História Um amor secreto e eterno... - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Dohko de Libra, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Saga de Gêmeos, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Tags Cavaleiros De Ouro, Cavaleiros Do Zodiaco, Saga, Shaka
Visualizações 53
Palavras 4.650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde...
Segue mais um capítulo recheado de emoções... ciúmes, lutas e revelações estão presentes... Shaka é seu ciúme..
assim como Saga...
Quem diria que seriam feitas revelações entre Saga, Shura e Dite.. Depois Shina e June
Aiolia declara todo o seu amor e pede conselhos a Shaka...
Boa leitura a todos!
Aguardo ansiosa os comentários...

Capítulo 8 - Ciúmes, confronto e revelações


Fanfic / Fanfiction Um amor secreto e eterno... - Capítulo 8 - Ciúmes, confronto e revelações

No santuário..

Shaka:

Me despedi do meu amor e fui até a sala de reunião onde Atena já me esperava com Shion... Iniciamos a reunião é ela me disse que ainda não tinha a minha resposta sobre trazer Shun para o santuário...eu entendia a sua preocupação...com Saga aqui seria muito difícil eu me concentrar, mas eu sei do dever e com isso ela devia se preocupar... Ela me deixou ficar esse dia no santuário e no início da noite ela me chamaria novamente... Me despedi deles e sai da sala...quando vou iniciar a minha decida...meu amor me abraça por trás e me dá um beijo no pescoço..

- Saga, você está doido! ( Eu bato em sua mão que estava na minha cintura). Mas não pude deixar de sorrir..

- O que foi amor! Sou doido por você e não quero esconder a minha felicidade de estar ao lado da pessoa que mais amo nessa vida! ( Ele me vira pra e ele me dê um beijo de tirar o fôlego). Quando meus pulmões ansiavam por ar, nos separamos...ele estava certo mais ainda não era hora.. eu precisava resolver algumas coisas primeiro... Me afastei dele e pedi novamente que ele mantivesse a descrição e não contasse pra ninguém... ele me olhou meio desapontado mais aceitou e descemos as escadarias...ele com a cara emburrada...ficava tão lindo contrariado... Pedimos permissão a Dite que estava cuidando do seu jardim...que por sinal estava lindo embora eu não me atreveria entrar lá...eram todas venenosas... É meu amor continuava emburrado...passamos pela casa de Aquário e Camus chamou por Saga para pegar uns livros...eu não entendi porquê mas ele nem me olhou... e entrou com Camus e eu continuei minha descida... Passei pela casa de Capricórnio e encontrei Kanon conversando com Shura... se não tivesse deixado Saga com Camus eu juraria que era ele...como são parecidos...eu tenho que aprender a diferencia-los se não eu estou perdido... Mas o que será que conversam.. eles me olharam e eu acenei e continuei a minha descida... Passei pela casa de Escorpião e Milo estava sentado triste...e sentei ao lado dele...

- Shaka! O que faz aqui? ( Ele nem.me viu chegar).

- Estou de passagem, amanhã eu volto para o Japão... O que foi? Porque está com essa cara? (Eu já sabia a resposta)... - O que o Camus aprontou dessa vez?

- A Shaka, eu estou de saco cheio dele, sabia! Eu tentei de tudo mas ele não dá o braço a torcer! Acho que estou secando gelo e perdendo meu tempo! Será que ele não sabe quantas noites eu chorei por ele...depois de sua morte...mas não! Ele só quer saber dele! Já estou me estressando com isso, se ele não me quer porque não fala logo! Não me um fora! Se bem que isso não ia adiantar... ( Ele se levantou e ficou andando de um lado para outro)

- Você até me deixou tonto com.tantas perguntas! ( Eu coloquei minhas mãos na cabeça). - Vem cá! Sente-se aqui comigo...( Ele me ouviu e senti-me).

- Você já disse abertamente pra ele que o ama? Digo frente a frente e olho no olho? ( Eu o indaguei)

- Já! Várias vezes...mas ele nem liga e como se eu estivesse falando com uma parede de gelo...às vezes até sai de perto de mim e me deixa falando sozinho...( Ele estava visivelmente irritado).

