História Um Ato de Compaixão - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Ola gente, Mateus Cristian de novo. Por favor, deixem um comentário, para eu saber o que estão achando, e até o próximo capitulo.

Capítulo 7 - Segredos e Mentiras


Esse arquivo será diferente, pois Harleen, ou Violet, por enquanto, não está nele e, a princípio, esse arquivo parecerá inútil, mas confie em mim, fará sentido nos próximos arquivos. Pois bem, começamos em uma caverna úmida e sombria. A escuridão é perturbada pelas luzes de uma área de estacionamento onde ficava o grande Batmóvel, alguns armários de vidro onde os uniformes eram armazenados, uma arena com manequins e alvos, halteres, barras e outros equipamentos de treino, e no centro de tudo, um gigante super computador, muitas telas em torno de uma tela gigante no centro, acima de vários teclados, mouses, sensores, scanners, impressoras, e outros eletrônicos. É neste computador que agora eu escrevo esses arquivos, mas na época, Batman, ou Bruce Wayne, quando ele não estava com seu capuz, como no momento, estava analisando a rosa de ouro que Joseph Hyde deixou para trás no banco.

            - É semelhante aos que ele deixou para Clark, Diana, Wally, Hal, Tim e Ollie ... Parece ser um pequeno receptor de rádio, os eletrônicos estão incompletos, mas com as outras peças, pode ser ligado...

            - Você esta pensando alto de novo, mestre Bruce!

Disse um homem pequeno e velho, com um forte sotaque cockney, vestindo um belo smoking. Alfred coloca um prato de prata com um ensopado quente. Bruce continua olhando para as telas e a rosa dourada, ignorando Alfred e seu ensopado.

            - É adorável como o maior detetive do mundo, pilar central e financiador de uma organização composta por deuses, alienígenas, mutantes e mágicos, o sucessor escolhido do “grande” Ra's Al Ghul, perde sono e apetite pelas travessuras de um ladrão de banco exibido!

Alfred disse, sarcasticamente. Bruce grunhiu:

            - Dois anos, Alfred! Esse filho da puta conseguiu me enganar e escapar de mim por dois anos! Não é como se eu não pudesse entendê-lo, Hyde é apenas um cuzão motivado por ganância e luxúria, mas é quase como se ele sempre tivesse algo planejado...

            - Eu conheço alguém assim. Se você deseja falar com ele, mestre Bruce, ele está lá, no espelho!

Disse Alfred. Bruce pondera por alguns minutos: "Eu preciso das outras peças ..." ele pensou consigo mesmo. Depois de apertar algumas teclas, a tela gigante principal mudou das fotos da rosa de Hyde para a transmissão ao vivo de uma mulher bonita, extremamente alta e musculosa, de pele pálida, com grandes olhos azuis brilhantes e cabelos sedosos, levemente encaracolados e negros, que eram mantidos puxados para trás por uma tiara dourada com um rubi na forma de uma estrela no meio.

            - Monitoração hoje, Diana?

Perguntou Bruce, assim que a imagem ficou clara.

            - Oi Bruce! Sim, só eu aqui, J'onn organizando o computador principal e Wally na sala de máquinas. É tão chato quanto parece! Então, o que você quer?

Disse Diana, arrumando os cabelos. Bruce mostra a rosa de ouro para Diana:

- Isso. Os outros estão aí?

Perguntou Bruce. Diana revirou os olhos ao ver a rosa dourada:

- Ugh ... Esse cara de novo?

            - Há quatro horas, Joseph Hyde roubou do Gotham Merchant's Bank e deixou isso para trás! Mais uma de suas rosas douradas.

Disse Bruce.

            - E te fodeu de novo, julgando a sua cara de limão azedo!

Disse Diana, rindo. Bruce franziu a testa:

            - Muito engraçado! Preciso das outras peças, para descobrir o que Joseph está planejando.

