1. Spirit Fanfics >
  2. Um Céu de Puro Azul >
  3. Que azul entediante!

História Um Céu de Puro Azul - Capítulo 1


Escrita por: RabbidLady

Notas do Autor


° Narrativa °
Itálico = Pensamentos da protagonista
Em negrito = Diálogos

Capítulo 1 - Que azul entediante!


Fanfic / Fanfiction Um Céu de Puro Azul - Capítulo 1 - Que azul entediante!

Eu havia acordado faz pouco tempo, o barulho da vizinhança me acordou, eles são barulhentos as vezes

Vou até a janela abrindo a mesma, todos pareciam bastante animados, oque será que está acontecendo?

Oh, quem sou eu? Bem, eu me chamo Kimberly Horwitz! Tenho 12 anos e quero muito explorar o mundo humano, porém minha mamãe não deixa, é como se ela estivesse com medo de algo, mas com medo de quê? Ah não importa.

Começo a me arrumar, então desço as escadas e vou até a cozinha

Kimberly — Mamãe?

Rhufia — Bom dia Kim, dormiu bem meu doce?

Kimberly — Sim! Tive belos sonhos e dormi muito bem, quase não queria sair da cama!

Me sento na mesa e mamãe me fazia cafuné, eu gosto do cafuné dela, mas isso não me engana! Por trás dessa feição calma, ela vira uma fera quando eu falo sobre os humanos

Kimberly — Então, você tá muito ocupada? Eu posso comprar os pães hoje se você quiser

Rhufia — Isso seria de grande ajuda, obrigada filha

Kimberly — Não precisa agradecer, estou indo lá, se cuide!

Me levanto, então vou até ela beijando sua bochecha, pego o dinheiro necessário e saio de casa começando a caminhar até a padaria, não fica muito longe daqui, digo, nada fica longe daqui, é tudo muito perto, oque me limita de explorar

Acabo passando pela floricultura, a dona do local pega as flores do mundo dos humanos, por isso mamãe não gosta dela e por mais que as flores sejam lindas e cheirosas, mamãe não compra de jeito nenhum, e nem me deixa comprar também

Finalmente chegava na padaria, então fico olhando quais pães escolher, após alguns segundinhos escolhendo, vou até o padeiro e entrego o dinheiro certinho a ele, agradeço ao mesmo e saio da padaria indo direto pra casa

Porém ouço umas vozes soando ao longe, pareciam estar vindo de trás

Me viro, depois da padaria tem algumas casas e logo chegamos ao final da vila, depois da vila não á mais nada além de um céu vazio, mas a vozes vem dali

Penso seriamente, bem... Mamãe não vai se importar se eu demorar um pouco

Vou andando até a vozes, eu estava com bastante medo, mas a vozes são finas, definitivamente são crianças ali, então não estou totalmente com medo

Me aproximando mais um pouco, vejo duas anjos rindo e conversando, elas tinham roupas estranhas, parecia roupas de carteiro

Vou até elas, então dizia chamando a atenção das mesmas 

Kimberly — C-Com licença, mas quem são vocês?

Tália — Ahh tá vendo Zoe? Chamamos muita atenção!

Zoe — Eu não tenho culpa! Minhas asas também precisam de um descanso!

Tália — *Suspiro* Hm, enquanto as "suas asas" descansam, eu falo com a garota

Uma das anjos se aproximava de mim, então dou um passo para trás

Tália — Ei não se afaste, eu não vou te morder

Kimberly — D-Desculpe, mas oque fazem aqui?

Tália — Bem, nós meio que viemos de uma viagem um pouco longa, então paramos aqui para descansarmos, desculpa se a risada da Zoe chamou sua atenção, ela é meio escandalosa

Zoe — Eii mana!

Kimberly — Está tudo bem, vocês trabalham com algo?

Tália — Ah sim, nós fazemos entregas

Kimberly — Entregas?

Tália — Sim! Basicamente nós viajamos o mundo todo em busca de alguns serviços, oque nos dá uma verdinha bacana

Kimberly — ... O mundo todo?

Tália — Yep! Ah antes que eu me esqueça, me chamo Tália, tenho 14 anos e a Zoe tem 12, e você?

Kimberly — Me chamo Kimberly, tenho 12 anos e... Me fale mais sobre isso de viajar o mundo todo por favor! Vocês viajam tudo mesmo tipo, até o mundo humano?!

Tália — Ah sim, mas não vamos muito lá com frequência, é um pouco perigoso-

Kimberly — Posso viajar com vocês?!

Tália — Perdão?

Zoe — É uma ótima oportunidade Lia, a chefia tá querendo uns recrutas novos

Tália — Olha, eu vou falar com a minha chefe hoje, e ai amanhã a gente vem aqui e combinamos isso melhor, tudo bem?

Kimberly — Tudo bem! Obrigada!

Aquilo me animou bastante, viajar o mundo todo, sair dessa cidade, explorar novos lugares, eu sempre quis isso!

Tália — Zoe, suas asas já melhoraram?

Zoe — Ahã, estão mais prontas do que nunca!

Tália — Ótimo, bem Kimberly, foi um prazer te conhecer, mas nós precisamos ir, umas 6 da tarde a gente vai estar aqui te esperando, não falte tudo bem?

Kimberly — Não irei faltar, prometo!

Tália — Se cuide então, futura colega

Ela dava uma risada, então elas acenavam pra mim e iam embora

Logo me dou conta de que precisava voltar pra casa, dou meia volta e começo a correr em direção a vila novamente

Eu sinto... Eu sinto que minha vida vai mudar a partir de hoje!


Notas Finais


Olá, me chamo Ana, mas pode me chamar de Annie, não sou nenhuma escritora profissional, apenas quero expressar minhas idéias em formato de histórias para que outras pessoas possam se inspirar a escrever uma história legal também

Lembrando que qualquer erro de ortografia pode me avisar nos comentários, estou sempre disposta a melhorar minha escrita e prestar mais atenção nas palavras

° Redes Sociais em breve °


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...