1. Spirit Fanfics >
  2. Um clichê quase não clichê >
  3. O primeiro contato

História Um clichê quase não clichê - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - O primeiro contato


Fanfic / Fanfiction Um clichê quase não clichê - Capítulo 2 - O primeiro contato

Ok. Ele esta me olhando mesmo ou eu to loca? Eu realmente não sei. Por que como ele tem um show pra fazer né ele desvia o olhar algumas vezes mas sempre volta a olhar na minha direção. Então pensei, ok, vou bocejar e se ele bocejar também deve ser porque é pra mim que ele esta olhando, afinal já disseram que isso sempre acontece quando alguém vê outra pessoa bocejando. Fiz e nada. Viu? Eu disse que não era nada. Ri com esse pensamento olhando pra ele e ele sorriu também e abanou. Puta merda não pode ser kkkkkkkkkkk. Deu mais uma música e ele fez sinal de espera na minha direção e sumiu. Ata que ele vai sair do show não né. Então um dois seguranças de terno e com um emblema falaram que eu estava sendo chamada para o palco. Olhei para eles já assustada por que quando vê sou estuprada bem capaz que vou aceita de primeira. E então ele só fala olhando na minha direção "sim, você". Paralisei e fiquei olhando pra ele com uma cara misturada com duvida e receio. Mas quando dei um sorrisinho e ele também. Aceitei.

Os seguranças realmente me levaram para o palco, entrei por trás. E então fiquei nos bastidores e logo me dou de cara com o Alex, Robert, Zach e menina muito bonita. Quando eles me viram viram na minha direção.

Alex - Oi. Qual o seu nome?

- Alice

Z- Como você entrou aqui?

- Olha eu realmente não sei - falei dando um risinho de leve - eu só sei que dois seguranças falaram que eu estava sendo convidada para subir aqui, e bom meio que senti que não era mentira e vim.

X- Ai é muito bom ter outra menina aqui - disse meio animada - olha, meu nome é Vanessa, esse é o Alex, o Robert e o Zach.

- Eu sei quem vocês são - falei pros meninos -  eu conheço vocês de 9 anos atrás, quando eu era fã do Austin

R- Você é mahomie?

- Não. Não mais. Eu era quando tinha 13 anos e agora tenho 21

Z- Você é da onde? Parece que fala um inglês diferente

- Sou brasileira. Estou aqui por causa da faculdade, estudos e tal.

V- Aiiii eu sempre quis conhecer uma menina brasileiraaaaaaa, vocês parecem ser muito legais - ri

- Obrigada, eu sou mesmo - rimos

Olhamos para o show e o Austin olhava sorrindo para nos várias vezes. Até que em uma pausa pra ele tomar agua de um segundo ele veio até mim e disse cansado

A- oi

- oi

Então ele voltou pro show sorrindo. Meu deus oque ta rolando aqui?

V- Eita ein. Parece que chamou atenção.

- Não sei não. Deve ser coisa da minha cabeça não acha?

V- Não. - rimos - você bebe? Ai diz que sim

- Lógico - então ela me serviu uma gin com tônica adoro

V- Brinde a essa noite 

R- Um bride 

E assim brindamos e nos divertimos muito. Conversamos e rimos muito, bebemos e tiramos fotos e gravamos vídeo. O normal seria que eu, a diferente, tirasse mil fotos e tudo mais, mas quem fez isso por mim foi a Vanessa e o Robert. Algumas músicas o Austin olhava para mim e eu para ele e ficamos todos assim por mais uns 40 minutos. Quando o show acabou e lembrei que fiquei de encontrar as tias, levei um susto. Então corri a ligar para a tia Fabiana 

CALL ON

F- Alo?

- Tia é a Isa. Desculpa não encontrar vocês. É que fiz algumas amizades e estamos em um show.

F- Ata Isa. Tudo bem. Só lembre que amanhã as 11 horas iremos ao juri.

- Sim. Claro. Pode deixar. Beijos tia. Boa noite.

