1. Spirit Fanfics >
  2. Um ato do destino ( Imagine kim taehyung e sn) >
  3. O Beijo...

História Um ato do destino ( Imagine kim taehyung e sn) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura amores❤

Capítulo 17 - O Beijo...


Fanfic / Fanfiction Um ato do destino ( Imagine kim taehyung e sn) - Capítulo 17 - O Beijo...

Ele se aproximava, meus olhos capitavam cada passo em camera lenta, ele se senta ao meu lado, e segura meu rosto, sua mão grande e quente, forte como um ferro; sua expressão era indescritível, sua feição era seria impossível de ser lida, ele e o meu livro que não posso ler, o enigma que não posso descifrar, o segredo que não posso ouvir, meu amor em qual eu so posso sentir mais não posso tocar, sua mão em minha face, dois mundos opostos se colidiram, ele se inclinou, seu halito quente se misturou ao meu ele se aproximava de meu rosto ficando centímetros de distância, nossos lábios quase se selando, meus olhos ja se fechando, e os dele também, ele exita e para ficando ainda muito próximo de mim, empurrei levemente minha cabeça diminuindo ainda mais a distância de nossas bocas, meus olhos ja estavam ainda mais fechados e minha boca entre aberta, nossos rostos ja estão quase se encostando, ele exita com medo de minha reação, se aproxima ainda mais selando agora nossos lábios, ele pede passagem pra língua e eu cedo, nossas línguas quentes dançavam uma valsa doce e lenta, ele tira a mão de meu rosto e se apodera de minha cintura e aprofundando ainda mais o beijo, seguro seu rosto o trazendo ainda mais pra mim, ele se inclina colando ainda mais nossos corpos delicadamente ele explora cada canto de minha boca, e a desprezível falta de ar nos atinge, nos separando do beijo e colamos nossas testas uma na outra, eu ainda estava de olhos fechados os abro levemente dando apenas uma espiada no seu belo rosto sinto ele fazer o mesmo, ele próxima novamente e me beija, seus lábios macios selando os meus, isso era igual a uma droga viciante, nossas línguas em uma guerra calma por espaço, ele pesa sua mão em minha cintura de um modo carinhoso, ele nos separa lentamente e arrastado sua mão ate minha coxa seguindo ao meu joelho logo a tirando por completo e se concertando na cadeira, meus olhos se abriam lentamente enquanto minha boca implorava pra beija-lo novamente ele abaixa a cabeça brincando com seus dedos

Tae: Me, me desculpe...eu não deveria ter feito isso—disse, eu me aproximei e segurei seu rosto e o fiz olhar pra mim um pouco surpreso

Sn: Não pesa desculpas por algo que você não fez errado— disse em um tom arrastado e baixo e selei nossos lábios em um selinho demorado e sorri de lado peguei o meu livro e sai da sala o deixando surpreso, subi ao meu quarto rindo feito uma boba, entrei no meu quarto e me joguei na cama, ele me beijou, PERA AI ELE ME BEIJOU e eu não disse que eu amo ele, meu deus como eu so burra, pera que horas são? Pensei pegando meu telefone, 18:30? Como assim não e possível que eu fiquei 6 horas lendo um livro, fui pro meu banheiro e liguei a água quente entrei de cabeça e tudo passei minhas mãos entre os fios de meus cabelos e fechei os olhos pra pensar sobre tudo que esta acontecendo, pensei principalmente no Taehyung... Como alguém como ele pode gostar de mim, bilionário, bonito digo maravilhoso...e quanto a mim? Sou o oposto da beleza e da riqueza... respirei fundo, desliguei o chuveiro e sai enrolada em uma toalha meu quarto era lindo, lindo,lindo, olhei ao lado e notei um closet entrei la, estava repleto de roupas dos pés a cabeça escolhi uma roupa qualquer mais que com certeza era muito bonita vesti e sentei no meio de minha cama e peguei o livro e comecei a ler atenta a cada detalhe do livro, sim a história era triste mais diria que impressionante o livro tinha cerca de 350 páginas, eu ainda não entendo o por que de todos contos de fadas terminar com o fútil final "Felizes para sempre" acho que essa frase e apenas um pretexto para parar a história pois se continuar a mascara discreta do conto ira cair e as dificuldades da vida iriam chegar em algum momento da história por que por mais que as pessoas tentem os autores são humanos e enfrentam dificuldades como todo e qualquer ser humano e de alguma forma a história vai perdendo a inocência e o sentido de "uma vida perfeita", no final os personagens vão ficar em uma fase de congelamento onde não estará nem vivos e nem mortos esperando vagamente que a história continue, seria mais saudável se as pessoas tirassem a palavra "perfeição" de seu vocabulário oque exatamente e perfeito? Dite uma pessoa no mundo que e perfeito, pode fazer isso? Acho que não a menos que essa pessoa não tenha um defeito sequer ou nunca tenha errado em algum momento da vida...

