1. Spirit Fanfics >
  2. UM AMOR QUE NASCEU NOS LIVROS >
  3. O TRABALHO DE UMA VIDA

História UM AMOR QUE NASCEU NOS LIVROS - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 😊

Capítulo 1 - O TRABALHO DE UMA VIDA


Fanfic / Fanfiction UM AMOR QUE NASCEU NOS LIVROS - Capítulo 1 - O TRABALHO DE UMA VIDA

P.O.V ONO 


-Afff é sério ?.eu nunca consigo encontrar nenhum livro nessa biblioteca 


Bibliotecaria-Silêncio 


-Tem como  a senhora me ajudar a encontrar o livro que eu quero ?


Bibliotecaria-Não 


-Mas não é essa sua função ?


Bibliotecaria-não minha função é ficar aqui sentada lendo e anotando livros .disse voltando a ler os livros que estavam em cima da mesa 


-Mas todo mundo sabe que a bibliotecaria tem que ajudar as pessoas a encontrar os devidos livros necessários .


Bibliotecaria-talvez.


-Então você vai me ajudar a encontrar meu livro ?.pergunto esperançoso .


Bibliotecaria- Não .


-Tá não precisa eu encontro sozinho .digo bravo e seguindo em direção das prateleiras.


Bibliotecaria- Boa sorte .


-Você deveria me ajudar 


Bibliotecaria-Eu não se você encontrar o livro que deseja vai ser muita sorte .


-Por que?.digo parando no meio do caminho


Bibliotecaria-Porque essa biblioteca está uma bagunça tem livros tudo misturados .disse olhando para as plateleiras


-E não é essa a sua função ,arrumar os livros ?


Bibliotecaria-Sim mas estou com preguiça 


-Ótimo não ajuda a procurar livros não arruma as prateleiras ou seja você não faz nada .


Bibliotecaria-Talvez .disse voltando a ler 


-Afff .digo revirando várias prateleiras 


-Ótimo biologia ,física ,química ,quadrinhos , romance,aventura .-AFF não acho 


-Aqui está tão abandonado que tem até pó nas prateleiras .digo passando a mão sobre os livros e ficando com a mão super cheia de pó


Aqui seria um ótimo lugar para ficar e ler todos esses livros mas se não tiraram esse pó e arrumarem os livros isso fica uma bagunça.


Bibliotecaria- Você está fazendo muito barulho


-Como não fazer barulho eu estou a mais de meia hora procurando um livro e você não dá uma ajuda 


Bibliotecaria-Afinal que livro você está procurando?


-biologia  volume 6


Bibliotecaria- Deixa eu procurar .disse tirando de baixo da mesa um grande livro 


-Esse não é o livro de biologia.digo apontando para o livro 


Bibliotecaria- Não esse e o livro de anotações de livros .


-Uma biblioteca tão grande e não usa computador para as anotações ?


Bibliotecaria- É seria uma coisa maravilhosa ter um computador aqui mas o dono é muito mão de vaca 


-Eu não vou falar nada 


Bibliotecaria-Vai defender o dono disso aqui?.perguntou abrindo os braços 


-Lógico que vou defender 


Bibliotecaria -Por que ?até parece que é seu pai.disse revirando os olhos 


-Exatamente 


Bibliotecaria-Senhor ono .disse expantada


-Eu mesmo 


Bibliotecaria-Desculpa vamos achar o seu livro .disse abrindo o grande caderno procurando o tal livro de alquimia 


-Achou ?


Bibliotecaria-Ainda não 


-Mas já faz uma hora que você está procurando .digo impaciente


Bibliotecaria-Tá achei .disse apontando para o caderno 


-Então cadê ele?.digo ansioso


Bibliotecaria-Ele está emprestado .disse com a maior calma do mundo 


-É sério isso ?.digo indignado


Bibliotecaria-Sim ela está emprestado pera deixa eu ver.disse analisado o  que estava escrito.- não consigo ler .


-Mas foi você que escreveu ?


Bibliotecaria- Sim esse é o probema de não ter um computador aqui .