CALL OFF

Desliguei e quando me virei me dei de cara com ele. Os olhos verdes dele que pareciam que viam além de mim e o sorriso de orelha a orelha que fez com que eu me derretesse toda

A- oi

- oi

A- Espero não ter te assustado com aqueles dois seguranças - disse ainda sorrindo

- Ah. Capaz. Só um pouco - Rimos - Eu não sabia que você tinha me chamado

A- Pois é. Desculpa. É que eu te vi e sei la. Tive vontade de conversar com você. - os olhos dele me encantavam

- Que bom que me chamou então. Meu nome é Alice

A- E eu sou o Austin - ficamos nos olhando sorrindo e então o Robert chega

R- Ei. Vamos em uma balada? Comemorar esse showzão e a companhia nova no grupo?

A- Você vem? - disse olhando para mim. Olhei e eram 9:30. Eu posso ir tranquilamente.

- Vou

V - AAAAAHHHHH que bom. Uma menina pra ficar comigo obrigadaaaaaa - rimos

A- Vamos então. - Ele já estava arrumado. Calça jeans preta, blusa branca e jaqueta de couro preta.

Saímos do palco e fomos em direção a uma Range Rover vermelha. Austin foi dirigindo, enquanto o Robert foi no seu lado, atras ficou eu, Zach e Alex e no colo dele a Vanessa, já que eram namorados. Fiquei envergonhada por fazer eles se espremerem mas fiquei quieta, quando vê dou uma bola fora e isso ta longe de ser o que eu quero.

Eu estava estranha, eu não estava eufórica e nem maluca, eu estava muito feliz mas não um feliz de quem encontra um ídolo, um feliz de quem fez amigos. Não sei direito o que pensar mas quando fui pensar mais ouvi o Robert falando

R- Chegamos.

Então descemos do carro e estava um pouco frio, mas não muito, logo fomos em direção a entrada e estava com uma fila bem considerável. Mas quando vi o Austin fez com que todos entrassem, eu estava por último para não me meter em nada, mas quando fui passar o segurança me barrou 

Segurança - Você não é convidada de Austin Mahone - fiquei com a cara no chão quase ne. Então o Austin surge meio bravo

A- Quem disse que não? - Olhando bem pra cara do segurança - Se ela não entrar nenhum de nos entra 

- Austin ta tudo bem

A- Não ta não

Segurança - Desculpe senhor, foi um infeliz engano meu. - Então Austin me puxou para dentro e meu deus que alivio e que nervoso entrei na balada e entrei na balada com Austin Mahone. Não sei o que eu tava sentindo

Começou a tocar a musica "Feeling good - Michael Bublé" 

- Obrigada, não precisava se preocupar comigo

A- Como não Alice? Eu estou só para ficar com você e meus amigos e ai você não entra? Não né - sorri 

Eu e ele estávamos na frente do pessoal. Na parte da música "for me and i am feeling" ele estava de braços abertos pro ar no meu lado e então na parte "good"  ele passou o braço pelo meu ombro, me olhou profundamente cantando essa parte, e então na parte quando estoura a música me gira, me segura pela cintura e dançamos essa parte da música. Rimos e meu coração pulou. Eu não acreditava no que estava acontecendo

Então o pessoal veio até nos e fomos em uma mesa que o Austin conseguiu. Conversei muito com todos e rimos muito. Dançamos muito, principalmente eu e a Vanessa, gostei muito dela, e acho que ela gostou de mim também. Era 1 da manhã quando decidi que deveria ir embora pois tinha os compromissos do dia seguinte, seria um sábado cheio. 

- Pessoal, preciso voltar para meu hotel, amanhã tenho que ir no juri e fazer as coisas com meus professores e não posso ficar muito mais 

Alex - Precisa ir mesmo?

- Sim.

Z- Você é muito legal, vamos combinar de novo algo, que tal?

- Eu adoraria, mas por hoje tenho que ir mesmo

A- Eu te levo - disse e meu coração deu um pulo

- Pelo o que eu vi no google maps é daqui duas quadras, não precisa vou caminhando

A- Então vou caminhando com você - disse e eu sorri

- Ok então. Tchau pessoal - Já haviamos trocado de numero durante o show, mas não sei se veria eles de novo, afinal eles são conhecidos e eu não.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...