História Um amor perdido - SasuNaru - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 92
Palavras 659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OIIIII <3
segundo capítulo! Tô entusiasmada enquanto escrevo essa história kkkk
enfim, espero que gostem!
Jubs ^^
**Breve aviso: palavrões (novamente).

Capítulo 2 - Capítulo 2 - Fuga


Fanfic / Fanfiction Um amor perdido - SasuNaru - Capítulo 2 - Capítulo 2 - Fuga

Peguei, por fim, o quadro com a foto de meu time. ‘Time 7, não é mesmo…’ Coloquei-a delicadamente na mochila, que estava empacotada com várias outras coisas que seriam necessárias para minha pequena viagem. A pequena viagem que não precisaria ser alertada para a Hokage. Me desculpe vovó Tsunade, mas se você soubesse o que estou tentando fazer agora, mandaria muitos ninjas para me acompanhar. E sinceramente, não quero isso. Essa é minha missão.

Depois da mochila estar em minhas costas, abri a janela do quarto. Esperei até a madrugada para fazer isso e ninguém perceber. Finalmente, pulei a janela e fui indo pelos telhados das casas de Konoha. Cheguei no ponto do muro em volta da vila menos vigiado, e após verificar que ninguém tinha me visto, olhei para o Monumento dos hokages por, talvez, uma última vez. Sorri.

Me virei e saí, de uma vez por todas, de Konohagakure. Pulando pelas árvores, me veio a realização de que poderiam me considerar um renegado. Mas tudo iria valer a pena se encontrasse ele.

                         

Eu perdi a noção do tempo. Talvez estive pulando por dois dias seguidos ou mais, parando apenas para comer ou beber água. Tudo vai valer a pena se eu encontrar o Sasuke. A pessoa que eu percebi que amo.

Será que eu vou encontrá-lo? Ou eu estou apenas delirando? É isso que amar faz com a gente?’ Minha face se contorcia um pouco cada vez que pensava mais. O coração batia loucamente no peito. A respiração, prefiro nem falar. Eu só sei que poderia estar cada vez mais perto dele. Ouvi rumores de onde o esconderijo do Orochimaru era, e, felizmente, sei o caminho para lá. Eu só sei que minhas esperanças estão altas.

Eu resolvi parar quando escutei um grito. ‘será que estão atrás de mim? Perto de mim?’ Paranóico, olhei para trás, para os lados, tentando achar a fonte do som. O grito ecoou de novo. Parecia um… grito de dor? Finalmente percebi a direção do angustiado som, e fui para lá. Os gritos, ecoados repetitivamente, me levaram para uma área mais aberta. Mais a fundo, via-se uma grande entrada, e enfim, via-se duas pessoas lutando.

“O que você quer de mim? Eu apenas quero poder, criatura nojenta, não quero te servir!” olhei na direção da frase. Eram aqueles mesmos olhos, que no momento estavam vermelhos por causa do sharingan. Suas roupas estavam rasgadas e sangrentas por causa dos seus machucados espalhados pelo corpo. ‘Sasuke..?’ Meus olhos arregalaram. Era ele! “SASUKEEE!” gritei, descendo do galho que estava apoiado. Ele olhou para mim, parecendo surpreso. “Muito bem… Olhe quem chegou nesta desgraça.” seu oponente resolveu falar. Orochimaru. “O que te ensinei, querido Sasuke? Devia se manter longe desta aberração.” Sasuke tirou seus olhos de mim e resolveu olhar para seu mestre. Ele se mostrava um pouco apreensivo. “O que você vai fazer, seu filho da puta?” “Irei te punir, caro aluno. Parece que você não aprendeu a esquecê-lo, pelo jeito que você o olhou.” O Sannin deu uma breve risada. “E sua punição será assistir o sofrimento de seu caro amigo.” “NÃO!” Antes que eu pudesse reagir, senti o frio metal atravessando meu corpo. Sangue surgiu pela minha boca, escorrendo, caindo no chão. Olhei para baixo e vi, o maldito Sannin, com uma espada saindo de sua boca. Ele mantinha um olhar maníaco.

A espada foi arrancada de mim e, pela força, caí no chão. “Seu MALDITO!” Sasuke disse, retirando sua própria espada e indo para cima de Orochimaru. Nada adiantou, pois ele saiu voando após um ataque do seu mestre, batendo em um tronco de árvore, vomitando sangue.

Eu não aguentava ver aquilo. Sasuke, apanhando, sangrando. Ignorei meu corte de espada, ignorei meu sangramento. Me manti de pé e olhei para Orochimaru, olhos vermelhos. Senti um perigoso chakra, borbulhando e me queimando enquanto me envolvia. Senti uma onda de poder. Por fim, resolvi protestar com um breve rugido.

                                 “NÃO TOQUE MAIS NO SASUKE!”


Notas Finais


Eu sei que os capítulos não estão tão grandes e tal, mas acho que deve estar boa a história.
E desculpa pelo cliffhanger do Naruto pistola aí no final. O próximo capítulo vai focar na luta do Naruto e do Orochimaru.
E sim, por não seguir a timeline do Shippuden após a chegada do Naruto, o Sasuke pode estar um pouco diferente. E já que essa fic vai focar no romance entre os dois, vai mudar bastante coisa (desculpa se vcs não gostam disso ;-;)
Jubs ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...