1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor Para Recordar- G-dragon >
  3. Cap 4

História Um Amor Para Recordar- G-dragon - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Me desculpem por demorar atualizar, eu não vou desistir dessa fic, mas pesso que tenham paciência comigo, obrigado pelos favoritos e comentários, isso motiva.

Boa leitura para vocês 💜🐉😍

Capítulo 4 - Cap 4


[Pov Min Cha]

Os dias tem passado devagar, não vejo Ji-yong faz uma semana, dês daquele dia ele não me deu notícias. Tenho certeza que deve está com aquela modelo.

Hoje estou de folga, e hoje que será a tal festa da agência de G-dragon, eu não vou ir não quero passar vergonha, com certeza ele irá com aquela vadia.

Estava largada no sofá, quando meu celular tocou, fiquei surpresa, por que Seung-hyun está me ligando? Pego o telefone e coloco no ouvido.

- Alô Top, algum poblema? Aconteceu alguma coisa com Jiyong? - Falei aflita, pois não tem outra razão para Seung-hyun me ligar.

- Não ele está bem, eu estou te ligando para saber se quer ir comigo para festa, eai? - O que ele está dizendo? Eu sou casada não posso fazer isso, mesmo meu marido não sendo fiel eu sou.

- Olha não é uma boa idéia, eu sou casada, não vai pegar muito bem. - Digo e escuto sua risada.

- Min Cha não vai ser nada demais, vamos como amigos, e eu sei que Jiyong vai com a Hyo, não quer ficar em casa enquanto seu marido está na festa com outra né? - Sua voz era sarcástica, e ele tem razão não posso me privar se Ji-yong mostra para todos que me faz de corna!

- Está bem me convenceu, eu vou ir com você mas como amigos ok? - Escutei uma gargalhada.

- Certo, te pego às 20:11h.

- Ok, até. - Desligo o celular e me levanto indo escolher uma roupa bem chique, aliás só vai ter famosos nessa festa, não quero parecer simples.

A tarde passou rápido, eu estava ansiosa, tomei um banho e comecei a me arrumar, coloquei um vestido preto colado e brilhoso, parecia que tinham diamantes colados nele, um decote na frente e minhas contas nuas atrás, nos meus pés coloquei um salto da cor dourada, meu cabelo deixei ele liso com cachos nas pontas, uma maquiagem bem feita e um batom cor sangue estava em meus lábios, alguns acessórios como colar, brincos e anéis, eu estava pronta.

Sai da minha casa vendo Seung-hyun encostando no carro, o mesmo me olha com um olhar brilhoso, eu fico envergonhada e coro.

- Min Cha você está maravilhosa, eu tenho sorte de ser seu companheiro essa noite. - Diz abrindo a porta do luxuoso carro, entro e sento no banco passageiro.

- Não exagera Top, assim eu vou ficar sem graça.

- Não estou exagerando você está perfeita. - O mesmo me dá um belo sorriso. - Vamos nessa!

Seung-hyun liga o carro, durante o trajeto conversando sobre coisas banais, ele me arrancou vários sorrisos, eu tinha me esquecido como era bom conversar com ele.

Chegamos ao local onde estava acontecendo a grande festa, na entrada tinham várias pessoas e fotógrafos, eu e Seung-hyun saímos do carro, e Top pegou minha cintura me levando para dentro, abaixo minha cabeça por causa dos flash, quando entramos vejo muitas pessoas dançando animadas no andar de baixo, tinha uma escada enorme que levava para baixo onde estava acontecendo a grande festa.

- Eles vão anunciar nosso nomes. - Disse Top perto do meu ouvido. Como assim anunciar nossos nomes? Meu Deus estou ferrada.

- Como assim anunciar?

- É para poder chamar atenção dos convidados, todos foram anunciados, inclusive Jiyong e Hyo. - Não acredito que ele foi anunciado com aquela vaca! Pois bem ele que veja.