- Vou ver. A sala de arquivos tá uma bagunça total, então pode demorar um pouco!

Disse Diana, revirando os olhos com a ideia de olhar através dos arquivos.

- Eu preciso deles rápido! Se Hyde estiver planejando algo que possa machucar alguém...

Disse Bruce impaciente. Diana o interrompeu:

- Bruce, acalme-se! Você vai enrugar todo o seu rosto com todo esse estresse! Olha, se você quiser, eu posso chamar o pessoal, como Clark ou John, e ajudar você pegar o Joseph. Quero dizer, ele está se tornando um aborrecimento para todo mundo aqui, especialmente depois daquela façanha dele em Star City!

            - Hyde é minha responsabilidade! Eu cuido dele!

Bruce disse, severo. Diana virou os olhos:

- Pelo amor de Afrodite, você precisa de um tempo, Bruce! Ei, tem esse filme que saiu, "Arthur" com Joaquin Phoenix, todo mundo está falando sobre o quão bom é, quer sair e assistir comigo? Tem muita morte e miséria nele, você vai gostar! Ou isso reduziria seu tempo de resmungo?

Bruce franziu a testa:

- Um: namorar dentro da Liga nunca termina bem. E antes que você diga, Ollie e Dinah já se conheciam antes de entrar! Dois: você tem uma princesa de uma ilha de guerreiras imortais com 3.10 metros de altura e mais de 10 mil anos de idade, sou um bilionário com muitos problemas psicológicos. E três: se os inimigos de Batman ou Bruce Wayne soubessem que eu tenho alguém especial, eles não descansariam até que chegassem a mim, através dela!

Diana sorriu satisfeita:

            - Eu nunca disse nada sobre ser um encontro, Bruce! Não que eu me oponha à ideia! E a maneira como você disse "alguém especial" era tão fofa! Vou usar um vestido melhor, mais fácil de tirar...

            - Eu preciso das flores Diana, tchau!

Disse Bruce, um pouco em pânico, notando a situação que ele se meteu. Ele desligou a ligação rápido, e se jogou na cadeira, dando um alto respiro de alivio.

            - E o grande Batman escapa por pouco novamente. Sua sopa esta esfriando, mestre Bruce, e, aparentemente, o seu pé também!

Disse Alfred, colocando a sopa no colo de Bruce. Falando no Hyde, havia outras pessoas que já se cansaram das travessuras dele.

- Esse bosta viveu o suficiente! Eu digo, coloque uma recompensa na cabeça amarela e termine com isso!

Disse o Pinguim. Ele e outros chefes do crime estavam reunidos em uma pequena sala de conferências de armazém. Todos foram roubados por Hyde e estavam discutindo sobre como lidar com ele.

            - O puto me fez perder o meu clube!

Falou Roxxie, que depois de perder o clube dela, ela começou a trabalhar para o Pinguim. A maioria das pessoas na sala queriam ele morto, mas um pensava em outras opções.

            - Ele continuamente escapou da polícia, da S.W.A.T, do F.B.I, da Liga da Justiça e de nós! Sim, Hyde está sendo um incômodo, mas simplesmente matar um possível aliado tão valioso é um desperdício! Eu acho que seria melhor combinamos uma reunião com ele, negociamos um acordo. Pode ser muito lucrativo.

Disse o homem alto e careca, de terno fino, sentado no final da mesa.

- Ou podemos todos ser fodidos por ele! Não vou correr riscos, Lex. Estou espalhando de manhã: cem mil para a cabeça de Joseph! Quinhentos mil por ele vivo!

Disse um velho com um leve sotaque italiano.

- Estou com Lex! Todo homem tem seu preço! E nós sabemos o preço do Hyde, dinheiro e peitos!

Disse um homem de jaqueta de couro, com um forte sotaque russo.

- Finalmente! Pessoas que me entendem!

