1. Spirit Fanfics >
  2. Um coelho atrevido - Yoonkook >
  3. Bônus

História Um coelho atrevido - Yoonkook - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Volteei, eu espero que gostem, deu um pouquinho de trabalho, pois quis incluir também os meninos, fazer referencia ao casal VHopeMin (é assim que se chama né? Espero que sim) que foi ideia de @trevosa93
E a pedidos de @Trevosa93 @Kyla_M @Crystal_YK @Star_shiny @Tia_Kimjeon
A fic teve um lemon Yoonkook, eu não sou boa com lemon, na verdade não sou muito boa escrevendo mas tente, espero que gostem🥺💜
Boa leitura!!

Capítulo 3 - Bônus


Fanfic / Fanfiction Um coelho atrevido - Yoonkook - Capítulo 3 - Bônus

YOONGI POV

Jk e eu á iremos completar 3 anos de namoro daqui a dois dias, e estive pensando em fazer uma surpresa a ele, estamos juntos a bastante tempo e por mais que hajam algumas briguinhas nós nos amamos acima de qualquer coisa, então por que não o pedir em casamento? E esse será meu presente de casamento para meu coelhinho.

Estive planejando pedir a mão dele em algum lugar que ele ame demais, e que lugar melhor que um parque de diversões para minha criança adulta? Agora só preciso de umas ajudinhas para nada dar errado, e já sei com quem irei contar.

GRUPO ON

Surpresa {Me ajudem}

Você adicionou :

Worldwide Handsome

Sol e esperança

Jiminnie

Taetae

God of Destruction

Você:

Me ajudem, quero pedir o Jk

em casamento num parque de diversão.

preciso da ajuda de vocês, é para daqui

Dois dias.

Sol e esperança:

Pode contar comigo, hyung!

Taetae:

Comigo também, hyung! :)

Worldwide Handsome:

Já estava na hora né querido?

Claro que eu ajudo!

God of Destruction:

Conta comigo, hyung!

Jiminnie:

Claro que sim, Suga-hyung!

Mas o que você está planejando?

Você:

Bom... por mais que seja muito

clichê, meu bunny sempre achou fofo

casais se declararem na roda-gigante,

então pensei em fazer o pedido lá, ao pôr do sol.

O que vocês acham?

Taetae:

É muito fofo, hyung!

Jiminnie:

Concordo com o Taetae, hyung.

Mas precisará de nossa ajuda

para o quê exatamente?

Você:

Bom, o Nam, irá falar com o pessoal do parque para

que deixassem a nossa cabine lá em cima mais

tempo.

Jimin me ajudaria a escolher as alianças.

Tae iria sair com Jk já arrumado para deixar o apartamento livre.

J-hope e Jin irão decorar o apartamento para quando voltarmos do parque.

E ai, todo mundo de acordo?

(Todos os 5):

Sim

Sol e esperança:

Iremos começar a organizar agora?

Você:

Sim, se puderem me encontrar no centro daqui à uns 30 minutos?

(Todos os 5):

Sim

Você:

Então ok, até daqui a pouco, vou aproveitar que JK saiu para ir à academia.

GRUPO OFF

Vou em direção ao banheiro, tomo um banho rápido, após terminar, me seco, ponho uma calça jeans preta, uma camisa preta, boné preto, tênis preto e uma máscara... preta. Desço as escadas em direção a porta de entrada, pego as chaves do apartamento e do carro e vou até a garagem, logo indo em direção a casa do Minnie buscá-lo.

Chegando em frente a sua casa, toco a campainha e aguardo o mesmo que não demora a abrir a porta.

Jm: Ooi Yoonie-hyung!! Entra, estou terminando de me arrumar, vem.

Diz e logo vai me puxando escada à cima.

Yg: Ooi Minnie!

Digo já rindo da afobação do mesmo.

Chegando em seu quarto me sentei em sua para esperá-lo se arrumar. O mesmo entrou em seu closet com algumas camisas diferentes em mãos parecendo indeciso.

Yg: O que foi Jiminnie?

Jm: Hyung, eu não sei com qual camisa eu vou, qual delas combina com essa calça? Aliás, essa calça ficou boa? Ou ta mostrando demais? Será que é melhor trocar? Acho que não valoriza muito meu corpo e....

