1. Spirit Fanfics >
  2. Um Amor 'Sem Expressão'. (Fnaf, Yaoi) >
  3. My Boyfriend, And Only Mine.

História Um Amor 'Sem Expressão'. (Fnaf, Yaoi) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Sabem, eu iria colocar uma pergunta no Final do Capítulo, mas eu deixei para lá.


Boa leitura!🍧.

Capítulo 14 - My Boyfriend, And Only Mine.


Fanfic / Fanfiction Um Amor 'Sem Expressão'. (Fnaf, Yaoi) - Capítulo 14 - My Boyfriend, And Only Mine.

[×Quebra De Tempo×]

Agora que eu já sei aonde posso levá-lo e pedir ele em namoro, só falta eu tentar arrumar as coisas lá. Afinal... Bem, aquela é a casa dos Aftons, e atualmente está a abandonada. Como os Shadows descobriram aquela casa, ninguém sabe.

Hm... Talvez meus amigos possam me ajudar. Provavelmente vou ter que pedir a ajuda das meninas pelo fato de que eu não quero ter que dizer tudo isso para os meninos. A Mari já fofocou para elas, então dane-se. Vou pedir ajuda a elas e pronto.

Sei, sei. Está indo muito rápido, mas... Estou muito animado, fazer o que?

[×Pov Marionette×]

Eu e as outras meninas (Menos Jay Jay/Balloon Girl) estavam conversando sobre algumas coisas aleatórias. Essa noite está um perfeito tédio, mas tudo bem.

- Mari, percebeu que agora você segura vela para quase todo mundo dessa Pizzaria? - Mangle Perguntou me olhando.

- Mas e você? - Perguntei de volta. - Achei que-

- Eu namoro com o Foxy. - A Raposa sorriu olhando para o Palco do mencionado, esboçando um sorriso apaixonado.

- Ah, tá... Eu estou na Friendzone eternamente! - Disse encostando no encosto na cadeira, deixando meu corpo descansar deste jeito. - Infelizmente.

- Triste realidade, colega. - Chica deu uma risada, e Toy Chica acompanhou junto.

- Oh oi, Golden Freddy. - Mangle cumprimentou e eu olhei para trás de mim, achando o a "Versão Dourada" de Freddy Fazbear.

- Olá, meninas. Sabe, eu queria saber... - Disse o mesmo olhando para o lado. - Vocês podem me ajudar a... Pedir o Puppet em namoro?

- Agora sim eu seguro vela para todo mundo, puta merda! - Berrei colocando minhas mãos na frente do meu rosto.

- Não vai, não. - Chica disse pensativa. Golden Freddy estava confuso. - Tem o Toy Freddy e o Toy Bonnie...

- Eles não assumem o amor deles. - Mangle Resmungou.

- Respondendo a sua pergunta, Golden Freddy.. Sim, nós podemos ajudar! - Toy Chica se levantou da mesa em que estávamos. - É só nos levar no lugar e nos podemos ajeitar tudo.

- Olha, não é para pôr enfeite nem nada, apenas para me ajudar a arrumar algumas coisas e me dar algumas dicas.. - Golden Freddy virou o olhar para o lado, encarando o chão. - Esse tipo de coisa.

- Vou chamar o Freddy para ele lhe dar os concelhos Top, já volto. - Chica saiu de lá e foi andando até o Palco, aonde estavam Freddy e Bonnie conversando.

Sinto que essa será uma longa noite...

[×Quebra De Tempo×]

- Ok, então quer dizer que vamo arrumar a casa abandonada dos Aftons? - Freddy Perguntou se debruçando sobre a bancada da cozinha, cujo separa a mesma com a Sala.

- Exatamente. - Golden Freddy confirmou. - Então, vão me ajudar?

- Tudo para juntar você e meu maninho! - Fiz um positivo, sorrindo alegremente para o Urso a minha frente.

- Obrigado..

- Não precisa agradecer, Golden. - Chica colocou uma mão no ombro do mesmo, também sorrindo.

- Zimbora começar a arrumação! - Toy Chica disse segurando algumas vassouras (Que tirou do cu, não é possível! De onde ela tirou essas merda?) E entregando a gente.

[×Mais Uma "Quebra De Tempo" UnU×]

[×Pov Mangle×]

Após terminarmos de arrumar esta casa, Freddy deu algumas dicas para Golden, e eu e as meninas ficamos olhando eles. Era basicamente assim: Freddy estava fazendo de conta ser o Puppet, e o Golden Freddy ensaiava o pedido e as frases que ele diria ao pedir o Fantoche em namoro.

As vezes Golden Freddy errava algumas palavras; ou até mesmo por causa do nervosismo, acabava esquecendo o que "tinha" que dizer. Estava uma comédia.

