História Um amor sobrenatural (Jikook) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Drama, Jenlisa, Jikook, Jisso, Markson, Namjin, Romance, Suga, Vhope, Youngjae
Visualizações 315
Palavras 3.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola desculpa a demora.

boa leitura.

B❤️J❤️S

Capítulo 7 - Capítulo 7


Fanfic / Fanfiction Um amor sobrenatural (Jikook) - Capítulo 7 - Capítulo 7

 – E bem grande e bonita – falo me aproximando de Jimin, e como eu sou o desastre em pessoa acabo prendendo o pé no tapete e caindo e pra tentar não cair me seguro em Jimin que acaba caindo em cima de mi. Ele apenas sorri baixo, mas não se levanta, seu rosto estava cada vez mais próximo ao meu, nossa respiração já estava misturada em uma só, ele foi chegando cada vez mais perto até que...

 

– MENINOS A JANTA ESTA PRONTA – grita Jin, e Jimin bufa em negação, poderia ter esperada mais dois minutos Jin poxa – DESÇAM AGORA!!!

 

Jimin apenas se levanta estendendo a mão pra mim e me ajuda a levantar. Não falamos nada apenas saímos e seguimos para cozinha. Quando chegamos la estavam todos já na mesa.

 

– Oi hobi – o comprimento já que ele não estava a hora que eu cheguei.

– Oi kookie.

Sigo e me sento ao lado de Tae, quando olho para o outro lado da mesa Namjoon me olhava com um olhar malicioso, as vezes eu acho que realmente ele pode ler minha mente, isso me dá um pouco de medo, e se pode-se saberia que esta uma loucura aqui dentro, todos os sentimentos que eu senti naquele momento, todos os pensamentos tudo estava embaralhado na minha cabeça. Nós nos servimos e começamos a comer, no inicio estávamos meio quietos mas depois fomos nos soltando e estávamos conversando normalmente. Depois disso fomos para a sala conversamos mais um pouco já eram quase meia-noite então resolvi ir embora me despedi de todos e fui.

 

Jimin on

 

Depois que o Kookie foi embora, Jin e os meninos foram arrumar a cozinha só ficou eu e o Yoongi na sala, que estava do décimo terceiro sono enquanto eu olhava TV ou pelo menos tentava, pois estava pensando no que tinha acontecido a poucas horas atrás. Eu quase beijei o Kookie. E o que me deixa feliz e que parecia que ele queria aquele beijo tanto quanto eu, isso me deixa um pouco mais confiante. Depois de um tempo os meninos voltaram pra sala.

 

– Jin – fala Namjoon sentando ao lado do mesmo no sofá – sabia que o Jimin quer te matar?

 

– Ue porque? – ai Namjoon eu vou te matar desgraçado – eu não fiz nada, pelo menos que eu saiba. Oque eu fiz?

 

– Você... – interrompi Namjoon antes dele terminar.

 

– NAMJOON... você não ouse – falo e o mesmo começa a rir – e quantas vezes eu vou ter que falar PRA VOCÊ NÃO LER MINHA MENTE PORRA !!!

 

– UII a bixa tá estressada ela – fala Yoongi se sentando no sofá – qual o motivo da treta?

 

– O Jimin tá bravo com o Jin e ninguém sabe o porque só o Nam – fala Tae sentado no colo do Hobi – mas eu posso ate imaginar o porque.

 

– Eu quero saber fala, fala – Yoongi eu te mato esverdeado, era pra tu tá dormindo – amo treta.

 

– Vai olhar o treta news no youtube então – falo e o mesmo faz uma cara fingindo que tava ofendido – fingido.

 

– Anda Jimin me diz porque você que me matar – fala Jin já com uma cara preocupada – oque eu fiz de tão grave assim?

 

– Nada.

 

– Não fez nada amor, só atrapalhou o beijo do Jimin e do Jungkook – agora você tá morto, me jogo em cima do mesmo e começo a dar tapas nele, o mesmo começa a rir – para Jimin... você sabe que não tá doendo né? E também não foi nada de mais.

 

– Eita mas já? – falo Hobi que estava se segurando para não rir, ao contrario da gazela que se encontra no colo do mesmo – se e rápido né Jimin.

