1. Spirit Fanfics >
  2. Um conto do destino >
  3. Enoshima Island Spa

História Um conto do destino - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii, gente!!! 💕
Eu me chamo Be e espero que vocês estejam gostando dessa fic, estou a escrevendo com muito carinho, esse é o meu primeiro projeto e é importante para mim. 🥰

Estou postando duas vezes por semana, na quarta e no domingo.

Obs: Fiz algumas alterações nas características da Kagura, lá no final do capítulo 4!!!! Corre lá pra ver ❤️

Obs2: os personagens não são meus e sim da Rumiko Takahashi.

OBS3: no final do capítulo tem o link com algumas informações sobre roupas e lugares citados!!!!

Capítulo 16 - Enoshima Island Spa


CAPÍTULO 16:


Inuyasha, Miroku e Sesshomaru também estavam no mesmo quarto e estavam se trocando.


Miroku: E aí, Inuyasha você e a Kagome conseguiram conversar direito depois do festival?


Inuyasha se lembrou que acabou não comentando com Miroku e com Sesshomaru o que houve. 


Sesshomaru: kkkkkkk Eu acho que sim, porque ela estava lá em casa ontem… mas especificamente no quarto dele. (disse debochado)


Miroku olhou para Inuyasha e parecia estar tendo um ataque.


Miroku exclamou: O QUE?!?!?! COMO VOCÊ NÃO ME CONTOU ISSO? Eu achei que éramos melhores amigos (estava fazendo drama fingindo estar magoado)


Inuyasha: Keh! É que foi tudo muito rápido, eu acabei esquecendo de contar. No dia do festival nós dois conversamos sobre o que houve no primeiro dia de aula, ela disse que inicialmente me beijou para irritar a Kikyo, mas que também queria isso.


Sesshomaru e Miroku se encararam.


Miroku: Achei que isso dela realmente ter tido vontade de te beijar, já estava óbvio kkkkk


Inuyasha: Eu tinha receio de ter sido só para irritar a Kikyo….



Sesshomaru: Realmente você é muito lerdo Inuyasha…


Inuyasha: Ken! Eu não sou nada, idiota! 


Miroku: Desculpa Inuyasha, mas eu vou ter que concordar com o Sesshy kkkkk. Só sendo muito lerdo para não notar que a Kagome tá tão apaixonada por você quanto você está por ela, ainda mais depois daquela apresentação no festival.


Sesshomaru: Verdade, a química de vocês era nítida!


Inuyasha corou, ele se sentiu idiota por não ter percebido que Kagome gostava dele antes. 


Inuyasha: Ahh, ela me disse que também tem sonhos com um menino desde criança e que quando me viu, ela sentiu que eu era ele. 


Miroku; E você contou para ela sobre os seus sonhos?


Inuyasha: Contei sim e disse que senti que ela era a menina que aparece nos meus sonhos desde criança. 


Sesshomaru: Hm… Inuyasha, talvez seja ela mesmo! 


Inuyasha olhou para Sesshomaru  que estava pensativo


Inuyasha: Você acha mesmo??


Sesshomaru: Aham, explicaria aquilo que você sentiu quando viu ela pela primeira vez e essa química que vocês tem quase que instintivamente. E é estranho, mas parece que tem algo em vocês, que se completa, eu não consigo explicar o que é, mas eu sinto isso. 


Naraku bateu na porta do quarto deles, dizendo que eles estavam atrasando o resto do grupo, Inuyasha revirou os olhos, eles acabaram de se arrumar, se juntaram ao resto dos meninos e foram em direção à piscina. 


Eles chegaram à piscina e notaram que Kagura já estava lá com as meninas, os garotos pareciam hipnotizados pela visão que tinham das meninas de biquíni. Naraku viu que Kagome estava na borda da piscina com suas amigas e não pode deixar de notar a peça que ela usava, um biquíni preto asa delta que valorizava todas as curvas de dela, ressaltando sua cintura fina, os quadris largos e os seios fartos. Era difícil tirar os olhos dela, aquele corpo o hipnotizava, fazia ele querer conquistá-la e tê-la para ele, mas ela ainda era muito nova, Naraku teria que esperar. 

Acordando de seus pensamentos, passou algumas informações sobre o horário do almoço aos alunos, onde deveriam se encontrar, os liberou e foi se juntar a Kagura. 


Kagura estava deitada em uma cadeira pegando sol e bebendo um suco, ele não deixou de notar que também estava linda mas não tanto quanto Kagome. A mulher estava com óculos de sol e um maiô preto, tão justo que parecia ter sido feito de látex, ele era cavado e tinha um decote profundo que deixava notável os seios fartos de Kagura. Naraku não podia negar que ela era uma mulher maravilhosa, inteligente, sexy e muito boa de cama, mas ela não passava disso para ele e infelizmente, parecia que ela não aceitava isso. Mas isso não o impedia de usá-la quando quisesse para satisfazer seus desejos. 


Ela notou a presença de Naraku, tirou os óculos e olhou para ele, que se sentou na cadeira ao seu lado. 


Kagura: Ah, tá molhado aqui (disse apontando para a boca de Naraku), acho melhor você enxugar. 


Naraku colou a mão em sua boca instintivamente e disse: Hã?


Kagura: É melhor você enxugar, já que estava babando pela sua aluna agora pouco. (disse ironicamente)


Naraku a olhou irritado e depois virou a cara.


