso em cima do mesmo.

Nam- jin?!.. porque está chorando ??

Jin- eu... Não quero falar sobre isso!!

Nam- ok- deito minha cabeça sobre seu peitoral, e reparo que seu coração está disparado- quando eu era mais novo eu conheci uma garota, ela tinha cabelos lisos e grandes, seus olhos eram castanhos cor de mel...

Jin- ta... E o que eu tenho haver com isso?!- seokjin olha para mim com seus olhos vermelhos e levemente inchados.

Flashback ON

Namjoon saiu de sua casa para ir a escola, estava feliz pois hoje seria o último dia de aula, e pelo incrível que pareça ele não ficou de recuperação, o primeiro ano não foi tão ruim quanto ele pensava, se divertiu muito com seus amigos, apesar de ser muito popular ele apenas saia com jimin e jungkook que eram seus amigos de verdade.

Namjoon ao chegar em sua escola ele comprimenta todos até achar jimin e jungkook conversando com uma menina dos cabelos longos, cheguei mais perto e comprimentei meus amigos e a garota.

Jimin e jungkook falaram que iria tormar água e me deixaram sozinho com a garota.

??- oiee... É meu nome é Bae Eun Kyung, mas pode me chamar de Eun- ela me olha com vergonha- e você é o Namjoon?!... Certo??

Nam- sim, meu nome é Namjoon, mas se me permite perguntar você é a menina nova que todos estão falando ser filha do CEO da impressa mais rica da Coréia??

Eun- ahh, sim sou eu mesma, eu morava em Juju mas meus pais estão tendo muitos invejosos por lá então agora voltei a morar aqui com eles.

Nam- como assim invejosos??- perguntou Namjoon com um certa curiosidade, pois ele não sabia que o CEO de umas das melhores impressas do mundo poderia ter uma filha.

Eun- meu pai por ganhar muito dinheiro com essa impressa, tem muita gente que tem inveja dele por isso, uma vez ja tentaram matar minha mãe por isso.

~Quebra De Tempo~

Namjoon e Eun ficaram muito amigos depois disso, eles sempre andavam juntos e claro jimin e jungkook também andavam com eles.

Mas Namjoon começou a perceber um sentimento estranho perto da mesma, um dia eles acabaram se beijando e ela se declarou para ele.

Ele um dia decidiu pedir a mão da mesma para os pais da menina.

Em sua viajem para a casa de seus "sogro" e "sogra" não dava meia hora de carro.

Dentro do carro de Namjoon havia uma música animada, e para quebrar a tensão Eun começou a dançar e a cantar mesmo desajeitada ela estava se sentindo bem, e Namjoon com essa visão deixou um sorriso com covinha aparecer em seu rosto.

Mas logo esse sorriso desapareceu, pois um carro acaba de para em sua frente, Namjoon pisa no freio com força para não bater o carro.

P.O.V. Namjoon

Vejo dois homens encapuzados descer do carro, um deles vem em minha direção.

Tudo ficou em câmera lenta, ele abriu a minha porta e pegou de sua cintura uma arma e apontou para minha cabeça, eu não me importava para a coisa metálica e gélida em minha cabeça,e sim para a pessoa ao meu lado, percebo uma movimentação e olho para o lado e vejo Eun jogada no chão por um dos homens, ele fala alguma coisa para a mesma e aponta a arma para a cabeça dela.

Tento tirar meu cinto de segurança, mas minha visão de repente fica escura, sinto uma dor em minha cabeça e apago.


Notas Finais


Que saudades que eu to de vocês, esses capítulos eu já tinha escrito, e os próximos cap eu vou ter q escrever, então não sei que dia vai sair o próximo capítulo.

Desculpa pela demora novamente.

Bejinhos amo vocês meus docinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...