História Um amor para ser lembrado - Fanfic The Boyz - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Boyz
Personagens Bae Joonyoung (Jacob), Choi Chanhee (New), Heo Hyunjoon (Hwall), Ji Changmin (Q), Ju Haknyeon, Kim Sunwoo (Sunwoo), Kim Younghoon (Younghoon), Lee Jaehyun (Hyunjae), Lee Juyeon (Juyeon), Lee Sangyeon (Sangyeon), Moon Hyungseo (Kevin), Personagens Originais, Son Youngjae (Eric)
Tags Bbangkyu, Bbangkyunew, Kevin+jacob, Moonhee, Newmoon
Visualizações 135
Palavras 2.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - 2- Ultima semana


Fanfic / Fanfiction Um amor para ser lembrado - Fanfic The Boyz - Capítulo 3 - 2- Ultima semana


Se tinha algo que Chanhee nao queria ficar sem naquela ultima semana, era o calor das mãos do kevin. Eles viviam de mãos dadas por apenas gostarem de estarem juntos e mostraren que eram um casal e não estavam nem ai para o que os outros falavam, mas agora eles nem pensavam nisso, agora estarem de mãos dadas era para nao apenas sentirem que estao juntos e sim a sensação de poder ainda esta ali juntos, mas o contato nao parava ali, kevin colocava suas maos quentes por de baixo do uniforme de Chanhee , lhe fazia carinho no rosto, apertava suas bochechas e o garoto so aproveitava aquilo. Choi as vezes se perguntava porque as maos de Moon eram quentes, talvez pelo fato que o garoto toda manha esta com um copo de café quente nas maos, por ficar cozinhando alguma coisa para lhe agradar, ou pelo simples fato do garoto lhe abraçar com as maos debaixo de sua blusa

A semana deles estava sendo a melhor de todas, era o que Chanhee dizia, primeiro que naquela tarde de segunda quando recebeu a noticia eles decidiram ir ao cinema, e por ser inicio de semana estava vazio, o que era otimo, pois ficaram mais a vontade e assim que o filme acabou foram de mãos dadas para a casa dos Moon, óbvio. O quarto de kevin ainda estava normal, tudo no seu devido lugar, nada fora do lugar, so havia uma mala no canto do quarto que fez Choi falhar seu sorriso por um segundo, pelo fato de lembrar que ele iria embora, e por isso o loiro pedio para dormi la, queria ficar o tempo que possivel com o Moon

Na escola eles pareciam normais, mas seus sentimentos estavam a flor da pele, conversavam mais, riam mais, se abraçavam mais, tudo deles agora era de mais, mas nao era algo ruim, era ate bonito de se ver, no final da aula de terça, os dois foram a cafeteria preferida deles, onde o amor deles foram ditos e declarados um para o outro, kevin desenhava um lettering com a musica que tinha tocado no primeiro dia que se viram, musica romântica? Pode se dizer que sim, kevin e Chanhee se conheceram em uma festa, o loiro na epoca tinha seus cabelos negros e estava no primeiro ano do ensino medio, era sua primeira festa e ele estava ansioso, na sua quinta dose em uma bebida alcoólica que ele destinguio ser vodka, ele subio para o segundo andar da casa ja aos tropeços- talvez ele nao era tao forte a bebida- foi no banheiro mas estava ocupado, entao se encostou na parede, assim que olhou para o lado viu um garoto com a franja longa mas dividida dando total visao ao seu rosto e usava uma blusa rosa, ate entao o garoto nao tinha o notado ali, para o Choi ainda não, pois quando Moon viu aquele garoto encostado na parede ele reparou em cada detalhe dele, reparou nas curvas que seu corpo fazia e o quanto ele aparentava ser fragil, provavelmente por ser tao magro, no seu rosto delicado e fofo, a maneira que seu olhos eram delineados de maneira caida estavam cansados e seu adoravel puffy eyes estava a mostra, quando menos esperou ja estava do lado do garoto em um misto de emoções, quando se virou para encara-lo notou que este ja estava te encarando, e ele corou

