História Um Amor Proibido - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), VAV
Personagens Ace, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, St.Van
Tags Imagine Kim Taehyung, Imagine V, Kim Taehyung, Tae, Taehyung, Taetae
Visualizações 81
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal!
Trouxe um capítulo bônus pra vocês para compensar a minha ausência.
Espero que gostem!
Boa leitura!!!
❤❤❤❤

Capítulo 60 - Capítulo 59 - Eu estou aqui!


Fanfic / Fanfiction Um Amor Proibido - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 60 - Capítulo 59 - Eu estou aqui!

Anteriormente 


???: Por que vocês estão demorando tanto, hein? –Perguntou uma voz familiar que ao entrar na sala colou os olhos em mim e eu não fiz diferente–


PENSAMENTO ON


Taehyung?


OFF


O ar naquele momento me faltou. Kim Taehyung estava parado na minha frente e seus olhos não pararam de encarar os meus.


Agora


Por um instante eu queria correr para seus braços, mas fui acordada por um mini-Jungkook. O cooky. O cachorrinho começou a lamber a minha mão me tirando daquele transe.


S/n: Para, Cooky! –Disse rindo– Faz cócegas.


Kookie: S/n, devolva meu filho! –Pediu o mesmo com os braços estendidos–


Entreguei o filhote a ele e vi Cheng entrar na casa.


Cheng: S/n, não pode sumir assim.


S/n: Desculpe, Cheng! 


Jimin: Quem é ele? 


Kyung: Eu ia perguntar a mesma coisa.


Olhei para Taehyung que me olhava aflito?... 


S/n: Ele é meu assistente. 


Cheng: E digo que o Sr. Aoki está no telefone. 


S/n: Diga a ele que em 1 minuto eu atendo.


Kookie: Aquele desgraçado de novo?


S/n: Eu aceitava o contrato ou o appa não me deixaria sair do Japão. 


Jimin: O que ele fez?


Kookie: Tá estampado na cara dele que daria a própria empresa pra ficar com a S/n.


Jimin: Nem dando a própria vida ele fica com a minha irmã. 


Cheng: S/n, daqui há 1 hora tem uma entrevista. Querem noticiar a chegada da herdeira das empresas Park a Coréia. 


S/n: Cheng, eu cheguei agora. 


Cheng: Eu sei, mas não sou eu. Tem almoço marcado com o sócio dos Estados Unidos. E, precisa ir à empresa.


S/n: Ninguém merece.


Kookie: Você consegue.


Meu celular começa a tocar e para minha infelicidade era o Akira.


S/n: Alô? Akira? Jantar? –Olhei para Jungkook que fez uma cara de ranço– Tudo bem. 19:00? Claro. 


Encerrei a chamada e olhei para meu irmão. 


Jimin: Você não vai.


Kookie: Tudo bem, Jimin. A S/n vai com o Okamoto.


Jimin: E quem é esse?


Kookie: O segurança da S/n. Você acha mesmo que ela sai sem um? Ele está lá fora. Cheng, mande ele entrar! 


Cheng: Okay.


O Cheng se retirou e voltou rapidamente com Okamoto. 


Jimin: Okay. Me convenceu. 


Okamoto: Srta. Park, algum problema?


S/n: Não. Pare de me chamar de Srta. Park! Já pedi várias vezes. –Disse rindo–


Okamoto: Eu acabo esquecendo. 


Jimin: Se o Akira não sei o que encostar na minha irmã, por favor! Dê pelo menos um soco na rosto dele pra deformar.


S/n: Jimin! –Comecei a rir–


Okamoto: Okay. Ele não costuma fazer nada com ela quando está acompanhada. 


S/n: Realmente! Nada acontece comigo quando o Okamoto está por perto.


Okamoto: Tenho que dizer que a sua irmã é uma ótima patroa. Já o Sr. Park...


Jimin: É uma praga. Eu sei.


Cheng: Sinto muito atrapalhar, mas a senhorita aqui precisa ir pra entrevista. 


S/n: Tá bom. 


Me despedi de todos. Quando chegou em Taehyung estendi minha mão. 


S/n: Foi um prazer vê-lo! 


Tae: Igualmente! –Disse apertando minha mão e sorrindo–


Naquele momento, senti uma energia passar por minnha mão o que me fez arrepiar. 


S/n off


Jimin on


A S/n saiu junto com Cheng e Okamoto. Ficando na sala eu, Kyung, Jungkook e Tae.


Jimin: O que foi isso, Taehyung?


