História Um amor secreto e eterno... - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Dohko de Libra, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Saga de Gêmeos, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Tags Cavaleiros De Ouro, Cavaleiros Do Zodiaco, Saga, Shaka
Visualizações 72
Palavras 3.586
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde...
Desculpem a demora..
Mas um capitulo fresquinho pra voces...
Boa leitura...

Capítulo 18 - No Hotel


Depois de algumas horas Camus é o primeiro a chegar e vai direto para o banho e tranca a porta, justamente para Milo não entrar ... Quando Milo chega ouve o barulho da água e vê a porta fechada do banheiro...

 Milo: Camus, abre! Eu sei que está aí? ( Esmurrando a porta)

Camus não disse nada apenas ficou quieto.  Milo vendo que ele não abriria se sentou na porta.. queria resolver esse mal entendido...

Mu chega ao hotel e vai direto perturbar Saga... Quando o grego da de cara com o ariano na porta seu sangue ferve...

Saga: O que você quer, comigo sua beringela aguada?

Mu: Com você nada! Shaka já chegou? Preciso falar com ele!

Saga: Ainda não!!!

Mu abre a porta e vai entrando...

Mu: Então vou esperar, é muito importante!

Mu se senta na beira no puf...e Saga olha aquilo furioso...quando ele ia colocar Mu pra fora eis que a porta se abre.  E o loiro da de cara com com Mu no seu quarto e Saga bufando...e logo pensou..." Será que ele contou do beijo, pelos deuses"...coloco as chaves na estante e vou falar com Saga, lhe dou um beijo...

Shaka: O que faz aqui Mu!

Mu: Acho que nós três temos que ter uma conversa, não acha Shaka?

Saga: Vai, embora!

Shaka: Acho melhor deixarmos essa conversa pra depois... 

Shaka vendo seu amado irritado...abre a porta e pede pra Mu sair que se sentiu humilhado.. saindo batendo pé... Depois que sai, Shaka fecha a porta e ele respira fundo, sabe que Saga terá um treco quando descobrir o beijo...mas ele tinha que contar...

Saga: O que esse idiota que falar com a gente?

Shaka se aproxima do seu azulado mais charmoso e lindo entrelaça sua mão na dele o puxando para o banheiro...

Shaka: Deixa ele pra lá, temos coisas mais importantes pra fazer. .

Saga sorrir safado ao perceber as intensões do loiro...e Shaka precisava beijar Saga para tira o gosto do beijo de Mu da boca... Assim  que chegam ao banheiro, o loiro fecha a  porte e prensa Saga contra a parede...

- Quero ser seu! ( O loiro disse beijado seu pescoco)

- Adoro quando fica assim! ( Saga disse ao loiro, enquando o beijava)

Durante os beijos calhentes e maliciosos, ambos ficaram nus e se beijando em baixo do chuveiro... suas erecoes se rocavam dando maior tesao aos dois e provocando  prazer e gemidos.. enquanto as maos passeavam pelos seus corpos molhados..  O loiro estava sedendo.. desceu beiando cada canto do corpo de Saga... parou para lamber a glande vermelha e babada dele, fazendo-o gemer... delizando pelo membro do geminiano, quando ia gozar o geminiano puxou o loiro para que o beijasse novamente... Saga conseguiu se virar e encostou Shaka de costas para a parede e lambeu as costas delineadas do indiano... se abaixou e abriu as pernas e as nadegas do loiro e adentrou a lingua na entrada quente do loiro, que gemeu... deixando- bem molhado..