- Todos nós sabemos que ele é assim... Mas no fundo ele gosta de você! Com o tempo ele vai se declarar! ( Eu o abraço e sorrio)

- Porque eu nao me apaixonei por você hei! Seria tudo mais fácil! ( Ele sorriu pra mim e eu logo o soltei)

- Sai pra lá! ( Ambos sorrimos). Bebi uma água e voltei a descida... A casa de Sagitário estava vazia e a de Libra também... Quando cheguei na minha casa estava Mu lá em.pe...andando de um lado para outro... Quando ele me viu logo correu e me abraçou...

- Meu amigo, que saudade! Como é bom te ver! ( Ele segura minhas mãos e vi que ele estava feliz em me ver). Mas fiquei preocupado se Saga passasse aqui e nos visse.. foi aí que o convidei para entrar... Fiz um chá pra nós e ficamos conversando...

Saga:

Quando sai da casa de Camus, Shaka já tinha ido... Vou dar uma passada no sexto templo, já estou com saudades daquela boca gostosa.. passo por todas as casas e nem percebo que tinha mais alguém com o meu amor...aperto a campanha e Mu abre a porta... Ele sorrir pra mim com um.sorriso de deboche e eu fico furioso...quando ouço meu amor dizer...

- Quem é Mu? ( Eu olhei para aquela cabeça de repolho).

- Ninguém! Foi só um vento! ( Ele fecha a porta na minha cara)... Meu sangue sobe... Olhei para uma das janelas que estava aberta e pensei ser o o quarto de Shaka... oculto meu cosmo... subo pela janela e graças aos deuses era lá mesmo... e fico sentado na cama dele...aproveitei para dar uma futucada em tudo...quando esbarrei na mesa do computador e um porta retrato tinha caído no chão... Peguei e era uma foto minha e dele quando éramos pequenos.. fui pra trás da porta, devido ao barulho alguém poderia entrar... Quando meu amor entra eu fecho a porta e o abraço por trás tampando a sua boca...

- Calma! Sou eu!!! O viro pra mim e lhe dou um beijo apaixonado...e sou correspondido... Depois do beijo...

- O que essa cabeça de repolho quer com você? Eu pergunto olhando sério para ele)

- Fale baixo! Ele só quer conversar e além do mais quem te deu ordem pra entrar aqui? ( O meu loiro me perguntou com os braços em volta no meu pescoço).

- Ninguém! Eu queria entrar pela porta mais ele não me deixou...então resolvi entrar de um modo diferente, pela janela...( Eu o beijei de novo)...

- Shaka! Está tudo bem!? ( Ainda estávamos com os lábios colados quando ouvimos o cabeça de repolho chamar). Shaka quis sair do meu abraço e eu não queria o soltar...mas fui forçado...

- Já vou Mu! Amor como estão meus lábios? ( Eu sorri)

- Estão lindos e apetitosos! ( Ele se aproximou de mim...)

- Seu bobo! Deixa eu ir! ( Me deu um selinho e saiu do quarto e eu do outro lado da porta só ouvi do o que eles diziam).

Na sala..

Shaka:

Estávamos sentados no sofá...quando Mu se aproxima de mim, eu me levando rápidamente de com a desculpa de pegar um chá pra nós.. quando estou indo dou uma olhada para meu quarto e vejo a cara de Saga que não está nada satisfeito.. eu tinha que resolver essa situação o quanto antes não queria que uma guerra de mil dias começasse por minha causa...mas tinha que achar uma forma de não magoar meu amigo...mas eu sei se ele gosta mesmo de mim...ele nunca disse abertamente e nunca conversamos..  Peguei a bandeja e voltei pra sala...quando cheguei o encontrei, nervoso sentado no sofá... Percebi quando ele apertava as minhas lindas almofadas indianas, amarrotando-as...dei uma xícara pra ele e peguei a outra e me sentei... 

- Algum problema, Mu? ( Eu perguntei bebericando meu chá).. Estava com meu olhos fechados.. 

- Nao, nenhum! ( Pude perceber que ele também fechou seus olhos enquanto bebia seu chá). Eu respirei mais aliviado e relaxei, apesar de Saga está no meu quarto me vigiando.. não gosto disso e depois terei uma seria conversa com ele. Estamos lá num maior silêncio quando sinto que Mu tirou a xícara da minha mão e colocou sobre a mesa... meu coração gelou, ele vai de declarar, eu pensei...ele se levantou e com suas mãos me colocou de pé de frente pra ele. .eu estava angustiado e com vergonha...nem me lembrei do Saga...

