História Um amor mais forte que o tempo - Capítulo 44


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Visualizações 159
Palavras 403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 44 - Halloween parte 1


Depois daquele dia, Marinette começou a fugir, mais do que o normal, de Adrien, tinha medo dele descobrir a verdade sobre o sonho.

Tikki havia lhe explicado que, ela teve muita sorte do feitiço de cura ter funcionado, mesmo que por pouco tempo, assim que chegou em casa a marca estava lá de volta, ela deveria treinar muito antes de tentar novamente, por isso fugiu, tinha medo dele notar alguma coisa, ou de sonhar novamente o que, também por sorte, não aconteceu.


Algumas semanas se passaram, já era chegado 31 de Outubro, a tão sonhada festa de Halloween, já fazia tempo que o tio das brabuletas não dava as caras, o que deu mais tempo para Ladybug treinar com mais tranquilidade, ela sentia muita falta do companheiro tanto nos treinos como fora dele, mas o mestre pediu para ela ter paciência, afirmando que ele já estava treinando mesmo sem saber.

À noite Alya iria sair com suas irmãs para pegar doces, como ela já sabia a fraqueza de Marinette (os olhos de bebê), não foi difícil convencê-la de acompanhá-las, elas erm dois lindos capetinhas, pedido delas e criação de Marinette.

Alya- Elas ficaram lindas

M- Obrigada, fico feliz que elas tenham gostado.

Alya- Sabe quem também está linda?

M- Quem?

Alya- Uma certa franco-chinesa que eu conheço. E então, por que ou por quem você se arrumou tanto hein?

M- Nada demais, eu...só coloquei uma...roupa qualquer e...

Alya- Isso não tem nada a ver com um certo loiro não é?

M- Não! Eu...

Alya- É brincadeira, vamos, antes que minhas capetinhas vão longe demais.

Elas se juntaram às meninas, mas elas eram rápidas demais, quase conseguiam sair da vista das mais velhas, todas corriam e riam demais, só que, quando se mora na mesma terra que o tio das brabuletas, tudo pode acontecer, principalmente o próprio Frankenstein aparecer em meio às crianças.

Alya- Irada essa sua fantasia.

- (Urro).

Alya- Uau, até a imitação tá perfeita, onde você comprou a fantasia, ela tá muito realista.

- (Urro mais forte).

M- Alya...eu acho melhor irmos.

Alya- Calma, eu só quero tirar uma foto, quem sabe entre no meu blog, tá é só da Ladybug e do Chat Noir, mas quem sabe...

- (Urro nervoso e quebrou o celular).

M- Alya...eu acho que não é fantasia.

Alya- Do que você tá falando, você acha que Paris agora tem um monstro também?

M- Acho que não é só um.

Alya olhou para onde a amiga apontava, diversos monstros as cercaram, elas não tinham para onde ir, então só podiam gritar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...