História Um Colírio Para Os Olhos - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood
Tags Evil Queen, Lana Parrilla, Ouat, Outlaw Queen, Outlawqueen, Regina Mills, Sean Maguire
Visualizações 40
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Se eu errei uma palavra, desculpa, meu teclado e meio louco. 😊

Capítulo 4 - Uma Linda Mulher


Fanfic / Fanfiction Um Colírio Para Os Olhos - Capítulo 4 - Uma Linda Mulher

Estava no meu quarto me arrumando, e dessa vez não entrou ninguém, então, tirei minha roupa e comecei a me trocar. Olhei para o sofá perto da lareira e tinha um vestido preto que aparentava ser apertado. Quando o visto, mal conseguia respirar direito.

-Que vaco ontem, hein, Regina? -Robin diz me assustando, me virei pra ele dando uma risada debochada. Ele apenas cruzou os braços, logo em seguida tirou uma caixinha vermelha da mão. -Então, minha mãe me mandou te dar o anel de uma vez. -ele diz pegando o anel na mão.

-Mas... Falta muito tempo pra nos casarmos. -digo, mas ele sorri, e admiro as covinhas dele, ele era arrogante e hoje sei porquê as mulheres ficam aos pés dele, ele é muito sensual. -E pare de me olhar assim. -digo me virando de costas. -E pare de olhar pra minha bunda, não deseje o que não pode ter. -digo e rio.

-Uma vez na vida eu vou pegar nessas coisas que você tem. -ele diz malicioso, cruzo os braços e cruzo os braços, estendo a mão a ele, Robin a segurou e pôs o anel, em seguida me puxou pra mais perto.

-O que pretende? -pergunto, mas logo me beijou, abri meus olhos, pude vê-lo com seus olhos fechados, as mãos estavam no meu rosto, eu queria empurra-lo, não quero dar esse prazer a ele. -Chega! -digo, saindo de perto dele e me deitando no sofá.

Coloquei as mãos no rosto e comecei a pensar, logo olhei Lara o anel no meu dedo, era muito bonito, coloquei mais perto do meu rosto, fiquei encarando a pequena jóia na aliança.

-Regina querida, e a aliança? -Cora pergunta, se senta nos meus pés e começa a massagear já que eu estava descalço. -Você gostou dela? -ela pergunta.

-É muito bonita. E... É realmente necessário a noite de núpcias? -pergunto, fechei os meus olhos e relaxei um pouco, sempre que minha mãe massageava meus pés, ela queria algo.

-Você não teve com Leopoldo?

-Não. Ele era velho, eu só não falava isso na cara dele. -digo, ela deu uma risada boba e foi para o outro pé. -Acho que ele nem ficava duro mais. -digo rindo de forma debochada.

-Ainda bem que não disse. -ela diz, e logo comecei a pegar no sono, meu Deus! Eu sou muito preguiçosa.

Acordei ainda no sofá, Robin estava ajoelhado no chão a minha frente me esperando acordar, sorriu ao me ver abrir os olhos, me sentei e o encarei.

-O que você quer? -pergunto, coçando meus olhos e pondo meu cabelo atrás da orelha. Ele se sentou do meu lado e fez uma posição clássica. -Fez alguma cagada que eu devia saber? -pergunto, ele nega com a cabeça.

-É que você beija muito bem... -ele diz, me levantei e fui até os estábulos, e o Sr. Colírio veio comigo. -Posso ir com você?

-Claro. Se souber cavalgar. -digo, pego um cavalo e o sinto me puxar.

-Te desafio a cavalgar sem sela. -ele diz, sorrio maléfica e pego uma das cordas, e amarrou no pescoço do animal. -Mas eu vou com você. -ele diz, arrumou um cavalo.

Fomos até as terras do meu palácio, comecei a correr pela redondeza, me afastando do Robin. Quando ele me alcançou, paramos perto de uma casa com algumas vacas.

-Eu não sabia que moravam nas minhas terras. -digo, aperto a barriga do cavalo e me aproximo com Robin pra perto dela, a casa tinha um pasto grande e alguns cachorros. Robin foi na frente pra evitar que eu fizesse besteira. Logo eu vi uma mulher de cabelos ruivos e um vestido longo e vermelho. -Mia?! -chamo, mas ao me ver ela corre pra dentro da casa.

-É a Mia? -Robin pergunta, mas eu já tinha começado a correr até a casa dela, desci do cavalo e bati na porta com raiva.

-Mia? Eu seu que está aí! -digo, ponho as mãos na cintura, andei de um lado para o outro, mas quem abre a porta é um homem, provavelmente o pai dela. -Marco. A Mia está aí e quero falar com ela.

-Perdão, Majestade, mas eu quero você longe da minha filha! -ele diz e fecha a porta no meu nariz, Robin segurou meu braço com uma força.

-Robin, qual é? Eu preciso falar com a Mia!

-O que você fez pra ela? -ele pergunta, rapidamente parei de falar e suspirei.

-Não te interessa.

🔯

Quando voltamos, Robin insistia em perguntar o que eu tinha feito a Mia, e fora fora que eu não queria lhe contar. Fui para meu quarto e fechei a porta na cara dele.

-Ah, Mia, por que você ainda me odeia? -eu me pergunto enquanto encostada na porta, pus as mãos no rosto e Tapei a cara. -Meu Deus... -sussurro e vou trocar de roupa, Robin disse que eu teria que escolher o vestido de noiva.

Coloquei um vestido azul, estava sob pressão, me surpreendo ao entrar na sala, um longo vestido de noiva com flores bordadas, me aproximei mais dele e toquei, é macio e aparenta ser confortável.

-Nossa, é muito bonito... -digo sorrindo, Robin toca meu braço e me da um beijo no ombro, depois do nosso beijo ele ficou um pouco íntimo comigo. -Robin, não me toque sem minha permissão. -digo, ele se afasta dando uma risada boba.

-Claro. Esse será seu vestido, minha mãe escolheu. -ele diz, logo a mãe dele me estende o vestido.

-Quer que eu coloque o vestido? -pergunto, Rachel afirma que sim e eu pego o vestido, levei até meu quarto e fechei a porta. Pus o vestido na cama e comecei a tirar o meu, ao ouvir alguém abrir a porta peguei a coberta e me enrolei. -Robin? O que tá fazendo auí? Sabia que eu estaria trocando de roupa. -digo, ele ri e olha um pedaço dos meus seios que eu não cobri.

-Eu sabia. Por isso eu vim. -ele diz, logo pega minha cintura e me beija, não neguei o beijo por um só segundo, mas queria deixa-lo excitado.

-Robin, tenho que pôr o vestido. Com licença. -digo o empurrando pra fora do quarto, ouvi a risada dele. Tirei a coberta e enfim peguei o vestido, foi muito complicado de vestir.

Quando saí do quarto, todos ficaram me olhando com o vestido de noiva, Robin admirou mais ainda.

-Essa é a noiva mais linda que eu já vi. -diz Rachel, se aproximando, mas eu me afastei dela e fui um pouco mais longe, não quero que me toquem. -Ok. Você está ótima com esse vestido.

-Eu sei. -digo exibida, de um sorrisinho sacana, me apertei com minhas mãos, Robin se aproximou com aquele olhar malicioso dele. -Você só vai admirar, Robin, você só vai me beijar e tocar uma vez, que será na noite de núpcias. -digo.

-Eu sei. Mas mesmo assim mal posso esperar. -ele diz, todos se sentaram e ficaram me admirando com o vestido, e Robin, bem, já me olhava de forma diferente esperando algo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...