1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor inesquecível - ( Clace ) >
  3. Nono cap

História Um amor inesquecível - ( Clace ) - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Olá
.
.
.
🍀😍

Capítulo 9 - Nono cap



Clary 


Estava na escuridão de novo, mais só que agora para abrir os olhos foi mais fácil, abri os olhos e estava tudo embaçado, foi voltando ao normal aos poucos, estava meu grogue e  com um pouco de dor no corpo, principalmente nas minhas costas, minhas pernas estava formigando, tipo se estivesse durmente

Olho para o lado e vejo Sebastian dormindo em uma poltrona, dou um sorriso fraco, 

- Sebs - falo baixo, ele só se meche- Sebastian - falo um pouco mais alto e percebo que minha voz também está grogue, ele se meche e me olha um pouco confuso e depois da um sorriso e se levanta rápido 

E vem até mim 

- ei você acordou- ele faz carinho na minha bochecha e me deu um beijo na testa - te amo 

- também te amo - sussurro com a voz seca 

- quer água??- ele pergunta e antes de eu responder ele pega, um copo com canudo com água, bebi tudo minha garganta estava muito seca mesmo

Ele coloca o copo na mesinha de volta e olha para mim, com os olhos cheio de carinho e amor 

-  como você está?- ele pergunta 

Tento mexer minhas pernas mais não consigo, mais consigo sentir ela, olho para o Sebs 

- ainda não consigo mexer minha pernas- falo e olho para ele com os olhos cheios de lágrimas- por que não consigo mexer minhas pernas?- falo sentindo lágrimas cair nas minhas bochechas

Ele aperta um botão perto da minha cama e depois me olha e limpa minhas lágrimas

- vai ficar tudo bem - ele balança a cabeça e vejo olhos dele cheios de lágrimas e escorre uma e ele limpa rápido- vai ficar tudo bem ok?

Concordo com a cabeça e tento me acalmar um pouco por ele, meu ombro começou a doer um pouco olho para ele e percebo que está engessado e com uma tipóia, engulo em seco 

Escuto alguém bater na porta e entra uma mulher morena de cabelos cacheados e olhos castanhas escuro com um sorriso no rosto, ela olha primeiro para o Sebs e depois para mim e seu sorriso aumentou mais 

- você acordou - ela vem até mim- como você está se sentindo?- ela pergunta e olha minha fixa 

- um pouco de dor no ombro e não consigo mexer minhas pernas- falo e olho para ela 

E seu sorriso diminui 

- seus médicos estão em cirurgia doutou herondale e doutor Jordan, eles já estão terminando e vão vir te examinar e conversar com você - ela fala e coloca a fixa no lugar

- conversar comigo o que aconteceu?- tento mexer minha pernas de novo, mais não consigo- por que não consigo mexer a drogas dessa pernas?- pergunto gritando e me dessesperando 

- clary fica calma - Sebs fala colocando a mão no meu ombro

- eu só quero saber o que está acontecendo só isso - falo soluçando

- tudo bem - a infermeira fala e chega mais  perto de mim- você teve que fazer uma cirurgia de emergência, mais agora está tudo bem, você ainda está com efeito da anestesia a anestesia foi geral e um pouco forte então ela ainda não passou o efeito 

Ela fala e olha para o Sebs e ele concorda com a cabeça 

- e por que eu tive que fazer uma cirurgia de emergência?- pergunto um pouco mais calma pelo o que ela disse sobre a anestesia 

- só os seus médicos pode falar o que aconteceu melhor - ela fala e medi minha pressão - um sua pressão está boa - ela sorri doce e anota na minha fixa - eu vou falar com os seus médicos e já volto - ela fala e sai da sala 

- Sebs - olho para ele e ele estava olhando para a janela do quarto destraido 

- hum? - ele fala sem tirar os olhos da janela

- está tudo bem não está?- pergunto um pouco aflita ele desvia os olhos da janela e olha para mim 