- Tudo bem... pode anunciar. - Digo, e Top vai até o ouvido do moço que estava com um microfone, a música para, e meu coração vai a mil, todos olham para cima.

- O Senhor Choi Seung-hyun e Senhora Kwon Min Cha. - Diz o homem, e top pega minha mão descendo as escadas olhares me olham, escuto alguns cochichos, no meio de toda aquela gente vejo o homen que faz meu coração parar, Jiyong... ele está tão lindo, com seu terno preto, seus cabelos bem alinhandos, mas seu olhar é de puro ódio para mim, noto Hyo perto dele ou melhor colada nele!

A música volta a tocar e todos voltam a dançar, eu agradeço por isso! Odeio ser o foco da atenção.

- Vou pegar uma bebida para nós. - Diz Top, eu concordo com a cabeça e o mesmo sai e desaparece na multidão.

Sinto meu braço ser puxado e dou de cara com meu marido.

- O que você pensa que esta fazendo? - Diz ele frio e apertando meu braço.

- Jiyong eu vim a festa qual o poblema? Você pode vim com essa vadia e eu tenho que ficar em casa? - Digo alterada.

- Você acha que aparecer aqui com Seung-hyun vai me deixar com ciúmes? Haha está muito enganada! Eu não dou a mínima para você! Só não me faça passar vergonha! Já que infelizmente você ainda carrega meu sobrenome! - Diz com ódio.

- Me solta que você está me machucando! - Falo puxando meu braço. - Olha aqui eu estou pouco me fudendo se você irá pasaar vergonha! Eu não vim na festa por sua causa, vim porque meu amigo Top me chamou. - Falo provocando.

- Ah agora vocês são amigos? Que ironia não? Vocês se merecem, eu tenho nojo de você Min Cha! Não sei porque me casei com uma mulher tão suja como você. - Fala me deixando abalada, e com vontade de sair dali correndo e chorando, sem esperar uma resposta ele sai me deixando arrasada.

- Está tudo bem? - Me assusto vendo Top bem atrás de mim segurando duas bebidas.

- Sim está. - Digo pegando a bebida de sua mão e virando tudo.

- Ei calma, vai acabar bêbada assim. - Diz sorrindo. - Vem vamos dançar!

Seung-hyun, pego o copo da minha mão colocando em uma mesa qualquer, e me puxa para a pista de dança, a música era agitada, dançamos feito adolescentes, depois de ter dançando bastante, sentamos em um sofá para recuperar o nosso fôlego.

- Nossa eu não danço assim dês do colegial. - Falo sorrindo.

- E você ainda arrasa  nas coreografias. - Diz Top sorrindo ainda mais.

- Conversa fiada, não danço mais tanto assim.

- Eu lembro que Jiyong ficava louco de ciúmes quando você era líder de torcida. - Sorrio lembrando daquela época, Jiyong era tão ciumento e apaixonado por mim... já hoje nem se quer me olha no olho.

Olho para o lado e vejo ele com Hyo se beijando, fala sério na minha frente? Deixo lágrimas caírem, e logo em seguida são limpas pelos dedos de Seung-hyun.

- Ei não chora, eu me sinto péssimo te vendo assim.. vou te mostrar que ele se importa com você. -Diz ele se aproximando de mim e selando nossos lábios, sua língua pedia passagem e eu dei, começamos um ritmo calmo, mas escuto um barulho e logo em seguida os lábios de Top sai dos meus.

Abro os olhos e vejo Ji-yong encima de Top dando vários socos na cara do mesmo, eu entro em pânico.

- Pare Ji-yong! Vai machucar ele! - falo tentando segurar o mesmo mas ele me empurra.

- Não empurra ela! - Diz Seung-hyun pegando o pescoço de Ji-yong jogando ele no chão e agora era Top que socava meu marido.

- Parem por favor! - Eu falava desesperada, toda festa estava nos olhando, a tal da Hyo me olhava com ódio, os seguranças seguram Jiyong e Seung-hyun, os dois estavam com o nariz sagrando, e um xigavam o outro com palavras baixas.