 

– Ai Jimin desculpa... – fala Jin e eu paro para olhar pra ele – eu não queria atrapalhar.

 

– De boas, o NAMJOON e um exagerado – falo me levantando e parando na frente dele – tá tudo bem, eu não to bravo com você.

 

– Que bom – fala o mesmo – mas vou me sentir mal mesmo assim.

 

– Não precisa se sentir mal, tá tudo bem mesmo.

 

– Vó tentar – fala o mesmo com um sorrido pequeno no rosto – vó tentar não atrapalhar mais.

 

– Não tinha como você saber – falo tocando no ombro do mesmo – agora eu vou dormir.

 

– Ok, boa noite.

 

– Boa noite Jin – falo indo em direção as escadas – e para os outros presentes, cresçam suas crianças.

 

– Me respeita que eu sou cinco séculos mais velho que você garoto – fala Namjoon – e não adianta dar de ombros.

 

– Adiós – falo seguindo para o meu quarto. Troco de roupas e vou me deitar para tentar dormir coisa que parece que vai ser meio difícil depois de hoje.

...

 

Jungkook tinha chegado bem em casa, e como no caminha a mesma continuava pensando na noite junto com os meninos. Ele tinha se divertido muito, eles são bem legais. Mas oque não saia da cabeça de Jeon foi o quase possível beijo que quase aconteceu naquela noite. Jeon estava se sentindo digamos que realizado, por quase ser beijado, pelo garoto que seu coração batia em disparada cada vez que o via. Jeon então percebeu que estava gostando de Park, e Jeon tinha certeza que por parte do outro, a mesma coisa era sentida. Jeon não se conteve e teve que ligar para Kwan quando chegou. Contou cada detalhe do que aconteceu. Kwan estava feliz pelo melhor amigo, pelas novas amizades e sou novo amor. Dez de que chegou os dois se falam quase sempre, contando cada detalhe do seu dia, e que estavam sentindo saudade da companhia um do outro. Kwan também tinha achado um amor para si, e eles estavam se dando muito bem. Depois de um tempo conversando Jeon foi dormir pois estava tarde.

 

Duas semanas depois

 

Durante aquelas duas semana, Jeon e Park ficaram bem próximos e um pouco íntimos também, mas não ao ponto amoroso, mas sim ao ponto de contar seus segredos mais obscuros (MAS NÃO PARA PARK, TINHA COISAS QUE ERA MUITO CEDO PARA CONTAR PARA JEON). Lisa no inicio não gostou muito da ideia, de Jeon ser amigos dos meninos, principalmente de Jimin. Mas ela viu que Jeon, parecia bem mais feliz desde que chegou aqui. Então ela deixou meio que o passado de lado por causa da felicidade do amigo que era mais importante.

 

– Olha tenho que admitir que no inicio não gostei nada de você andando com os meninos – fala lisa encarrando Jeon, que está sentado a sua frente no refeitório, o mesmo franziu o ceno pela frase dita por lisa – mas agora eu até que me acostumei, pois você está bem feliz depois que isso aconteceu – Jeon não podia descordar de lisa, desde que começou a andar com os meninos ele estava mais feliz que nunca – e se você está feliz, eu fico feliz.

 

– Tenho que confessar que estou curioso para saber porque você não gosta deles – fala Jeon cruzando os braços e arqueando uma das sobrancelhas – de inicio eu achei que uma de vocês gostava do Jimin, pois quando eu perguntei dele vocês não gostaram muito, mas depois descobri que vocês estavam namorando então descartei essa hipótese, então qual e o motivo?

 

– Isso e uma coisa que aconteceu no passado, e que a Lisa não gosta de falar Kookie – fala o acastanhado do lado de Jeon – então não pergunte ok?

 

– Ok, mas como eu sou uma pessoa curiosa, isso não vai sair de mim tão cedo – fala Jeon pegando o seu como de suco e tama o mesmo – mas eu respeito e não vou perguntar.

 

– Obrigado Kookie – fala lisa, que agora se encontra abraçada nos braços de Jennie por causa do assunto que não lhe fez bem – e por isso que eu gosto de você.

