História Um Conto Desencantado - Capítulo 61


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Bangtanboys, Bts, Chanbeak, Conto De Fadas, Exo Filhos, Farytail, Hunhan, Imagine Bts, Jungkook, Kaisoo, Livros, Menção Kristao, Menção Sulay, Namjin, Principes, Romance, Taehyung, Xiuchen
Visualizações 55
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii meus amores!!!❤❤❤❤❤❤❤❤❤
Tudo bem com vcs?

Obrigada mais uma vez pelos favoritos e comentários!

Dessa vez demorei um dia só! Palmas pra mim 👏👏👏👏

Enfim, espero que gostem!
até as notas finais!
Beijocas!

Capítulo 61 - Sonhos Estranhos


Fanfic / Fanfiction Um Conto Desencantado - Capítulo 61 - Sonhos Estranhos


               《Baekhyun On 》


Eu estava perdido, não sabia o que fazer. Aquele ser a minha frente parecia irritado, e aquilo não era bom.

Seus olhos voltaram ao vermelho sangue e suas mãos já se encontravam inflamadas pelo fogo.

Meu desespero era evidente, meu coração estava a mil e começava a sentir a falta de ar me alcançar.

Droga, logo agora eu teria que ter um ataque de asma?

Olhei de novo pro " cabeça quente " (assim como eu havia o apelidado carinhosamente a um segundo atrás), fiz o que qualquer pessoa em sã consciência faria...

Isso mesmo , sai correndo como se não houvesse amanhã, mas a falta de ar não me ajudou, o que fez com que eu tivesse que me esconder no lugar que eu julgava ser seguro naquele momento, ou seja, no pequeno closet do meu quarto...

Fechei a porta as pressas e me encolhi em meio às roupas.

Minha respiração ainda estava descompassada, mas eu tentava de tudo pra não fazer barulho e não ser descoberto.

Eu estava assustado, parecia que estava dentro de um filme de terror, onde o mocinho se esconde, e no ápice da música o monstro o encontra, fazendo todos do cinema dar um pulo de susto.

Mas dessa vez não era um filme, aquilo era real....bom pelo menos se for um pesadelo, parece bem real pra mim.

Meus pensamentos foram interrompidos por um barulho vindo das escadas.

 Ele estava subindo!

Me desesperei, e já não conseguia segurar o choro em meio ao medo que estava sentindo naquele momento.

Mordi minha mão, numa forma de impedir que eu fizesse qualquer barulho.

Pelas fendas do pequeno closet, eu podia observar a luz que vinha por debaixo da porta fechada do quarto  , ficando cada vez mais forte. 

Os barulhos de passos se tornavam cada vez mais próximos, arrepiando minha espinha. 

Pulei de susto quando o estrondo da porta sendo arrombada se fez presente.

Não pude evitar de entrar em pânico.

Naquele momento eu já fazia meu testamento mentalmente.

Deixaria minhas economias pra minha mãe, meus pôsteres de anime pra vizinha, meus preciosos cds de kpop pra Mia, e os poucos livros pro Kyung .

Meu testamento foi interrompido, quando em um puxão a porta do closet foi aberta pelo "senhor do fogo " .

Acho que eu não deveria dar apelidos pro assassino que iria me matar, mas não consigo controlar!

Me encolhi mais ainda com a figura a minha frente. Internamente eu rezava para que eu estivesse invisível em meio às roupas.

Mas como sempre, estava errado.

A criatura se abaixou, até estar a minha altura, o que não ajudou a diminuir o meu desespero.

Esticou a mão em chamas em minha direção.

Pronto, agora ele vai me queimar vivo! Mas tinha que começar justo pelo meu precioso rostinho?

Fechei os olhos, esperando que a dor viesse, junto com as queimaduras, mas pra minha surpresa, a única coisa que senti foi uma mão macia tocando meu rosto , limpando minhas lágrimas.

Tal ato fez com que eu abrisse meus olhos assustado, encontrando o " foguinho " a minha frente, mas dessa vez com as chamas apagadas, e ele parecia me olhar preocupado.

- Não chora... eu não queria te assustar...- disse o homem a minha frente, me surpreendendo por suas palavras. - Eu não sei lidar com pessoas chorando! - disse frustrado, quase apavorado ao me ver chorar.

Tomei coragem e o afastei, enquanto falava:

- Eu tô chorando por culpa sua! - o acusei, o que pareceu o deixar mais apavorado.

Desde quando um cara que pega fogo, deixando ênfase no PEGA FOGO, ficaria desesperado ao ver alguém chorar?

- Os humanos vazam água pelos olhos quando choram, e isso me deixa assustado...- disse o " fósforo " a minha frente.

O que? Faz sentido chamar ele assim tá! Ele é alto que nem um palito e pega fogo oras, um fósforo em pessoa!

- Vai embora! - ditei simples. - Eu não sei o que ou quem você é, mas vai embora! Ou eu chamo a polícia!

- O que é polícia? É o rei desse universo? - Ele só podia tar de brincadeira né? Apesar de que agora não duvido mais de nada, afinal eu vi um cara que pega fogo, PEGA FOGO!