-Mas não dá para ler nada ?


Bibliotecaria-Só é legível  o sobrenome .disse olhando para mim


-Qual é ?.digo sem esperanças


Bibliotecaria- Martins 


-Ótimo agora tenho que encontrar uma pessoa com o sobrenome Martins .digo revoltado saindo da biblioteca 


Bibliotecaria-Boa sorte .disse voltando a ler os livros que estavam sobre a mesa 


Nem respondi a mulher que avia ficado na biblioteca, mas  eu ia mandar ela tomar no copo ,isso mesmo onde uma pessoa pode tomar ,no copo .


-Saio da biblioteca já eram quase 10 h da manhã eu cheguei na biblioteca as 7 e 10 então gastei quase 3 horas com essa enrolação ,tenho que conversar com meu pai sobre isso ,talvez é por isso que ninguém quase pega livros na biblioteca ,isso desistimula quem quiser um livro 


-Bom 10 h aonde eu posso ir ,nem vou tentar procurar a pessoa com sobrenome Martins ,as chances de eu encontrar ela são quase mínimas 


Então vou para casa ,logo chamo um táxi 


*Espero uns quinze minutos e ele chega 


Motorista-Qual destino ?


-Bairro pride lands 


Mitorista-Ótimo .diz logo dirigindo o carro 


Era um momento para pensar eu preciso muito do livro de biologia, é para meu trabalho da faculdade é um trabalho adiantado minha amiga Ullu fez a mesma faculdade que eu então ela me falou que o primeiro trabalho que eles pedem é um de alquimia e eu pesquisei isso com vários pessoas e todas me confirmaram a mesma coisa .sou tirado dos meus pensamentos por um objeto eu pisei em cima eu até não iria dar atenção mas o negócio que pisei acendeu uma luz 


-O que é isso?.digo pegando e logo percebo ser um celular 


-É seu celular?.pergunto para o motorista 


Motorista-Não, deve ser da última passageira .disse olhando para o celular em minha mão .- ela deve ter esquecido .


-Mas e agora ?


Motorista- Dá aí, vou guardar e se ela vier procurar eu devolvo 


-Mas eu sei como é ficar sem celular é horrível .digo pensando em como seria eu ficar sem celular 


Motorista-Então o que vai fazer ?


-Qual é o endereço que você deixou ela ?


Motorista-O endereço é esse aqui.disse anotando em um papel .-você quer que eu te leve lá ?


-Não precisa me deixa no meu destino e então eu vou devolver para ela 


Motorista-Ok .logo andamos mais um pouco e então chego ao meu destino 


Motorista-Ótimo chegamos .disse parando o carro 


-Obrigado .disse pagando o homem .


Mitorista-Olha lá se você vai mesmo devolver o celular .disse em tom sério 


-Quantas corridas você já fez para mim ?


Motorista-Acho que já foram muitas 


-Então fica tranquilo vou entregar para ela .digo saindo do carro,


Motorista-Ótimo então tenha um bom dia senhor ono 


-É só ono e tenha um ótimo dia .digo deixando o carro e entrando na minha casa que eu ainda morava com meus pais ,meu pai é um cara bem rico na cidade mas dinheiro não compra tudo e sim só um pouco eu gosto de ler ,ter a sabedoria dos livros 


*Adentro em casa 


E pego minha chave do meu carro que ganhei do meu pai quando eu completei 18 anos ,eu não queria um carro tão chique mas fazer o que isso seria uma disfeita para meu pai 


Ligo o carro saio da garagem ligo o GPS e então sigo seguindo a voz falante que me guiava até o meu destino 


Eu poderia até imaginar uma pessoa perder o celular ,eu não suportaria ae  você me pergunta "mas ono você nao é rico pode ter quantos celulares quiser? "


Sabe isso faria muito lixo eletrônico e lixo eletrônico não dilui se facilmente então eu sempre penso nisso em fazer pouco lixo para melhorar pelo menos um pouco de nossa terra 


