História Um bom Rapaz - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana
Visualizações 24
Palavras 2.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - 8


Duda corre,corre duda"

Em casa com meus amigos de uma outra época, todos aqui de pijama levanto do coxão e corro em direção ao nada 

"Vem duda corre por aqui"

"Alana o que foi ? Para onde estamos indo ?

Uma grande multidão está a minha volta e tem alguem em cima de um palco, como num passe de mágica estou em cima desse palco  Luan que sorri ao me ver, lagrimas brotam de meus olhos antes que eu me desse conta olho para atras e Matt está aqui, com medo começo a correr na direção de Luan e quando chego perto tem um vidro,alguma coisa que me impede de chega até ele me prendendo aqui com Matt eu bato no vidro chorro desespero não quero que Matt toque em mim ele está muito perto olho para o Luan de novo afim de perdir socorro, mas em vez de tenta me salvar ele está rindo de mim junto da Alana os dois tiram sarro de mim e dão risadas altas, minhas  roupas estão rasgadas tem uma poça de sangue a minha volta e meus pusos estão cortados quando volto a barte no vidro outra vez deixando machas de sangue por todo ele dois braços me envolvem 

"Vamos brincar um pouquinho dudinha"

-NÃO 

Levanto da cama num pulo tão rapido pelo susto estou toda suada e ofegante

merda- passo as mãos nos cabelos - merda merda 

Fazia tempo que não tinha pesadelos tipo muito tempo mesmo,mas tudo bem não faz mal respiro fundo umas quinhentas vezes e depois me levanto. Espera eu estava no carro o que estou fazendo nesse quarto olho ao redor muito bonito por sinal

- tenho que parar com essa mania de dormir em um lugar e acordar no outro 

- você esta bem ?  

Olho para porta e lá está Luan em toda sua beliza gostosura só de calça em sem camisa para minha alegria acho que alguém quer me matar do coração. Aperce que veio correndo sei lá 

- desculpe te ouvi gritar e vim assim mesmo - aponta pra ele  me olha de cima abaixo com um olhar de malícia e sorri de canto 

- a..aah - com certeza estou parecendo um pimentão olho para o lado o teto qualquer lugar que não fosse para ele - não foi nada só um sonho ruim 

-sonho ruim ou um pesadelo ? 

- já disse que não foi nada de mais - olho para ele me arrependo e olho pra cima ele solta um risada e tudo que passa pela minha cabeça são imagem  de minha pessoa em cima dele mordendo arranhando beijando seu peito - pela mor dos meus neurônios e do meu coração vai por uma camiseta 

- então a senhorita gosta do que vê - fala com um voz sexy  rindo de mim 

- para com isso lembra da primeira coisa que eu te falei 

- hum acho que você me chamou de Carlos ? - ri eu olho para ele sinica

- eu disse "coração de fã e fraco"  vai por uma camiseta por favor 

- só se você me abraçar-ele fecha a porta atrás de dele - que foi ta com medo? -levanta a sobrancelha vem ando ate mim 

- você adora me ver com vergonha ne ?

- acabou de se tornar meu esporte prefirido- sorri de canto - agora vem me da um abraços olha que tem muitas moça que queriam estar no seu lugar agora 

Diminui a distância entre nós até nosso narizes se tocarem sorriu quando o vejo engolir em seco

- não por isso anjo - toco meu nariz no seu de leve ele segura firme na minha cintura eu engulo em seco - podi ir lá e ficar com todas elas 

- amora - ele susura 

hora de sair mais alguns minutos aqui e não respondo por mim, me lembro de manter o foco e sorriu assim que solto de seu aperto e corro porta a fora 

- AMORA VOLTA AQUI 

- VAI SONHANDO 

Saio correndo pela casa que nem conheço por sinal e pelo visto estou na desvantagem por que a casa é dele e pior ele nem está vindo atrás de mim então não tem sentido eu está correndo. Dou graças a Deus quando Roberta aparece na porta de um dos quarto eu entro correndo e fecho a porta 

- o que deu em você sua doida?

- eu estou fugindo do Luan - falo tentando recuperar o fôlego me jogando na cama 

- serio Eduarda que criancice - revira os olhos - e ainda por cima correndo de calcinha pela casa e que cara de " me fode" é essa em

- eu não estou com essa cara,e nem sei que cara é essa 

- bem eu nunca te vi com essa cara, mais e a cara que todo mundo faz quando quer transar 

- eu não quero transa com ninguém 

- vai morrer virgem é?