ㅡ desculpa por esta te olhando eu nao estou muito muito bemㅡ rio sem jeito o mais novo

ㅡ quer uma ajuda para ir pra casa entao? ㅡ Moon ofereceu e o outro negou

ㅡ nao, eu quero curti um pouco a festa ainda, mas sou um pouco fraco para bebida

ㅡ oh ! Entendo, tambem sou ㅡ rio, mas de nervoso mesmoㅡ posso pergunta seu nome?

 ㅡ Chanhee, e o seu?

ㅡ hyungseo, mas pode me chamar de Kevin

ㅡ keb? ㅡ os dois riram ㅡ desculpa

ㅡ tudo bem, pode me chamar de Keb se quiser

ㅡ okay Kevin, quer dizer Keb

E foi ali que e tudo começou ao som de Michael Brun - All I Ever Wanted

E agora no presente, Chanhee olhava aquele desenho que kevin fazia com a letra da música que se conheceram e apenas sorrio ao se lembrar daquela noite. Mas esse sorriso foi embora quando kevin o deixo em casa e Chanhee entrou em seu quarto e trancou a porta

Suas pernas falharam no automatico, se ajoelhou no chão e chorou olhando aquele desenho que kevin tinha feito 


I had a million dreams
One got away
Now that I have you here
I know it won't fade
Know it won't fade
It was all I ever wanted

All I ever wanted was you
You
All I ever wanted
All I ever wanted was you
You

O que Chanhee nao esperava era que aquilo era o começo do desespero das suas proximas noites

Quarta eles passaram a tarde em Cheonggyecheon para tirarem fotos, era algo deles, Kevin gostava de fotografar e Chanhee que tirassem fotos dele mesmo, kevin era um otimo fotografo e Chanhee um otimo modelo, a quimica entre eles era perfeita, de noite eles foram ao Rio Han comer nas lojinhas de conveniência e logo apos foram a Ponte Banpo, e eles caminharam por la, de mãos dadas claro, e foi quando Choi leu a frase que se repetia varias vezes escrita na ponte "무슨 고민  있어?"  (O que esta incomodando voce?) e ele lembrou novamente que iria perde kevin

ㅡ vamos o show de luzes nos jatos vai começar daqui a pouco ㅡ moon o tirou de seus pensamentos

ㅡ sim, vamos 

New olhou para o ceu e notou que era noite de lua nova. Em seu quarto ele chorou desesperadamente 

Quinta eles decidiram ir a um karaokê, os dois amavam cantar, eles eram do clube de musica da escola e faziam muitas apresentações na mesma, entao cantaram como nunca, estavam tao alegres e fora de si que perderam a hora do trem e voltaram pra casa a pé, de maos dadas obvio, assim que chegram o loiro pedio para dormi com ele, mas este recusou falando que tinha que arrumar sua mala já e Choi chorou novamente em seu quarto, porem, ele surtou, começou a arranhar seus braços ate sangrar, ele nao podia viver sem o Kevin, ele o amava de mais, sempre lhe fez tao bem, eles estavam tao bem, mal brigavam , a quimica deles era perfeita, eles ficavam tao bem juntos, por que o destino estava os separando entao? Chanhee nao teve respostas apenas jogou seu rosto na almofada e chorou aos berros, mas ninguem lhe ouvio por esta com a almofada na boca