- calma pequena- ele vem ate mim e me dar um beijo- eu estou aqui para tudo bem?- ele me olha com um olhor aflito

Concordo e dou um sorriso fraco 


Jace

- por que você disse isso para ela?- pergunto quase gritando com Maia 

Acabei de sair da minha cirurgia e ela veio falar comigo pois Jordan ainda não tinha saído da cirurgia dele 

Maia falou tudo que falou para Clary

- eu não sabia o que disse Doutor herondale ela estava dessesperada, ela não consegue mexer as penas e eu não sabia como disser a ela sobre a cirurgia ela ia fazer um monte de perguntas e eu não ia saber responder eu não fiz a cirurgia e não sei quase nada do caso dela eu não era a infermeira dela e sim Aline - ela 

- tá você está certa - falo e passo a mão no cabelo - mais não era para falar que ela não está sentindo as pernas por causa da anestesia - falo e começo a andar de um lado para o outro - vai ser pior quando for falar sobre a cirurgia e fazer o exame para saber se ela vai conseguir ter os movimentos das pernas de volta - falo e ainda continuo andando de um lado para o outro 

- eu não menti tanto assim - ela fala e eu paro de repente e olho para ela 

- como assim?- pergunto

- já faz mais de seis horas que doutor Jordan terminou a cirurgia e a anestesia foi muito forte por conta dela ser muito longa então ela ainda não passou seu efeito completamente - ela fala - e a Fray falou que sentia as pernas só não conseguia mexer- ela fala e eu concordo e saiu da sala e vou para a sala de cirurgia do Jordan 

Chego lá e ele já está saindo com um sorriso no rosto e se espreguiçando 

- acho que vou dormir- ele fala bocejando- não, melhor vou para casa e dormir - ele fala 

- clary acordou - falo de uma vez e ele da um sorriso

Conto tudo o que aconteceu e ele concorda

- Maia está certa, ela não sabia nada do caso da clary eu só pedi para ela ficar de olho nela por que você não quer que Aline chega perto dela - ele fala e começa a andar e eu signo ele ficando do seu lado 

- eu sei disse eu já falei para ela, mais agora vai fica mais difícil falar com ela sobre o que aconteceu - falo - e ainda mais Aline não podia mais cuidar dela depois do que ela folou dela - falo ele me olha 

- do que ela falou ou por que você não ia se sentir bem com sua ficante e a menina que você está apaixonado na mesa sala?- ele pergunta

- não é nada disso - falo ele me olha e levanta uma sombrancelha- tá talvez seja - falo e dou de ombros- não tenho culpa se sou assim - falo e escuto ele sorri - agora falando sério, o que vamos fazer agora ?

- fala o que aconteceu e fazer o exame- ele fala e chegamos ao quarto dela entro e vejo Izzy e Magnus no quarto 

- vejo que minha paciênte preferida está com visitas - Jordan fala só para me provocar e eu reviro os olhos 

Ela sorri, a cama está inclina, para ela ficar um pouco sentada e ao mesmo tempo deitada ela está mais alegre com seus amigos e irmão perto dela 

Ela está muito mais linda com os cabelos soltos e pentiado sobre os ombros e os olhos esmeralda brilhando e com um sorriso lindo no rosto 

Meu coração bate acelerado só de olhar para ela, e ele se aperta quando ela souber da verdade sobre as pernas

Entro na sala e fecho, izzy está do lado esquerdo dela e Magnus do lado direito segurando a mão dela e Sebastian escostado na janela do quarto e com os braços cruzados com um olhar destante 

- sim estávamos muito preocupados com essa princesa- Magnus fala e aperta a bochecha dela e ela sorri 

- eu eja falei que eu estou bem - ela fala 

- mesmo assim estávamos com saudades- izzy fala e vai para perto de Magnus 

- eu quero me apresentar eu sou doutor de ortopedista Jordan- ele fala e estende a mão e ela aperta - e esse é o doutor herondale trauma 

