1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor no tempo passado >
  3. Capítulo 13 - A verdade

História Um amor no tempo passado - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Capítulo 13 - A verdade


Fanfic / Fanfiction Um amor no tempo passado - Capítulo 13 - Capítulo 13 - A verdade

P.O.V Hange

Após o comandante Pixies ir embora, eu vou em direção a entrada do castelo, e após entrar no local me deparo em todos sentados na sala, eles estavam sério e preocupados com alguma coisas, estavam todos em silencio e concentrados no que Annie dizia. Eu olho para as pessoas ao lado de Annie e logo posso ver Armin, Connie, Sasha e Historia decepcionados, cobrindo seus rostos... Algo muito sério aconteceu

Hange-san -Fala Eren se levantando e indo até a maior

O-Oque está acontecendo aqui? -Pergunta Hange confusa

Estavamos falando sobre Victoria Narumi... -Responde Moblit se levantando com a cabeça baixa

Oque houve? Aconteceu alguma coisa com ela? -Pergunta Hange preocupada

Aconteceu mais coisas do que você poderia imaginar -Responde Levi se levantando e a olhando seriamente

Eren logo me puxa para que eu pudesse me sentar junto com eles e no mesmo momento, Annie começa a contar tudo desdê o inicio. Todos estavam escutando a garota novamente, como se fosse a primeira vez que ela estivesse falando isso... Em alguns minutos, ela termina de nos contar tudo e eu simplesmente não consigo acreditar... Ela está praticamente morta!

No momento em que eu estava prestes a falar algo, Victoria aparece nas escadas, a mesma estava com os olhos inchados e vermelhos, provavelmente estava chorando. Ao ver todos na sala, ela dá um leve sorriso forçado e segue para a cozinha. Nós precisamos agir como se nada tivesse acontecido, se ela descobrir que todos nós sabemos a verdade, receio de que ela pense que estamos apenas forçando impatia com ela...

P.O.V Victoria

Hange finalmente havia entrado no castelo, eu limpo minhas lágrimas e vou direto para a escada, eu estava disposta a chama-la e a falar tudo oque havia acontecido para ela... Cada minimo detalhe da minha miseravel vida. No momento em que eu estava prestes a descer as escadas, eu vejo Eren indo em direção a mesma e me escondo no corredor. Eu permaneço escondida enquanto escutava a voz deles no andar de baixo... Por que eu estou me escondendo? Eu não cometi nenhum crime, porem... Eu estou com medo, pois posso ouvir claramente Annie contar a todos oque eu havia contado a Sasha e aos outros... Ela estava nos ouvindo atráves da porta? Ou alguem a contou sobre tudo!

Após ela terminar de falar, eu já não tenho mais a minima vontade de ficar por aqui, e se eles simplesmente pensarem que eu sou louca, me olharem de uma forma estranha e diferente, se forçarem a serem legais comigo... Eu desço as escadas e logo todos estão olhando para mim, eles estão surpresos, assustados e preocupados, muito preocupados. Eu forço um leve sorriso e vou em direção a cozinha enquanto sinto todos me seguirem com os olhos. Ao chegar no local, eu desabo em lágrimas novamente e me escondo atrás do balcão. Eu não deveria ter contado a ninguem sobre oque houve comigo, mas eu confio neles... Eu não poderia guardar isso apenas para mim. Eu cravo minhas unhas nas minhas pernas com força, enquanto chorava cada vez mais, tentando ser o mais silenciosa possivel... Eu logo posso sentir um pouco de sangue escorrer de minhas pernas após eu arrastar minhas unhas para baixo acidentalmente. Eu estava olhando fixamente para minhas unhas sujas de sangue, até ver alguem colocar sua mão sobre a minha... Era o capitão Levi, ele estava visivelmente preocupado mesmo com sua expressão neutra no rosto. Ele segura minha mão com força e logo me puxa para cima, me fazendo ficar de pé a sua frente

Não se machuque por coisas assim, nós não vamos te tratar como uma lunática, nós acreditamos em você, alias... Você tem provas certo? Aquele aparelho de metal estranho, aquelas roupas, até mesmo todas as suas duvidas sobre tudo nesse mundo -Fala Levi a olhando fixamente

Levi... -Fala Victoria surpresa pelas palavras do menor

Vá até o quarto da Hange, ela ira limpar o machucado na sua perna. Não faça mais isso... Nós estamos com você agora -Fala Levi dando um leve sorriso para a garota

Ver Levi ser tão carinhoso assim me surpreende, eu sempre vejo as pessoas da tropa com medo e receio do menor... Mas ele é tão doce e bondoso! Ele logo se afasta e volta para a sala junto dos outros, eu respiro fundo e vou até as escada, eu estava subindo para o segundo andar até ouvir Ymir me chamar

Oque aconteceu com a sua perna? -Pergunta Ymir séria

Nada com oque você deva se preocupar -Responde Victoria logo chegando no 2° andar

Após essa pequena conversa com Ymir, eu sigo até o quarto de Hange e bato na porta, logo ouvindo a maior me pedir para entrar. Após abrir a porta, Hange a fecha com força e logo em seguida me abraça, um abraço apertado e quente que emanava preocupação e medo. Com o peso do corpo da maior, minhas costas se apoiam contra a porta mas aos pouco eu a afasto, para que eu pudesse ver seu rosto, sua expressão estava tão preocupada... Seus olhos cheio de lágrimas me destruiam, eu não quero vê-la assim

Hange-san! -Fala Victoria levando sua mão até a bochecha da maior

Você não irá morrer... Você ira ficar viva, você ira voltar! -Fala Hange segurando suas lágrimas

Mas quando eu voltar... Não poderei mas vê-la -Fala Victoria a olhando fixamente

Contanto que você fique bem e feliz... Eu não me importo em ficar longe de você -Responde Hange colocando sua mão por cima da mão de Victoria

Hange-san, eu não... -Fala Victoria abaixando a cabeça

Se você não quer ficar longe de min... Você morrerá no seu mundo! -Fala Hange soltando um longo suspiro em seguida

Nós ficamos em silencio por alguns minuto e então, Hange segura minha mão, logo me levando até sua cama, onde ela me coloca sentada. Hange vai até sua escrivaninha, abre a gaveta e pega alguns curativos e remédios, ela logo vêm em minha direção novamente e se senta no chão para poder cuidar de minha perna...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...