Sexta para sorte de Chanhee estava um pouco frio, e ele pode esconder seus arranhões com um blusa branca gola alta e um moletom azul. Kevin o levou ao parque de diversões da região e tiveram -na visao dos dois e do mundo todo- uma tarde bem clichê, com direito a ir no carrinho de bate-bete e ficarem batendo um no outro que nem duas crianças, de irem ao tiro ao alvo e Kevin conseguir  -depois de muito esforço- um urso que era quase maior que Chanhee ,mas este apenas pulou de alegria, dividirem uma maçã do amor, foram a montanha russa e casa assombrada...nessa hora nao foi tao clichê por conta dos berros de desespero do Kevin gritando pela mae, por fim eles foram a roda gigante, os dois ficarem de pé na cabine olhando pela vidraça a cidade de Seul, Choi estava de costas para Kevin, o mesmo analisou o garoto , estava abraçando aquele urso gigante que estava com um balão amarado no braço e ele apenas usava um tiara do banana monkey, chegou por tras do garoto e acolheu seu corpo fragil em seus braços e escondeu seu rosto na curvatura do seu pescoço 

ㅡ o que esta pensando em New? ㅡ perguntou baixinho 

ㅡ na verdade lembrando ㅡ continuo olhando pelo vidro ㅡ ja viemos uma vez aqui, no nosso terceiro encontro

ㅡ verdade, voce ainda estava com vergonha, corava a cada elogio que eu dava ㅡ os dois riram ㅡ eu lembro bem desse dia, eu estava com esse mesmo banana monkey na cabeça  e voce tambem estava com um, usava um jaqueta e blusa branca gola alta ㅡ analizou o garoto ㅡ oh ! Voce esta usando a mesma blusa 

ㅡ sim eu estou ㅡ corou e virou o rosto para o garoto ㅡ voce fica fofo com esse arco  ㅡ Choi virou agora o corpo para kevin, este ainda nao tinha lhe soltado e lhe deu um beijo demorado, o gosto de Kevin na boca do mais novo era um dos melhores sabores e o mesmo era para o Kevin, a lingua de Chanhee era algo gostoso de sentir, era tao macia, as maos quentes de kevin ja estavam de baixo da sua blusa lhe dando leves arranhões que davam pequenos arrepios. O noite deles acabou com Chanhee dormindo na casa do Kevin

"Ainda bem que ele so quis dormi"  foi o que Choi pensou quando kevin caio no sono, ele nao queria ter que tirar a blusa e o kevin ver os arranhões e depois ele chorou ate cair no sono

Sabado Chanhee nem volto para casa, preferio ficar na casa dos Moon, onde tomaram cafe da manha juntos, arrumaram algumas coisas para a ida ao Canadá do Moon, fizeram o almoço juntos, jogaram video game. O mais novo so ficou um pouco preocupado quando foi para o quarto do namorado e ele trancou a porta, apertou as mangas da blusa e respirou fundo 

ㅡ o que quer fazer ?ㅡ perguntou tentando parecer inocente, ate começou a olhar os cardeno de desenhos dele

ㅡ vem aqui ㅡ kevin se jogou na cama e bateu na mesma ao seu lado para que Chanhee sentasse ali

ㅡ claro ㅡ fechou o caderno e foi a passos lentos ao seu lado

ㅡ que foi? ㅡ o abraçou de lado ㅡ esta estranho

ㅡnada, eu estou bem ...quer dizer, voce sabe...

ㅡ sei , mas nao fica assim okay? Vamos aproveitar que estamos juntos ainda ㅡ nem esperou o mais novo responder e ja começou a beijar

Normalmente era Kevin que dominava na cama, mas Chanhee nao queria tirar o moletom, entao se sentou no colo do outro e tentou ao máximo so manter o beijo, mas nem um dos dois queria so manter o beijo, entao Choi pensou rapido, apenas se livrou do seu short de uma vez e abaixo a calça de kevin, e o empurou na cama e sentou em seu colo sem pensar muito, solto um gemido arrastado e segurou as maos do mais velhos. Para ambos aquilo era muito novo, ver Chanhee gemendo manhoso daquele angulo, com aquele rostinho fofo mordendo os labios e gemendo nao era incomum, mas o ver ser tao dominante, era incomum , pois ele que sempre ficava por cima. Ele queria tirar aquele moletom do garoto mas o mesmo segurava suas maos contra a cama, e quando ele ia pedir para ele tirar aquele maldito moletom, o mesmo o beijo calando sua boca 

ㅡ amor...