-  vai toma no cu - sorriu -  foram muitas coisa para um só dia 

- e vem mais por ai 

se joga na cama e dou graças a Deus por mudarmos de assunto acha eu com cara de "me fode" nem sei como é isso filtro o teto imersa em pensamento ai me lembro que ela falou calcinha e olho pra mim e pulo da cama

- QUEM TIROU A INHA ROUPA? AH MERDA E..E EU...AH NAOOO

- eu né doida - ela revira os olhos- era para você dormir mas confortavel se sabe 

- MAIS PRA QUE TIRAR A MINHA ROUPA ? EU PODIA MUITO BEM DORMIR DE VESTIDO 

- para de gritar niguem aqui e surdo duda 

- desculpa 

Falei baixinho não queria pedir desculpas estou puta quem mandou tirar meu vestido ? Não precisava agora como eu vou olhar a cara do Luan só teve um homem que me viu assim sem ser papai se me lembro bem não gostei nada daquilo. Me sento na cama e puxo as pernas para o peito e enfio a cabeça entre elas e nessa hora que eu queria ser Avestruz enfiar a cabeça na terra e nunca mais sair de vergonha 

- duda você esta bem ta palida

- o Luan me viu assim eu sai correndo pela casa dele assim - respiro fundo- será que mais alguem me viu assim ?

Eu estava esperando que ela me disse alguma coisa para me consolar mais não ela começou rir na verdade ela gargalhava com é bom ter amigos que você posso se abrir 

- JÁ ACABOU 

- não - ri mais um pouco se levanta a vai pro banheiro - deixa eu adivinha você está com vergonha? Você está querendo ir embora e nunca mais olhar na cara dele ou de qualquer outra pessoa acertei 

- é acertou olha o jeito que ele me viu Roberta se foi só ele que viu 

- e foi estamos só nós três aqui - ela sorri - duda olha a onde você está quantas não matariam para está aqui ? E vai querer ir embora só porque ele te viu de calcinha ? Deixa de ser boba e aproveita você mas que ninguem merece isso 

- mai...

- mais nada vai se arrumar que estamos de saida não vou deixar você estragar a sua primeira viajem só por que ficou com vergonha 

- eu tenho escolha ?

- não vai por logo a sua roupa 

Faz um tempo que só estou encarando o mar pela janela nunca tinha visto o mar é a coisa mais linda as ondas vem e vão tem alguns ponto em da pra ver surfistas outro barcos lanchas criança brincando de castelinho de areia era a coisa mais linda do mundo e melhor era copa cabana.  Luan estava sentado do meu lado e tenho uma quase certeza de que estava me olhando, não ele deve estar olhando a praia mesmo, como eu, já que não falei nada com ele desde hoje mais cedo no quarto vamos dizer que estou fugindo dele fingi dormir a viajem inteira e só não estou fingindo agora por conta que nunca vi o mar. Sai de perto dele a maior parte do tempo no aeroporto o que não foi tão dificil por que tinha muitas fãs no lugar uma loucura muitas fotos e gritos estéricos muito choro não fiquei muito ali por que os segurança nos levaram para a van, demorou muito pro luan entrar na van e pior que ele fez questão de tirar um dos seguranças do assento ao meu lado só para ele sentar do meu lado 

Então para resumir a viajem ate o hotel foi num clima de tensão total e um silêncio de dar medo. Sabe quando você saber que a pessoa ao seu lado quer falar com você, so que nem você e nem ela conseguem achar palavra para tal bem então ai e que está a questão nós dois queremos falar mas nenhum sabe o que falar. E o mais engraçado e que eu não sei o por que disso ok estou com vergonha mas por que ele não fala nada

-isso já esta me estressando

Roberta solta atras de mim me fazendo vira para olha dando de cara com Luan fico vermelha ele sorri 

- e.e...e você nunca tinha visto o mar não é? - ele coça a cabeça sem jeito eu volto a olhar para a janela 

- não foi por falta de convites 

- eu sei Berta-reviro os olhos- eu fiquei muito tempo trancada em casa, minhas irmãs conhece mais eu não 

- hum tendi - olha para frente 

- só uma pergunta - ele olha para mim - por que desse clima ? 

