História Um amor mais forte que o tempo - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Visualizações 175
Palavras 539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 41 - Manhã seguinte


Adrien acordou completamente suado e um certo, incômodo na parte de baixo, ele já sabia um pouco sobre hormônios e reprodução humana, muito pouco na verdade, quer dizer...quase nada, isso era um assunto que Nathalie não se aprofundava nas aulas, talvez por isso ela não tenha ficado tão triste ao saber que agora ele iria para um colégio normal.

Foi difícil fazer suas necessidades fisiológicas, sempre odiou esses termos, parecia muito nerd nessas horas, seu...amiguinho não colaborou como era esperado, tentou tomar um banho gelado mas o incômodo ainda persistia mas, tudo dempre pode piorar, principalmente quando se tem um kwami comilão e intrometido com colega de quarto.

P- E aí garoto, vai sair daí que horas? Eu tô com...wow, o que você andou aprontando?

A- Eu?! Eu não fiz nada!

P- Sei...e ele ficou assim sozinho? Conta outra.

A- É sério, eu levantei, fiz o que tinha que fazer e ele continua assim.

P- Olha, que tal você...resolver isso primeiro, depois conversamos lá no quarto?

A- E como eu vou resolver?

P- Ai ai, bilhões de anos nas costas e agora eu tenho que ensinar um garoto a pagar punheta? Isso é um absurdo!

A- Eu...não sei do que você tá falando.

P- Fala sério, eu vou pedir um aumento de salário!

A- Mas você não tem salário.

P- Mais um absurdo!

A- Eu te dou o dobro do queijo hoje!

P- Aí é outra história, você tem que brincar com ele, tipo um carinho, é só pensar no que você tava sonhando, dava pra ouvir você gemendo e chamando o nome daquela sua colega.

A- Eu...

P- Vai logo senão você se atrasa e a Nathalie te pega com a boca na butija, ou na mão, se é que você me entende.

Plagg saiu e foi esperar no quarto, conseguia ouvir os gemidos do garoto, se segurou para não rir, ao pensar em como ele era diferente da antiga passagem dele aqui na Terra.

Pouco depois Adrien foi para o quarto, totalmente evergonhado e com as bochechas vermelhas.

P- E então, como foi?

A- Não quero falar sobre isso.

P- Não pode ter sido tão ruim.

A- Dá pra mudar de assunto?

P- Ok, você disse que sonhou com a sua amiga...

A- Não disse que sonhei com ela!

P- Também não negou! Sabe, eu vi uma luz aqui no quarto ontem, seu corpo todo tava brilhando e, acho que não foi só um sonho.

A- Do que você tá falando?!

P- Que eu acho que você realmente esteve com essa menina do sonho, a Tikki dizia que isso pode acontecer ás vezes e...

A- Tikki?

P- A kwami da Ladybug.

A- Você conhece a Ladybug? Sabe quem é ela?- gritou agarrando Plagg com força.

P- Ei, me larga garoto, eu disse que conheço, mas as identidades têm que ser secretas, lembra? Agora, voltando ao que interessa, eu acho que, talvez, não tenha sido só um sonho.

A- Como assim?

P- Quero dizer que, pode ter sido uma...sei lá o nome em que, seu corpo tava aqui mas a alma não mas...o que aconteceu no sonho aconteceu na vida real também.

A- Então, se era ela mesma, o que eu fiz lá, fiz nela também?

P- Mais ou menos isso. Peraí, o que você fez com a menina?

A- Digamos que, se era ela mrsma, seu pescoço terá uma marca difícil de esconder.

P- Ai ai, por que eu ainda tento entender vocês humanos?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...