- Ahn, meu amor, Ah ( O loiro gemeu ao sentir o toque quente de Saga e com uma das maos o masturbava)

Saga o pegou no colo e o deitou no tapete da sala, nao queria molhar a cama, pois sabia que o indiano era chato com isso... Saga abriu as pernas do loiro e ficou no meio delas... o seu marido estava totalmente entregue e ele amava isso... ao contrario da lingua, Saga inseriu dois dedos e sentiu o corpo do loiro mexer, ele sentiu uma leve dor... Saga o olhou ternamente e comecou a chupa-lo... o loiro por sua vez logo se esqueceu da dor... agarrou os cabelos azuis ditando o ritmo da chupadas... Saga engolia forte e fundo... o loiro delirava de prazer... quando o loiro chegou ao apice, Saga engoliu o liuido quente e esbraquicado... subiu lambendo o corpo do loiro. e se beijaram... depois do beijo Saga o olhou e voltou a ficar entre as pernas do loiro, posicionou seu membro na entrada e a deslizou para dentro do loiro fazendo os dois gemerem. O loiro gemia e se contorcia de dor e prazer arranhando as costas do seu amado.. Suas bocas se tomaram cheias de paixao e luxuria, as linguas sancavam se explorando, os labios eram mordidos e chupados. Saga mantinha o ritmo rapido de seus quadris, estocando fazendo o loiro gemer muito enquanto se beijavam...Assim que saiu de dentro de mim o geminiano se desabou em cima do loiro...

- Voce e muito gostoso sabia! ( Saga disse beijando o loiro)

- Sei, sim! Mas voce esta dizendo isso pra ter uma segunda rodada, ne? ( O loiro empurrou ele pra cama e se virou de lado, estava meio dolorido)

O geminiano percebeu o estado do amado e puxou o lencol o cobrindo... O loiro abriu os olhos...

- Preciso te contar uma coisa? ( O loiro se virou com uma certa dificuldade..)

Olhando um nos olhos do outro... O loiro decidiu contar...

- O Mu, me pegou de surpresa e me beijou hoje! ( O loiro disse)

Saga olhou assustado para o loiro quando ouviu aquilo...

- O que? ( Saga disse ja se levantando...)... Aquele maldito! ( Colocando  a calca)

Shaka, vendo o estado do amado se levanta com dificuldade e vai ao encontro dele...O loiro para na frente dele...

- Deixa eu te explicar! ( O  loiro o segura e olha nos olhos dele)

Saga movido pela ira joga Shaka no chao... e caminha ate a porta..

- Como voce pode... acabamos de fazer amor, nos entregamos um ao outro novamente e o que isso significou pra voce, nada? Tudo isso foi armado por voce pra se livrar da culpa que esta sentido... e acha que transando comigo isso amenizara o que fez, voce me traiu... Shaka se levanta..

- Pode parar! Eu nao o atrai.... ( Saga nem o deixa terminar....)

- E voce acha que beijando o outro nao e traicao? voce ja foi mais inteligente, sabia! ( Saga se aproxima)

- Voce esta sendo injusto, comigo, nao foi um beijo.....( Saga o interrompe)

- Shaka, por favor...  nao subestime a minha inteligencia, eu sei o que e um beijo! E aconteceu mais alguma coisa  alem do beijo!? ( Saga sendo ironico)

- Voce esta me ofendo... esta pensando que eu sou o que, uma daquelas galinhas que voce ja pegou no santuario? Pensa que eu nao sei dos seus casinhos! ( Shaka se infurece)

Saga da um sorriso ironico....

- Peguei mesmo e nao nego, sao um bando de gostosas, bem melhores do que voce! ( Shaka se infurece e parte pra cima dele, dando socos no abdomem de Saga...). Saga o segura e o taca na cama novamente... 

- Fique ai com sua culpa seu traidor! Eu tenho mais o que fazer do que ficar com uma pessoa tao suja e dissimulado com voce, que usa o meu sentimento para esquecer a traicao de fez... ( Saga sai deixando o loiro na cama). Alem da dor fisica que estava sentindo pelo sexo estava se sentindo ferido na alma... Saga foi grosso e injusto com ele... o loiro jamais o trairia... Shaka se deitou com muiro odio do Saga e do Mu... Se curou e foi ate o apartamento do muviniano...

