História Um Amor Na Adolescência - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Um Amor Na Adolescência - Capítulo 2 - Capítulo 1

POV Bia

Depois de três anos namorando a Larissa, decidimos morar juntas, eu com os meus 17 para 18 e Larissa com seus 22 anos, eu estava no último ano do colégio. Eu me mudei pra cidade dela, mudando de escola, trabalho e tudo mais e eu confesso que isso foi muito bom pra mim e acho que foi muito bom pra ela também. Nos primeiros dois primeiros dias que eu me mudei pra casa da Larissa, ela não foi pra faculdade pra não me deixar sozinha e me levar pra escola (que ela chama de creche), o que eu achei muito fofo da parte dela.

*06:00* Acordo com a Larissa se levantando pra ir ao banheiro e já começa a se arrumar.

- Aonde que você vai tão cedo? - Digo em meio o sono.

- Ué, vou te levar pra creche mais tarde, hoje é o seu primeiro dia na escola nova, lembra? - Ela diz isso com um sorriso no rosto.

- Ah... Sim... A escola... - Digo me virando de lado

Eu realmente não tava muito empolgada pra ir pra escola, escola nova, gente nova, eu não ia conhecer ninguém lá, ficar totalmente isolada...

- Bia, você vai né? - Pergunta ela saindo do banheiro.

- Eu preciso mesmo ir? - Falo isso enquanto me viro para o lado da parede, dando espaço para que ela se deite comigo.

Ela se senta na cama e logo se deita comigo, me abraçando pela cintura e me dando beijinhos no pescoço e perto do ouvido.

- Sim nenê, relaxa tá, vai ficar tudo bem lá - Disse enquanto me cobria

- Tá bom, mas qualquer coisa eu volto pra casa, tô falando sério - Digo

- Tá criança manhosa, agora dorme mais um pouco, amor, vou ir fazer o café e quando for umas nove horas eu te chamo, tá? - Diz ela enquanto se levanta e me dá um beijo na testa.

Acabo pegando no sono logo depois e como o prometido, ela me acorda as 09:00.

- Dorminhoca, acorda... Amor, vai, você vai se atrasar, Bianca eu vou contar até três - Diz ela enquanto está contando

- Aaaah, pronto, acordei - Digo

- Ah pronto, agora a dona tem medo de mim? *Risos* - Diz Larissa

- Eu? Medo de um bebê igual a você? *Risos* até parece! - Digo me levantando

Me levanto e vou tomar meu banho, já são 09:30 quando eu ligo o chuveiro, coloco uma música pra tocar no celular enquanto eu tomo banho, minha playlist dura 25min então esse é o tempo em que eu fico no banho. Saio do banho e peço pra Larissa me levar a toalha.

- AMOOOR, ESQUECI A TOALHA, PEGA PRA MIM? - Grito da porta do banheiro.

- PEGO, MAS TU BEM QUE PODERIA VIM AQUI PEGAR NÉ, RS - Grita Larissa de volta.

- É...

- Amor, relaxa, tô brincando - Diz ela me entregando a toalha

Eu saio do banho e vou para o quarto procurar uma roupa, não tenho ideia do que usar em um primeiro dia de aula e eu também não uso uniforme escolar então... Penso em usar uma roupa da Larissa mas lembro que ela é mais alta e mais magra que eu então logo as roupas dela ficariam estranhas em mim. Continuo de toalha sentada na cama, Larissa entra me chamando pra ir comer e fica meio espantada/admirada ao me ver de tal jeito.

- Ué, saiu agora do banho? - Diz ela se sentando ao meu lado.

- Não, sai faz um tempo já... Não consigo decidir qual roupa vou usar, não quero ir toda de preto pq não quero ficar conhecida como a estranha da escola logo de cara, não quero ir toda colorida pra não ficar muito gay e não quero ir toda de branco pra não parecer uma idiota... Na verdade... Eu não quero ir, amor - Respiro fundo - Eu sei que vai dar tudo certo mas... Minhas experiências na outra escola não foram boas - Respiro fundo novamente e termino a frase - Eu tô com medo

Ela não fala nada de início, apenas se levanta e vai até o guarda roupa, ela pega uma calça jeans preta, uma camisa azul marinho, meu tênis preto e uma touca preta que eu ganhei de uma amiga. Eu coloco a roupa e até que gosto dela.

