História Um amor inesperado ( Imagine Jung Hoseok) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), BLANC7, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Taichi, Youngjae, Yugyeom
Tags Blanc7, Bts, Got7, J-hope, Jung Hoseok, Mvp
Visualizações 61
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura bolinhos de chocolate!
Coincidência, né? Estou comendo bolo de chocolate, ouvindo IKON e escrevendo kkk

Capítulo 18 - Profissões.


Uma semana depois - Centro de Seoul 

BamBam on


Finalmente, começarei a dar aulas hoje - grito de felicidade -


Estacionei o carro - que S/n me emprestou - no estacionamento e caminhei até a recepção, encontrando com Park Hyo-Jun - a secretária sem bunda - e a mesma me recebeu feliz. Para mim, até que ela era gentil e generosa. Gostava da sua personalidade, mas... não gosto desse gênero. 


- Bom dia! - falei, sorrindo - 


- Bom dia! - sorriu - Como está? - questionou, cruzando as pernas - 


- Nervoso! - confessei - Primeiro dia de trabalho é fogo - rimos - 


- Vai dá tudo certo. Não se preocupe! - sorriu - 


- Obrigado! - olhei para o relógio - Bem, daqui a pouco os alunos chegarão. É melhor eu ir - sorri - Até mais, Hyo-Jun! - acenei - 


- Até mais! 


Segui o caminho que Hyo-Jun tinha né mostrado semana passada e logo avistei minha sala. Quando abri a porta, a mesma estava escura, mas não me importei e fui direto para a minha mesa. Estava colocando minha pasta sobre a mesma quando sinto um par de mãos na minha cintura, por reflexo e susto, dei um pulo, me virando bruscamente e num movimento rápido, fui até o interruptor e o liguei, avistando P.K - como fora apelidado - rindo. 


- Você está louco? - sussurrei, me aproximando - O que está fazendo aqui tão cedo? 


- Você não me mandou nenhuma mensagem, professor - falou manhoso e pude sentir meu corpo estremecer. Como uma simples voz poderia fazer meu corpo responder assim? - Então... Resolvi chegar mais cedo para conversarmos - sorriu - 


- Mas precisava desse susto? - o olhei - Sobre a mensagem, eu estava ocupado cuidando de algumas coisas em casa - falei, me apoiando na mesa - 


- Não podia ter tirado um tempo para mim? - sorriu - Estava ancioso pela sua mensagem, sabe... 


- D-desculpa, eu–


- Te deixei nervoso, professor? - questionou sorridente - Eu te deixo nervoso? - questionou - novamente - se levantando e se aproximando de mim - Não precisa ficar nervosa comigo - riu - Não mordo - me encarou e sussurrou no meu ouvindo - Só se pedir, é claro! 


Senti suas mãos agarrarem minha cintura e meu corpo estremecer com o toque repentino. 


- Sabe - me olhou - Se tivéssemos tempo, eu te pegaria nessa mesa mesmo, mas - olhou para o relógio - só faltam 5 minutos e não quero ninguém me atrapalhando - sorriu - 


{...}


A aula ocorreu calma e tranquila se não fossem pelos olhares que recebia do loiro. Os alunos foram pegando os comprimentos que os ensinei rapidamente - principalmente P.K -


A aula chegou ao fim e logo fui me despedindo dos meu alunos. Comecei a guardar meus materiais até sentir um olhar sobre mim, ri, pois sabia de quem vinha esse olhar. 


- Não vai embora? - questionei, sem olhá-lo - 


- Gosto de ficar aqui - falou calmo - Você fica lindo nessa posição, sabe... - suspirou - 


Mil coisas passaram pela minha cabeça e uma ideia surgiu e sem pensar, já fui fazendo o pedido. Não sabia de onde brotou tanta coragem, mas ela foi de ajuda. 


- Quer sair comigo? - questionei, me virando e o encarando. O mesmo expressava um semblante surpreso que logo se transformou em um alegre - 


- Já está tomando a iniciativa, professor? - falou se levantando - Aceito! 


{...}


Autora on


Já no colégio... 


Mark estacionava o carro em frente aos grandes portões do Colégio. O mesmo olhou para as portas e respirou fundo. Estava nervoso. Não sabia como iria se sair, mas ao lembra de S/n, sorriu e tomou coragem para entrar. 