Kanon a bre a porta e ve que Shaka nao estava com uma cara boa... ele percebe que o assunto era com Mu e sai deixando os dois sozinhos.. Shaka entrou a porta Kanon saindo encostou...

- Shaka, o que faz aqui? ( Mu num tom ironico)

Shaka nao se conteve e lhe deu um soco...

- Mu, eu sempre o tive como um amigo, mas o que esta fazendo comigo e imperdoavel... por seu atrevimento de hoje de manha eu posso ter perdido o homem da minha vida e nao vou te perdoar nunca! 

- Que pena, meu querido Shaka, mas veja pelo bom... eu estou aqui para te consolar! Poderia ter deixad eu contar, poxa me tirou o prazer de ver a cara dele ao saber que me beijou!

- Cale a boca, aquilo nao foi um beijo e voce sabe disso! ( Shaka mais irado ainda)

- Voce nao se lembra meu amor, acho que vou te fazer lembrar...( Mu se aproxima de Shaka perigosamente e o puxa pela cintura... eles ficam colados e um encara o outro... Shaka consegue se soltar e se afasta... ele nao queria machucar o amigo....

- Mu, nunca mais faca isso, sera que voce nao entende, eu nao te amo!  (Shaka num tom de voz para nao magoar o amigo)

- Shaka, sera que voce ainda nao percebeu que voce nao o ama? Esta enganando a si mesmo... o seu destino e ficar comigo!  Saga nao tem nada a lhe oferecer! ( Mu o abraca por tras). Shaka consegue sair...

- Nao toque mais em mim!  Eu nao queria, mas voce esta me obrigando... a nossa amizade termina aqui, e mesmo que voce fosse o ultimo homem da terra eu nao ficarei com voce... eu nao lhe reconheco mais... ( O loiro sai e volta para o seu quarto). Ele fica triste,pois pode ter perdido o amigo e o amor de sua vida no mesmo instante... e tambem nao iria rastejar aos pes de Saga nao...

- Ele que tirou conclusoes precipitadas, o insultou e se quiser que venha falar comigo! ( Disse Shaka)

Enquanto isso...

Apos o banho, Camus abre a porta e Milo se levanta rapidamente o francês nao liga  e vai até a mala colocar a roupa...

- Vai ficar me ignorando ate quando? ( Milo disse atras dele)

- Eu nao estou te ignorando, apenas nao quero falar com voce! ( Camus respondeu tirando a toalha e colocando a cueca...). Milo nao pode deixar de observar toda a extensao e curvaturas do corpo do frances...

- E porque posso sabe? ( Milo se aproximou)

- Ja disse nao quero falar com voce! (  Camus colocando a calca e a blusa)

- Esta assim por causa do nosso beijo? ( Milo, tomou coragem e perguntou)

- Nao! Aquilo foi somente um beijo e nada mais! ( Camus tentou-se mante calmo, mas por dentro estava muito nervoso, ele sabe que o beijo significou muito pra ele)

- Nao me pareceu ser somente um beijo! ( Milo o indagou)

- O que voce acha nao e problema meu! E se continuar com esse assunto eu saio desse quarto e nao volto mais!  ( Camus pegou sua carteira e documentos e saiu para jantar no hotel)

Enquanto isso...

Saga esta no bar bebendo um pouco, quando avista Mu chegando... quando ele ia levantar, Kanon coloca a mao no seu  ombro o impedindo...

- Pare com isso, sossegue! ( Kanon disse)

- Que vontade, eu estou de mata-lo! ( Saga responde)

- Saga, sera que voce nao percebeu? O Mu so faz essas coisas porque voce e muito ciumento... duvido que se voce nao ligasse, se ele nao parava com essas coisas! Ele morre de ciumes porque Shaka escolheu ficar com voce e nao com ele!