O mesmo falava com afobação, quase desesperado e logo o interrompi sem entender toda a agitação do mesmo.

Yg: Hey Minnie, calma, o que houve? Por essa preocupação toda, anjo?

Digo enquanto o puxo para se sentar ao meu lado, o abraçando pelos ombros, e o mesmo retribuiu um pouco nervoso, apoiando sua cabeça em meu ombro.

Jm: Eu...estou gostando de alguém..?!? Enfim, eu só queria que essa... aliás essas pessoas me olhassem como mais que um amigo, entende?

Pergunta com uma voz baixinha e parecendo até um pouco triste, levanto seu rosto mostrando suas bochechas rubras e olhinhos brilhosos.

Yg: Entendo, quer dizer, eu acho que sim, mas, mais de uma pessoa? Minnie... você não está apaixonado por mim e Jk, está?

Pergunto um pouco receoso, afinal, já tivemos um caso, mas agora somos apenas melhores amigos, e eu não sei se conseguiria dividir meu coelhinho, além do mais, irei o pedir em casamento daqui a pouquíssimos dias, não quero magoar meu pequeno Chim.

Jm: O quê? Não hyung, está doido? De onde tirou isso? Eu gosto do Hope e do Taetae.

Diz com uma carinha de inicio incrédula, seguindo para risonha e por fim envergonhada.

Yg: Oh, faz sentido, eu senti aquela tensão que teve quando nos reunimos lá em casa uns dias atrás.

Digo me lembrando do dia enquanto dou uma risadinha acariciando sua bochecha.

Jm: Sentiu? Você acha que tenho chances com eles? Eu não sei o que acontece comigo, eu não consigo gostar de apenas um, tem algo de errado comigo ou estou confundindo tudo?

Diz com uma expressão confusa e um pouco, talvez... abatida?!

O abracei mais forte para confortá-lo.

Yg: Não pequeno, não tem nada de errado com você, você só precisa entender que nem todos os relacionamentos devem ser de apenas duas pessoas, podem sim ter mais de uma pessoa na relação, e nem por isso essa relação deve ser desvalorizada ou taxada como suja, pessoas que pensam que relacionamentos diferentes dos tradicionais são algo errado, é por serem muito mente fechada ou amarguradas, muitos dos mais velhos pensam assim por terem sido ensinados assim, mas não significa que NÓS estamos errados, quem está errada é a sociedade que não enxerga que toda forma de amor é válida, Contanto que haja consenso e maturidade em ambos os lados. Enquanto não for um relacionamento tóxico ou abusivo, deve sim ser considerado amor, e você gosta de dois homens, e não há nada de errado nisso, e sinto que eles também gostam de você. E se não gostarem, vocês continuarão sendo amigos, e se precisar de um ombro pra chorar ou de alguém pra comemorar, eu sempre estarei aqui pra você, pois você sempre será meu pequeno anjinho, pois eu te amo, não como amo Jungkook claro, mas te amo infinitamente meu amor.

Termino de falar logo plantando um selinho no topo de sua cabeça, o vendo erguer os olhos cheios de lagrimas, e logo começo a secar, rindo de sua fofura e deposito dois selos em cada bochechas suas.

Jm: Hyung, você me deixou emotivo seu merdinha, e eu também te amo Yoonie. Você e seu abraço será pra sempre meu lugarzinho especial.

Diz com uma voz um pouco manhosa e fungando enquanto se desvencilha do abraço.

Yg: Ok, agora vamos escolher logo o que você vai vestir pois já estamos quase atrasados, você vai com essa calça pois realça todas as suas curvas, e com essa camisa listrada vermelha com branca, e essa bota preta. Passa uma maquiagem para disfarçar o chororô que você fez aqui e vamos, sim?!

Digo enquanto vou pegando tais peças e pondo em seu colo, o vendo rir do final e estapeando meu braço.

Jm: Eu não fiz um “chororô” hyung.

Diz fazendo falsa birra, enquanto troca a camisa e coloca a bota, indo para frente da penteadeira e passando uma pouca maquiagem apenas para disfarçar.

Logo nos direcionamos para o carro, e não demorou muito e chegamos ate onde os garotos estavam nos esperando. Saímos do carro e logo eles vieram em nossa direção, com os VHope olhando admirados o menor ao meu lado. É eu fiz um otimo trabalho com as roupas, mas jamais posso tirar créditos do próprio, pois até quando está com suas roupas “desleixadas” ele encanta a todos.