Disse uma voz jovem e suave. Era Joseph Hyde, com os cabelos pretos e o sorriso malicioso brilhando na luz fraca do armazém, a mulher nua de prata na bengala dele apoiada no ombro esquerdo. Ao lado dele, havia uma mulher negra alta, careca e musculosa, com um queixo quadrado, e um homem ligeiramente acima do peso, com longos cabelos loiros, usando óculos de sol e um chapéu fedora.

            - Me diz por que eu não devia estourar sua cabeça agora, zé boceta!

Disse o pinguim. Hyde pensou por um minuto:

- Isso estragaria o tapete?

- Eu suponho que você veio para negociar, Sr. Hyde? Nos dar um motivo para matá-lo agora?

Disse Luthor. Hyde arrastou uma cadeira vazia.

- É! Mas, antes de mais nada, eu gostaria da permissão para trazer uma grande carga aqui. Você vai gostar!

Hyde disse, sentando-se. Lex acenou e Hyde pegou o telefone:

- Podem vir, Morty! Chegará com alguns membros da minha equipe em cerca de meia hora. Então pergunta? Propostas? Ameaças de torturas e mortes horríveis por roubar seu dinheiro?

Hyde disse, parecendo genuinamente ansioso para ouvir.

- Lex, deixar o merda que nos roubou trazer algo que não sabemos o que é não parece uma boa ideia!

Disse um dos mafiosos. Lex levantou a mão como um sinal para que todos fiquem quietos:

- Eu sei o que estou fazendo! Você nos roubou para ter nossa atenção. Por quê?

Disse Lex, confiante. Joseph pareceu satisfeito:

- Você é tão inteligente quanto às pessoas dizem, Lex! Eu tentei marcar uma consulta, mas sua secretária me disse: “Vai à merda, sua gentalha!”. Demite ela! De qualquer forma, estou oferecendo meus serviços! A taxa é barata; Três favores e dez por cento de tudo que eu pegar!

Lex deu um sorriso malicioso:

- E por que iriamos contratá-lo? O que você pode oferecer, Sr. Hyde?

Disse Lex. Hyde chegou e começou a andar em volta da sala:

- Você mesmo disse, Lex, minhas habilidades poderiam ser valiosas. Quero dizer, semana passada eu roubei o Gotham's Merchant's Bank e tudo o que Batman, Robin, Asa Noturna e todo o DPGC poderiam fazer é me ficar me xingando, isso por si só deve ser um exemplo do que posso "Oferecer"! Tenho olhos e ouvidos em todos os lugares, mesmo na sede da Liga da Justiça, algumas pessoas aqui estão na minha folha de pagamento, eu conheço pessoas, o que faz com que faz elas funcionem, seus desejos, e sou muito bom em pegar o que quero sem que alguém saiba que eu estava lá, a menos que eu queira que eles saibam!

- E você sempre quer, não é, chefe?

Disse a mulher negra alta e musculosa que acompanha Hyde, com uma surpreendente voz doce e aguda, a julgar por sua alta e corpulenta constituição.

- Alice, nae selang, você sempre deve mostrar seus talentos ao mundo!

- Alice? Essa coisa ai é uma mulher?

Disse o Pinguim, rindo alto, junto com outros mafiosos na sala. Hyde não pareceu feliz com a piada:

- Você está enfiando a sua rolinha nessa baleia aqui! Sua opinião é inválida, bil-e o meog-eul wiseonja!

Disse Hyde, parecendo extraordinariamente sério, e apontando para Roxxie com sua bengala. O Pinguim, enfurecido, levantou-se da cadeira:

- Eu não vou ficar sentando com um miserável insultando minha equipe! MORRA, SEU MERDA!

Disse o Pinguim pegando seu guarda-chuva, mas antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, Joseph girou o cabo da mulher nua, fazendo um som de clique, e ele puxou uma lâmina estreita e afiada e, com um movimento rápido, cortou o guarda-chuva na metade. Todos os mafiosos da sala, Alice e o loiro com Hyde, pegaram suas armas e facas, exceto Luthor, que ficou calmo e quieto:

- Todo mundo, sentado! Sr. Hyde, poderia embainhar sua lâmina e pedir a seus funcionários para baixarem as armas? Está perturbando meus sócios!