Kookie: Eu iria perguntar a mesma coisa. 


Tae: Isso o quê? O que eu fiz?


Jimin: Não é o que você fez. E, sim o que não fez. Eu achei que vocês iam se pegar no meio da sala, mas não deram nem um abraço. Cadê aquela saudade que você me disse que tinha? 


Tae: Jimin, não é tão simples. 


Jimin: Claro que é. Se eu ficasse 3 anos longe da Kyung quando eu a encontrasse eu não soltava ela nunca mais.


Tae: Ela está diferente. E se estiver namorando?


Jimin: Jungkook disse que ela está encalhada desde que terminou com você. 


Kookie: Verdade. Porém, não por muito tempo. Já que o Akira pode falar com o pai dela e conseguir a mão dela em casamento. 


Tae: Mas, a S/n não gosta dele. 


Kookie: O pai dela quer fazer um casamento arranjado.


Jimin: É. Vamos, Tae! Está na cara que vocês ainda se amam com a mesma intensidade. Depois, eu sou o covarde.


Tae: Eu não sou covarde. As palavras que não quiseram sair.


[...] 


Esses dois dias passaram voando. No momento, estávamos na casa do Tae. A tensão entre o Tae e a S/n era bem visível, mas não era difícil ver os dois se entreolhando. Já era umas 17:30. Estava na hora de ir embora. E eu tive uma ideia brilhante. Tirei o celular da S/n de sua bolsa e o coloquei no balcão da cozinha. Era perfeito. O tempo estava nublado dando sinal de chuva e era tarde. Quando a S/n voltasse para pegar o celular teria que ficar na casa dele. 


Jimin: Bom, é melhor irmos.


Kyung: Verdade!


Nós nos despedimos do Tae e fomos andando em direção a minha casa. 


Jimin off


S/n on


S/n: Preciso ligar para o Cheng. –Comecei a mexer na minha bolsa e comecei a me desesperar ao ver que não encontrava meu celular– O meu celular não está na bolsa. 


Jimin: Talvez você tenha deixado na casa do Tae.


S/n: Mas, eu pensei que tinha deixado na bolsa. 


Jimin: Parece que não. 


Kookie: Amanhã você pega.


S/n: Não, não posso. O meu celular é minha vida. Tudo relacionado a empresa está lá. Os sócios ligam pra o meu celular. Não posso ficar um dia sem ele. 


Jimin: S/n, estamos na metade do caminho e eu, a Kyung e o Jungkook temos coisas pra fazer.


Kookie: Temos?


Kyung: Temos. –Disse pisando no pé do Kookie–


Kookie: É-é verdade. Temos sim. 


Kyung: Você pode ir. 


S/n: Aish, okay. 


Voltei para casa do Tae. No caminho, começou a chover forte fazendo-me ficar toda molhada. Toquei a campainha e dei de cara com algo que eu não sei se estava preparada para ver. Taehyung estava sem camisa. Uma coisa eu sabia. Ele tinha feito academia. Não é possível. Estava mais forte. Continuava lindo. Juro que a minha vontade naquele momento era de tocar no seu abdômen. Além de tudo, ele não estava errado. O mesmo estava em sua casa e o clima estava agradável. Senti minhas bochechas queimarem igual fogo. Olhei seu rosto e ele sorriu. Apertei a alça da minha bolsa com força e senti abaixei a cabeça. 


Tae: Esperava você. 


Olhei para o mesmo surpresa.


S/n: Es-esperava?


Tae: Venha! Está toda molhada. Precisa tirar essas roupas para não ficar doente. 


Tinha notado tanto no físico do ser que estava na minha frente que acabei esquecendo da chuva. Entrei naquela casa enorme novamente toda encolhida. Não sabia mais como agir perto do mais velho. Escutei um trovão alto que me assustou. Automaticamente tapei os ouvidos e fechei os olhos com força. Aquilo indicava que iria ser uma tempestade e tanto. Passei 1 minuto inteiro daquela forma até sentir alguém me abraçar forte. 


Tae: Está tudo bem. Eu estou aqui. 


Continua...

Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até a próxima!!!
Bjuuus!
Outras fics feitas por mim se quiserem ler mais:
More than friends – Jeon Jungkook
https://www.spiritfanfiction.com/historia/more-than-friends--imagine-jeon-jungkook-15317252
O incesto – Min Yoongi
https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-incesto--imagine-min-yoongi-15909506
Tchauuuu
Fuiii
❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...