Jn: Achei que nunca mais chegariam, já estou morto de fome.

Olhei para meu relógio e estávamos apenas 10 minutos atrasados, é um exagerado esse hyung.

Nj: Enfim, vamos nos organizar para fazermos tudo ocorrer bem, para que não haja imprevistos.

Yg: Certo, Nam, você já sabe né? Ir até o parque e conversar com os responsáveis para segurar a roda-gigante mais tempo, nem que precise ser pago. Jin, você irá escolher as alianças comigo, e V, Hope, e Minnie irão escolher as decorações. Minnie você já sabe as coisas que nós dois gostamos então será mais fácil, quando terminarem me avisem. Alguém vai precisar de carona?

Jh: Peraí, não era o Chim que escolheria as alianças com você?

Pergunta, e todos concordam em duvida.

Yg: Sim, mas eu fiz uma mudança de planos pois, se o Jimin é o que acompanhou meu relacionamento com o Kook mais de perto e por mais tempo, ele sabe mais sobre o que gostamos já que estava quase sempre com a gente, então iremos unir o útil ao agradável.

V: É, faz sentido, então vamos?

Perguntou animado, enquanto estendia a mão para J-Hope e Jimin, que logo foram pegas.

Jh: Eu estou com carro então não precisaremos de carona, mas obrigada Suga-hyung! Vamos?

Diz dando aquele seu belo sorriso de iluminar o dia de qualquer pessoa, logo direcionando a ultima fala para os que o acompanhariam, sendo prontamente atendido, logo os três foram em direção onde o que carro do mesmo estivesse estacionado.

Jn: Ta, agora fala a verdade.

Nj: Pois é, esse papo não nos convenceu, pode até ter razão, mas sabemos que não foi por isso que trocou de última hora o Jimin pelo Jin para escolher as alianças.

Perguntaram enquanto se viravam pra mim com cara de quem diz “desembucha logo”. Mas o segredo não é meu, por mais que seja visível aqueles três se gostarem.

Yg: Por agora não importa, logo vocês irão saber, agora vamos.

E então cada um foi para seu respectivo caminho.

JIMIN POV

Não acredito que o Yoonie fez isso, eu sei que foi pelo o que o disse mais cedo, e não por “os conhecer melhor”. Já estamos em frente a lojinha que compraremos as decorações, é ao lado da floricultura.

Th: Hey, Minnie, qual flor você acha melhor para decorar o apartamento?

Tae pergunta me abraçando de lado pela cintura, e logo J-hope aparece jogando um dos braços por cima do meu ombro, e perguntando:

Jh: Você acha que deveríamos pôr velas reais, ou as de pilha?

Jm: Ahm, eu acho que para as velas seria melhor as de pilha pois é menos arriscado, já quanto az flores acho melhor a flor lisianto rosa. (Foto na capa)

Respondi meio nervoso com a aproximação dos dois, e acho que os mesmos notaram.

Jh: O que foi Minnie? Parece nervoso, fizemos algo?

Diz o mesmo com uma carinha preocupada, fazendo um carinho em minha bochecha, a tornando ainda mais vermelhas do que já estavam, e Tae estava com um sorrisinho de lado, ai meu pai, to fodido.

Th: Minnie, você por um acaso está nervoso por nossa proximidade?

O mesmo pergunta enquanto vai se “colando" mais em mim, e Hope entendendo o que Tae dizia, vem chegando mais perto também, me deixando cada vez mais nervoso e vermelho, se eles continuarem eu vou desmaiar, já estou até vendo a vergonha.

Jm: Ahm, não... Quê? Não, eu estou normal, vamos comprar as decorações.

Digo me desvencilhando dos mesmo indo em direção a porta de entrada da loja, mas minha cintura é puxada e sou virado para ficar de frente para Tae que estava agarrado à minha cintura. Não vou mentir, adoro essa pegada, mas eu não estou acostumado, EU TO AO PONTO DE INFARTAR.

Jh: Chim, você tem algo para nos dizer?

Jm: ahm...

Th: Minnie, o que você quer nos dizer?

Jm:....