No refeitório, S/n e seus amigos, Hoseok, Yoongi e Taichi,  riam de alguma piada que o ruivo contava. Para S/n, Hoseok era muito engraçado e gentil e em sua opinião, era bom ter amigos assim. 


De repente, um grito agudo cortou uma das histórias de Hoseok. O grito fora tão agudo, que chegou a fazer o ouvido dos presentes na mesa, zumbir. Os presentes na mesa, olharam para a direção da voz e um suspiro escapou dos lábios de S/n, assim que a mesma viu JunMin, vindo em suas direções. 


- Sério? - resmungou, olhando para seu prato - 


- Oi meus amores! - falou JunMin, olhando para todos na mesa - Oi Hoseok! 


- Oi - falou sério - Precisa de algo? 


- Posso me sentar com vocês? - questionou sorridente - 


Um silêncio tomou a mesa por um tempo. Hoseok sabia o que aconteceria se ele falasse algo, S/n também então a iniciativa foi de Yoongi. 


- Senta aí - falou - 


JunMin deu a volta na mesa e se sentou ao lado de Hoseok. S/n olhou a cena e bufou irritada. S/n nunca tera ódio da morena, mas que a mesma a irritava, sim! 


- Vou no banheiro - falou S/n, levantando-se da mesa - 


- Está tudo bem? - olhou para Hoseok e assentiu - 


Hoseok sabia que não estava nada bem, por isso, resolveu esperar a mesma sair de seu campo de vista para depois seguí-la. 


Assim que S/n saiu do refeitório, foi em direção a sua sala para pegar seu telefone. A mesma precisava de alguma música de sua banda preferida para se acalmar. Quando abriu a porta, deparou-se com uma pessoa que a fez sorrir e esquecer o seu estresse. 


Assim que S/n saiu de seu campo de visão, Hoseok se levantou e foi atrás da mesma. JunMin, que não sabia de nada, foi atrás do mesmo preocupada, deixando um Yoongi e Taichi confusos. 


- Isso foi estranho, mas... não tô muito afim de ir atrás deles - falou Yoongi manhoso - 


- Pra outra coisa você não tem preguiça - falou Taichi - 


- Pra fazer aquilo, eu tenho energia de sobra - olhou para seu namorado - Quer descobrir? 


- Ainda temos 15 minutos então... - sorriu -


- Vamos logo! - se levantou e puxou o namorado - 


{...}


Nos corredores, Hoseok corria a procura de sua cacheado. Ele sabia que a mesma estava irritada com JunMin, mas para ele, não tinha motivo para tanto ciúmes - mas não podia negar que ficava feliz em saber que sua garota sentia ciúmes  do mesmo - Queria jogar na cara de Mark o que ela sentia. 


JunMin andava pelos corredores, em busca de Hoseok. Estava querendo saber onde fora o moreno. Sabia que ele tinha ido atrás daquela menina, mas não se importava em encontrá-los em um momento íntimo. Resolveu ir para sala dele para verificar se o mesmo estava lá e quando se aproximou, encontrou uma cena que a irritou, mas em alguns segundos, ficou feliz e já foi pegando seu celular para tirar algumas fotos. 


S/n se encontrava, abraçada a um loiro, que em sua opinião, era muito bonito. O mesmo segurava em sua cintura e sussurava coisa fofas em seu ouvindo. Quando estava prestes a bater a primeira foto, uma mão agarrou seu pulso, a impedindo. 


- O que faz aqui, JunMin? - questionou Jackson - 


- E-eu... - Jackson resolveu olhar para a direção que a mesma olhava e viu a cena que partiu seu coração - 


- Quem... - olhou para o loiro que agora fitava S/n e o reconheceu - M-mark? - falou, chamando a atenção dos dois - 


S/n, ao ouvir a voz de seu professor, se virou. Mark, ao ver seu amigo de faculdade, sorriu. 


- Jackson? - questionou Mark, sorrindo - 


- Vocês se conhecem? - S/n os olhavam confusa - 


- Depois de tantos anos... Não é que seguimos nossas profissões tão sonhadas - falou Jackson - Esse aqui, fez faculdade comigo - sorriu - Que saudade irmão! - o abraçou - E BamBam? Continuam próximos? 


- Sabe que ele não viveria sem mim, né? - riram - 


CONTINUA... 




Notas Finais


Eles precisavam se conhecer kkk

Espero que tenham gostado e qualquer dúvida, comentem que eu irei esclarecê-las.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...