Ela olha para mim e sorri 

- eu já o conheço - ela fala - primeiro do aeroporto e depois ele me acalmou por eu não conseguir mexer minha perna - ela fala 

- sim - dou um sorriso bobo e vejo pelo o canto do olho izzy e Magnus me encarando 

Meus olhos se encontro com o dela e ela desvia e eu ainda fica encarando ela 

Jordan coça a garganta e eu olho para ele e ele está me encarando com uma sombrancelha levanta 

- como eu ia falando eu sou da ortopedista....- ela interrompe Jordan 

- da ortopedista por que?- ela pergunta e depois olha para o braço- é sobre o meu braço?

- não é... - ela interrompe ele de novo e lha para o Sebastian ele está encarando o chão com os olhos cheios de lágrimas

- Sebs - ela fala baixo- o que está acontecendo?- ele olha para ela com o rosto um pouco pálido 

- clary...- Magnus começa mais é interrompido por ela 

- Sebs - ela fala baixo de novo e ele balança a cabeça 

- clary a gente pode explicar- falo e vou para perto dela na cama, ela olha para mim com os olhos marejados 

- o que está acontecendo? Por que Sebs está assim? - ela olha para ele de novo 

- eu estou bem clary - Sebastian fala 

- claro que não está - ela cruza os braços e faz um bico fofo - te conheço muito bem igual ao Magnus - ela olha para ele - ele está nervoso 

- clary a gente não tem boas notícias- Jordan fala e fica do outro lado da cama - no acidente você teve uma fratura em uma vértebra, nisso tive que fazer uma cirurgia de emergência para você não perde os movimentos do seu corpo do pescoço, para baixo - ele fala, e vejo algumas lágrimas caindo do rosto da clary 

- e-u....- ela gagueja e olha para mim, e me senti um inútil de ver minha pequena assim, sem poder fazer nada 

- como foi a cirurgia doutor?- Magnus pergunta 

- toda cirugia tem riscos, e da clary não é diferente- ele fala e clary desvia os olhos do meu e olhar para o Jordan 

- como assim? - ela pergunta limpando as lágrimas do rosto 

- se eu não fizesse a cirurgia você ia perder os movimentos do pescoço para baixo e fazendo a cirurgia voce tinha uma grande chance de perde os movimentos das pernas- ele fala e olho para Izzy chorando no ombro de Magnus em silêncio 

- mais eu vou poder andar de novo?-  Clary pergunta 

- para isso vamos ter que fazer um exame hoje para saber se tive algumas sequelas e quais, mais com toda certeza você vai ter que fazer fisioterapia - Jordan responde e ela concorda 

Conversamos mais um pouco e fazemos o exema e deu tudo certo, clary ia recuperar os movimentos das pernas fazendo fisioterapia três vezes na semana 

.

.

.

.

~~||~~||~~

(Autora)

Depois de fazer os exames,  clary estava no quarto Sebastian tinha saído para tomar um café, jace entra 

Ela olha para a porta e vê ele, ele da um sorriso e ela retribui

- como você está?- ele pergunta e vai para mais perto dela 

- bem, estou feliz por não ter acontecido o pior - ela fala com sinceridade - e feliz por que Jor falou que talvez depois de amanhã eu vou ganhar alta e eu posso ir para a faculdade - ela fala sorrindo 

- Jor?- ele pergunta e cruza os braços, sente o ciúmes envadir seu ser, e ele ódiava sentir isso 

- sim, o doutor Jordan falou que eu podia chamar ele assim, ele é legal - ela sorri- ele falou que vou precisar de um acompanhante para me ajudar ou um infermeiro, pois Sebs ele trabalha quase o dia todo aí não vai ter tempo de cuidar de mim, mais Magnus e izzy se ofereceram para cuidar de mim 

- é uma ótima ideia, Izzy não faz nada o dia todo - ele fala sorrindo e vai para mais perto dela - e Magnus ele é muito cuidadoso ao contrário de Izzy que é muito desastrada 