Jh: Ok, eu vou falar primeiro e espero que eu não me arrependa. Eu sou completamente apaixonado por vocês dois, mas não sei se vocês sentem o mesmo por mim, e quando o Suga-hyung teve essa ideia de pedido de casamento eu criei coragem para me declarar, mas queria que fosse em outro momento, mas enfim, é isso, só não quero que vocês se distanciem de mim por isso.

O mesmo falou de uma forma meio afobada, mas fofa.

Quando raciocinei direito o que ele falou e como ele estava nervoso por uma resposta, o puxei pelo braço para o abraçar e Tae fez o mesmo.

Th: Já que você já falou que gosta de nós dois, eu também tenho que dizer, eu sou apaixonado por vocês a muito tempo, desde que o Minnie ainda tinha um caso com o Yoon-hyung.

Jm: Não acredito, e a gente perdeu todo esse tempo? Ai meu Deus o Yoonie estava certo como sempre, ele havia dito que sentiu uma “tensão” entre nós três, como se nós três nos gostássemos mas eu não achava que era real com relação ao sentimento de vocês, mas eu sou apaixonado por vocês também.

Digo envergonhado e feliz ao mesmo tempo, logo recebendo um selinho de cada um. Estou muito feliz, obrigada Yoonie.

Th: Então, vamos logo comprar o que precisamos, pois quanto mais rápido terminarmos, mais tempo teremos para aproveitar o que perdemos.

Diz o mesmo logo nos puxando para as lojas, com um sorrisão em nossas faces.

YOONGI POV

Eu e Jin nos direcionamos ao meu carro para irmos até a loja de alianças, para que pudéssemos escolher a perfeita para meu coelhinho.

Jn: Desembucha logo o motivo de ter trocado sua “dupla de última hora antes que eu te leve a falência.

Yg: Aah taa, o Minnie gosta do Taetae e do J-Hope, e notei que aparentemente eles também gostam do meu pequeno, então pensei em deixar os três juntos para que talvez algum deles diga logo o que sente.

Jn: Ohh, entendi, eu também havia sentido já um clima entre eles, mas comentei apenas com o Nam mesmo, mas enfim, vamos logo escolher essas alianças.

Por fim fomos até a joalheria escolher as alianças (foto da capa).

NAMJOON POV

Depois de cada um ir na direção que deveria, fui até o parque de carro. Chegando lá, fui conversar com o responsável do Parque, conversei com um segurança que me levou até ele.

Nj: Ola, bom dia! Você é o responsável do Parque, certo?

Pergunto para o homem tatuado em minha frente, atrás de sua mesa.

JP: Sim, muito prazer, sou Jay Park, e você é?

Nj: Muito prazer, sou Kim Namjoon.

Digo, logo apertando sua mão estendida, e logo me sentando em uma cadeira de frente para o mesmo.

JP: Mas então, do que precisas?

Nj: Bom, eu queria saber se você teria como disponibilizar uma das cabines da roda gigante para que ficasse mais tempo lá no alto para um amigo meu, nem que tivéssemos que pagar.

JP: Hm, entendo, mas para o que ele a utilizaria?

Pergunta com as mãos entrelaçadas em cima da mesa, chegando com o corpo mais para frente.

Nj: Ele quer pedir o namorado em casamento, e como o mesmo gosta de parques de diversões e coisas clichês, meu amigo pensou que seria uma ótima forma de o pedir em casamento, você aceitaria qual valor?

JP: Hm, na verdade, até hoje ninguém nunca me pediu para segurar a cabine lá em cima por muito tempo, só alguns que queriam assustar seus amigos, mas nunca aceitei pois não sei se a pessoa possa ter algum medo, e não quero ser culpado de algum trauma de alguém, mas como é para um pedido de casamento, tudo bem, eu aceito, e não precisa ser pago, acho que um clichê na roda gigante possa ser divertido, me diga a hora do pedido que eu vou querer ver se ele irá aceitar.

Diz o mesmo, por fim dando uma leve risada. Demos um aperto de mão o agradecendo e logo me retirando, até que foi fácil.

2 DIAS DEPOIS

JUNGKOOK POV

Cheguei da academia e o hyung não estava em casa de novo, estranho. Logo recebi uma mensagem do Taetae.

CHAT ON

Tata:

Bunnyyyy.

Vamos no shopping comigo?

Por favorzinhooo!

