História Um amor mais forte que o tempo - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Visualizações 155
Palavras 476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 34 - Encontrando o guardião


A joaninha voava pelo quarto nervosa, era possível qualquer um que passasse perceber sua agitação, enquanto voava falava sozinha, como se conversasse com alguém, aquilo estava deixando Marinette ainda mais nervosa do que já se encontrava.

M-Tikki pára!- mas a joaninha não ouviu- TIKKI!

T- O quê?!

M- Você tá há mais de uma hora de um lado pro outro falando sozinha e não me fala nada! Eu tô desesperada, o que era aquilo?

T- Eu...eu não te posso te falar, ainda é muito cedo.

M- Cedo?! Eu vi um fantasma, dá pra você entender?!

T- Não era um fantasma Mari...

M- Não? Então o que era?! Eu precisi saber!

T- Era você Mari.

M- Não! Era outra roupa, outro rosto...aquilo sorriu pra mim!

T- Eu não posso te explicar, só o mestre tem esse direito, sinto muito.

M- Mestre?! Que mestre?! Eu preciso saber da verdade!

T- Eu não posso te levar, só o guardião pode.

M- Que guardião?

T- Todas as Ladybugs tiveram um guardião, ele as ajudava a treinar, só ele pode te levar até o mestre.

M- Então vamos falar com ele agora!

T- Não. Amanhã, prometo que falo amanhã com ele. Agora você precisa dormir.

M- Como você acha que eu vou conseguir dormir depois daquilo?

T- Você consegue. Você é a Ladybug, você consegue qualquer coisa.

M- É fácil falar.


Realmente foi muito mais fácil falar do que fazer, durante toda a noite ela pensou naquele reflexo no espelho, cada vez que fechava os olhos aquela imagem voltava à sua mente, resultado: passou a noite toda acordada.

No dia seguinte levantou, se ajeitou e foi para o colégio mas, por mais que tentasse, não conseguia manter os olhos abertos, tentou ao máximo prestar atenção às aulas mas foi em vão, por sorte não foi pega.

Mas nada está tão ruim que não possa piorar, Adrien tentou falar com ela várias vezes e, nos momentos em que estava acordada, simplesmente fugiu, não conseguia encará-lo depois do vexame na sorveteria, mesmo sabendo que não era sua culpa, ainda assim era vergonhoso..

A última aula seria com o professor Agreste, ele percebeu o quanto ela estava dispersa, mas preferiu não fazer nenhum alarde, imaginava o que poderia ser, apesar de não ter certeza mas, depois de ver um pequeno borrão vermelho lhe fazer um pequeno sinal, já sabia o que fazer.

Na saída da aula...

F- Marinette, será que você poderia me acompanhar?

M- Eu? O que eu fiz?! 

F- Acho que você sabe.

M- Tá, eu confesso, eu dormi, mas não foi por desrespeito à sua aula, eu só...não consegui dormir à noite e...

F- Pesadelos?

M- Sim, como o senhor...

F- Uma joaninha me contou.

M- Uma joaninha?!

F- Venha comigo que você irá entender tudo.

Já no carro...

M- Pra onde o senhor está me levando?

F- Conhecer alguém muito especial.

M- Mas eu...

F- Não se preocupe, você está segura. Ladybug. Não é verdade Tikki?

T- Com certeza. Olá Félix.

F- Oi pequenina, há quanto tempo...

M- Peraí, vocês se conhecem? Você sabe sobre mim? Então você é...

T- Exatamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...