- Vamos embora Min Cha! - Diz meu marido furioso puxando meu braço para a saída, me jogando dentro do carro, não tive tempo nem de vez se Top estava bem.

Na caminho ele ficou calado e eu também, mas sua respiração mostrava que ele ainda estava furioso, chegamos em casa e ele foi para cozinha limpando seu nariz, e eu estava plantada na sala tentando raciocinar o que foi tudo isso.

- Você quer ele né? - Diz Jiyong se aproximando de mim.

- Do que você está falando?!

- Eu sei que quer, mas olha.. - O mesmo me joga contra a parede apertando os meus peitos.

- Eu vou te mostrar que sou muito melhor! - Ele sussurra rouco em meu ouvido me fazendo arrepiar, o que ta acontecendo com ele? Será que ele ficou com ciúmes? Eu acho que sim.

[Pov G-dragon]

A minha entrada com Hyo na festa foi anunciada, já tinham uma semana que eu não aparecia em casa mas que se foda! Pego algumas bebidas para mim e para minha acompanhante.

A música para e vejo Min Cha e Top. Meu sangue ferve na mesma hora, esse desgraçado quer me provocar, ela está tão atraente assim... esse vestido colado... esse batom vermelho... como eu quero tirar esse batom, como eu quero levantar esse vestido e fode-la loucamente, a muito tempo que não tinham esse tesão que estou tendo agora, dou um gole na minha bebida, e vejo ela desce segurando a mão do vagabundo Seung-hyun! Eu quero socar esse cara.

Vejo a mesma sozinha e vou tirar satisfação com ela, puxo sue braço forte fazendo ela me olhar.

- O que você pensa que esta fazendo? -Digo frio.

- Jiyong eu vim a festa qual o poblema? Você pode vim com essa vadia e eu tenho que ficar em casa? - Diz ela ficando alterada quem essa mulher pensa que é? Ela quer me deixar com ciúmes! Bem eu estou com um pouco mesmo mas não vou me render tão fácil.

- Você acha que aparecer aqui com Seung-hyun vai me deixar com ciúmes? Haha está muito enganada! Eu não dou a mínima para você! Só não me faça passar vergonha! Já que infelizmente você ainda carrega meu sobrenome! - Falo com ódio, só quero tirar ela daqui. Tirar ela de perto desse babaca!

- Me solta que você está me machucando! - Ela diz puxando seu braço da minha mão. - Olha aqui eu estou pouco me fudendo se você irá passar vergonha! E eu não vim na festa por sua causa, vim porque meu amigo Top me chamou. - Ela fala em tom de provocação, ela quer provocar né? Então que seja!

- Ah agora vocês são amigos? Que ironia não? Vocês se merecem! Eu tenho nojo de você Min Cha! Nâo sei porque me casei com uma mulher tão auja como você. - Falo rude para acabar com sua pose de provocação e saio sem escutar sua respota.

A festa foi a pior que eu já fui, ver Min Cha com Seung-hyun se divertindo me deu tanta raiva! Mas estava me controlando.

- Oppa.. você está com raiva, posso te ajudar com isso. - Diz Hyo me dando um beijo, eu retribui mas estava mesmo era de olho em Min Cha e Top, paro o beijo eu não estava muito afim de beijá-la. Quando olho para a direção em que Min Cha estava, meu sangue ferve e eu perco o controle, AQUELE DESGRAÇADO ESTÁ BEIJANDO MINHA ESPOSA NA MINHA FRENTE?!

Quebro a garrafa de bebida alcoólica com ódio, e logo vou até Seung-hyun dando um soco na cara do mesmo separando o beijo que ele dava na MINHA mulher!

Subi em cima do mesmo socando ele com vontade. Eu vou matar esse cara!


Notas Finais


Ate o próximo cap bjs 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...