Ajuda seu hyung.

Você:

Eu estou cansado, hyung.

Do que você precisa?

Por que não chama um dos outros meninos?

Tata:

Eu queria pedir uma ajuda para

pedir os Jihope em namoro.

E pensei que você poderia me ajudar.

Mas deixa, eu me viro sozinho....

Você:

Aish, hyung.

Eu te ajudo sim.

Mas... peraí.

Em namoro? Eles não tem que saber que você gosta deles, primeiro?

Tata: Então... nós meio que nos

declaramos hoje, e pensei, se nós

três sentimos o mesmo uns pelos

outros, por que não começarmos a

namorar?! Afinal nos amamos a

bastante tempo, só não sabíamos.

Você:

Ta ok, daqui a meia hora passa aqui, aliás, você sabe algo do Yoonie?

Cheguei em casa e ele não estava.

Tata:

Pior que não sei não.

Meia hora to aí.

CHAT OFF

Me arrumo com uma roupa simples, calça preta com um rasgo no joelho, e uma camisa branca. Desci para a sala esperar o hyung chegar. Não demorou muito e logo o mesmo já estava apertando a campainha insistentemente.

Jk: Oi hyung, para de apertar isso.

Th: Olá Kook, vamos logo, eu estou animado... e nervoso.

Diz enquanto vai me puxando, tranquei a porta e finalmente me deixei ser arrastado pelo mais velho.

Chamamos um táxi/uber e fomos em direção ao shopping. Chegando lá fomos em direção a loja da Gucci, a favorita do V-hyung.

Jk: Então, como ou o que fez vocês se declararem?

Th: Bom, nós... acabamos nos esbarrando por aí hoje, e acabamos por começar a conversar aleatoriamente... e comecei a brincar com o Minnie quando ele ficou vermelho com nossa proximidade, então acabou por ficar meio que uns sentimentos aparentes, e o Hope cansado de guardar pra si, obrigado Amor da minha vida por não ter aguentado mais, enfim, ele se declarou e acabamos por nos declarar também, e agora eu queria pedir conselhos para um pedido de namoro decente, e ai?

Jk: Bom, como eu gosto de coisas mais clichês, pra mim seriam, tipo ao pôr do sol em uma roda-gigante, ou então em um jantar.

Terminei de falar e fomos em direção ao caixa para pagar alguns acessórios que Tae comprou.

Th: Boa ideia, vamos na joalheria agora comprar as alianças.

Quando compramos as alianças fomos para a praça de alimentação e ficamos conversando, na hora de ir pra casa, Tae falou para pedirmos ao Yoonie para nos buscar, então o liguei e logo o mesmo afirmou que estaria a caminho. O mesmo não demorou a chegar e logo fomos em direção a casa de Tae, nos despedimos e então Yoongi mudou a rota que deveria ir para nossa casa.

Jk: Para onde estamos indo?

Yg: Você logo vai saber, é uma surpresa.

Diz o mesmo, pondo a mão livre em minha coxa.

Logo chegamos em frente a um parque de diversões, eu amo parques de diversões. Mas, peraí, por que ele fez essa surpresa?

Jk: Eu amei amor, mas... por que me trouxe aqui do nada?

Perguntei tirando o cinto e me virando para o mesmo.

Yg: Meu bem, você esqueceu que dia é hoje?

Perguntou se virando para mim com uma carinha de nervoso.

Jk: Ahn, eu não... OHH é nosso aniversário de namoro, meu Deus, me desculpe meu amor, eu esqueci completamente, eu sou um péssimo namorado.

Falei já com os olhos lacrimejando, não acredito que uma das datas mais importante de nossas vidas eu esqueci.

Yg: Calma meu amor, não tem problema, vamos lá sim?

Falou fazendo carinho em minha bochecha, logo saindo do carro e abrindo a porta para mim, respirei fundo para não querer chorar, e saí, demos as mãos e fomos para dentro do parque.

Passeamos por vários brinquedos, barraquinhas de tiro, compramos algumas besteiras para comer, e por fim, fomos à roda-gigante, meu brinquedo favorito principalmente neste horário em que o sol está se pondo. Chegamos na fila, e Yoongi começou a trocar mensagens com alguém, logo que chegou nossa vez apareceu um homem tatuado e bonito para falar com o hyung. Não prestei atenção na conversa mas logo entramos na cabine, fiquei com um bico em meus lábios, admito que por um pouco de ciúmes.