 

– Ei... eu to aqui – fala Jennie se afastando um pouco de lisa fazendo uma cara dramática – você não gosta mais de mim? Vai me trocar por ele?

 

– Eu sei que você tá aqui, e eu não gosto de você … – fala Lisa e Jennie faz cara de choro – eu te amo – fala dando um selinho em Jennie, que logo muda de expressão – do Kookie eu gosto como irmão.

 

– Eu também te amo – fala Jennie dando outro selinho em Lisa.

 

– E mesmo que ela não gostasse mais de você, por minha causa, ela ia se dar mal, porque eu não viro hétero nem a pau – fala Jeon e todos caem na gargalhada – você e linda e tals, mas eu prefiro homem.

 

– E a gente sabe bem de que homem você tá falando Sr Jeon – fala o loiro tentando conter a risada, mas foi só ver a cara que Jeon fez que ele não aguentou, e todos começaram a rir menos Jeon – ele e baixinho, tem cabelos loiros e olhos azuis.

 

– Porra, desnecessário Jackson – fala Jeon encolhendo na cadeira – desnecessário.

 

– A Jeon, você não nos engana mais – fala Jisso – seu amor por Jimin já e percebido por quase todos dessa escola.

 

– QUE? – Jeon estava realmente surpreso pelo que Jisso dissera. Não era possível isso estar acontecendo – como assim?

 

– Quando vocês dois finalmente pararem de cu doce e ficaram juntos de uma vez, ninguém vai se surpreender – fala JB ao lado de Jisso – e isso que ela quer dizer.

 

– Isso e verdade Kookie – fala mark – vocês se gostam muito, da pra ver no olhar de vocês quando estão juntos.

 

– Verdade – todos falam na mesa menos Jeon que continuava incrédulo com oque estavam dizendo.

 

– Vocês combinam tanto – fala Lisa – a gente tem que inventar um nome pra eles gente.

 

– Que? Como assim nome? – fala Jeon – nome pra que?

 

– Um shipp Jeon – fala Jackson – a gente tem também, não todos, só eu e o mark e a lisa e a Jennie.

 

– Sim, os outros não gostaram da ideia – fala Lisa – então tem Markson e Jenlisa e agora vai ter o seu com o Jimin.

 

– Que tal Kookmin? – fala Mark.

 

– Gostei – fala Lisa – também da Jikook.

 

– Oque é Jikook? – fala Tae parando atrás de Jeon dando um susto no mesmo – desculpe me intrometer.

 

– Tudo bem Tae – fala Mark – nos estamos escolhendo um nome pro shipp do Jimin com o Kookie.

 

– Coisa que eu acho desnecessária – fala Jeon – a gente não tem nada pra vocês tarem fazendo isso.

 

– Desnecessário coisa nenhuma – fala Tae – tem que inventar nome sim.

 

– Isso ai Tae – fala Jackson estendendo a mão no alto e Tae bate na mesma – tem seu com o Hobi, também Tae.

 

– Sério? Qual? – fala Tae animado.

 

– Taesoek – fala Lisa.

 

– AAA eu amei – fala Tae dando pulinhos de alegria – então Jimin e Kook agora são Jikook?

 

– Também tem Kookmin – fala Jackson.

 

– Um melhor que o outro – fala Tae – vó usar os dois, talvez assim os dois parem de cu doce e tomem uma atitude. Porque pode fazer uns dez dias que eles se conhece mais o amor deles, não e mais desconhecido por mais ninguém.

 

– Eu falei a mesma coisa – fala Jisso – eles não sabem disfarçar.

 

– Eles já poderiam estar juntos mas o Jin atrapalhou os dois – fala Tae e Jeon entra em desespero, ele se perguntava como ele sabe disso? Os outros ficaram curiosos – mas não foi de proposito, foi sem querer não julguem ele.

 

– Como assim Tae conte mais – fala Jackson fazendo uma cara maliciosa se ajeitando na cadeira – eu AMO de detalhes.

– Taehyung eu não sei como você sabe disso, mais não se atreva – fala Jeon com um ar de desespero.

 

– A Kookie eles uma hora vão descobrir – fala Tae o Jeon o fuzila com os olhos – porque você não contou a eles, eles são seus amigos.