- Voce fala isso, porque nao sabe que ele beijou o Shaka! ( Saga furioso e tomando um licor)

- Saga! Pelos deuses!  aquilo nao foi um beijo! ( Kanon disse sorrindo)

- Com voce sabe! ( Saga o olhou serio)

- Eu vi... estava escalando uma montanha e da la dava pra ver tudo... ele puxou Shaka e o encostou numa arvore... Shaka gesticulava e pareciam discutir... foi quando Mu o beijou e o loiro o empurrou imediatamente, lhe dando uma tapa na cara e saiu furioso... depois disso eles nao se viram mais!  Foi isso que aconteceu! ( Kanon, bebendo um licor tambem)

- Maldito! Eu disse coisas horriveis pra Shaka, quando ele me disse! ( Saga se mostrou arrependido)

- Voce nao tem jeito mesmo... agora aproveita que o loiro esta vindo e peca desculpas... ( Kanon se levantou e cumprimentou Shaka que vinha entrando no salao...

Shaka o ve e passa direto, indo ate a mesa que amus se encontrava... 

- Droga! Eu fui longe demais com esse meu ciume! ( Saga fica so observando)

Na mesa de Camus:

- Posso me sentar? ( Perguntou Shaka)

- Claro, senta ai! ( Camus lhe disse)

- E ai, vejo que nao esta muito bem? Resolveu seu assunto com Milo! ( Shaka perguntou)

- Nao, tenho nada pra resover com aquele idiota! ( Camus respondeu)... - E voce e o Saga discutiram?

- Sim! Aquele imbecil nao enxerga um palmo na sua frente quando esta com ciumes!  Imagina duvidar de minha fidelidade, por causa de um beijo que recebi do Mu! 

- Tambem me sentiria enciumado, se tivesse uma pessoa assim como Mu atras do meu namorado! ( Disse camus)  

- Mas eu nunca dei motivos para ele duvidar de mim... e nao foi um beijo retribuido! ( Shaka indagou)

- Eu sei! Kanon e eu vimos tudo... se voce quiser posso conversar com o Saga..(Camus disse olhando pra ele)

- Nao! Ele tem que confiar na minha pavavra e nao em provas! ( Shaka disse olhando seriamente pra ele)

Nisso chegam, Dite, Mask,  Aiolia e Shura e se sentam com agente... Saga resolve se aproximar e se sentar... Nisso Shaka se levanta, pois estava muito magoado com ele.. e foi se sentar numa outra mesa com Milo..

-  Hi! Sinto algo estranho no ar! ( Dite disse)

- Cala a boca! ( Saga responde). e toma um wisky

- Saga, sei que nao devo me meter mais deixa ele essa noite, esta muito magoado! ( Camus disse). Saga nao ouviu e se levantou... Nao iria consegui dormir com o loiro chateado com ele... vai ate a mesa e fica ao lado dele...

- Sera que podemos conversar agora!? ( Saga lhe disse ao lado dele, com a mao na mesa). Milo olhou... e quando ia se levantar... Shaka o segurou...

- Milo, nao precisa se levantar, esse senhor ja esta de saida! (Shaka na sua voz tranquila e calma bebendo seu suco)

- Engano seu, Shaka , nao estou de saida e nao saio daqui enquanto nao falar com voce! ( Saga se sentou ao lado dele o ficou o encarando)

-  Sera que o senhor nao reparou que esta sendo incoveniente, atrapalhando a nossa conversa? ( Shaka tentando fazer ele ir embora)

- Atrapalhando?  de maneira alguma! Podem conversar comigo aqui, nao tem problema nenhum! ( Saga cruza os bracos)

- Ja que o senhor nao vai sair, nos vamos! Vamo Milo! ( Quando Shaka estava levantando, Saga o segura pelo braco)

- Me solta! ( Ele tira o braco das maos de Saga)... O senhor nao pode querer conversar com quem julga ser um traidor!  ( Shaka e Mu saem e Saga fica ali pensando na burrada que fez).

