História Um amor secreto -Mitw, Cellps e Jvtista- -Hiatus- - Capítulo 65


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Mike, Pac, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Cellps, Febatista, Felps, Jvnq, Jvtista, Mike, Mitw, Pac
Visualizações 57
Palavras 1.497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


essa capa fofa de Jvtista, tá me fazendo BERRAAAR

eu ia fazer um especial de Halloween, só q teria q ser com as crianças com mais ou menos 3 anos, e eu não vou pular tanto assim... ainda... COF COF COF COF

~~Boa Leitura~~

Capítulo 65 - Chapter Sixty-Five- Uma surpresa inesperada...


Fanfic / Fanfiction Um amor secreto -Mitw, Cellps e Jvtista- -Hiatus- - Capítulo 65 - Chapter Sixty-Five- Uma surpresa inesperada...

(Aut.: lembrando, eu disse q não ia pular tanto... cof...)


4 meses depois

P.O.V.   Jv

- Estão decididos para isso, né?!

- Com certeza! - Mike e Felps respondem juntos.

- Então, vamos lá. - digo determinado.

Entramos na joalheria do shopping, e começamos a nossa busca. Para ser mais específico, estamos procurando um anel, mas não qualquer anel, um especial. Decidimos que vamos pedir os garotos em casamento, o que já não era sem tempo! Íamos pedir antes, mas veio a maravilhosa notícia de que o Mike teria filhos com o Pac, então adiamos mais. Mas agora que os pequenos já nasceram, é uma ótima hora.

Compramos os anéis e fomos para o lugar que marcamos de nos encontrar: o parque. Aquele lugar é especial para nós seis, foi onde nos conhecemos a anos atrás, e o frequentamos até hoje. Pedi-los em casamento lá, será a melhor opção.


.


P.O.V.   Cellbit (3 horas atrás)

Faz uns dez minutos que Felps me mandou uma mensagem, pedindo para avisar todos pra nos encontrarmos no parque daqui meia hora. Eles saíram cedo e não disseram para onde íam, nem me dei o trabalho de perguntar, apenas deixei. Terminei de arrumar meus filhos, e desci para a sala, me deparando com Pac e Batista me esperando. Colocamos as crianças nos carrinhos e saímos.


.


P.O.V.   Mike (agora)

Chat on

- Oi mor, onde vocês estão?

Oi meu bem. Estamos chegando -

- Vão demorar? Ainda preciso comprar aquele remédio pro Pietro

Ele ainda não melhorou? -

- Não, a tosse tá piorando

Não se preocupa, vamos ainda hoje fazer isso -

Só tenha paciência -

- Tá pedindo pra pessoa errada kkkk

É, percebi isso agora kkkk -

Estamos chegando, aguentem mais um pouco -

- Tudo bem, vamos esperar 

Chat off


- É melhor apertarmos o passo.

- Concordo. Cell disse que está quase indo embora. - Felps diz, bloqueando o celular e o guardando no bolso.

- Então vamos. - Jv diz e começamos a andar mais rápido.


.


- Chegamos! - digo assustando Pac, que estava de costas. - Desculpe pelo susto haha.

- Só te desculpo, porque tô' curioso pra saber que surpresa é essa.

- Que tal darmos uma volta, cada um pra um lado, e contar a novidade?! - Jotinha sugere. Colocamos as crianças de volta no carrinho e fomos em direções diferentes.


P.O.V.   Jv

- Então meu amor, como foi seu dia? - pergunto, tentando puxar assunto antes de fazer o pedido.

- Corrido. Tive que ajudar Pac a cuidar da Mari, ela estava com febre e ele não sabia o que fazer. Nesse meio tempo, Luka e Enzo quase andaram, mas acabaram caindo e não tentaram mais.

- Nossa, imagino que você quase tenha enlouquecido.

- É, quase. Mas então, qual é a surpresa que vocês três estavam escondendo, desde às dez da manhã?

- Acho que já chegou a hora de dizer. - paro á frente do carrinho, o obrigando a parar também. - Podemos nos sentar ali?! - aponto para uma mesa e ele assente. Andamos até lá, Batista se sentou deixando o carrinho ao seu lado, logo olhando em meus olhos.

- O que quer me dizer?

- Acho que está mais que na hora disso acontecer... Para ser sincero, era pra acontecer à meses atrás, mas Pac descobriu que estava grávido, e Mike pediu para adiarmos mais um pouco. Você deve estar confuso, mas a história é confusa mesmo. Eu, Felps e Mike, temos isso em mente à um bom tempo, e agora queremos realizá-lo e torná-lo real...

- E, o que seria? - ele pergunta ainda olhando para mim. Seguro sua mão e a acaricio, logo me ajoelhando na sua frente. Sua feição muda para uma de surpresa.

- Batata... Sabe que não sou bom com palavras, e sabe também que não preciso de palavras para dizer o que sinto por você. Eu te amo, e é um amor surreal. O que sinto por ti, nunca senti por nenhuma outra pessoa. Você me deu momentos perfeitos, e dois presentes maravilhosos, que são nossos filhos, te agradeço muito por isso. Ninguém poderia me dar presente melhor, e sei que só você poderia ter me proporcionado eles. Sei que você é o amor da minha vida, foi Deus e o destino que nos uniu e sei que eles não querem nos ver separados. Então, eu te pergunto... - pego no bolso a caixinha com as alianças. Antes de abri-la, Batista puxa sua mão e tampa o rosto começando a chorar e a rir ao mesmo tempo. Sorrio, e puxo novamente sua mão. - Aceita casar comigo?

