1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor Inesperado >
  3. Um Novo Começo

História Um Amor Inesperado - Capítulo 79


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capitulo. Mais amor e carinho.
Espero que gostem.

Boa Leitura...

Capítulo 79 - Um Novo Começo


Fanfic / Fanfiction Um Amor Inesperado - Capítulo 79 - Um Novo Começo

Izuku:On

“Me belisque que eu só posso estar a sonhar?”

Depois daquela música, Zack se ajoelhou diante de mim e agarrou nas minhas duas mãos. Foi então que ouvi aquelas palavras.

Zack: Izuku Midoriya... Aceitas namorara comigo?

Izuku: ...

Olhei naqueles dois olhos bicolores e pude sentir o meu coração falhar uma batida.

“Ok, não estou sonhando.”

Fiquei o encarando faz dois minutos. Era tão difícil dizer o que está na ponta da minha língua.

Zack: Izuku?

Esta foi a gota de água. Senti as minhas lágrimas descerem pelo rosto e um sorriso se formava nos meus lábios.

Izuku: Sim... Mil vezes sim!

O mesmo sorriu e me puxou para um abraço, à qual eu retribuo. Podia ouvir o resto dos alunos e os meus amigos batendo palmas e gritando de felicidade.

Multidão: UhhhhhhUhhhhhhh!

Katsuki: É isso aí!

Ochaco: Meus parabéns!

Mina: Mas e que tal um beijinho?

Denki: Isso aí. Todo mundo gente. Beija, beija...

Multidão: Beija, beija, beija, beija...

Depois de fazerem tantas vezes o pedido, o mesmo me agarra na cintura e sela os seus lábios aos meus.

Multidão: YHEEEEIIII!!

Izuku: Oh meu Deus. Kkkkk.

Zack: Habitua-te. Isto vai ser assim a partir de agora.

Izuku: Não tenho nada a reclamar.

Dito isso, selo os meus lábios aos dele. Mas parei o beijo, quando senti algo me agarrar e me afastar do Zack.

Zack: Mas que raio!

Izuku: Humm...

Olhei para trás, para ver quem era o responsável começar uma briga e pude ver o meu ex.

“Só podem estar a brincar comigo?”

Izuku: Me solta!

Shouto: Calado! Você não vai a lugar algum! E como pode aceitar namorar com esse vira lata!?

Izuku: E desde quando tenho de te dar satisfações? Me solta agora mesmo.

Soltei-me do mesmo e voltei para a beira do Zack, mas o Shouto agarrou o meu braço e tentou me beijar. 

“Nem tente.”

Em um movimento, piso o pé dele e dou um soco na cara. Voltei para a beira do Zack e o mesmo me agarrou. Desta vez, tinha os meus amigos ao nosso lado.

Quando Shouto me encarou, pude ver a expressão de zangada e ódio na sua cara.

Zack: Desaparece! Ele já escolheu e você não pode mudar isso.

Shouto: Oh, eu vou mudar isso. Por bem, ou por mal.

Ele começou a se aproximar de mim e foi então que a Ura lhe deu com o pé na cara.

Izuku: Uraraka?

Ochaco: Bakugou, podes tratar dele por mim? Preciso de falar com o nosso casal aqui.

Katsuki: Sem problemas.

Ela veio ter conosco e fez um sinal de vamos com as mãos. Senti o Zack me agarrar nos ombros e me puxando de leve.

Zack: Vamos Izu.

Izuku: Sim.

Saímos da cantina e fomos para o nosso esconderijo na escola. Na verdade, era a primeira vez do Zack naquele esconderijo.

Zack: Uou! Mas que lugar é esse?

Ochaco: É o nosso esconderijo secreto. Aqui, nós podemos ter reuniões e falar dos nossos problemas, mas só elementos do nosso grupo é que conhecem esse local.

Zack: Ah tá, entendi – Olhei para o Izuku e vi o mesmo com uma expressão de preocupado – Ei, senta-te um pouco. Vai fazer-te bem.

Izuku: Certo.

Sentei-me numa das rochas e ele se sentou à minha beira. Deixei a minha cabeça, cair para o lado, ficando em cima do seu ombro.

Ochaco: Ohhh... Tenho de tirar uma foto disto.

Izuku: Ok, tira lá.

Ele pegou no celular e tirou-nos uma foto. 

Izuku: Depois envia-me, está bem?

Ochaco: Sem problema.

Zack: Já te sentes melhor Izuku?

Izuku: Sim, nada que um pouco de silêncio não resolva. E claro, a tua companhia.

Zack: Aquele desgraçado. Eu queria que fosse perfeito e ele vem e estraga tudo.

Izuku: Mas foi perfeito. Eu adorei de todas as maneiras. E Zack, o que aconteceu agora há pouco com o Shouto, não muda nada. Eu aceitei namorar contigo e não me arrependo de nenhum minuto dessa decisão.

Zack: Izuku...

Ochaco: Desculpa interromper, mas eu ainda estou aqui.

Izuku: Certo, mas porque é que nos chamaste?

Ochaco: Queria tirar-vos daquela situação. Mas agora, que estou aqui, não quero sair.

Izuku: Kkkkk. Ah tá.

Zack: Vamos ter com os outros? Preciso de algo para me distrair um pouco.

Izuku: Oh, eu trato disso.

Peguei no queixo dele e deu-lhe um selinho. O mesmo corou e até desviou o olhar.

Ochaco: Uau Deku! Isso é que se chama de amor.

Izuku: Kkkkk. Ei, vamos jogar futebol com os outros?

Zack/Ochaco: Vamos lá!