Disse Luthor, calmo.

- Apenas diga a este wiseonja para manter a boca de sardinha dele fechada!

Hyde disse, embainhando sua lâmina, ainda irritado. Ele se sentou, a sala se acalmou, todo mundo abaixou a arma e a conversa continuou:

- Então, Sr. Hyde, você disse que seu preço, caso desejemos contratá-lo, é de 3 favores e dez por cento de seus acertos. Posso saber quais são esses favores? Para que eu possa avaliar melhor a oferta. '

Disse Luthor. Joseph inclinou-se sobre a mesa:

- Eles são muito simples! Um: eu quero fazer as coisas do meu jeito! E meu jeito é pegar o que você quer e sair vasado antes que Superman apareça! Sem danos colaterais, sem riscos inúteis, SEM MORTES!

- Então, você quer que desistamos de uma boa chance de nos livrarmos da Canária Negra, por exemplo, e fugirmos como covardes?

Perguntou a um mafioso com um forte sotaque russo.

- Eu fugo como um covarde e olhe para mim! Pontuação perfeita até agora, e meu truque é simplesmente não acreditar que posso derrotar os deuses, alienígenas e super gênios, porque eu não posso! Vocês não podem! Sua irmã dando boquetes por 10 dólares no beco não pode! Um deus de um mundo de apocalipse não pôde, então por que porras vocês ainda acham que têm uma chance depois que eles arruinaram seus planos nos últimos 13 anos?

Joseph disse dando de ombros. Todos começaram a se olhar, de certa forma entendendo a preocupação de Hyde.

- Entendemos suas preocupações, Sr. Hyde, e garanto pessoalmente que você não terá que lidar com situações desnecessárias com a lei ou a Liga da Justiça por nossa conta. Segundo favor?

Disse Luthor. Hyde levantou-se:

- Eu tenho três amigas, duas deles trabalham comigo, e a última eu ajudei a sair deste mundo nosso logo após minha chegada a Gotham! Acredito que os nomes Selina Kile, Pamela Isly e Harleen Quinzel, as Sirenes de Gotham, como elas se chamavam no passado, trazem algumas lembranças. Não é, meu amiguinho Coblepott? Roxxie? Quero que quaisquer recompensas e / ou assassinatos que você tenham contra elas sejam cancelados! Estou disposto a pagar quaisquer reparações que vocês considerem necessárias, só quero elas em segurança!

Todos na sala riram, até Luthor deu uma risadinha de descrença.

- Sério, rapaz? Cê tá tão desesperado?

Disse um mafioso negro em um belo terno xadrez.

- Aniha. Não que a ideia nunca tenha me passado pela cabeça, quero dizer, vocês já parecem as tetas de Hera ou a bunda de pêssego de Selina? Mas se eu tentar alguma coisa com Selly, o Batman vai se materializar na minha frente e me pendurará no Batwing pelas minhas bolas, e se eu tentar qualquer coisa com Ruiva, eu vou ter uma alergia horrível, e depois eu vou morrer! Não, quero que as recompensas sejam canceladas porque elas são minhas amigas, e sou muito defensivo dos meus amigos! E na questão da Harleen, ela pagou pelos crimes dela! Ela sofreu o suficiente. É hora de ela começar uma nova vida! Pagarei o que devo pagar, apenas me diga o preço para mantê-las a salvo.

Disse Hyde.

- Essas três de quem você fala, Selina Kyle em particular, causaram alguns contratempos bastante caros em nossos empreendimentos ao longo dos anos, mas no final do dia, elas são só putas baratas. Podemos pensar em alguns arranjos para isso mais tarde, por enquanto, você pode sair sabendo que suas recompensas serão canceladas pela manhã! Por último?