Yg: Hey meu amor, o que foi?

Perguntou chegando mais perto, e me puxando pela cintura. Fraquejei, amo demais esse homem.

Jk: Quem era aquele cara?

Pergunto me virando para o mesmo.

Yg: Oh, é um amigo do Nam, logo você vai entender porque ele veio conversar comigo, sim? Agora, aproveita a vista meu amor.

Logo que ele disse isso, foi quando a nossa cabine parou lá em cima, eu amo essa hora.

Comecei a perceber que estava um tempinho a mais que o normal, e senti Yoongi se afastando um pouco, quando me virei o mesmo estava ajoelhado em minha frente, se é o que estou pensando ou vou chorar.

Yg: Meu amor, hoje completamos 3 anos de namoro, e eu nunca estive tão feliz quando nesses três anos em que te conheci, você foi uma das melhores pessoas que tive o prazer de conhecer em toda minha vida, eu amo você mais que tudo, mais do que jamais amei alguém, e sei que vou continuar te amando, e espero que você também, pois eu quero viver o resto da minha vida com você, amando você, e sendo amado por você, se quiser podemos ter filhos, humanos ou animaizinhos, eu só quero que você seja feliz ao meu lado. Jeon Jungkook, meu bunny, você aceita casar comigo?

Eu já estava me debulhando em lágrimas, me joguei em cima do mesmo o abraçando e consequentemente fazendo com que a cabine balance um pouco, mas não me importei com isso, simplesmente enchi ele de beijos e por fim o respondi.

Jk: Sim, sim, sim, obvio que sim, eu te amo meu amor.

Yg: Eu também te amo meu bem.

E escutei alguns berros lá em baixo, e se pareciam muito com nossos amigos. Quando a roda voltou a girar e chegou nossa hora de descer, aquele cara bonitão tatuado voltou até perto de nós juntos aos meninos.

Jk: Vocês sabiam disso? Por isso você inventou aquele papo de pedir o Jimin e o Hope em namoro? Não acredito.

Falei indignado, e logo o tae ficou com um rosto envergonhado e Jimin e o Hope com rostos surpresos, enquanto os outros quatro com rostos risonhos.

Th: Não Jungkook, essa parte era uma surpresa para eles.

Disse, enquanto frisava bem a palavra surpresa, e vi que fiz merda. Mas não tenho culpa vai.

Jk: Oh... desculpe hyung....

Th: Bom, já que o Jungkook acabou com toda a surpresa... -o mesmo se ajoelhou em frente aos seus dois amados- vocês aceitam namorar com esse garoto bobo-apaixonado que ama vocês?

Os dois se entreolharam com olhos cheios de lágrimas, e logo puxaram tae para um abraço apertado.

Jm & Jh: Siim.

Jp: Que bom que ocorreu tudo bem, vocês todos formam casais lindos demais, todo amor do mundo para cada um de vocês, e que vocês sejam muito felizes.

Agradecemos e desejamos o mesmo e logo ele se despediu e saiu.

Jk: afinal, quem era ele?

Nj: É o Jay Park, o dono do parque.

Sj: Nam veio conversar com ele para que o mesmo liberasse que a cabine ficasse mais tempo lá em cima para o pedido, e ele aceitou, disse que foram as primeiras pessoas as quais ele liberou mais tempo lá em cima, ainda mais de graça.

Jk: Wow, legal, quando nos casarmos quero que ele seja convidado, sim?!

Yg: E será meu amor, tudo o que quiser. Agora vamos pra casa meu bem.

Nos despedimos dos meninos, e então cada um foi para seu destino, nós fomos a caminho de nossa casa. No carro comecei a passar a mão que estava com a nova aliança na perna do meu agora noivo, subindo por sua coxa o vendo arfar.

Yg: Não me provoque meu bem, eu estou dirigindo.

Disse me olhando de lado, claro que não parei.

Jk: Por que bebê? Não estou fazendo nada de mais, hm?