Viro a direita depois a esquerda ando duas quadras viro a direita de novo e então viro a esquerda e chego a uma mansão 


-Nossa deve ser aqui .digo estacionando o carro a frente da mansão 


-É vamos lá .digo tocando a campainha 


Logo demora uns 3 minutos e alguém aparece 


?-Oi posso ajudar 


-Eu achei esse celular.digo mostrando o celular .- num táxi e o motorista me passou esse endereço do possível dono 


?-Entre .disse abrindo o portão da mansão 


-Obrigado.digo entrando 


?-Vou chamar o senhor Martins e perguntar se ele perdeu algum celular 


-Ok


?-Fique a vontade .disse saindo 


-Obrigado 


Logo a mulher sai e então eu fico do lado de 

Fora da casa 


Seria possível esse senhor Martins ter pegado o livro de alquimia .digo para mim mesmo ,.-não isso seria quase impossível 


Logo vejo a mesma mulher voltar suponho que ela seja uma empregada 


?-Tem como o senhor me seguir ?


-Sim .digo seguindo a mulher para dentro da casa 


Era muito lindo por dentro ,para falar a verdade era mais lindo do que minha casa e tinha vários móveis de luxo e uma piscina dentro da casa ,o pessoal aqui é chique demais ,já eu não gosto muito de hostentar isso me deixa meio triste ,tem gente que tem muito ,e tem gente que passa fome ,por isso não gosto de hostentar e sim de ajudar quem precisa .logo sou tirado dos meus pensamentos após ser direcionado a parte da sala onde estava um senhor sentado 


?-Aqui está ele 


-Obrigado Suzana pode voltar para seus serviços 


*Logo a empregada sai 


hadith-Prazer meu nome é hadith.disse estendendo a mão para mim 


-Prazer me chamo ono.digo apertando a mão senhor hadith


hadith-Então ono o que te trás em minha casa .disse me convidando para se assentar num sofá que estava ao lado dele 


-Eu achei esse celular dentro de um táxi e o motorista me passou o seu endereço .digo pegando o celular que estava em meu bolso .-ele é seu?


hadith-Com licença .disse pegando o celular das minhas mãos 


*O homem analisa o célular liga a tela e então fala 


hadith-Não esse celular não é meu mas eu conheço a dona 


-Ótimo então onde ela está ?


hadith-Só um minuto .disse subindo uma escada e logo voltando com uma moça ela  parecia ser da mesma idade que a minha 


-Oi prazer ono.digo estendendo a mão para ela 


Anga-Prazer anga .disse apertando minha mão ,logo ela olha para o celular que estava em cima da mesa de centro .- meu celular .disse pegando o aparelho 


hadith-Sim o senhor ono achou ele no táxi que você usou para vim para casa 


Anga-Muito obrigada eu não sou nada sem meu celular .disse super agradecida 


-Não tem de que 


hadith-Então ono o senhor está com preça?


-Não 


hadith-Então vamos conversar .disse se assentando de novo em sua poltrona 


hadith-O senhor estuda ?


-Sim eu entro esse ano para a faculdade de biologia


hadith-Que legal é a mesma faculdade que a sua não é filha?


Anga-Sim eu também vou comecar a fáculdade de biologia.disse olhando em meus olhos 


-Legal o senhor mexe com imóveis ?


hadith-Não quer dizer sim eu mecho com construção de casas 


-Que ótimo 


hadith-E seu pai ?


-Ele meche com uma empresa que fábrica computadores 


hadith-Legal 


Anga-Pai eu vou lá para cima .


hadith-Sim filha .logo ela sai 


hadith-Qual o nome da empresa do seu pai?


-Lkf informática 


hadith-Nossa então seu pai é bem rico 


-Só um pouco .


hadith-Você é sortudo viver na boa é bom 


-Mas eu não gosto de depender do meu pai eu tenho meu serviço e minha coisas 


hadith-Que bom ser independente é ótimo minha filha também é assim tem emprego e tudo 


-Que legal então senhor hadith  está na minha hora .digo levantando 


hadith-Mas já vamos lá em cima para você se despedir da minha filha 


-Tá também .subimos uma longa escada e andamos mais um pouco e chegamos a uma mini biblioteca 


-Meu pai tem uma biblioteca no centro 


hadith-Legal você lê muito lá ?


