História Um Conto Nada De Fadas - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adulto, Boate, Cassino, Froy Gutierrez, Hentai, Hot, Jackson Wang, Kylie Jenner, Las Vegas, Originais, Poker, Romance, Stripper, Taylor Hill, Ton Heukels, Victoria's Secret
Visualizações 13
Palavras 2.758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um de hentai ❤
Fiz ouvindo Swim do Chase Atlantic <3

Capítulo 12 - O Palácio do Lobo Mau


Fanfic / Fanfiction Um Conto Nada De Fadas - Capítulo 12 - O Palácio do Lobo Mau

Surpresa seria a palavra mais simples para traçar o que Logan Reed estava sentindo, depois daquele momento íntimo com Lucille sua mente dava voltas de 360 graus e voltava para o mesmo pensamento, aquele que gritava incansavelmente "Fique com esta garota, prenda ela a si e nunca a deixe partir!" Citava com gosto; foi com essa mesma ideia que ele prendeu Lucy ao lado de seu corpo e a levou para seu carro o mais rápido possível.

Já na estrada Logan se sentia como um colegial ansioso, uma de suas mãos não resistiu e desceu de encontro a coxa de Hayes que não fez nada em protesto, ela só sorria e mantinha confiante, coisa que era muito importante para ele que prezava não só em si, mas também em sua companhia:

_Isso é um lance de que eu sou a primeira ou você já levou alguém lá?-Lucy indaga o fitando tranquilamente, Logan ri internamente, mesmo que as mulheres nunca admitissem aquela era uma questão bem vital para elas, como um fato de território.

_Não levo meus "casos" de uma noite para lá, aquilo é meu refúgio, um lugar onde vou para me distanciar de tudo da cidade...-Responde mantendo a atenção na avenida, não resistindo a um olhar de canto para ver as reações dela.

_Que bom que não sou um caso de uma noite.-Ela diz ao colocar sua mão sobre a dele, Logan sente um leve arrepio pelo simples ato e se recrimina "Caramba, o que há com essa mulher?" Nem ele entendia de onde vinha toda essa energia que Lucy transmitia com facilidade.

_E nem um caso...-Ele diz sem pensar, "Porra, só foi uma transa!" Pondera veloz, e logo se corrige "...mas uma bela e incrível transa!" Se cuminando por seu rápido apego. Como ele temia, era ele que estava se entregando.

_Ainda não temos certeza do que isso é...vamos só ver no que dá, okay?-Lucy pede terna, Logan quase engasga ao perceber que era ela a controlar a bagunça que tinham feito.

_Tudo bem Lucille, se esse é o jeito de você resolver as coisas...-Logan deixa clara sua falta de satisfação, ele não admitia aquele acordo absurdo, Lucy não era uma prostituta para agir assim, igualmente que os métodos dela não o agradavam ele queria continuar com aquilo, ansioso para ver o que mais a bela morena poderia ofertar em sua vida._Mas que fique claro que isso não está rolando só por causa do seu acordo!

_Eu sei, não vou ser hipócrita...rolou uma química desde o momento que te vi no térreo, poderia ser questão de tempo para gente se pegar...-Reed não resiste ao sorriso travesso que surge em seus lábios, afinal ele não estava louco quando sentiu a forte atração entre eles num único encontro, nem quando ele imaginava ela no rostos das outras mulheres que dormia._Eu só não imaginava que seria desse modo!-Ela termina olhando para janela, de repente Logan se sente tenso e aperta forte o volante em volta das mãos.

_Você se arrepende?-Ele sente a necessidade de perguntar, na maioria das vezes Logan era um cretino lascivo, e mesmo que fosse indiferente a todo mundo ainda cuidava do que as pessoas sentiam, pelo menos das pessoas que lhe eram prioridade.

_Não...seria muita filha da putagem há essa altura, né?-Lucy ri ao se virar para ele que dá de ombros.

_Sim, mas isso seria normal, as pessoas são filhos da puta o tempo todo!-Profere com sua carranca fechada, Logan vivia num meio do qual os piores tipos de seres humanos passavam, por isso era normal a ele ter essa agressividade a todo mundo. Ele cresceu bem no meio de um mundo muito violento, não seria estranho que fosse parecido com este.