Shaka volta pra mesa com os outros rapazes, enquando Mu esta na pista dancando... Ficaram mais de uma hora la e Shaka sobe para o quarto e Saga tambem vai...

- Hi, la vao os dois! ( Dite sorrir)

- Aquele quarto hoje pega fogo! Ou por fazerem as pazes ou por nao fazerem as pazes..( Milo sorrir).. Camus se levanta e vai embora, afinal estava cansado... e milo vai atras...

- Cuidado voces dois pra nao colocar fogo no quarto tambem! ( Gritou Dite)... eles ficaram bebendo...

No quarto de Saga e Shaka...

Shaka foi o primeiro a chegra e foi tomar seu banho, sentiu que Saga estava chegando e trancou a porta.. nao iria ceder... Saga precisava confiar nele se nao o seu casamento acabaria em breve... Shaka sente a Macaneta da porta mexer...

- Meu amor abre! Eu sei que esta ai! ( Saga esmurrava a porta). Cada palavra dita pelo geminiano cortavam seu coracao... era tao bom quando ele o chamava de seu amor, mas dessa vez nao... o loiro sofria ao lembrar das que foram ditas mais cedo... e chorou debaixo do chuveiro... Depois de quase vinte minutos nao adiantaria ficar mais la, teria que resolver o problema... se secou e colocou la mesmo a roupa para evitar provoca-lo... quando saiu Saga estava em pe, na parede de pes e bracos cruzados...

- Ate que enfim, pensei que fugiria de mim a noite toda! ( Saga disse)

- Nao tenho o porque fugir de voce! ( O loiro estava em frente a cama  pegando um travesseiro, dobrando um lencol e foi colocando- no sofa)

- Pra que isso? ( Saga perguntou)

- Pra voce! ( Shaka respondeu)

- Voce nao esta pensando que eu dormirei ai esta? ( Saga sorriu)

- Bom, essa e uma opcao, se nao quiser arruma outro lugar pra dormir, porque a cama e minha! ( Shaka arrumando a cama)

- Jamais! Meu lugar e dormir ao seu lado! ( Saga o abraca por tras)... - Me perdoa! Eu nao devia ter falado aquelas coisas com voce... e que toda vez que penso voce com aquela beringela aguada, emu sangue ferve). O indiano sai do abraco...

-   Se quer dormir com alguem, vai la e dorme com aquelas amazonas que sao melhores que eu... assim voce nao precisa se preocupar com a beringela aguada! ( O loiro solta o cabelo... e molha a sua tunica branca, deixando -a transparente...)

- Ninguem e melhor do que voce meu amor! ( Saga volta a abraca-lo).. - Eu disse aquilo para lhe provocar, so isso! ( Saga beija o pescoco do loiro)... Saga o sente estremecer... o vira pra si e o beija... Depois do beijo voraz que trocaram, acabaram fazendo amor e trocaram palavras carinhosas reafirmando o seu amor um pelo outro... e acabaram dormindo de conchinha...

No quarto de Camus e Milo...

- Camus, vamos conversar! ( Milo ja estava perdendo a paciencia...)

- Voce e muito chato, sabia! Nao quero conversar! ( Camus tambem ja estava irritado com a insistencia de Milo)... Quando Milo o encosta na parede e o olha fixamente...

- O que pensa que esta fazendo? ( Camus olha surpreso pra Milo)

- Esta com medo de mim Camus? ( Milo sorriu)

- Eu com medo de voce! ( Camus respondeu)

- Entao porque esta tremendo! ( Milo o indagou)

- Me solta! ( Camus tentou sair , mas Milo nao deixou)

- Estou cansado dos seus joguinhos, Camus de Aquario. ( Milo olhou seriamente pra ele)

- E quem disse que estou jogando com voce? ( Camus o encarou)...