Saga: 

Quando eu vi aquela cena e a aproximadamente eu fiquei irado...

- Eu vou te matar, seu maldito! ( Minha vontade era de ir lá fora e o matar)...

Shaka: 

Eu estava com meu rosto quente... quando ele me pediu uma coisa...

- Shaka, abra os olhos por favor! ( Era tudo que eu menos queria). Mas não ia adiantar fugir, por mais que eu não quisesse magoa-lo teriamos que passar por isso...eu atendi ao seu pedido é nossos olhos se encontraram..ele me deu um sorriso encantador e ao mesmo tempo tão puro...eu senti que ele me amava de verdade...meu coração estava dolorido em saber que não poderei corresponder ao seu amor...ele colocou suas mãos no meu rosto me olhou no fundo dos meus olhos ...

- Shaka, eu queria dizer que eu... ( Ouvimos a campainha tocar...). Eu soltei as nossas mãos e fui correndo atender...era Kiki que quando me viu pulou no meu colo e eu sorri, ele é tão espontâneo...eu o coloquei no chão...quando entramos Mu estava com cara de furioso...

- O que você faz aqui? ( Ele perguntou olhando sério para o menino)

- Mestre, tem um monte de cavaleiros...esperando o senhor no primeiro templo e alguns estão furiosos com o senhor...é melhor você ir lá! ( O menino estavaesmo com a expressão preocupada). Mu se levantou emburrado...passou por mim, furioso em direção a porta.

- Até mais! ( Ele me disse e saiu...e Kiki foi atrás).. Respirei fundo e fui até o quarto e para minha surpresa Saga não estava mais...será que ele entendeu tudo errado? Pelos céus!

Fui arrumar minha casa que estava uma bagunça, mas o calor estava infernal quando sinto o cosmo de Saga se distanciar do santuário.. só espero que ele não esteja com raiva de mim.. e continuei com minhas tarefas...quando terminei já era hora do almoço e eu não tinha feito nada e estava morrendo de fome, quando abro o armário e não tem nada...decido ir almoçar no shopping... desço as escadarias e quando passo pela primeira casa vejo a quantidade de cavaleiros que estavam na fila para serem atendidos por Mu e ele nem me vê... 

No Shopping...

Chego na praça de alimentação e vejo um azulado sentado com três moças estavam sorrindos e uma delas passou a mão no braço dele, como.se estivesse fazendo carinho...eu fiquei na dúvida se era o Kanon ou Saga...ainda não aprendi a diferencia-los...

- Pelos deuses, o que eu faço agora? (Fiquei olhando, mas o cosmo estava oculto então não daria pra saber)... Fiquei na dúvida do que fazer mas resolvi ir e seja o que os deuses quiserem... Abri meus olhos, arrumei meu cabelo, ajeitei minha roupa...estava de bermuda jeans e uma camiseta branca... me aproximei da mesa...

- Olá! Será que posso me sentar com vocês? Comer sozinho é muito chato! ( Eu olhei para ele, que sorriu). Era o meu Saga...elas me olharam feio, principalmente aquela que estava passando a mão no meu namorado...eu a encarei...

- Não vai me apresentar as suas amigas, Saga? ( Eu olhei sério pra ele)

- Claro! Shaka essas são a Anny, Clarice e Joyce, minhas amigas da faculdade e esse é o meu amigo Shaka. ( Eu olhei sério). Amigo? Não gostei disso!

- Shaka, nos já pedimos...se importa de comermos? Pois o seu vai demorar e a comida vai esfriar! ( A atrevida (Anny) se manifestou...). Eu cruzei os braços...

- Perdi a fome! Podem comer, fiquem a vontade! ( Encostei na cadeira e vi um sorriso nos lábios de Saga e logo em seguida me deu uma piscadinha) e eu ignorei...eles conversavam sobre assuntos dos mais variados...quando vejo a atrevida limpando com um de seus dedos o canto da boca dele...meu sangue ferve... Me levanto e vou embora... Estou eu na área externa do shopping e tem uma parte toda verde, igual a um jardim, até chafariz tinha...e me sento lá e me perco nos meus pensamentos olhando aquele chafariz quando alguém senta atrás de mim, me abraça e me dá um beijo no pescoço... Não reagiu, continuei olhando para o meu chafariz como se ninguém estivesse ali, embora estivesse adorando...