_A maioria sim, outras não...Você é um filha da puta, mas é bem tolerável!-Lucy provoca o dando uma cutucada, Reed sente seu mal humor ir como fumaça e o tom cômico voltar, esse era o poder dela sobre ele, este no qual Logan começou a adorar.

_Eu devia abrir a porta e jogar você na estrada!-Ele brinca, mas mantinha a cara fechada, Lucy não se intimidou parecendo entender as piadas dele acima de todos que nunca entendiam ou não achavam graça diante do medo de irrita-lo.

_Você não faria um desperdício desses!-Lucy diz piscando e mordendo os lábios, deixando ele novamente aceso como uma chama, se aquela mulher soubesse o quanto era atraente ela já teria conquistado todos os ricasos de Vegas, como havia feito com Jack a horas atrás e como fazia torturando ele.

_Porra, ainda temos uns vinte minutos, até lá você se comporta!-Ele ordena tirando a mão dela, mas Hayes não gosta da ordem, na verdade ela não gostava de nenhuma, e foi isso que o deixou tão impressionado no sexo, ela era dominante e fogosa de uma forma totalmente deliciosa, Logan degustou o desafio nos primeiros minutos de seu caso e se sentiu mais incrível do que em qualquer noitada anterior quando conseguiu domina-la por breves momentos, Lucy era fascinante e diferente de tudo que ele provará, não era de se admirar que estava fazendo dela a primeira a ir para sua casa, ele sentiu que ela era digna disso.

_Você irá aprender que não manda em mim!-A bela morena afasta o cinto de segurança e se inclina ao lado dele, Logan sente uma mão dela entrar pela sua camisa e arranhar lentamente a lateral de seu corpo, a outra mais ousada passa do seu pescoço e desce dançando lenta para baixo, para piorar Lucy passa os lábios no pescoço dele e sobe dando mordidinhas até a orelha.

_Se morrermos na estrada te culparei no inferno!-Ruge ao estremecer involuntariamente dos toques lentos dela.

Diferente de outras garotas que se jogavam nele, ela sabia perfeitamente como o excitar, justamente porque não estava desesperada tentando agradar a ele, Lucy estava na verdade o torturando como uma gata bem experiente.

_Então não perca nosso caminho, lobinho!-Ela suspira em seu ouvido, o ar quente na pele de Logan faz seus pêlos se enrigeceram e sua excitação voltar nas calças onde a mão perversa dela se concentrava.

_Já disse para não me chamar assim, ovelhinha má!-Logan diminui a velocidade e quanto percebe uma brecha tira uma mão do volante e agarra Lucy pelo pescoço com urgência a dando um beijo molhado que só se parte quando ele a solta para voltar a atenção a frente._Estamos quase lá, então segure todo esse fogo...eu prometo que quando chegarmos você verá que valerá a pena!-Abrindo o semblante mais confiante e depravado que teve diante de suas fantasias, Logan segue dirigindo mais rápido que conseguia e mais ansioso que a qualquer momento passado de sua vida.

×××

Posteriormente a estacionar em sua grande garagem, Logan saltou do carro e deu a volta abrindo a porta e estendendo uma mão para Lucille:

_Ual, não é para menos que dizem que você deve expirar dinheiro...-Lucy menciona ao ver a extensa garagem decorada e com vários dos "mimos" e carros de luxo que ele colecionava.

_É só um hoob, não fique impressionada por tão pouco!-Reed pisca a guiando pela mão numa porta lateral da garagem.

Ao sair pra fora, na noite escura, só se conseguia ver as luzes da distante cidade.

Lucy acabou boquiaberta ali, Logan não sabia dizer se era pelo tamanho de sua casa ou pela vista que está estava localizada:

_O palácio do lobo mau, eu nunca imaginei que um dia viesse aqui...-Ela diz olhando tudo em volta com espanto, não era de uma natureza invejosa isso Logan tinha certeza, já que ela irradiava um brilho de descoberta no rosto.

_E nem eu imaginava que traria alguém aqui...bem vinda a minha fortaleza!-Ele sorri, gostava de trazer Lucy para seu mundo, de certa forma ela lembrava ele quando era um simples e pobre rapaz tentando ganhar a vida.

_Esse nome combina mais com você!-Ela acrescenta com as mãos na cintura sorrindo perto da piscina, Logan tem uma ideia sádica e se aproxima cauteloso para perto dela._O que foi?-Lucy ainda estava sorrindo quando ele se aproximou, quando notou as intenções dele a presa correu pela borda da piscina.