Clary sorri com o comentári

- percebi - ela fala e olha para a janela 

- eu sei que você vai conseguir voltar a andar - ele fala olhando para o rosto dela, ela olha agora ele e sorri 

- tomara doutor herondale - ela fala 

- pode me chamar de jace 

- jace - ela sorri - jace gostei desse nome 

- gostei do geito que sai da sua boca - ele fala e ela arregala os olhos com o comentári, abre a boca para falar algo 

Quando a porta é aberta 

- olha minha ruiva preferida - ela olha além de jace e da um gritinho de surpresa e um sorri, jace se vira e ver Simon 

- Simon - ela fala eufórica - Simon, é você? - ele da mais um passo para frente - aí meu deus é você mesmo 

Ele vai até ela e da uma abraço forte nela 

- como você- ela se desvencilha dele e olha para ele  com cara de brava - Simon Lewis você não foi no meu aniversário no ano passado - ela finge que está brava 

- você sabe que não deu ruivinha- ele fala e faz carinho no cabelo dela- eu estava resolvendo as coisas da faculdade 

Ela vira para ele e da um sorriso

- eu sei só queria fazer você sofrer um pouquinho- ela faz gesto com os dedos

Ele sorri 

- eu vim mais cedo mais você estava dormindo, e eu não vim antes por que estava em uma cirurgia - ele fala com carinho - como você está?

- Hum...melhor impossível, não tão assim melhor- ela revira os olhos e sorri- vou ter que fazer reabilitação, mais vai ficar tudo bem, mais eu...eu..

- ei calma- ele sorri- fala de vagar 

Ela olha para o jace que estava de frente para a janela de braços cruzados e dava para ver sua mandíbula travada 

- o está tudo bem jace?- clary pergunta 

Ele se vira e da um sorriso que não parecia que ele estava muito bem 

- sim eu vou olhar outros pacientes - ele fala e sai sem falar mais nada 

- o que deu nele?- clary pergunta e Simon da de ombros 

- agora me fala o que está deixando você tão feliz?- Simon pergunta com um sorriso

- Sebs me falou que chegou um e-mail da faculdade que dissia que minha inscrição foi aprovada, eu começo segunda e até lá eu já vou está de alta 

- parabéns pequena- ele abraça ela- você merece muito 

.

.

.

Jace

Por que eu falei isso para ela?  Por que eu fico com tanto ciúmes dela com outro homem? Ela não é minha e nunca vai ser, Passo a mão no meu cabelo e vou para o quartinho de descanso 

Abro a porta e vejo Jordan com Maia se beijando, coço a garganta  e eles se separam e Maia fica vermelho de vergonha 

- hum... É melhor eu.. eu - ela gagueja

- sair?- pergunto levantando a sombrancelha 

- sim - ela sai quase correndo 

Entro na sala e fecho a porta quase em uma pancada, Jordan da de ombros e se vira para entrar no banheiro 

- como você pode fazer essas coisa?- pergunto- ela é a Maia ela não merece isso Jordan

Ele se vira e cruza os braços 

- isso o que? 

- brincar com ela como você faz com as outras 

- e se eu não estiver só brincando- eu dou um sorriso amargo

- você?- pergunto e ele concorda-  está fazendo isso só para se divertir- afirmo 

- claro que não!! Só você pode se apaixonar ou querer algo sério?- ele pergunta zangado 

- eu não estou apaixonado - falo quase gritando para mim mesmo - é só desejo

- você ficar repetindo essas palavras não vai mudar nada o que você sente por ela - ele fala um pouco mais calmo 

- mais tem que mudar!! Eu não posso gostar de uma garota que eu não posso ter, que eu nunca vou poder chamar de minha - falo e tiro meu jaleco e abro o meu armário e pego minha carteira e a chave do meu carro - não posso amar uma pessoa que ama outro 

falo e saio da sala 







Notas Finais


🍀💕 ( não sei se ficou muito bom esse cap. Mais prometo que os próximos serão melhores)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...