- Amor, pára com isso! ( Ele sussurrou nos meus ouvidos).

- Estou parado! ( Eu respondi)

- Adorei sua cena de ciúmes! ( Ele beijou novamente meu pescoço).

- Ciúmes? Eu? Não seja ridículo...esse sentimento não possuo!  ( eu cruzei meus braços)

- Você fica mais irresistível assim, sabia! ( Com uma de suas mãos virou meu rosto em direção ao dele e me deu um selinho).

Ele se sentou de frente pra mim, olhou nos meus olhos...

- Eu te amo, seu bobo! ( Ele tomou minha boca num beijo apaixonado e urgente... Ele envolveu minha cintura e inclinou seu pescoço intensificando o beijo...meus dedos passaram a lhe tocar sem receio...sentindo seu calor...). Só paramos quando o ar se fez necessário... A pontinha do seu nariz encostou no meu e nossos olhos ficaram um ligado ao outro...

- Amor, tenho que ir agora! ( Ele me disse)

- Poxa! ( Eu  fiz uma cara de descontente). Ele sorriu e me deu um selinho...

- Tenho prova agora, se não eu ficava aqui com você! Te amo! ( Ele me deu mais um beijo apaixonado, se levantou e saiu). Antes de entrar ele gritou...

- Mas tarde nos vemos! ( Ele se foi e eu fiquei lá olhando o jardim...até que minha barriga reclamou).

Fiquei ali perdido em meus pensamentos quando sou supreendido por Aiolia...

- Shaka, você por aqui? Quando voltou? ( Eu sorri...)

- Voltei ontem, mas hoje eu já devo estar partindo novamente para o Japão e você o que anda fazendo por aqui? ( Eu o pedi para ele se sentar)

- Sabe Shaka, depois da batalha de Hades eu decidi que vou viver diferente, sem medos... e preciso de um conselho seu...( Ele sorriu pra mim)

- Diga, Aiolia! O que te aflige? (Eu me interessei no assunto, nunca vi o leaozinho assim).

- Preciso que guarde segredo! Sabe eu sempre amei uma pessoa desde que éramos crianças e decidi me declarar! ( Ele me encarou e ficou vermelho...). Será que essa pessoa era eu? Afinal sempre fomos amigos e sempre viviamos juntos... fiquei nervoso... só isso que me faltava...

- E quem é essa pessoa? ( Eu o olhei seriamente)... Quando ele  ia dizer...Meu amor apareceu e me olhou meio zangado... e ia passsando direto quando Aiolia o chamou...

- Saga, senta aqui com a gente!  ( Eu notei um olhar diferente que o leonino lançava sobre o meu amor e logo deduzi... Pelos deuses! AIolia estava apaixonado pelo meu Saga. 

-Quando Saga se sentou ao lado dele era como se eu não existisse... ambos conversaram e riam, lembrando dos velhos tempos... eu  fiquei só olhando... depois de meia hora... Aiolia se levantou e chamou Saga para ir ao cinema... Saga ficou vermelho na hora e me olhou... eu sorri e queria ver como ele iria resolver isso...

- Vamos, Saga... eu sei que você está doido pra ver esse filme! ( Aiolia o puxa)

- Espera Aiolia! Sabe o que é...eu tenho algumas coisas pra resolver agora, quem sabe outro dia! ( Eu sorri e ele me olhou... parecia pedir ajuda).  Eu me  levantei...

- Ailoia. me desulpe interromper, mas hoje eu tenho treino com ele agora... ordens de Athena! Vamos Saga, já perdemos tempo demais....( Eu sai andando na frete e logo em seguida Saga estava atrás de mim). Tomara que o leonino  esqueca-o. Quando tomamos um distância e ja no caminho do santuário Saga me abraça...

-- Obrigada, amor! ( Eu sorri...)

-Quero ver o que você vai fazer agora que o leaozinho esta apaixonado por você! ( Eu o olhei)

- É simples! Vou falar com ele que amo outra pessoa... ao contrário de você que fica dando esperanças a beringela aguada...( Eu franzi minha testa)

- Eu não dou esperanças a ele não... está sendo injusto comigo! ( Eu cruzei os braços)

- Ah, não! E porque você já não disse a ele sobre  dois? ( Ele me olhou serio).  

