História Um amor quase impossivel - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Vkook
Visualizações 13
Palavras 753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eu naum sei pq ainda escrevo essa fanfic..eu nem sei escrever;^; fanfic ta muito seria e eu não sei como anima-la pq não tenho esse tipo de personalidade "louca", devo exclui-la e parar de escrever?

Capítulo 3 - Mundança diária


Fanfic / Fanfiction Um amor quase impossivel - Capítulo 3 - Mundança diária

pov jungkook


eu estava ajudando o Tae a carregar as coisas pra dentro do carro vendo o maior pingar suor, faço careta e termino de carregar a última caixa pra dentro do carro, vejo ele entrar dentro da casa e se sentar na casa ja exausto, o sigo e me sento em sua frente

-está cansado?

Tae: -não ja fiz mais que isso, não sou tão fraco jungkook

-eu só fiz uma pergunta não precisa me responder dessa forma

faço bico o vendo olhar de lado pra mim e se levantar

taehyun: vamos jungkook ja está ficando tarde

-vc é chato sabia?

Taetae:- eu sei

- vai me explica o que era aquele negocinho no banheiro

Taetae: - jungkook hoje não eu ja te disse isso

fala serio

-aigoo ta bom chato

Taetae: -não chato é você que é curioso demais sai andando 

-Ya ME ESPERAA 

pulo nas costas do maior colocando minhas pernas e volta da cintura do maior 

-não sou curioso, é so que nunca sai da mansão

taetae: -nunca?

-nunca

Taetae: então como seus pais estão viajando vou te levar em varios lugares legais da cidade, pode ser jungkook?

-ximm 

falo fofo

-mas so vou quando me explicar

faço bico 

Tae:- aish jungkook você é muito insistente

-eu so quero saber uma única coisa da sua vida poxa

Taetae: mas isso é algo do meu passado que eu não quero revelar poxa

-não interessa eu quero saber e quando a gente chegar em casa você vai me falar e ponto final

falo firme e vejo ele acentir com a cabeça, sorrio e desço de seu colo correndo até a porta de casa, entro e me jogo no sofá me espreguiçando

-dorme comigo essa noite Tae?

Tae: -vc ja tem idade suficiente pra dormir sozinho não tem não jungkook?

fala com cara risonha

-naum, alem do mais meu appa dorme comigo então como ele ta viajando e eu so tenho você aqui, quem vai dormir comigo essas duas semanas é vc TaeTAe

sorrio fofo o vendo ficar emburrado

- e nem adinta ficar emburrado não, você vai dormir comigo sim 

Taetae: -aff jungkook você é muito grudendo as vezes sabia?

- é eu sei minha pomma sempre fala isso pra mim, mas fazer o que se eu sou carente?

Taetae: -ai meu deus vou ter que te aguentar grudado em mim duas semanas?

-talvez

sorrio sapeca indo pro quarto o vendo me seguir

 

pov Taehyung

 

o sigo até o quarto ja levando minhas coisas junto comigo, deixo todas as minhas coisas no meu quarto e vou pro quarto do mesmo o vendo com uma roupa lollita, coro fortemente o olhando e me aproximo me sentando na sua cama

-pq está vestido assim jungkook?

kook: -ué eu sempre me visto assim, não fico desse jeito quando tenho que descer pro andar debaixo, gosto de me vestir como uma menininha

o vejo sorrir, aquele sorrio era realmente viciante de se ver, agora entendo porque os pais dele sempre trabalhavam duro pra ver o sorriso do menor, levo minha mão sem perceber ate seus labios os acariciando

-seu sorriso é muito bonito..deveria valoriza-lo e tentar deixa-lo ao máximo exposto em seus labios macios jungkook

o vejo corar e afasto minha mão o vendo ajeitar a saia, o olho 

- vou te explicar ok?

kook:- ximm

-hum...aquele objeto na pia era uma gilete, eu uso, usava ela pra cortar meu braço, dessa forma eu me aliviava do meu estresse e muitas vezes esquecia de tudo o que eu tinha passado no meu dia, com o tempo eu fui percendo que isso não adiantava nada, então parei de me cortar, eu não recomendo a nenhuma pessoa a fazer isso, isso destrói familias kook, muitas vezes pode matar uma pessoa mas isso é outro assunto, e antes que vc pergunte

o olho e sorrio fraco olhando em seus olhinhos curiosos

-isso se chama suicidio, é quando você tira sua própria vida, mas não pense que isso é besteira porque pra uma pessoa fazer isso kook ela tem que passar pra muitas coisas, coisas ruins e chega uma hor que você cansa, que você desisti, mas a pessoa não aguenta isso mas, então ela faz isso, mas eu te explico tudo direitinho outro dia ta bom?

kook: faço bico -ta bom  beijo a bochecha do mesmo e me viro pro outro lado da cama ja sonolento ja caindo no sono

-boa noite pequeno kook
 

beijo sua bochecha e o abraço caindo em um sono profundo

 

 

 

 

 

 

 

 continua ou para?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...