ㅡ cala ...a boca kevin ㅡ apertou mais forte as maos do outro e acelerou os movimentos 

Mas kevin enfim usou sua força e jogou New na cama e retirou aquela merda de moletom, no automatico o loiro apenas abraçou o moreno o mais rapido que pode e o puxou 

ㅡ nao me manda calar a boca New ㅡ kevin deu um sorriso sacana e o outro arranhou as costas dele lhe incentivando a se mover logo dentro de si. Kevin tapou a boca dele e começou a estocar o garoto com força


Chanhee olhou para o lado e viu kevin dormi, se descobrio e levantou, pegou seu moletom e saio correndo para o banheiro, tomou um banho e se vestio la dentro mesmo, parou na frente do espelho da pia e ficou se encarando

Amanha era o ultimo dia, ultimo dia que ficariam juntos, "meu deus eu nao vou conseguir viver sem ele" , começou a chorar em silêncio, nao queria que ninguem ouvisse seus choramingos, ele apenas levantou as mangas de sua blusa e encarou seus braços, precisava fazer algo sobre aquilo, nao poderia deixar kevin ver aquilo, foi ate o box e o saponete e começou a esfregar com força seu braço para poder tirar aquelas cascas de feridas, nao era nada muito grave, mas aquilo era algo que seria mais que suficiente para kevin se preocupar e viajar com o coração mais pesado do que ja estava, assim que saio do box, notou que os vermelhidão continuavam ali, "droga" reclamou mentalmente, so havia algo a se fazer

Choi saio do banheiro se coçandando e assim que entrou no quarto viu seu namorado deitado na cama enrolado no lençol mexendo no celular

ㅡ keb ... ㅡ chamou manhoso

ㅡ sim meu dengo

ㅡ acho que estou com alergia ou algo do tipo ㅡ ele ainda estava coçando seus braços, estava doendo mas tudo bem, ja dava para disfarçar 

Kevin o encarou e o chamou, New foi de imediato a ele e mostrou os braços

ㅡ vou chamar minha mae deve ta apenas irritado, foi o sabonete ...eu acho

ㅡ  é deve ter sido 

Domingo. Priemiro que New foi para o banheiro chorar, ele tentou chorar em silêncio mas nao consegui, ja que seu namorado entrou no banheiro e o abraçou 

ㅡ nao chora por favor new ㅡ falou contra seu pescoço e lhe abraçando forte, enquanto o mesmo estava agarrado a sua blusa e a puxando com força

ㅡnao tem como nao chorar, como eu posso nao chorar? Voce hoje é meu e amanha nao sera mais, Hyung nao tem como eu nao chorar, isso ta doendo muito, imaginar ㅡ pausaㅡ que voce vai embora e me deixa doi de mais, eu não culpo ninguém eu so culpo o destino, somos perfeito um para o outro, por que ele esta nos separando? Isso nao é justo Hyung, nao é. Eu sei que voce tem que ir, voce deve ir para o Canadá cuidar da sua vó, porque ela precisa de voce, mas isso nao impede que eu nao sinta, isso nao impede que eu sofra, pelo amor de Deus kevin so me deixa chorar, me deixa chorar ate eu nao aguentar mais, me deixa tirar isso do peito

ㅡ okay, eu deixo!

Chanhee chorou tanto que quase preocupo Kevin, chorou ate a blusa do seu namorado ficar encharcada, ate nao ter mais voz, ate soluçar, nos últimos soluços ele estava com o rosto encostado no peito do mais velho e ali ele apagou, ele havia dormido, kevin apenas o carregou para cama e se deito ao seu lado. Quando o mais novo acordou ele apenas queria ficar abraçado com seu namorado 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...