Continuei a passear com minha mão até chegar em seu membro onde massageei com um pouco de pressão o ouvindo gemer e trincar o maxilar, não demorou e logo chegamos em nossa residência, saímos do carro aos beijos, quando chegamos a porta foi difícil de destrancar pois estávamos ocupados com os beijos e mãos bobas, nos separei, abri a porta e quando entramos a tranquei prensando Yoongi na porta. Acabei por olhar ao redor e ver que estava tudo decorado, desculpe meu bem, mas agora essa é a menor das minhas preocupações.

Jk: Essa decoração ficou linda meu amor, mas agora quero apenas ter a visão linda de você gemendo pra mim ir mais fundo e forte dentro de você.

Falei o pegando no colo e dando falsas estocas por cima da roupa, o ouvindo gemer manhoso em meu ouvido enquanto arranhava minhas costas por cima da camisa. O levei até o quarto e o joguei na cama, apreciando a bela visão do mesmo com a respiração desregular, lábios apetitosos inchados, bicos do peito eriçados, a camiseta larga que subiu mostrando até um pouco da costela do mesmo, e o membro marcando na calça. Visão do paraíso.

Yg: Anda logo Bunny, eu quero você dentro de mim o mais rápido possível.

O mesmo fala manhoso, massageando seu membro, e começando a tirar as roupas. Fiz o mesmo e logo avancei por cima dele, ficando no meio de suas pernas.

Jk: Calma gatinho, está tão necessitado assim?

Pergunto, distribuindo beijos, chupões e mordidas em seu pescoço e clavícula até chegar em seus mamilos eriçados, onde comecei a chupar um e beliscar o outro, o ouvindo gemer um pouco auto.

Yg: Ah, sim jungkookie, estou Necessitado de você meu amor.

Quando o ouvi, o virei de bruços na cama, ergui seu quadril o colocando de quatro e logo enfiando meu rosto em meio as suas bandas, o ouvido dar um gemido/gritinho assustado. Comecei a chupar e estiquei três dedos para que o mesmo chupasse, não demorando e logo o mesmo o fez, ele chupava tão bem e fazia barulhinhos tão prazerosos que sentia meu membro fisgar e querer mais que tudo entrar no meu garoto. Tirei os dedos de sua boca, o ouvindo reclamar mas logo gemer por sentir um dentro entrar junto a minha língua dentro de seu orifício. Comecei a mover o dedo indicador junto a minha língua, e fui inserindo mais um e depois mais outro dedo até que estivesse bem preparado para mim. Quando terminei, me afastei o ouvindo soltar um resmungo e me fazendo rir soprado, vesti uma camisinha que estava na gaveta da cômoda, e encaixei meu membro em sua entrada.

Jk: Está pronto amor?

Yg: Sim kookie, mete logo.

Como pedido, enfiei tudo de uma vez e o outro gemeu auto, e virar o rosto por cima do ombro me fazendo ver as poucas lágrimas acumuladas em seus olhinhos gateados, me preocupei na hora.

Jk: Meu amor, eu te machuquei?

Yg: Não Kookie, só espera um pouco e logo você pode ir.

Jk: Como você ainda consegue ser tão apertado mesmo depois de 3 anos de fodas diárias e tendo de preparado?

Perguntei indignado e o mesmo deu uma risadinha, logo rebolando em meu pau, indicando que já podia me mover.

Yg: Não sei Kook, talvez seja por seu membro ser grande e grosso demais que nem nesses três anos meu cuzinho foi capaz de se acostumar com esse volume todo.

Disse me olhando e jogando o corpo pra frente e pra trás se fodendo em meu pau.

Gemi, e segurei sua cintura com possessão, e. logo estapeei suas bandas o ouvindo soltar gemidinhos cada vez mais deliciosos e autos.

Yg: Ahh, isso K-Kookie, me fode como só você sabe.

Jk: Ah vadia, você é tão apertado, porra.

Comecei a estocar cada vez mais rápido o menor, fazendo a cabeceira da cama bater contra parede com cada vez mais força, e logo o mesmo começou a gritar com a força que eu entrava nele, e batia na bunda do mesmo. O virei de costas na cama, sem sair de dentro do mesmo e voltei a meter fundo e forte dentro dele, ele me puxou para um beijo molhado e desajeitado por conta das estocadas, mas não nos importamos, contando que estivéssemos aproveitando o contato. Eu abafava seus gemidos com a minha boca quando o mesmo não nos separava para gemer. Até que ele gritou de prazer e soube que havia acertado seu pontinho doce.

