História Um assassinato misterioso - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama
Visualizações 5
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey peoples!
Tudo bem? Bom demorei , eu sei, mas aqui está o terceiro capitulo dessa fic.
Espero muito que vocês gostem, vejo vocês nas notas finais...

Capítulo 3 - Sem chão outra vez


Algumas semanas depois de Ashley ser assassinada, Clara já está levando a vida com Livh e seu pai.

À tarde Livh vai à casa de Clara e convida ela para ir ao shopping junto com ela, pois ela tem uma festa de 15 anos para ir. Clara aceita e então elas vão, compram algumas roupas, vão ao cinema, fazem um lanche e então, quando elas estão indo embora passam por um garoto meio estranho, e que quando passa deixa Livh um pouco desconfortável, claro que Clara percebe, e então, pergunta á amiga quem era ele:

-Livh? Está tudo bem? Quem era aquele cara?

-Ah! Aquele era só um idiota de um ex-namorado meu, Lucas, fazia tempo que não passava por ele.

Clara achou meio estranho, mas não quis perguntar mais nada, pois tinha percebido que a amiga não estava confortável em falar sobre aquele assunto.

+++||+++

Mais tarde, em casa, Clara estava lendo um livro, quando escutou um barulho estranho vindo do cômodo ao lado (quarto de seu pai, antes dele e de sua mãe), ela resolveu ver se seu pai tinha quebrado alguma coisa, pois ele era muito distraído, ao chegar lá viu seu pai todo ensanguentado e com uma perfuração no estômago. Ela ao ver isso entrou em desespero e imediatamente ligou para a ambulância.

Seu pai foi levado ao hospital inconsciente. E ela para não ficar sozinha com a casa cheia de policiais, ligou para Livh, pedindo para ela ir lá.

Algumas horas mais tarde, quando Livh já estava lá junto com ela, o telefone dela tocou, era da polícia dizendo que infelizmente o pai dela foi a óbito. Nesse momento ela voltou a chorar desesperadamente.

Livh ficou tentando acalmar Clara até ela cair no sono. E então, foi ligar para seus pais para avisar que iria dormir na casa de Clara, e explicou tudo o que tinha acontecido. Seus pais claro que entenderam e deixaram.

Na manhã seguinte, novamente Clara estava se preparando para ir a um enterro indesejado, o tempo todo Livh ficou ao seu lado e a ajudando a receber as pessoas.

Depois do enterro Clara foi para a casa de Livh, já que a sua estava interditada para as investigações e ela também não poderia ficar sozinha.

+++||+++

Alguns dias depois, a polícia ainda não sabia quem poderia ter feito aquilo com Robert, já tinham interrogado todos os vizinhos, Clara e alguns amigos dele.

Clara estava temporariamente morando na casa de Livh. Pois ela ainda era menor de idade, tinha quinze anos, e por isso não poderia morar sozinha. Claro que quando Carol, a namorada de Mark, ficou sabendo não gostou nada da ideia, mas não podia fazer nada, então teve que aceitar.

+++||+++

Um mês já tinha se passado desde a morte do seu pai e o caso ainda não tinha sido solucionado. Clara passou a morar na casa de sua melhor amiga, e agora já estava bem acostumada com aquela família. Conversava bastante com Mark, como amigos, afinal ele tem namorada.

Uma noite quando Livh e Clara estão conversando, ela se lembra do dia do shopping e resolve perguntar para Livh:

-Livh, posso te perguntar uma coisa?

-Pode, sobre o que é?

-Bom... sabe aquele dia que nós duas estávamos no shopping e passou um garoto por nós e você disse que ele era seu ex-namorado, eu...queria saber por que vocês terminaram?-Diz Clara meio receosa de ter perguntado aquilo. - Se você não quiser responder não tem problema, eu só fiquei um pouco curiosa.

-Ah, bom, eu gostava dele, na verdade eu o amava, mas um dia meu irmão me contou que viu ele na balada junto com outra garota, na época eu não achava que ele me trairia, mas mesmo assim, perguntei para ele. –Começa Livh calmamente. –Ele me respondeu que foi apenas uma recaída e disse que já estava arrependido. Eu o desculpei, claro. Mas então o meu irmão disse para eu ficar esperta que se não ia acabar quebrando a cara. Então mais uma vez eu descobri que ele tinha ido à balada novamente e terminei tudo de uma vez por todas, ele me disse que eu ia pagar caro e que ele ia se vingar. Desse então, eu não tinha mais o encontrado. Aquele dia no shopping foi a primeira vez desde alguns meses.

Clara que escutava tudo atentamente ficou muito surpresa com tudo aquilo.

-Esse cara realmente é um babaca, meu Deus!

-Mas chega desse assunto. –Fala Livh. –Você já viu o novo spin off de Pretty Little Liars que vai lançar?

E assim elas continuaram conversando sobre diversas coisas, naquela noite quente de Dezembro...


Notas Finais


Eaí, gostaram?
Espero que sim '-'
Até a próxima, juro que vou tentar não demorar muito.
Beijossss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...