- Só estou esperando o momento certo pra contar é só isso! ( Eu novamente o olhei serio...)

- Você pensa demais sabia! ( Ele saiu andando e me deixou falando sozinho). 

- Saga, volte aqui! Ainda não acabei! ( Ele me olhou por cima dos ombros e continuou andando).... Eu fiquei furioso, como ele pode me deixar falando sozinho... Quando cheguei na entrada do santuário o calor estava infernal e resolvi ficar na beira da piscina...estava decidido a não me estressar, afinal amanhã provavelmente terei que voltar para o Japão...  estou procurando uma cadeira para me sentar... aquilo estava lotado... e nao encontrei... entao me sentei na borda da piscina e coloquei meus pés dentro da água.... quando Dite esbarra em mim e acabo caindo dentro da piscina de roupa...  e todos riram... eu fiquei furioso.... mas até que a água estava gostosa.... sai da piscina... e tirei a minha blusa... ficando só de bermuda... foi quando Saga chegou e me olhou feio... eu fingi que nem vi... e ele também tirou sua blusa e sua bermuda, caindo na piscina... eu vi os olhares que ele ganhou...e não gostei... peguei a minha blusa e fui em direção a saída... comecei a minha subida para minha casa, precisava tirar minha roupa, não queria pegar um resfriado....

Saga:

Não gosto de ficar brigar com ele...  sai da piscina e fui atrás... quando comecei a subida... bem distante pude ver ele caminhando e passando por Mu que não parava de olha-lo... depois que continuou a sua decida a beringla aguada ainda olhava para trás a fim de olha-lo mais um pouco... fui subindo bem devagar.... quando ele passou por mim fingiu que não me viu e eu o chamei...

- Mu? ( Fui me aproximenando dele...). O olhei bem nos seus olhos....

- Pare de olhar pra ele desse jeito!  ( Eu estava possesso)

- Olha-lo?  Você está louco! ( Ele me olhou...)

- Louco eu vou ficar se você continuar com esse joguinho! ( Eu não parei de olha-lo)  - Não se faça de desentendido! O que você quer com ele, vamos me diga! ( Eu estava quase partindo para a ignorância)

- Quero fazer ele feliz, uma coisa que você nunca conseguira fazer! ( Ele falou olhando nos meus olhos). Eu estava a ponto de cometer uma loucura...

- Se afaste dele!!! ( Eu o adverti)

- Acha que e dono dele?  Se acha meu caro está enganado! E outra coisa não pode mandar em mim e nem nele...! ( Com essas palavras ele tentou me desequilibrar, pois cada pronúncia dava a entender que ele tinha algo sólido com Shaka).

- Pare de brincar, pois você pode se machucar!  (Nesse momento eu estava disposto e pronto para arrancar sangue da cara dele)... Sinto ele elevar seu cosmo e eu elevo o meu... Nossos cosmos estavam no máximo... eu estava pronto para ataca-lo assim como ele também estava... Estavamos tão concentrados um no outro que nem vimos que os outros cavaleiros estavam ali...

- O que está acontecendo aqui? ( Aiolos tentou se aproximar, mas nossos cosmos estavam tão elevados que ele não conseguiu). Eu não conseguia olhar nada, só via aquele cavaleiro na minha frente....

- Parem com isso! ( Ouvi quando Milo gritou)

Em nossos olhos havia somente ódio, um ódio mortal... meu corpo estava tenso... quando ele me ataca com  a rede de Cristal... eu não conseguia me mexer... elevei meu cosmo mais ainda e consegui romprer com as redes e caindo no chão..

- Agora e minha vez!  Se prepare que você vai fazer uma visitinha ao inferno... ( Estava disposto a tudo...). Mas antes que eu o atacasse ouvi uma voz...

- Parem com isso! ( Meu irmão gritou)... - Eu sei que vocês estão com um problema em comum, mas nayo lutem! ( Pude perceber que os cavaleiros ficaram confusos, mas esse carneiro roxo merecia uma lição...). Assim como eu ele também não demos a mínima...  eu estava pronto para ataca-lo...

Simultaneamente...

Shaka: 

Quando estou quase chegando no meu templo, sinto o cosmo de Mu e de Saga super elevados... e temo pelo que possa estar acontecendo... desço na velocidade da luz e quando chego me deparo com os dois quase se matando... eu não exito e grito...

