História Um amor no meio de uma tragedia - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Cat Grant, Eliza Danvers, James "Jimmy" Olsen, Jeremiah Danvers, Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor, Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Supercorp
Visualizações 248
Palavras 523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi pessoal mais um pra vcs

Capítulo 5 - Complicaçao


Fanfic / Fanfiction Um amor no meio de uma tragedia - Capítulo 5 - Complicaçao

NARRADOR

a situaçao dentro do quarto ficou estranha pois a jovem medica nao tirava os olhos do casal apaixonado a sua frente Kara nao queria entender o porque da cena de carinho entre marido e mulher estar afetando tanto sua cabeça , mais no momento o que ela quer mesmo e sair daquele lugar

mais como se prevendo que a loira iria fazer  Lena  se afasta do marido e chama por Kara com um tom de voz manhoso  que faz o corpo da medica arrepiar dos pes a cabeça e de imediato se vira com sorriso lindo no rosto o gesto nao passa inpune por Samantha  que apenas balança a cabeça

KARA

MANHA SEGUINTE

minha nossa como eu estava atrasada hoje era pra estar no hospital a meiaa hora mais fui dormir tarde pensando em uma certa morena da nisso mais deixa eu ir  se nao ja viu

ao chegar no hospital vou direto pro meu consutorio e ali fiquei boa ´parte da manha revisando algumas fichas de pacientes  ate que minha asistente me diz que o marido de Lena quer falar comigo ah que saco serio que teria que suportar esse homem

peço a Janny  que deixe

ele entrar respiro fundo ao ver o tal sugeito entrar em minha sala ele me conprimenta

~~~~  sr LUTHOR  como vai ?

~~~~  indo doutora como pode  ver minha mulher esta em um hospital queria avisar que estou providenciando a trasferencia de Lena para Metropolis , ao ouvir aquilo perco o controle como ele pode pensar em trasferencia se nemao menos sabemos o real estado de esposa dele

~~~~~~  olha aqui sr euy posso entender sua preocupaçao mais vou logo avisando que aqui quem decide sobre os pacientes sou eu e no momento a sua esposa nao vai a lugar nenhum , digo em um tom firme e serio saindo da sala o deixando sozinho vou pelos corredores resmungando baixo apenas pra tirar a raiva que estou sentindo por dentro e pensando o por que de a simples deia de ver ela ir embora me deixava mau

sou surpriendida por Sam me puxando para um canto qualquer e dizendo

~~~~  vc ta louca Danvers ficar de olho na Luthor e furada minha amiga ,  eu fiquei espantada como assim de olho

~~~~  eu e que te pergunto Sam eu nao estou de olho em ninguem ta doida vc sabe que eu sou hetero e mais tenho namorado

~~~~  eu vi os olhares entre vcs naquele quarto

~~~nao teve olhar nenhum e por favor pare de inventar historias

saio de la pisando duro que audacia achar que quero algo com uma paciente deus estava tao perdida que quando me dou conta estou na porta do quarto dela e noto uma correria grande paro uma das emfermeiras e perguntei

~~~~  que esta acontecendo aqui ?

~~~~ a paciente esta tendo um ataque doutora

ela sai e eu fico desesperada e entro no quarto e vou logo examinado e vejo que situaçao dela esta mais grave do que antes peço pra que a levem pra fazer uns exames e dependendo ela iria pra sala de cirurgia na hora

 


Notas Finais


e agora gente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...