-Sim 


Logo chegamos até uma sala com uma mesa suponho ser uma sala de reuniões e lá estava a filha do senhor 


Anga-Pai ??.disse olhando para o senhor radit


hadith-O ono veio para se despedir 


-Foi um prazer te conhecer anga torço para que estudemos na mesma sala .digo estendendo a mão para ela 


Anga-Eu também .disse fechando um livro e pegando em minha mão 


Logo eu vejo era o livro que eu estava procurando biologia volume 6 ,fico abismado olhando o livro e então sou tirado da minha ficção  do livro, pelo  senhor hadith


hadith-Está tudo bem ono ?


-Você pegou esse livro lá no centro ?


Anga-Sim algum problema ?


-Não, quando terminar de ler me empresta eu preciso para fazer um trabalho adiantado  da faculdade 


Anga-Você também vai fazer ?


-Sim um amigo meu me falou que o primeiro trabalho é esse e eu vou fazer já para deixar adiantado 


Anga-Eu também minha amiga daabu me falou que caiu quando ela fez a faculdade e eu peguei o livro lá na biblioteca para fazer o trabalho 


-Nossa eu fui lá na biblioteca tava uma bagunça 


Anga-Sim a mulher não cuida direito 


-Sim vou falar com Meu pai e ele vai contratar outra pessoa 


Anga-Então seu pai e o dono de lá ?


-Sim é bom eu já li todos os livros que tem lá 


Anga-Eu também já li bastante livros de lá .logo ela olhou para o livro .- pode levar 


-Não que isso termina o seu trabalho primeiro .digo negando o livro


Anga-Seu pai é o dono você tem o direito de levar 


-Não ele pode até ser o dono mas eu nunca asseitaria isso 


hadith-Que tal se vocês fizerem o trabalho junto ,não é o mesmo tema ?.se pronuncia após um longo tempo calado 


-Sim é o mesmo tema 


Anga-Seria bom o senhor aceitaria ?


-Sim, e é ono eu dispenso o senhor 


hadith-Que ótimo então vou deixar vocês fazerem o trabalho em paz,  até mais ono 


-Obrigado senhor radit até mais.


hadith-De nada jovem fiquem a vontade.


Anga-Pode deixar pai


*Logo o homem sai 


Anga-Então ono né ?.diz olhando para mim 


-Sim 


Anga-Vamos começa?


-Sim .


E assim foi um resto de dia eu e anga fizemos o trabalho adiantado da faculdade e descobri muitas coisas sobre ela ,ela gosta de tudo que eu gosto reportagens do mundo animal ,gosta de jogar qualquer jogo de tabuleiro ela é craque em todas as matérias ,gosta do mundo eletrônico , gosta de jogar videogame e ama a leitura .


Quando começou nossa faculdade ficamos na mesma sala e sentamos perto um do outro ,e ae vem a perte engraçada nós fizemos o trabalho adiantado e em momento algum o professor pediu um trabalho do gênero ,eu e ela ficando bravos ,não sei por que mas não ficamos tão irritados afinal, esse trabalho serviu para eu conhecer anga e então uma amizade começar .


E não demorou para virar algo a mais eu e anga estávamos namorando ,os pais dela e meus pais ficaram muito felizes , e o nosso amor foi crescendo mais e mais até hoje .


tudo graças ao maldito trabalho da faculdade ,maldito não, abençoado sim ,se não fosse por esse trabalho eu nunca teria encontrado o amor da minha vida e hoje sou a pessoa mais feliz da terra ,melhor do mundo das galáxias das dimensões 


hoje sou feliz por ter você ao meu lado e sou feliz por te chamar de amor .


                     "Te amo anga Martins ♥️♥️♥️"


                                                                  Fim!!!!!




Notas Finais


Obrigado por lerem 😊

Em breve mais ones até lá .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...