- PAREM!!! ( Olhando seriamente para os dois...). Ambos me olham sem graça, mas Saga era o mais envergonhado...

- O que deu em vocês? ( Fico ao lado de Kanon e Milo)..

- Isso ninguém sabe! Mas eu já tenho uma ideia! ( Quando Dite disse aquilo eu o olhei seriamente)... 

- Cala a boca Dite!  ( Eu o repreendi) - As crianças vão parar  com essa cena ridícula? Se vocês querem se matar que façam isso em outro lugar... Athena não merece ver dois caveleiros seus  se matando por nada! ( Eu tentei disfarçar, mas sabia o motivo para essa briga inútil)

- Por nada? Me desculpe Shaka, mas isso tudo aqui não foi por nada não! ( Milo me olhou sorrindo)

- Que saber! Cansei, façam o que quiserem! ( Eu sai de perto deixando eles lá e subi para minha casa, tinha mais o que fazer do que ficar vendo  dois marmajos brigando, mesmo que seja por minha causa).

Saga:

Meu amor estava certo... abaixei meu cosmo e o olhei seriamente... passei por ele  e o lembrei...

- Se afaste dele! ( Sussurei baixinho so para que ele ouvisse). e fui para o meu templo... Kanon foi atrás de mim e ficou falando, falando...

- Da pra calar a boca! ( Eu olhei sério pra ele)

- Até calo, mais antes você vai ter que ouvir! Você está louco! Se continuar assim seu romance com Shaka vai por agua abaixo! ( Ele foi me dizendo...). - você viu como ele ficou?  Deve estar te odiando agora! 

- Cala a boca! ( Eu entrei na minha casa e fui direto para o meu quarto e o deixei falando sozinho).  Fui para o banheiro e deixei que a água quente levasse toda aquela raiva... e com a cabeça mais fria, pude refletir no que meu irmão disse... e por incrível que pareça ele estava certo... coloquei uma roupa e fui falar com o meu amor... 

Já estava anoitecendo... eu toquei a campainha do sexto tempo e ele não me atendeu... vi a janela do quarto aberta e decidi escalar... cheguei ao quarto estava ele no computador ouvindo música com o fone de ouvido, eu sorri... não ia me ouvir nunca...   me aproximei o abracei ... ele levou um susto e tirou o fone de ouvido...

- Quem lhe deu permissão para você entra aqui? ( Ele num tom sério). Eu percebi que ele estava muito chateado...

- Da próxima vez que não quiser me atender feche a janela! ( Eu tentei o discontrair). Ele se levantou e começou a brigar comigo... não tiro a razão dele... eu me excedi..

- Desculpa , amor! Mas ele me tira do serio! Toda vez que o vejo te rondando eu perco a cabeca! ( Eu o segurei e o olhei bem serio)

- E você pensa que quando eu vejo Aiolia te rondando eu fico como? Mas nem por isso eu saio me gladiando com ele! ( Meu amor falou olhando seriamente pra mim).

- Mas eu não tenho esse autocontrole que você tem! Bem que poderia me ensinar! ( Eu dando vários beijinhos no seu rosto...). Ele sorriu pra mim...  Ele saiu do meu abraço e foi até a mesa do computador, arrancou uma folha de papel e fez algo nela que não deu pra eu ver... ele se levantou se aproximou de mim e com um sorriso bobo nos lábios me mostrou o papel e tinha um coração e dentro dele estava escrito EU TE AMO... eu sorri daquilo...

- Acho que só desenhando... e que você vai entender! ( Eu o abracei... coloquei uma mão na sua nuca e outra na sua cintura... o puxei para mim e o olhei durante alguns minutos e  ele já estava rosado eu sorri e o beijei... Aqueles lábios quentes me fazia pegar fogo... já estava completamente exitado... como eu o desejava... nossas mãos já tomavam certos caminhos pelo nosso corpo... pude sentir que ele estava tão excitado quanto eu... apronfundei mais o nosso  beijo... o sentia totalmente entregue... O peguei no colo e caminhei até sua cama... o depositei com carinho... senti seu corpo tremer...  depositei meu corpo sobre o dele e ele me olhou..