Enfim sou acordada de meus devaneios ao escultar batidas na porta me levando e vou atender pra saber de quem se trata, abro e vejo Jimin, a claro so poderia ser meu irmão pra interromper minha leitura,

Jimin: Oi baixinha— disse entrando no meu quarto e se sentando na beira de minha cama— lendo?— assinto com a cabeça, e ele empurra meu livro pro lado dando batidinhas na cama para que eu sentasse, e assim fiz

Sn: Oque você quer Jimin— disse num tom doce mais com uma pitada de arrogancia

Jimin: Não posso mais te ver?— disse

Sn: Não!— digo seco mais com o tom de brincadeira

Jimin: ridicula— disse fazendo cara de rabugento

Jimin: Enfim vim tirar duvidas restantes! eai perguntas senhorita?— disse

Sn: hum...— disse pensativa— industrias Kim's? Ela existe mesmo ou e so uma desculpa pra todo esse dinheiro— indago

Jimin: 1° existe sim, o Sr.kim o pai de Taehyung ergueu a empresa antes dele nascer e bom agora ele e uma das maiores empresas da coreia— disse

Sn: e ele vende oque?—

Jimin: tecnologia, eletrodomésticos, televisão, celulares, e as vezes eles ate fazem decorações de casas, eles também tem um banco em Seol— ta bom agora ta explicado o por que de todo esse dinheiro—Bom nos 7 trabalhamos la e bem agora vocês também— fiquei surpresa confesso não esperava trabalhar la de verdade ele continua— Mais relaxe vocês não vão fazer quase nada e so um disfarce mesmo

Sn: ah, bem eu vou dormir tchau chim chim—ele me da um beijo no topo de minha cabeça e saiu do quarto fui ate o closet e procurei um pijama achei um que bem era incrívelmente curto mais confortável pelo oh menos vesti e me deitei, fiquei pensando em tudo oque aconteceu hoje ainda não entrava direito em minha cabeça fiquei um tempo pensando e logo peguei no sono...

                       

                       [ . . . ]


5:18 AM

Amanhecerá... 

Acordei com fome nem me ousei trocar de roupa sabia que estava cedo ninguém estaria acordado a essa hora, peguei meu telefone e sai do meu quarto andei ate as escada a descendo e me direcionando a cozinha, abri a geladeira e nada que eu estivesse com vontade de comer as 5:20 da manhã vasculhei um pouco mais e achei uma jarra com suco de laranja, peguei ela e um copo e fui ate a biblioteca procurar um novo livro enquanto bebia meu suco e encontrei um que me chamou a atenção "para poder viver" que e sobre uma garota de 21 anos Yeonmi Park procurando a liberdade

Hum parece bom, comecei a ler o livro enquanto bebia meu suco a história era boa nunca li algo do tipo paro na pagina 35 e fecho o livro e começo a pensar sobre tudo que esta acontecendo em minha vida, saio da biblioteca abandonando o livro la e começo a perambular pela casa e explorar mais ate chegar a porta do escritório do “senhor Kim” oque tem de tão especial aqui pra que nem a Sra.Choi que creio trabalhar aqui a anos não poder entrar no tal escritório tomo coragem e ponho minhas mãos na maçaneta estava pronta pra abrir mais sinto algo ou alguem tocar meu ombro....


Notas Finais


Espero que gostem a história vai melhorar muito daqui pra frente, desculpem qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...