- Ok, ok. - Toy Chica bateu palmas sinalizando que já bastava o "ensaio", andando até os dois. - Acho que já está bom isso.

- Mas- - Golden Freddy foi Interrompido.

- Eu vou te dar um conselho melhor. - A mesma andou até Marionette, e se sentou ao lado da mesma. - Diga o que seu coração mandar. Não vai valer a pena se você disser isso. Seja sincero nessa hora.

- Até que a guria tem razão. - Freddy olhou para o lado sorrindo levemente.

- Certo, então. - Golden Freddy abaixou a cabeça e respirou fundo. - Vou chamar ele.

- Tá bom! - Marionette se levantou. - A gente já vai?

- Tenho uma ideia melhor. Vamos ficar escondidos e ver no que vai dar. - Sugeri puxando a irmã do Puppet até um corredor. - Iremos olhar daqui, mas não vamos Interromper e nem fazer barulho.

- Certo. - Freddy e Chica disseram ao mesmo tempo fazendo ambos os dois rirem logo após.

Os outros (Menos o Gol De Fre- digo, Golden Freddy) forma até mim, e nos escondemos atrás da parede do corredor, que dava em outro corredor. Era uma casa aparentemente pequena.

- Bem, eu vou chamar ele. - Golden Freddy olhou para a porta da casa e em seguida se Teleportou.

[×Pov Golden Freddy×]

Ao me Teleportar para a Pizzaria, fui procurar o Fantoche. Não demorei muito, pois ele estava na Show Stage 2, sentado em uma mesa e conversando com Toy Bonnie e Toy Freddy.

Aparentemente, após eu ter defendido o Puppet dessa "Versão mais fofa" do Freddy, ele passou a se controlar. Não está dizendo nada de mal ao meu Fantoche...

- Com licença. - Disse entrando na Sala, e logo de imediato recebi o olhar de Toy Bonnie, cujo estava sentado num cadeira de costas para a Porta dessa Sala.

- Oi, Golden. - Puppet foi o primeiro a me cumprimentar. Ele já estava com a Máscara, então eu não sabia a expressão dele. Mas mesmo assim era fácil deduzir que ele estava sem expressão...

- Oi. Eu queria.. Te chamar para ir em um lugar. - Disse andando até o Puppet, e como consequência, eu recebi um olhar malicioso de Toy Bonnie. - Não é nada disso, Toy Bonnie. - O Coelho desfez o olhar malicioso.

- Aonde quer que eu vá com você? - O Fantoche Perguntou se levantando e ficando de frente para mim.

- Sabe aquela casa? - Perguntei. O Fantoche confirmou com a cabeça. - Então. É lá.

- Ah, então tá. - Ele deu de ombros, a voz estava como sempre: baixa e suave.

Puppet se despediu de Toy Bonnie e Toy Freddy, e eu Teleportei nós dois para a casa. A Sala e a Cozinha estavam totalmente arrumadas. Quando eu e os outros arrumamos as coisas... Bem, varremos o chão, tiramos a poeira, e outras coisas.

- Wow, está bem arrumado. - Puppet andou até aonde estava o sofá, olhando ao redor.

A luz da lua que estava do lado de fora da casa (Não, magina. Estava dentro de casa, sentada no sofá tomando uma xícara de café...) Entrava pelas janelas e cortinas abertas da casa, dando uma pequena luminosidade. Junto da luz, uma brisa fria e agradável via junto.

Mesmo estando claro, haviam também algumas lâmpadas na parede (Não sei explicar direito, mas lembram as Lanternas do Minecraft | N/a_- Quebra da Quarta Parede :3), que estavam iluminando a Sala, também. As luzes eram amareladas, meio alaranjadas.

- É, eu dei uma arrumada.. Com ajuda. - Disse virando o olhar para o corredor. Bem entre o escuro do lugar, eu via Freddy. O mesmo fez um sinal com as mãos, mandando eu falar logo. - Puppet.

Ele me olhou por um instante. Se aproximou de mim e ficou bem em minha frente. Nossa diferença de tamanho não era muita, mas eu ainda assim me sentia um poste.

- Fale. - A voz dele saiu autoritária, porém ainda suave.

- Hm... Olhe, eu sei que pode estar sendo rápido demais. - Comecei a falar. O nervosismo estava tomando conta de mim lentamente. - Mas eu não consigo esperar mais.

Dizendo isso, Puppet retirou a Máscara. Ainda sem expressão...

- Seu rosto sem expressão... - Sussurrei, e o mesmo inclinou a cabeça para o lado, sinalizando estar confuso.

- Golden?