- Não tenha medo, meu amor... sou eu...( Senti uma certa insegurança dele). Ele me sorriu sem graça e me beijou... Eu estava tão excitado, pois havia esperado esse momento por tanto tempo... que não via a hora de te-lo pra mim... Mas senti que ele não estava confortável... eu tentei de todas as formas para acalma-lo mas não consegui e decidi parar... quando ele estivesse pronto ia acontecer..sai de cima dele... e ele me olhou não entendo... e fiquei olhando pra ele... e passei minha mão em seu rosto...

-  Amor está tudo bem! ( Eu vou esperar o seu tempo, não se preocupe! Eu te amo! ). O beijei novamente...

- Desculpe! (  Ele estava com muita vergonha). Eu não acredite que ele era virgem... e sorri como um bobo apaixonado...

- Não se preocupe... por mais que eu te deseje demais, eu sei esperar! ( Eu me deitei ao seu lado... e o abracei... ele encostou sua cabeça no meu peito...)

- Amor, você não é virgem é? ( Quando ouvi aquilo eu sorri...)

- Não , não sou! ( Eu o respondi)

- E quem foi o seu primeiro? ( Ele me olhou  e eu fiquei vermelho...)

- Tem certeza que você quer saber disso? ( Eu o perguntei, pois sabia que ele ficaria com ciúmes)

- Quero sim! Mas fique a vontade se não quiser me contar...( Ele voltou a se deitar , com um olhar desapontado)

- Tudo bem! Foi com Aiolia...( Eu senti o seu corpo tremer...). Ele se levantou  e sentou na cama...)

- Amor! ( Eu o abracei..). 

- Não acredito! ( Meu amor estava parado). Eu o puxei e o deitei sobre meu peito e o fiz carinho em sua nuca...

- Amor, foi naturalmente... nós ficamos umas duas vezes somente e aconteceu... nós estavamos carentes... foi só isso! Não precisa ficar assim...( Eu tentei acalma-lo)

- Preciso de tomar um pouco de água! ( Ele se levantou e foi até a cozinha e eu fiquei o esperando)

Shaka:

 Quando cheguei a cozinha, não pude acreditar no que tinha ouvido.... Aiolia e Saga, juntos! Não é possível... então e por isso que Aiolia está querendo-o de volta... como ele pode... pego um copo com água e volto novamente para o quarto... e o vejo deitado... decidi perguntar...

- Saga, depois do Aiolia teve mais alguém? ( Ele me olhou  estranho)

- Amor e melhor parar, não quero te ver colocando minhocas na sua cabeça! ( Ele tentou me abraçar e eu me desviei)

- Tem ou não tem? ( Eu o indaguei seriamente)

- Está bem, mais não era eu... era o meu outra lado, ah você sabe!  Eu/ele pegamos Shura e Afrodite, mas isso não pode sair daqui, está me ouvindo?  (Quando ouvi aquilo eu fiquei mais em ação...)

- Por Zeus!  Saga do céu... você é um pegador! ( Eu olhei pra ele boquiaberto)... 

- Amor, para! ( Eu o abracei). Mas não se preocupe sao coisas que eu quero esquecer, porque eu so quero voce! Acabou acontecendo, afinal eu não fui criado para seu casto como você ! Me perdoe! ( Ele me abraçou)... Eu olhei pra ele...

- Tem mais alguma coisa que queria me falar? ( Eu nao estava acreditando....)

- Sim, não quero esconder mais nada de você! Afinal eu sou um homem sério agora e só quero você na minha vida e na minha cama... - Eu também já peguei  a Shina e a June.... ( Eu me sentei depois dessa...)

- Nossa, meu namorado é um pegador, não perdoa ninguém! ( Eu olhei pra ele)

- Seu namorado é só seu!  Por isso que quando voltei a vida, decide ser diferente... não somente  em relação ao mal que eu fiz para a humanidade mas também em relação a você... eu devia ter te esperado, mas ao invés disso me entreguei aos prazeres carnais... mais hoje nada disso importa... pois eu tenho você e te esperarei pra sempre... me perdoe! ( Ele segurou meu rosto e eu pude ver a sinceridade no seu olhar... eu o beijei e voltamos a nos deitar e acabamos pegando no sono....






Notas Finais


O que acontecerá com os dois após essas revelações...
Shaka olhará , Dite, Shura, Shina e June de outra forma...
Aiolia investirá no Saga?
Mu em Shaka?
Vamos aguardar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...