Disse Luthor, com calma. Hyde parecia sério, ele disse seu pedido final.

- Máscara Negra.

- Então, o pacifista, o bandido gentil, o Robin Hood de Gotham, Joseph Hyde, tem uma conta pra acertar com o velho Siones?

Disse o pinguim, rindo.

- Eu já te disse para calar a boca, wiseonja! E não sei o que quero do Siones, mas eu quero!

Disse Joseph, sério. Luthor levantou a sobrancelha direita:

- Poderia elaborar, Sr. Hyde?

- Gostaria de poder, mas também não sei o que quero com aquele wiseonja! Como nosso amiguinho Cobblepot sabe, tenho um grave caso de amnésia. Não me lembro muito antes dos últimos dois anos! Lembro-me de flashes, uma mulher ruiva com um bebê, um medalhão de ouro com um rubi, um baralho de cartas marcadas, muitas luzes verdes, Batman, o Coringa e o Máscara Negra. Sou um homem curioso! Eu gosto de saber! Eu quero saber o que são todos esses flashes mexendo na minha cabeça! E como Harleen transformou aquele palhaço do caralho em queijo suíço sete anos atrás, minha única outra opção é Siones.

Nesse momento, um caminhão chegou ao armazém.

- Ei chefe! Os caras estão aqui!

Disse o capanga loiro de Hyde.

- Obrigado, Bob! Então, senhor, gostaria de ver meu presentinho? Lex, só porque você já sabe o que é, isso não significa que você pode estragar a surpresa! Gaja!

Disse Joseph saindo da sala, Alice e Bob o seguindo. Depois de alguns momentos de perguntas, os mafiosos da sala decidiram seguir Hyde até a entrada.

- Um pouco mais para a direita, Richie! Vamos lá pessoal, mexam suas bundas gordas! Eu diria que você parece um bando de garotinhas, mas a Alice está fazendo o trabalho dela direito!

Disse Bob, enquanto ele e outros capangas de Hyde descarregavam um grande contêiner.

- Então, aqui temos um exmplo do meu compromisso com esse acordo!

Hyde disse ao abrir o contêiner, revelando enormes pilhas de dinheiro, ouro e armas.

- Isto é…

Disse o Pinguim e Hyde o interrompeu dizendo:

- Tudo o que roubei de vocês! Com um pouco mais, vinte e cinco por cento a mais, como compensação! E tenho muito mais por vir! Bem, na verdade, ainda não tenho, mas com suas conexões e força de trabalho, eu terei e posso compartilhar! Tudo o que eu quero é dez por cento da pilhagem e esses três favores. Combinado?

Perguntou Hyde, estendendo a mão esquerda. Luthor apertou a mão de Hyde:

- Espere seu primeiro trabalho antes que a semana termine, Sr. Hyde! Foi um prazer fazer negócios. Tudo bem, preguiçosos, as férias acabaram! Quero que essa carga seja descarregada e enviada antes do amanhecer!

E assim foi. Hyde agora fazia parte do maior sindicato do crime organizado da América. Como eu disse, esse arquivo pode parecer um pouco inútil, com a falta de Harleen, que é o foco central desses arquivos, mas eu precisava colocar algumas coisas em contexto, como Lex Luthor, que hoje em dia está morto e esquecido há muito tempo. Hyde destruiu seu império, e você, pessoa que lê este arquivo, não entenderia se eu dissesse assim. Aposto que você nem sabia quem era Lex Luthor, então eu precisava refrescar a memória de quem estivesse lendo isso. Confie em mim, tudo fará sentido mais tarde. Até a próxima vez, e não se preocupe, Harleen voltará no próximo arquivo, pois há muito o que falar sobre seus últimos dois meses dela como Violet Baudelaire antes de tudo na vida dela ir pra merda de novo.


Notas Finais


Obrigado por ler até o próximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...