1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor nem tão secreto - Taekook, Vkook >
  3. Enquanto isso, em Aracaju... Pt. 1

História Um amor nem tão secreto - Taekook, Vkook - Capítulo 44


Escrita por:


Capítulo 44 - Enquanto isso, em Aracaju... Pt. 1


Fanfic / Fanfiction Um amor nem tão secreto - Taekook, Vkook - Capítulo 44 - Enquanto isso, em Aracaju... Pt. 1

No capítulo anterior...


- Ahhh! Aliás... A gente tem um troço pra falar pra cês :3 - Namjoon sorri com carinha de santo do pau oco, deixando Taekook confusos

- O que...? - Os dois perguntam ao mesmo tempo pensando que que Nam iria falar

- Então, "nóis" num vai pro Japão não... -3- Rolaram algumas coisas aê, e vamo ter que ir direto pro Brasil

- ;-; ... Poxa. Mas ok


Continua...

___________________________________________


Aracaju - SE - Brasil - 28/09/21


━━━━━━━ •♬• ━━━━━━━

       S2 jєiкєi iท yσυr αrєα S2

━━━━━━━ •♬• ━━━━━━━


- Então... Quer dizer que você alugou uma casa? - Pergunto analisando a casa de todos os ângulos possíveis, andando de um lado para o outro observando a... Até bela casa de dois andares

- Yep - Hobi responde, e eu sinto orgulho em sua voz. Pelo visto ele adorou a casa que ele alugou, e eu posso concordar com ele, ela é bem bonitinha. Toda branquinha, com uma porta tipo, muito grande, muito maior que o Nam, e também tem uma escadinha até a porta que tem umas luzinhas. - Bom, nesses cinco dias nós teremos vizinhos, ok?

- Oh meu Deus, não sabia - Jin debocha de Hobi, pondo as mãos no rosto e fazendo cara de espanto, deixando Hobi com cara de bunda revirando os olhos e resmungando: "Mimimi", fazendo eu e o Jimin rirmos feito duas hienas

- Eu só queria lembrá-los! Vocês fazem umas merdas que se a gente morasse num condomínio, seríamos expulsos! - Jung afirma novamente se estressando. E ele está 100% certo, pois até hoje eu lembro do dia em que eu, o Namjoon, o Jin e o Jimin fizemos uma "festa" no hotel que a gente tava e todo mundo veio reclamar com a gente, e assim que quase fomos expulsos de um hotel lá em Busan ;3;

- Vamos parar de conversar no meio da rua e simbora pra dentro da casa - Jimin fala pegando minha mala e a dele, as arrastando pra dentro da casa. Por que ele fez isso? Não sei, pelo menos agora tô sem peso pra carregar

...


✶⊶⊷⊶⊷❍⊶⊷⊶⊷✶

         𝑨𝒖𝒕𝒐𝒓𝒂 𝑶𝑵

✶⊶⊷⊶⊷❍⊶⊷⊶⊷✶


- Masoq...? - Tae se pergunta confuso, ao ver e notar o sumiço de todos, a sala totalmente vazia sem ninguém ter avisado. Logo sentindo uma vibração em seu bolso, pegando seu celular e vendo a notificação do kakao, uma mansagem de Yoongi


"Olha, Taehyie, abandonamos você e Jeon aí em casa mesmo, ok? Ok. A gente vai visitar a praia da cidade, e caso vocês queiram encontrar a gente... Se virem. Ninguém mandou vocês irem dormir de tarde. Tchau, tchau :)"

Tae olha com cara de cu pra mensagem, pistola pois não foi acordado para o passeio, e sua preguiça não o deixa sair da casa sozinho pegando um uber, parece até que a preguiça em si tá segurando seu pé e dizendo: "Dá muito trabalho... Fica em casa com seu JK mesmo :3 Depois cê vai com eles". E como o Tae é o Tae, ele concorda com a preguiça, só mandando uma mensagem de qualidade atíssima pra Yoon

"Certo então. MAS VOCÊ SABIA QUE ISSO É ABANDONO DE INCAPACITADO??? EIN?? HM? Não fale mais comigo hoje, hyung >:("