- sabe que eu também não sei -abre um soriso perfeito - você me deixou meio puto hoje 

- ahh e você viu que eu estava sem roupa nem me falo nada e quando eu vi quase morri de vergonha - faço bico ele pega meu rosto entre as mãos 

- e perder aquela vista? nunca 

-seu chato 

Emburro e viro para a janela outra vez não sei o por que mais estou agindo com uma criança feito santana só pode 

- ah o chato que você ama - ele sussura no meu ouvido depois morde minha orelha bem eu morri e fui pro céu é? 

A primeira vez em que fui ao show do luan eu estava literalmente na merda, na verdade o extrato do merda mutiplicado por 40 não dava o quão na merda eu estava,  foi um sacrifio ir ate o bendito show. Foram meus primos que me levaram a na epoca os dois namoravam então fiquei de vela o maior parte do tempo,mais saber valeu apena na verdade o galinha inteira.Eu tinha fugido de casa para ver o show e meus primos ajudaram então foi fácil eu lembro que nos perdemos no meio do caminho, desperada  comecei a chorra por que  não ia dar tempo, no final das  contas que  tudo certo cheguei no show chorei gritei cantei foi maravilhoso 

Mais meu primeiro show não  comparava a está aqui  agora do lado do palco vendo o luan canta, a gritaria, a cartas jogadas no palco junto com os urso. O que  sinto aqui agora não chega  aos pés do meu primeiro show e ali eu fico vendo meu anjo cantar e encantar o publico chorando e sorrindo feito uma boba mas feliz muito mais muito feliz até acabar o  show assim que acaba eu e roberta fuginos para a van outra vez o luan esta atendendo as fãs e tanto Roberta quanto eu queriamos dar um tempo 

- meu Deus que loucura 

- você não viu Nada ainda 

- tenho certeza  ja vi  bastante - Roberta sorri- nega vamos fazer besteirinhas 

- não. Você só me fode 

- nada demais só vamos a praia que e logo ali. Não quer conhecê o mar ? - antes que eu pelo menos abra a boca ela me interrompe- manda um mesagem para ele e fala que esta na praia perto do show 

- sei não 

- quando foi que eu te guiei errado 

- ahh não sei talvez sempre 

- vamos - faz carinha de cachorrinho - por favorzinho só um potinho assim

Se ela sempre me convencê de tudo sim ela faz me ter as piores e as melhores decisões da minha vida. Mando mensagem pro luan e deixamos nosso celulare dinheiro tudo dentro da van e saimos andando até a praia 

- Então me abraça forte... E diz mais uma vez que já estamos distante de tudo...temos nos próprio tempo,temos nosso próprio tempo 

- sera que toda vez que você ficar feliz - Roberta joga água em mim - você vai ficar cantando pelos pulmões ainda mais legião urbana 

- eu gosto algum problema ? 

- varios - ela ri e se joga na água salgada -as nem nenhum com seu estilo musical então só.... foda-se

Eu rio e deito na água boiando não tinha com melhora esse dia estava tudo as mil Maravilhas. Ok eu estava de calcinha e sutiã no meio do mar enquanto minha roupas estavam na areia e meu querido anjo vai querer tirar meu figado por sumir assim bem eu não sumi deixei uma mesagem ah quer saber foda-se. Encaro o céu vejo as estrelas a lua beijando o mar, a paisagem de tirar o folego e todo o que eu consigo pensar é por que demorei tanto para vir aqui 

- acho melhor nos ir duda faz tempo que saimos 

- mais já - faço cara feia -só mais um pouco 

- para quem não queria vim 

- eu estou amando isso 

- percebi - sorri - eu vou para lá na hora que você quisser voc..

- pode deixa eu vou 

Nem percebo ela saindo só fico ali boiando no vai e vem do mar, de vez  enquando eu megulho um pouco claro que eu não ia para o fundo não sabia nadar e só para registro ninguém sabe nadar no mar isso é fato, só ficava a onde dava pé para mim onde eu tinha a segurança de voltar para atrás. Minhas mãos estão enrugadas meus dentes estão tremendo mais não quero sair daqui Roberta está conversando mais não dou muita importância saio nadando só paro quando só minha cabeça fica de fora d'água olho para o céu outra vez.

Estou tão concetrada na imagem a minha frente que levo um susto quando um ser de outro mundo me abraça por atrás colocando o queixo no meu ombro fazendo meu corpo se aquecer por inteiro. 

É eu morri e fui para o céu!!!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...