Acho que tô ficando louco, é isso! Deve ser a falta de sono que tá me afetando, ou eu devo ter comido algo estragado no jantar...

Ele se sentou a minha frente, sem deixar espaço para uma possível fuga, inflamou sua mão pelas chamas, e em meio a elas surgiu uma flor diferentes de todas que eu já havia visto.

Era como uma rosa , mas possuía um brilho dourado inexplicável. 

Ele apagou o fogo e estendeu a flor em minha direção.

- Sou Park Chanyeol, filho do rei legendário, escolhido de Kidon , herdeiro do reino de Guebbak  e guardião do fogo, aceite essa flor como um pedido de desculpas, ela é preciosa em minha terra assim como você é pra mim nesse momento...

Peguei a flor de sua mão com um pouco de vergonha e receio mistos.

- Preciso que me ajude...- continuou dizendo - Não faço idéia onde estou e muito menos como voltar para o meu reino....

E foi assim que eu conheci o " isqueiro humano " ou Park  Chanyeol, assim como ele tinha se auto denominado, um Deus do fogo que bagunçou minha vida, e outras coisas mais, mas principalmente meu coração.

Ops spoiler!

Mas cada coisa no seu tempo, ainda tenho muita coisa pra contar até lá...

              



               《 Baekhyun Of 》

               



                 《 Sehun On 》



Já estou cansado desse lugar! Ainda mais Depois do dia do redfox ,que meu tio não deixa eu colocar mais o pé pra fora daquela casa. 

Mas hoje vai ser diferente, não tem como dar errado.

Meus tios estão em um jantar importante da gravadora em que meu tio Jimin trabalha. Minseok foi dormir na casa do namorado, e Mia estava trancada no quarto estudando pra semana de prova, ou seja, não tem ninguém pra me vigiar.

Coloquei minha jaqueta, peguei a chave da casa, já que eu não pretendia entrar pela janela depois.

O redfox era perto, então decidi ir à pé mesmo.

Quando estava saindo, ouvi a voz de Mia me questionando:

- Aonde pensa que vai? - olhei pra trás a encontrando na ponta da escada, bufei.

- Eu só ia dar uma volta...- disse simples. 

- Conheço muito bem o tipo de "volta "  que você costuma dar Sehun....- disse cruzando os braços.

- Qual é? Não faço nada demais...

- Faz sim, e você sabe disso! - disse bufando , e voltando a atenção pra mim - Vamos fazer assim.... eu finjo que não te vi saindo, mas em troca você promete não arranjar confusão dessa vez e chegar em casa, sem precisar ser carregado...

- Feito! - digo  sorrindo, lhe abanando a mão e saindo da casa as pressas.

Não demorou muito até eu chegar ao redfox, e como todo dia de sexta, o lugar estava cheio , principalmente por hoje ter música ao vivo, o que atraia muitos estudantes da faculdade daqui de perto.

Me dirigi até o balcão de bebidas, e pedi algo sem muito álcool, não iria abusar hoje pra não ficar de ressaca e deixar minha escapada clara pro meu tio.

Apesar de ter dezenove anos, todos ao meu redor ainda me tratam como criança.

Algum tempo depois , foi anunciado a primeira apresentação da noite.

Não liguei muito, e continuei concentrado em minha bebida.

Mas a voz que assumiu a canção me chamou atenção, e fez meu coração bater de uma forma estranha.

Quando olhei em direção ao pequeno palco do lugar , senti meu coração disparar, como se tivesse corrido uma maratona.

Eu não conseguia desviar os olhos do garoto no palco, como se eu estivesse hipnotizado, sua voz me causando arrepios.

Em algum momento da música, me vi em frente ao palco, enquanto meu olhar se chocava com o do garoto loiro que cantava e dominava as batidas do meu coração.

Se antes eu dissese algo sobre paixão a primeira vista, poderia ter certeza de que eu estava chapado, mas agora, não é como se fosse uma coisa dos livros de romance que Mia lia . E pelo resto da noite , somente uma coisa se passava em minha cabeça : Eu precisava conquistar aquele garoto.

                



                   《 Sehun Of 》

               



                   《 Julie On 》



Acordei assustada durante a noite , tinha tido mais um daqueles pesadelos.

O mais estranho deles, é que tudo parece tão real que os tornam perturbadores, além de serem sempre os mesmos.

Eu sempre estava em um quarto coberto de desenhos de um rapaz, mas nunca consigo decifrar seu rosto, já que sempre estão borrados.

Outras vezes me encontro em um castelo coberto pela escuridão e vozes assustadoras.

Mas nos últimos dias os sonhos vinham mudando.

Uma hora estava chorando, me sentia fraca e pedia incessantemente desculpas a alguém, e no final eu acabava morrendo. Logo depois eu acordava assustada, assim como estou agora.

Não sei o que esses sonhos significam, mas estão começando a me deixar assustada de verdade, afinal o que eles significavam?







Continua.......







Notas Finais


Então foi isso!
Espero que tenham gostado!
desculpa qualquer erro!

E ai ? Alguma teoria ? Kk

Até o próximo capítulo!
Beijocas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...