_Esta não é uma boa ideia ovelhinha!Eu adoro caçar!-Rugindo com um sorriso maléfico Logan dispara atrás dela a vendo rir e correr.

-Oh, não mesmo!-Lucy pigarateou dando a volta na borda, num movimento rápido ela ia dar um saltinho quando Logan foi mais rápido e a neutralizou com os braços._Me solta!-Se debateu frustrada por ter perdido.

_Claro...-Reed deu uma lambida na bochecha quente dela e a soltou, Lucy fez um enorme splash ao cair na água.

_Seu filho da mãe!-Ela gruniu ao vir para superfície.

_Já me chamaram de coisa pior!-Ele ri com escárnio dela, fazia anos que não se divertia nesse sentido, de uma brincadeira._Como está a água amorzinho?-Ele brinca se abaixando perto da borda se sentindo uma criança travessa.

_Está geladissima!-Ela bate os dentes._Você seu cretino! Devia vir aqui sentir!-Ela berra soltando os cabelos do arruinado coque.

_Como negar isso?-Logan sorri e tira toda roupa do corpo com rapidez dando só uma pausa para ver a cara dela que estava em transe com os olhos em seu corpo "Assim, que eu gosto!" pensa excitado._Eu vou te esquentar, ovelhinha...tenha calma.

Reed mergulhou sem exitar e nadou sobre a água fria como se fosse relaxante, ao chegar em Lucy ele emergiu na frente dela e a pegou pela bunda a encaixando em si quando ela cruzou as pernas:

_Não pode ficar com roupas molhadas, vai ter um resfriado!-Ele diz como o ser mais responsável da face da terra.

_Haha, bom truque para me fazer tirar as roupas!-Ela ri fraco, e ainda treme do frio, Logan a abraça junto a dele.

_Não é só uma desculpa, se ficar aí parada vai mesmo adoecer...-Logan sente ela se mexer o prendendo mais a si.

_Só me ajuda a tirar essa droga molhada!-Ela diz sorrindo ao passar a blusa pela cabeça.

_De novo mandona!-Ele a ajuda tirar os shorts e a calcinha por baixo da água e as arremessaram longe._Tenho que domá-la até que ponto para tirar esse mal hábito?!

_A nenhum!-Ela diz ao tirar a última peça o sutiã, os igualando na nudez._Você nunca poderá me domar!

Desafiado Logan a puxa com força e junta suas bocas num beijo louco de línguas atritando na boca, suas grandes mãos tatuadas já corriam com pressa apertando a bunda e as coxas dela como uma necessidade de possuir aquela carne:

_Vamos testar isso então!-Ainda com ela presa a si ele a leva até a primeira parede da piscina e prensa contra ela._Até onde vai sua resistência...

Logan gostava de preliminares, porém tudo com Lucille era intenso demais, o cheiro dela junto aos movimentos da água o tiravam a sanidade, ele queria ir fundo e tomar tudo de uma vez como um louco sem controle, todavia o comprometimento com sua companheira o fazia ser mais cuidadoso; abrindo com ambas as mãos as pernas dela ele se enterrou devagar nela em movimentos que iam se acelerando, sua boca desejosa deslizou seus chupões e mordidas do pescoço dela até os seios estes que fez questão de chupar e apalpar com gosto vendo Lucy se contorcer e gemer alto contra ele; insaciada ela puxou seu rosto de encontro a sua boca e enfiou a língua sem dó fazendo ambos gemer quando deu uma pequena levantada no quadril ao unir com mais força seus corpos.

Logan poucas vezes ficava surpreso e tudo nela o estava o deixando assim. Ele gostava da forte iniciativa dela, Lucy segurava seus cabelos com uma vontade que deixava ele louco, ela sabia bem como demonstrar como o queria ali, unindo seus corpos, compartilhado aquele momento inibriante.

Sentindo a especialidade do ato Reed gemeu mais uma vez o nome dela e segurou a base da piscina pressionando mais Lucy contra a parede e ele mais contra ela, ambos estremecemeram e gritaram de prazer chegando no ápice, respirando sem parar olhando fundo nos olhos um do outro, desta vez ninguém sorriu:

_Cansado lobinho?-Ela estreita os olhos se segurando pelos ombros dele.