Saímos do esconderijo e fomos para o campo de futebol. Chegando lá, a Ura mandou uma mensagem para o Iida e falou-lhes do jogo. Em apenas alguns minutos, eles apareceram. 

Izuku: Oi!

Eijiro: Olá Izuku!

Zack: Como correu com o pavê?

Olhamos para o Kacchan e o mesmo estava com um saco de gelo na bochecha.

Katsuki: Na maior. Mas a verdade é que dói.

Kacchan apontou para a bochecha e estava um pouco inchada.

Izuku: Auch. Tens a certeza de que queres jogar Kacchan?

Katsuki: É apenas inchaço, mais nada. Além do mais, não perdia um jogo de futebol, por nada neste mundo.

Zack: Claro, que não. Conhecendo-te bem.

Katsuki: Cala-te idiota!

Depois de mais uma briga entre esses dois, começamos o nosso jogo de futebol.

 

Zack:On

Ai, ai... Tem como este dia ser melhor? Pedi o Izuku em namoro, ele aceitou e agora estamos jogando futebol. Claro, tem sempre algo que estrague o dia, mas nada de importante.

Quanto ao jogo, devimos as equipas. Na primeira equipa era eu, o Katsuki, o Iida e o Shinso. Na segunda, era o Izuku, a Ura, o Denki, a Mina e o Eijiro.

Katsuki: Ei! Isto está desiquilibrado!

Ochaco: Pois está.

Iida: Lamento Mina, mas vais ter de ficar de fora.

Mina: Ohhhh...

Izuku: Não. Isso não será necessário. Só precisamos de mais um jogador. Vocês têm alguém em mente?

Shinso: Tenho eu. Volto já.

Ele sumiu da nossa vista e em poucos minutos, voltou com alguém da nossa turma.

Shinso: Aqui está ele.

Todos: Mirio!

Mirio: Olá malta!

Denki: Ótimo. Agora estamos equilibrados. Vamos jogar!

Todos: SIM!!

Foi um longo jogo. Em muitos momentos, sempre caiamos na risada, mas até que era divertido. Quando tocou para a próxima aula, paramos o nosso jogo.

Izuku: Empate!

Katsuki: Ao menos não perdemos desta vez.

Ochaco: Correção. Ninguém perdeu desta vez.

Mina: Verdade.

Mirio: Isto foi divertido, mas temos de ir para a aula.

Eijiro: Vamos lá então.

Pegamos nas nossas coisas e fomos para as aulas. Mas antes, peguei na mão do Izuku e o virei para mim, chegando bem perto do seu rosto.

Zack: Me espera hoje na saída da escola. Está bem?

O mesmo sorriu e me deu um selinho.

Izuku: Eu espero. Até lá, tem um resto de um bom dia.

O mesmo acenou e saiu indo em direção à sala. Sorri e fui para a minha. Chegando lá, comecei mais uma tarde de aulas.

 

Quebra de Tempo

 

Zack:On

Depois de mais umas longas aulas, finalmente chegamos ao fim do dia. Arrumei as minhas coisas e fui logo direto para o portão da escola. Chegando lá, pude ver o Izuku com o Mirio. Estavam rindo e conversando.

Isso mexeu muito comigo. Fui andando até eles e quando cheguei lá, o Mirio já estava de saída.

Zack: Oi Izuku.

Izuku: Ah! Zack, não me assustes assim.

Zack: Foi mal amor.

O mesmo corou com o apelido e não pude deixar de olhar para ele. Era tão fofo.

Zack: Ei, o que estavam falando? Você e o Mirio.

Izuku: Ciúmes Zack?

Zack: Não... É só que...

Izuku: Para. Zack sou o teu namorado e conheço-te melhor do que ninguém. Vá admita.

Zack: Ok, fiquei com ciúmes. Vocês estavam rindo e conversando.

Izuku: Vês, não foi difícil – Dei-lhe um selinho – E respondendo à tua pergunta. Ele estava falando que está afim de um colega meu. E com isso nós rimos.

ZacK: Humm... Espero que ele tenha sorte.

Izuku: Vai ter. Eu sei que sim.

Zack: Bom, vamos para casa?

Izuku: Vamos. Olha, você não quer dormir lá em na minha casa? Por favor.

Zack: Tu sabes que eu não consigo te dizer não Izuku.

Dou um selinho e em seguida pego no meu celular. Enviei uma mensagem para a minha tia. A mesma responde, dizendo que sim.

Zack: Vamos lá.

Izuku: Vamos.

Depois de uma longa caminhada, chegamos em casa do Izuku. Entramos na mesma e fomos diretos para o quarto.

Zack: Izuku... Não te importas que eu tome um banho?

Izuku: Claro que não. Além do mais, também estou precisando.

Cheguei perto do mesmo e colei as nossas testas.

Zack: Nesse caso... Não ter importas de tomar banho com o teu namorado, pois não?

Izuku: Estava a ver se não perguntavas.

Ele pegou na minha mão e fomos no banheiro tomar banho. Na banheira, ele estava sentado no meio das minhas pernas enquanto isso, eu lavava o seu cabelo.

Depois de um bom banho, fomos para o quarto. Pegamos em roupa interior e em seguida no pijama. Fomos na cozinha e fizemos o jantar. Comemos e arrumamos tudo, voltando para o quarto.

Deitamo-nos e eu agarrei o mesmo, puxando-o para mim. Depois disso, deixamos o sono nos invadir e caímos no sono.

 

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado. E gente...
Eu já estou imaginado escrever um Lemon sobre esses dois. Mas, ão me julguem por isso. Hihihihihihi.

Até ao próximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...