Naraku: Ha-Ha-ha, muito engraçado Kagura.


Kagura: O que foi? Eu só disse a verdade, acho que é bom você tomar cuidado, algum dos alunos pode acabar notando essa sua obsessão por essa Kagome. Ainda mais agora que ela parece ter arranjado um namorado…(disse olhando para a piscina na direção em que Naraku tinha visto Kagome)


Ele seguiu o olhar de Kagura e viu o que ela estava observando, Kagome estava na piscina e conversava com Inuyasha que estava sentado na borda, o garoto entrou na piscina e jogou água em Kagome de brincadeira, ela retribui o gesto, e o rapaz foi em sua direção lhe fazendo cócegas. 


Naraku ferveu de raiva, ele não queria admitir mas talvez Kagome realmente estivesse se envolvendo com aquele garoto, ele se levantou e saiu da área da piscina. 


Kagura: É Naraku, parece que você perdeu sua presa. E vai me perder também… (Kagura lembrou de Bankotsu e da conversa que tinha tido por telefone antes da viagem, ele parecia estar com ciúme de Naraku, mas não deixou transparecer, ele sabia que Kagura não podia se negar a ir na viagem e lhe deu apoio para que ela fosse. No fundo ela também tinha medo de acabar caindo no jogo de Naraku novamente, mas ela estava cansada daquilo tudo e queria de verdade dar certo com Bankotsu.) 


Ela pegou seu celular, tirou foto da paisagem e mandou uma mensagem para ele. 


Kagura: “Oie, bom dia! Já estamos na piscina do hotel, visitamos o templo de Enoshima mais cedo. Como você está?”


Kagura mal enviou a mensagem e já recebeu uma notificação, informando que Bankotsu tinha lhe respondido. 


Bankotsu: “Oii, bom dia! Que lugar lindo, podemos ir juntos um dia. Eu estou bem, acordei cedo para treinar e voltei para casa pouco, estava no banho. E você, como está?”


Kagura não conseguiu se conter e acabou imaginando Bankotsu no banho, ele era alto, musculoso e tinha a pele morena, ela nunca tinha reparado nele antes mas agora só de estar perto dele perdia o ar. 


Kagura: “Podemos sim. Confesso que tenho interesse neste seu pós treino (emoji olhos)… Aqui está tudo bem, tô de olho nos alunos e daqui há algumas horas vamos almoçar, estou aproveitando para pegar um pouco de sol.”


Bankotsu: kkkkkkk qualquer dia desse podemos treinar juntos e depois você pode vir pra cá! (emoji de diabinho) Queria ter a sorte desses alunos de estar com você, mas daqui a pouco você volta e vou te roubar só pra mim! Se você concorda, é claro! (emoji sorrindo) 


O coração de Kagura bateu mais rápido e ela corou e pensou “não é possível que o que ele tem de gostoso, tem de fofo”, ela estava começando a gostar de Bankotsu e realmente queria ter chance de finalmente ser feliz. 


Kagura: Não tenho nenhuma objeção! (enquanto estava escrevendo a mensagem, uma das meninas chamou a professora reclamando que um dos garotos estava tentando desamarrar o seu biquíni, Kagura teve que ir resolver o problema) Eu tenho que ir agora, um dos garotos está aprontando e aparentemente tenho que salvar uma aluna. Até mais tarde, bjs.”


Bankotsu: Essas crianças (emoji rindo), tá bem. Bjs (emoji de coração)


Bankotsu, colocou seu celular ao seu lado e se deitou em sua cama e ficou pensando em Kagura. Ele já tinha notado ela desde seu primeiro dia como professor na Tokyo Academy, era impossível não notá-la, ela era tão linda e era muito inteligente também, apesar dos alunos dizerem que ela era muito rígida, sempre elogiavam sua forma de ensinar. Ele queria ter se aproximado antes, mas um dos professores lhe contou que Naraku agia de forma agressiva com Kagura quando algum colega de trabalho se aproximava dela. Ele queria ajudá-la, mas tempos depois viu eles juntos em um bar, eles pareciam namorados e ouviu algumas professoras contando que provavelmente eles iriam acabar se casando. 


Ele pensou: No dia que a encontrei no festival, ela parecia assustada e ela nitidamente estava chorando, na hora tive certeza que aquilo era obra do Naraku e me culpei por não ter falado com ela antes, seu eu já tivesse feito isso talvez eu já tivesse conseguido livrar ela dele, eles realmente não me pareciam muito felizes. Me pareceu que tinha algo errado com Kagura, ela parecia apagada quando estava com ele e agora parecia que ela estava começando a recobrar sua luz. Eu quero fazê-la feliz e quero que ela confie em mim, espero que um dia ela possa me contar o que houve e que eu possa ajudá-la a superar tudo o que ela passou com ele. Tomara que aquele idiota, não faça nada de mal para ela durante essa viagem...


Ele ficou pensando nisso e acabou caindo no sono,  sonhou com Kagura, eles estavam na praia juntos e ela parecia feliz.











Notas Finais


Biquíni Kagome: https://pin.it/1FOzwXo

Sango: maiô primeiro dia https://pin.it/21G8CiE

Rin: biquíni primeiro dia https://pin.it/4SZIyZx

Biquíni Kagura: https://pin.it/1ggkdRV


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...