- Hm... Gostei amor, obrigada - Digo

- Olha meu bebê indo super bonitinha pra creche, orgulho! - Diz ela

*11:00* Já estou pronta pra ir pra escola, mochila arrumada, roupa bonitinha, cabelo penteado e eu já comi. Larissa me deixa na escola depois de uns trinta minutos, ela me dá um beijo, um abraço e depois um beijo na testa.

- Boa aula nenê, te amo muito, qualquer coisa me liga e eu venho te buscar - Diz ela enquanto me entrega a mochila

- Tá bom, te amo muito, até mais - Digo enquanto caminho lentamente até a entrada.

*18:30* O sinal do fim de aula bate eu ligo para Larissa

- ...

- Oi Bia, tá tudo bem? Já tô indo te buscar

- Oi! Ta tudo bem, e sobre você vim me buscar... Não precisa, eu quero passar em uma livraria hoje e talvez eu chegue um pouco tarde, tudo bem pra você? - Digo esperando uma resposta negativa.

- Hm... Tudo bem sim, mas se acontecer alguma coisa, você me avisa, tá bom? - Diz ela um pouco apreensiva.

- Aviso sim, mas... Vai ficar tudo bem...

- Hey... Amor, tá tudo bem mesmo? Tem certeza que vai ser uma boa ideia você vim sozinha pra casa?.

- Só umas coisas da escola... E sim... Tá tudo bem em eu ir sozinha pra casa, relaxa.

- Tá, amor. Mudando um pouco o assunto, eu vou fazer o jantar, quer alguma coisa específica?.

- Bom... Você sabe que...

- Que você nunca come de noite? Sei! Mas hoje você vai comer.

- Tá amor... Que tal lasanha? Eu gosto um pouco.

- Ótimo! Lasanha pro jantar, vou fazer isso então, bebê.

- Obrigada amor, agora eu preciso ir, tá? Te amo - Digo isso esperando que ela continue a conversa.

- Tá amor, se cuida, não fica na rua até muito tarde, beijos, te amo.

Ela desliga e eu vou até a livraria, compro uns livros (que eu já procurava a muito tempo, digo de passagem) e fui para o shopping comprar um presente para Larissa. Quando chego no shopping, vejo um grupo de alunos da escola em que eu estudo, e óbvio que é aquele grupinho que se acham os mandachuva da escola e é claro que eu não me dei bem com eles. Passo direto por eles e vou a loja de pelúcias que tem no shopping, a loja fica ao lado de uma loja de alianças (faz sentido dar pelúcia junto com uma aliança). Compro um gatinho e uma gatinha de pelúcia, sei que a Larissa ama gatos então... surpresa!. Saindo da loja eu encontro novamente com o grupo de alunos, tento passar direto por eles novamente, mas dessa vez foi uma tentativa falha.

- Hm... A garotinha nova, até que não é tão feia *risos* - Diz um garoto do grupo

- Mas olha só... Ela usa aliança, o bebê namora - Uma menina que está no fundo diz isso, ela tá rindo junto com os outros.

Ao ouvir essas coisas fico triste imediatamente, lembranças da minha antiga escola vem átona.

- Vocês são muito chatos cara... - Digo isso e passo a força entre os alunos.

Uma menina segura no meu braço, com uma certa que força que sei que logo ficaria marcas nele, tento puxar meu braço, o que só piora a situação já que ela tem unhas grandes e acaba me arranhando.

- Quem você acha que é pra falar assim com a gente? Mal chega na escola e já quer bancar a fodona? Se enxerga, da próxima vez vai ser mais que um arranhão! - Diz a menina que tava me segurando, ela diz isso e logo me solta.

Saio de lá imediatamente e logo pego um táxi para voltar pra casa, nesse momento eu só quero a minha cama, minha namorada e a minha vida normal, como sempre. Chegando em casa, abro a porta e sou recebida pelas minhas cachorras, fecho a porta e me sento para fazer carinho nelas, logo a Larissa aparece também para conversar comigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...