 

– Sim, eles são meus amigos – fala Jeon – mas eles não precisam saber de uma coisa que não aconteceu.

 

– Agora eu to mais curiosa ainda pra saber – fala Lisa – fala logo.

 

– Nós também queremos saber – fala Mark.

 

– Desculpa Kookie mais eles precisam saber que o opt deles, quase se beijou – agora era oficial Tae estava morto – eles tem o direito de saber das interações do opt né?

 

– AAAAAAAAA MEU OPT – grita Lisa e Mark chamando a atenção de todos que estavam no refeitório – JIKOOK IS REAL – os dois começaram a gritar e pular no meio do refeitório abraçados. Jeon só queria um lugar para enfiar a cabeça e matar Tae também.

 

– TAEHYUNG EU VO TE MATAR – grita Jeon se levantando e correndo atrás do mesmo – VOLTA AQUI, NÃO CORRE NÃO, SUA MORTE E CERTA.

 

– HOBI SOCORRO – fala Tae pulando no colo do namorado – ELE QUE ME AGREDIR.

 

– AGREDIR NÃO, MATAR – fala Jeon indo até ele mais ele se esconde atrás de Hoseok – NÃO SE ESCONDE NÃO.

 

– Oque ele fez pra você querer matar ele – pergunta Hoseok, segurando Jeon pelos ombros e parando o mesmo.

 

– Oque ele fez? Ele contou que eu e Jimin quase nos beijamos, e agora aqueles doidos tão gritando la chamando a atenção de todo mundo – fala Kookie se soltando de Hoseok – EU VÓ MATAR ELE.

 

– Tae eu não acredito que você fez isso? – fala Hoseok segurando novamente Jeon e olhou para o namorado – você nem me chamou.

 

– AE HOBI VOCÊ TAMBÉM – fala Jeon se soltando novamente e cruzando os braços na frente do mesmo – vocês me pagam.

 

– Calma Kookie – fala Hoseok.

– Eu vou la contar pro Jimin , vamos ver se ele vai pedir pra eu me acalmar ou vai me ajudar a matar vocês – fala Jeon se virando e indo até a porta mais tem seu braço puxado.

 

– NÃO, TUDO MENOS ISSO – fala Tae segurando Jeon – não faz isso.

 

– Para de drama, na hora de contar tu não tava com medo do Jimin – fala Jeon se soltando.

 

– Quem tá com medo de mim? – fala Jimin parando ao lado de Hoseok, e Tae fica paralisado – responde?

 

– Conta Taehyung, ou eu conto – fala Jeon de braços cruzados batendo o pé no chão – se você contar a pena pode ser menor, mas eu duvido.

 

– Contar oque? Dá pra alguém falar de uma vez? – fala Jimin impaciente – anda conta?

 

– Não vai falar eu falo, acontece que o TAEHYUNG conto que a gente quase se beijou – fala Jeon e Jimin arregala os olhos e fita Tae – e agora aqueles fiasquentos la, estavam fazendo escândalo por causa disso.

 

– Tae e melhor você correr agora – fala Jimin – 1... 2 …

 

– Vem Hobi – fala Tae e sai correndo.

 

– Um dia ainda eu mato o Tae – fala Jeon se virando para ir para a mesa onde estava – da onde já se viu, ele não tinha o direito.

 

– Eu também não gostei nada disso – fala Jimin seguindo Jeon – mas não e nenhuma mentira, agora as pessoas sabem que você e meu.

 

– JIMIN... – fala Jeon dando um tapa no braço do mesmo que ri por causa do ato do maior – eu não sou seu.

 

– Ainda não – fala Jimin confiante.

 

– Own meu Jikook – fala Mark quando os dois param perto deles – tão fofos.

 

– oque? Jikook? – fala Jimin confuso.

 

– Ue não era Kookmin? – fala Jeon – o seu?

 

– Optei por Jikook e mais fácil – fala mark – ue a poucos minutos atrás você tava dizendo que era desnecessário, agora até pergunto qual era, oque mudo?

 

– Nada.

 

– Alguém pode me dizer oque e isso – fala Jimin – eu to boiando aqui.

 

– E o shipp de vocês – fala Lisa – a gente invento, novo casal na parada.