- Suas atitudes.... esta pensando que eu nao observo como me olha...como me deseja... e aquele beijo na cachoeira e a prova disso! ( Milo lhe diz)

- Eu so nao quero ser mais uma estatistica pra voce, nao sou homem de ser apenas numero nas maos de alguem! ( Camus tentou sair)

- Entao e isso que pensa? Que sera apensa mais um? ( Milo sorrir)

- E nao e verdade? ( Camus o indaga)

- Voce me conhece muito pouco mesmo!  E claro que nao! Desde que revivemos eu nao consigo parar de pensar em voce... nunca mais sai com garota ou garoto nenhum... eu so quero voce! Pensei que fosse mais esperto Camus!  Ainda nao percebeu? ( Milo sorrir)

- Percebi o que? 

- Que eu te amo! E so quero voce! 

Os se olharam durante alguns minutos, e tudo podia ser ouvido era o son da respiracao dos dois, suas bochechas estavam rosadas de vergonha, os labios se uniram numa ferocidade...as maos do grego entraram por dentro da camisa do aquariano, deixando-o arrepiado... o sangue de ambos comecou a ferver com os toques... Quando perceberam que estavam perdendo os limites...e Milo se afastou... Camus olhou para ele como quem nao entendeu nada...

- Camus, eu nao quero que pense que so quero ir pra cama com voce. Eu te desejo como nunca desejei ninguem nessa minha vida... Nao quero so transar com voce, quero fazer amor..e acho que ainda nao e hora... quando estivermos prepardos vai acontecer naturalmente... Sei que estamos um com desejo no outro e por isso, pode dormir na cama que eu me deixo no sofa!  ( Milo foi ate a cama pegar o travesseiro e um lencol). Aquela atirute do Milo mexeu com o Camus que deitaou na cama mais nao conseguiu dormir... foi quando se levantou e viu Milo no sofa... e decidiu dar uma chance aquele tagarela.. se sentou em cima dele... Milo levou um susto e camos o beijou... camus foi se tornando cada vez mais ousado e deixando Milo doido... 

- Relaxa, Milo, seu nervosismo esta te deixando tenso! ( Camus sussurou no ouvido dele)

 Camus descia cada vez mais, ate que saiu de cima dele e tirou a coberta e a cueca box de Milo... olhou para o membro rigido do grego e o abocanhou, falazendo o azulado soltar um gemido... lambeu toda a extensao do membro dele e abriu as pernas de amailo  ficando no meio delas... e enfiou bem devagar ate entrar todo dentro dele... via lagrimas dos olhos de Milo e o perguntou se queria parar, o grego respondeu que nao e comecou a se movimenar... quando os dois chegaram ao apice, camus saiu de dentro dele e deitou no chao... Milo estava comdores e Camus o pegou no colo e o colocou na cama... os dois se olharam e se declaram um para o outro e dormiram abracados...

No quarto de Kanon e Mu...

Kanon ja estava deitado quando Mu chegou e estava bebado... Mu derrubava tudo que estava na sua frente... entrou para o banheiro e fez aior barrulhao, Kanon levantou correndo o viu caido nu no chao... e foi ajuda-lo... quando se levantaram, Kanon nao pode deixar de repara no corpo de Me que era lindo.. o muviniano o agradeceu e o olhou fixamente...Passou a mao em seu rosto e o beijou... Kanon no inicio estranhou mas logo o retribuiu... e grego o pegou no colo e o colocou na cama... se olharam novamente e se beijaram... os beijos se intensificaram e nao demorou muito tempo um se entregou ao outro... Kanon pensou que Mu estivesse bebado e nao se lembraria de nada, mas Mu sabia o que estava fazendo... Tanto que gemia chamando seu nome... o grego nao entendeu o proque sentiu desejo por ele mas se entregou...

continua...   hotel



 





Notas Finais


Como acordara os casais?
Mu se arrependera?
Kanon fingira que nada aconteceu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...