Mensagem bem curtinha, mas que pode expressar muitos sentimentos de Kim Taehyung, mas o principal deles de certeza é o drama. Min logo fica on, respondendo a mensagem de Kim nos 5 minutos seguintes, com um textão, que eu posso muito bem traduzir para: "Foda-se, Tae... Te amo", portanto, não mostrarei a mensagem. Kim, como a criança de 5 anos que é, só desliga o celular, o guardando no bolso de sua bermuda


- Mimimi, ah seboso! >:( - Ele resmunga consigo próprio, mexendo os dedinhos como uma criancinha, indo beber água em seguida porque sim

- Er... Boa tarde? - Jeon pergunta a Kim, se virando pra ver onde o castanho se encontrava. Então tendo a visão do castanho tomando um copo de suco de laranja, com suas roupas tão, mas tão largas que chegavam a tocar no chão e ainda por cima se espalhar, na escada que dá na sala

- Boa tarde. - Kim responde ainda irritado, de maneira curta e grossa, pondo o copo sob o bebedouro com um ódio na alma que até dá medo em Jeon. Mentira, ele só ri apaixonadinho do namorado irritado com cara de bebê

- Calminha aê, hyung. Não precisa ficar desse jeito só por conta dos meninos - Jeon diz ao mais velho enquanto se aproxima com passinhos rápidos até o mesmo, apoiando seu braço no ombro do mesmo ao se encontrar a seu lado

- Eles abandonaram a gente aqui em casa, Kookie - Kim fala baixinho, fazendo um biquinho que DE CERTEZA NÃO FOI PROPOSITAL e se virando de frente pra Jeon, que continua rindo da fofurinha que é seu hyung - Que é? Virou palhaço agora, foi? Ou eu que sou o palhaço?

- Não precisa se estressar, pitico - Jeon fala mimando o mais velho, dando um cafunézinho no mesmo, que não se encontrava mais tão irritadinho assim - Quando eles voltarem, a gente pode ir na piscina do condomínio de noite, todos nós

- Parece uma boa... - O arroxeado concorda abaixando a cabeça, fazendo com seus pensamentos fossem voando até a piscina, ia ser legal. Imaginara momentos como: Ele e o Nam disputando quem faz a maior explosão de água; Ele, o Jimin e o JK fazendo guerrinha de água; Ele e o Jin competindo looks que eles vão fazer a base de toalhas; Ele e o Hobi brincando de touro mecânico; E acima de tudo, ele e o Yoon jogando pedra, papel ou tesoura eternamente, e exatamente, por nada.

- Pronto, acalmou o tigre? - Jeon pergunta debochadinho, dando um peteleco na testa do mais velho, sorrindo grande

- Uhum - Kim responde soltando esse único som, logo sentindo os braços musculosos e grandes de Jeon o abraçando com força, e sua cabeça se apoiando em seu ombro, dando pequenos beijinhos no pescoço do mais velho - Te amo

- Também te amo - Tudo fofinho... É... Bem fofinho... No meio desse abraço ultra fofo entre dois namoradinhos, Tae começa a sentir algo de estranho, e uma sensação estranha. Olhara pra baixo, e então vendo o enorme volume em sua própria calça, ficara com um constrangimento enorme, se desgrudando de Jeon e virando-se - Er...

- Hyung? O que houve? - Jeon pergunta se fazendo de santo do pau oco, sorrindo safado e fingindo que não sentira o membro de Taehyung tocando em si segundos atrás

- Nada, Jeon! Já volto! - Tae, ainda não tão acostumado a compartilhar esses momentos com o namorado, sai andando em direção ao banheiro mais longe totalmente envergonhado

- Eu não nasci ontem, Taehyie... - Jeon diz de cabeça baixa, sorrindo de uma maneira indescritível, arfando baixo e já vendo o volume em sua própria calça, com seus pensamentos impuros dominando sua mente



Continua...



Notas Finais


Primeiro: Se tu nunca brincou de touro mecânico na piscina com teu irmão ou amigo... Tu não sabe o que é o medo de morrer ou de matar alguém
Segundo: Me desculpem, eu tô com muita vergonha pelo hot TuT dEsCuLpa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...