1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor Psicopata >
  3. Seu único amor

História Um Amor Psicopata - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Seu único amor



Capítulo 1 - Seu Único Amor 
-Hã… onde eu estou?
-Finalmente você acordou.
-Quem é você?
-Quem sou eu? Eu sou sua namorada.
-Minha namorada? Eu não tenho uma namorada.
-Claro que tem, sou eu meu amor.
-Eu estou preso?
-Me desculpa por isso meu amor, é que você é meio difícil de pegar.
Ela fala com um sorriso maléfico
-Me solta sua louca deixa eu ir embora.
-Acalme-se meu amor… eu não vou te machucar.
-Eu não sou seu amor.
-Não fale isso meu amor, assim você me machuca, você sabe que eu te amo e nós sabemos que você me ama, eu sou sua e sempre serei.
-NUNCA… agora me solta sua louca.
-Te soltar? Eu não vou te soltar a não ser que você mostre-me quem realmente você é… 
-Como assim? Você é maluca, ME SOLTA! -A garota dá um tapa na cara dele e se senta em seu colo ficando cara a cara.
-O que foi? Estou muito perto? Sabia que eu sou sua stalker meu amor… eu sei que você gosta disso e também sei que você gosta de garotas como eu.
-Você estava me espionando?
-Espionar é uma palavra muito forte eu diria me apaixonar. Quando eu vi você pela primeira vez, foi amor a primeira vista e quando depois que descobri que você era como eu… E-eu comecei a te desejar, querendo você só para mim 
-Você é louca.
-Louca? Eu sou louca é por você! -Ela o beija -Por favor seja meu, nós sabemos que você não consegue mais resistir -Ela o beija novamente
-Hã? O que é isso? Você se soltou?
-Hahahaha… eu não consigo mais me esconder, você está certa garota.
-Finalmente, mas como você se… não importa.
-Me desculpa, eu estava te testando.
-Me testando? 
-O Tempo todo.
-Só por curiosidade, eu passei?
-Com nota máxima. Tenho que admitir que o seu jeito psicopata, o seu rosto, seus lábios, o seu corpo… eu sempre… hahaha eu sempre lhe desejei.
-É mesmo?
-Eu adoro esses seus olhos frios que prendem seu alvo como uma águia caçando sua presa, eu adoro isso.
-Finalmente, esse é o amor da minha vida que eu estava esperando.
-Eu achava que você era apenas mais uma louca que ficava correndo atrás de mim, mas não… você é simplesmente perfeita.
-Eu sou louca, mas a sua louca, o seu único e eterno amor.
-Eu digo o mesmo.
-Sério? -Ela fala em um tom desconfiada.
-Porque está desconfiada? 
-Eu acho que você está mentindo.
-Eu não mentiria para você.
-Vai saber né? Eu não sou a única psicopata por aqui.
-É você está certa, mas eu só fico com você com uma condição.
-Qual condição? -Novamente ela coloca um sorriso maléfico em seu rosto.
-Vamos ter uma vida normal e não podemos matar ninguém, pode ser? -Ela olha para baixo.
-Algum problema?
-Não é nada -Ela levanta e caminha até a saída.
-Ei, qual o problema? Me fala.
-É que eu pensei que você também queria assassinar pessoas, eu pensei que…-Ele a interrompe com um beijo.
-Levanta a cabeça, olha, eu não quero a polícia me perturbando, entente o que estou falando?
-Sim, me desculpe.
-Não precisa se desculpar.
-Eu faço qualquer coisa, simplesmente qualquer para ficar ao seu lado.
Espantado ele pergunta -Qual quer coisa?
-Sim, qualquer coisa -Ele a beija apaixonadamente.
-Hahahaha -A risada dos dois ecoa pelo ambiente.
 


Notas Finais


Obrigado por ler.
Próximo capitulo: A empregada intrometida
Como será que a garota vai lidar com a empregada?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...