Jk: É aqui meu amor? Eu acertei, hm?

Yg: A-ahh sim Kookie, sim, acerta de novo amor.

E continuei a estocar, até que senti o mesmo querer me controlar, então me deitei e o deixei controlar a situação.

YOONGI POV

Comecei a quicar no colo do meu coelhinho, sentindo acertar meu ponto doce, me aproximando cada vez mais do meu orgasmo. Quicava cada vez mais forte, sentido seus tapas e apertos em minha bunda, e o mesmo as vezes se inclinando para chupar meu peito, fazendo com que seu membro se movesse dentro de mim, nos dando cada vez mais prazer, até que o mesmo começou a gemer mais alto e então iniciou um masturbação em meu membro, quase me tirando de órbita e por fim, não me aguentando mais, acabei gozando em seu abdômen e em sua mão, acabando por apertar seu membro dentro de mim, causando pressão e logo o mesmo também se derramou na camisinha ainda dentro de mim.

Yg: Ahh Kookie.

Jk: A-ahh Yoonie.

Me deitei em cima dele, enquanto ele retirava seu membro de dentro de mim, amarrou a camisinha e jogou numa lixeira ao lado da cama, e me abraçou apertado.

Jk: Eu te amo meu gatinho, obrigado pela surpresa.

Yg: Eu também te amo meu amor, mais que tudo, e obrigada por trazer essa felicidade pra minha vida monótona.

Jk: obrigado por me fazer feliz meu bem. Agora vamos tomar um banho, e comer algo, sim?!

Yg: Vamos, me leva no colo Kook, não consigo levantar.

Jk: Qualquer coisa pelo meu bebê, vou te encher de carinho, dar um banho nesse gatinho, e vamos comer para termos energia, pois a noite vai acabar por aqui, hm?

O mesmo diz, já me pegando no colo e se dirigindo para o banheiro.

Uma semana depois

Está eu, Jimin e Jin em minha sala, escolhendo as coisas para o casamento que vai ser feito daqui a 7 meses, um tempo curto para preparar um casamento na visão de algumas pessoas, e um tempo longo na visão de outras, mas pra mim é o suficiente, afinal, no fim se nos casarmos em 1 mês, ou 1 ano, contanto que seja com o amor da minha vida, eu já estarei feliz, igual ao Jin está feliz com o Nam, e Jimin que finalmente está com aqueles dois paspalhões.

Logo Nam, J-Hope, Tae e o meu Kook, chegaram em casa e já foram se jogando em seus respectivos namorados querendo carinho, sim são um bando de carente, mas não vou mentir, também sou. Jungkook me tirou do sofá, sentou e me puxou para seu colo, de lado.

Nj: Sobre o que estão falando?

Sj: estávamos resolvendo algumas coisas do casamento do Yoon.

Jh: Não vejo a hora de ser o nosso.

Yg: opa, calma ai, vocês mal começaram a namorar, aliás, eu tenho que me certificar que não vão magoar meu bolinho, pois se fizerem o meu bolinho chorar eu arranco o pau de vocês dois e os faço comer.

Digo com uma cara séria, os vendo engolir a seco.

Yg: Mas sei que vocês não são loucos de magoar me mochi, certo?

Pergunto com um sorrisinho um pouco... hmm... talvez cínico seria a palavra correta?! Pode ser.

Jm: Calma Yoonie-hyung, também te amo.

O mesmo diz brincando e talvez querendo provocar tanto seus namorados quanto meu noivo. O que deu certo, e eu, Jimin, Nam e Jin apenas demos risada.

Yg: Também te amo pequeno.

E acabou que o mesmo formou um bico gigante e manhoso em seus lábios já volumosos, nos arrancando mais gargalhadas.

Acabou que nosso tarde e noite foi resumida em brincadeiras, provocações, ameaças -da minha parte- e claro, muito amor com essa família. Estamos bem e felizes, e é isso o que importa.

Fim 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, caso vejam algum erro ortográfico ou algo do tipo, oi algum comentário construtivo podem comentar, obrigada para quem leu, a quem comentou e a quem deu favorito, eu amo vocês demais
Se cuidem, cuidem da saúde de vocês usem mascaras, álcool em gel, e não saiam na rua se não for necessário, amo vocês anjos! 💜🥺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...