 

– Ahh – murmura Jimin – concordo, melhor casal – fala Jimin abraçando Jeon por trás – né Kookie?

 

– Own viu, viu ate o Jimin sabe – fala mark – ele nem esconde mais, você que tá fazendo cu doce Jungkook.

 

– Eu que o diga – fala Jimin – tá difícil.

 

– Ae, bom saber Sr Park – fala Jeon se soltando dos braços de Jimin e saindo – BOM SABER.

 

– Não Kookie, volta aqui eu tava só brincando – fala jJimin rindo – eu vó atrás dele gente, tchau.

 

– Vai lá, tchau – falam todos – sorte.

 

– Valeu – fala Jimin indo atrás de Jeon.

 

– Kookie espera – fala Jimin segurando braço do mesmo – não fica assim, eu tava só brincando.

 

– Acontece que eu não gosto desse tipo de brincadeira - fala Jeon fazendo bico – era pra você saber disso.

 

– Desculpa eu não faço mais – fala Jimin – eu juro.

 

– Vó pensar no seu caso – falo Jeon.

 

– Vem quero de mostrar um lugar – fala Jimin, segurando a mão de Jeon e o puxando.

 

– Que lugar? – pergunta Jeon confuso.

 

– Quando a gente chegar la você vai ver – fala Jimin puxando Jeon ate uma porta – agora vem.

 

Eles então na quela porta e era a porta que dava para o telhado da escola. Jeon nunca tinha ido la antes, ele achava que não era nada de mais, mas quando chegou la era lindo, tinha um monte de flores, de todos os tipos. Jeon estava realmente encantado ele amara flores, e park descobriu e fez essa surpresa para ele.

 

– Que lugar e esse? – pergunta Jeon olhando para todos os lados – e porque eu não sabia que ele existia?

 

– E porque e proibido vir aqui – fala Jimin – mas eu sou amigo do zelador e ele deixa eu vir aqui quando eu quero.

 

– Isso e muito lindo – fala Jeon – eu amei.

 

– Eu descobri que você gosta de flores então te trouxe aqui – fala Jimin.

 

– Obrigado, obrigado – fala Jeon abraçando Jimin – eu não vó sair nunca mais da qui.

 

Park apenas ri e retribui o abraça. Jeon estava tão animado que nem se deu de conta no que estava fazendo, e Park estava amando isso, mas quando Jeon percebeu e foi se afastar foi impedido por park. Que o puxou e colou seus corpos novamente assustando Jeon.

 

– Jimin... – fala Jeon mas e interrompido pelo mesmo quando selou seus lábios nos de Jeon. Jeon exitou no inicio mas foi sedendo, e se entregou. Era um selar calmo, mas que logo foi se aprofundando quando Jimin pediu passagem com a língua e a mesma foi cedida por Jeon que agora tinha os braços nos ombros de Jimin, e umas das mãos segurava sua nuca, e Jimin tinha as mãos nas costas de Jeon. O beijo foi quebrado por causa da falta de ar dos dois, os mesmos ficaram se encarando por uns segundos em silencio ate Jimin falar.

 

– Você não sabe o quanto eu estava esperando por isso – fala Park.

 

– Eu sei, pós o mesmo aconteceu comigo – fala Jeon selando seus Lábios em um beijo rápido – mas agora temos que ir já estamos atrasados.

 

– Esqueceu que está tendo a reunião com todos os professores por causa do jogo de hoje a noite? – pergunta Park.

 

– Verdade tinha esquecido – fala Jeon.

 

– Alias, você vai ir né? – pergunta Park.

 

– E claro que vou – fala Jeon – eu sou o fotografo esqueceu? – fala Jeon e sorri pela cara que Jimin fez – pela sua cara sim.

 

– Desculpa esse momento me fez esquecer muitas coisas – fala Park.

 

– Seu bobo – fala Jeon dando um tapa no braço de Jimin.

 

– Vem vamos nos sentar ali – fala Park puxando Jeon para um banco, e se sentaram e ali ficaram trocando beijos e carícias até a hora de voltaram cada um para suas salas.

 

 

 

 


Notas Finais


B❤️J❤️S


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...