- Por mais que eu te me ame, você continua inexpressivo, mas não com tanta frequência. Eu não me incomodo. - Disse novamente, e ele deu um sorriso, finalmente. - Estou tentando ser sincero, mas... Eu não sei o que mais te dizer...

Ele deu uma risada baixa, e eu senti meu rosto esquentar. Na verdade, eu já estava corado, porém só agora havia notado, aparentemente.

- Golden, eu sei o que quer dizer com isso. - Ele levou o olhar para o chão, ainda sorrindo de um jeito inocente. Mesmo sendo um sorriso inocente, aparentemente em sua mente nada era inocente. - É só pedir, você já sabe a minha resposta. - Sussurrou o final, erguendo o olhar para; cujo era em um levemente sexy.

- Puppet. - Segurei nas mãos dele, levantado-as um pouco, na altura de meu peito. - Você... Aceita "ser meu mundo"?

Soltei as mãos dele, e logo após isso, rapidamente ele me deu um beijo, colocando suas mãos em peito. Justamente por mim não estar preparado; acabamos caindo no sofá, com ele ao meu lado.

O olhei com um sorriso, e roubei um beijo dele. Desta vez permanecendo. O puxei para o meu colo ainda no beijo; e ao pedir a passagem com a língua, ele cedeu imediatamente. Foi um beijo bom e duradouro, porém acabamos encerrando ele por quê...

- É melhor encerrar o beijo por aí para não dar putaria em nossa frente. - Uma voz feminina e muuuuito familiar disse.

Rapidamente eu e Puppet nos separamos. Ele desceu do meu colo e encarou a menina. Claramente ele estava se perguntando mentalmente o que ela estava fazendo aqui.

- Hey, nós podemos explicar. - Freddy apeteceu atrás de Mari, andando até perto da gente. - Mas antes... Parabéns aos dois!

- A-ah... Obrigado. - Ainda envergonhado, Puppet agradeceu.

- Agora vamos explicar porquê diabos estamos aqui! - Mangle falou descendo do teto da Sala.

[×Outra Quebra De Tempo...×]

- Então quer dizer que vocês viram o Golden Freddy se declarando para mim? E tudo isso porquê vieram ajudar ele? - Puppet Perguntou olhando para a mesa que estava entre os dois sofás da Sala.

- Exatamente. - Toy Chica confirmou, encostando a cabeça no ombro da minha irmã. - Agora podemos voltar a Fazbear? Estou com sono...

- Tá bom, vamos lá. - Me levantei do sofá.

Eu, Puppet e Mari Teleportamos todos de volta a Pizzaria. Assim que chegamos, Foxy foi logo abraçando Mangle, perguntando aonde ela havia ido, porquê demorou... Etc.

Eu e os outros apenas ficamos olhando Mangle levemente irritada com Foxy, pois o mesmo estava a abraçando fortemente. E isso estava a deixando com raiva... Segurar o riso foi difícil-

- Ei, vamos parar com essa bagunça? - Toy Chica Perguntou com um sorriso brincalhão.

Puppet deu outra risada. Pela expressão dele... Ele realmente estava feliz. Eu nunca havia visto ele deste jeito. "Raramente" ele ri ou sorri. E vê-lo assim me faz feliz.

[×Algumas Noites Depois...×]

[×Pov Puppet×]

Eu e Golden estávamos em minha Music Box. Estávamos abraçados, deitados no fundo da Caixa.

Então... É assim? Eu nunca havia me sentido tão bem em relação ao amor. A primeira vez em que me apaixonei... Bom. A pessoa partiu meu coração ao ponto de mim nunca mais querer "experimentar" isso. Foi horrível.

Mas não só Golden Freddy, como também a minha própria irmã e meus amigos (Alguns, né?;w;) me ajudaram a perceber que tudo aquilo não havia passado de... Talvez uma má sorte?

Não importa. Este sentimento é sim bom. E está me mantendo feliz. A tempos não tenho sorrido tanto assim como atualmente.

- Está pensando, Puppy? - Golden Perguntou me afrouxando mais o abraço. Olhei para ele com um sorriso. - Seu olhar voltou a ter brilho, finalmente...

- Estou pensando em algumas coisas. - Disse ainda sorrindo. Acho que meu sorriso contagia sempre esse Urso... - E muito obrigado por me fazer mudar a minha escolha!

Antes mesmo de ele questionar, dei um selinho rápido nele. Dando uma risada boba logo após, ele apertou novamente o abraço..


[-`•The End?•´-]


Notas Finais


💕 Obrigada por ler até aqui, o último Capítulo dessa Fanfic!
Espero que realmente tenham gostado da História.
Beijos!💋
Peguem o Chocolate se quiserem!🍫


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...