- Aí meu Jesus... Jotinha... - ele me encara sorrindo. Algumas lágrimas ainda desciam por sua bochecha, mas creio que seja de felicidade. - É claro que eu aceito! - responde se levantando. Me levanto junto, colocando o anel em seu dedo, logo ele faz o mesmo. Em seguida, pulando no meu colo me abraçando pelo pescoço, seguro sua cintura e o rodo no ar. - Você me faz ser, a pessoa mais feliz do mundo, todos os dias... Obrigado por hoje, me fazer mais feliz ainda. - ele sussurra em meu ouvido. O ponho no chão, e o mesmo me puxa para um beijo rápido. Nos separamos assim que ouvimos palmas ao nosso redor, e os meninos se aproximando.

- Vamo' casar gente! - Pac grita, e logo Batista e Cell se juntam à ele para um abraço.

- Mas espera, quando? - Cell pergunta, se separando.

- Quando o Pietro e a Mari começarem a andar. - Mike responde. 

- Tomara que seja rápido... - Cell diz baixo, mas acabou sendo audível.

- Cell! - Felps o repreende. Começamos a rir, Cell deu de ombros e voltou a abraçar os meninos.


.


(Aut.: lembrando, eu disse COF)

P.O.V.   Pac

- Vem filha, você consegue, vem! - a chamo, e ela começa a balançar suas pernas.

- Se acalme apressada, já te ponho no chão. - Mike diz, se ajoelhando e colocando Mari no chão. - Olha seu papai lá, vai com ele.

- Isso amorzinho, vem cá! - a chamo novamente e ela ri, logo começando a andar devagar. - Ela tá' andando, filma Mike! - digo e Mike pega o celular. - Vem filha, você consegue! - ela começa a correr até mim, quando percebo que a mesma vai cair, corro e a pego.

- Ela conseguiu!? - Cell sai de dentro da casa, com Kauan no colo.

- Conseguiu! - Mike responde sorrindo, logo pegando Mari de meu colo. - Minha pequena andou! - diz, rodando-a ar. Mari começa a rir, e logo abraça Mike.

- Segura esse menino! - ouço Batista gritar, olho para trás e vejo Pietro correndo em minha direção. Ele ria do desespero de Batista, e assim que me viu, correu para meus braços. - Ele... Tá' rápido demais, eu sou sedentário garoto! - diz Batata, ofegante.

- Pode deixar, que eu cuido dele agora. - digo, dando um beijo na bochecha de meu pequeno.

- Quem diria, com apenas um ano e dois meses, já começaram a andar. Foi mais rápido do que pensei. - Cell diz, se sentando na grama.

- Falando em rapidez, olha pra trás. - Mike diz, e logo Cell olha para dentro de casa. 

Estavam vindo Luka, Enzo, Davi, Jv e o Felps. Os dois, estavam correndo atrás dos três, uma cena bem engraçada. Luka e Davi estavam dando um olé em Felps e Enzo fazia o mesmo com Jotinha. Consegui parar o Luka, que logo agarrou minha perna e se escondeu.

- Luka, você precisa tomar banho! Vem logo aqui. - Jotinha diz.

- Nah! - Luka grita, correndo para perto de Batista, dando mais um olé em Jv.

- Eu desisto. - Jotinha diz, se jogando no chão.

- Papai mimiu? - Luka pergunta, se aproximando de Jotinha, que se levanta assustando o menino.

- Agora eu te peguei! - diz, erguendo o pequeno.

- Naum pai, quelo' binca'! 

- Luka, não se esqueça que vamos sair hoje. Se você ir se arrumar, prometo que te dou sorvete. - digo e vejo seus olhinhos azuis brilharem.

- Vamo' pai, me arruma pa' sair! Tio Pac vai me dar sovete', vamo' logo! - ele diz, puxando Jv para dentro.

- Eu também quelo' sovete'! - Enzo, Kauan e Davi falam ao mesmo tempo. Me ajoelho na frente dos três e sorrio.

- Se forem se arrumar agora, eu deixo vocês comerem mais de duas taças. - digo e eles sorriem.

- Eba! Tô' indo. - os três correm para dentro, chamando seus pais.

- Pac, o que acabou de fazer? - Batista me pergunta, rio minimamente e me levanto.

- Tentando comprá-los com sorvete, sempre da certo.

- Até com você dá certo. - Mike diz, se aproximando de mim.

- Comigo é só açaí. 

- Eu te pago um hoje.

- Já disse que te amo muito?! - digo e ele ri. Logo todos entramos para nos arrumarmos, para ir jantar fora.





Notas Finais


eu disse COF
kkkkkk
pra quem estiver se perguntando "mas Mari, andando só com 1 ano?" sim gente. na vdd, eu comecei a andar com 8/9 meses, aqui eu coloquei 1 ano e 2 meses. com essa idade, eu corria pela casa inteira kkkk
E os outros, estão com 2 anos, por isso já estão falando.

espero q tenham gostado, desculpe se houver erros


~~Bye dos Bye~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...