_Só quando você estiver!-Logan disse determinado, nunca tinha ficado tanto tempo com uma mulher, e Lucy nem parecia abatida depois de duas super transas._Vire-se!-Mandou e ela sorriu sem obedecer._Caralho, você vai me dar muito trabalho!-Logan agarra o quadril dela e a dá um beijo lento e saboroso que vira uma nova lambida fazendo Hayes ranger os dentes e desta vez não era do frio, pois seus corpos estavam quentes, bem quentes.

_Vou mesmo!-Lucy se virá ao se sentir conquistada por ele._E o que pretende?!

_Você vai ver...ou melhor, sentir!-Logan a pressiona de costas e a faz inclinar sobre a beira com as palmas no chão.

Ele traça várias linhas pelas costas dela e deposita um beijo arrepiante ali:

_Pronta ovelhinha?-Ele menciona charmoso no ouvido dela, sabendo que aquilo a derreteria.

_Faça com jeito!-Ela pede apertando os lábios, entendendo bem o caminho dele.

_Não se preocupe, eu sempre faço!-Ele a dá um beijo antes de a virar para frente pegando sua cintura e a invadindo por trás com uma calma controlada por pouco._Deliciosa, como eu imaginava!-Assumi ele ao sentir Lucy finalmente relaxar o dando permissão para voltar a ficar ativo. Logan sente a permissão e começa penetra-la com gosto, segurando sua cintura e trazendo seu corpo mais para ele, Lucy balança nos movimentos enlouquecida como ele, sem demorar muito dividindo um coro de suspiros aclamados pelo calor que produziam no belo atrito, os dois gemem e se desmancham num orgasmo unidos:

_É uma puta de uma bela noite!-Ele diz ao sair dela ainda olhando o céu estrelado sendo o único confidente de sua noite agitada._Vamos para dentro!-Ele sugere ao subir na beirada e a puxar pelo braço sem esforço algum.

Ele a envolve com os braços afim de evitar que sinta mais frio enquanto andam apressados para dentro de sua casa.

_Se aqui fora já foi assim...nem imagino lá dentro!-Lucy sorri perversa e Logan quase tem um colapso, ela ainda parecia faminta e isso o instigava a ter o mesmo apetite, nenhuma tinha durado tanto tempo com ele. "Será que eu estou ficando ruim de cama ou essa garota que é incrível?" Logan nunca fora criticado por suas companhias, então logo pensou que todo aquele fogo da noite vinha da sua fantástica parceira.

_Você não cansa de me surpreender ovelhinha?!-Ele cita ao deixá-la na sala fechando a porta, timidamente ela ficou no lugar até que ele fosse no banheiro buscar umas toalhas._Se essa mulher continuar fazendo isso, acho que vou me casar com ela!-Cita sozinho no armário das roupas de banho.

Ao voltar ele se deparou com uma cena mais sexy que poderia ver em sua casa, Lucy estava nua no seu tapete e escorada no sofá da sala, com as pernas cruzadas olhando distante como se estivesse num ensaio fotográfico:

_Cacete, eu a roubei de uma revista, só pode!-Ele diz ao se aproximar dela a entregando uma toalha.

_O que?-Lucy que parecia distraída pega a toalha e cobre o corpo.

_Nada, por que estava sentada no chão?-Ele indaga sem entender.

_Seu sofá...-Ela aponta para a bela peça cinza grande dali._Ia molhar se senta-se!

_Sério?-Logan quase ri diante da preocupação dela com seu móvel, mas Hayes parecia muito educada e respeitável a coisas alheias para ele fazer isso._Tá, esquece...

_Posso tomar um banho?-Ela questiona analisando os cabelos secos, com certeza havia o cloro ou algo nas piscinas que não ajudava o cabelo das mulheres.

_Pode...-Ele dá de ombros como se o pedido fosse irrelevante, porém antes dela partir ele tem uma idéia._Se eu puder ir também!-Finaliza maldoso, ele esperava um "não, já basta por hoje" e respeitaria isso, afinal não era um chantagista de banhos, mas gostava de brincar com ela.

_Claro!-Lucy abre um de seus sinceros e doces sorrisos que pela primeira vez balançaram com força total Logan."Caralho, ou somos uns maníacos por sexo ou eu acabei de achar minha alma gêmea!" Grita sua mente processando a situação.

_Okay!-Vendo que ela falava sério ele a seguiu já sentindo novamento o tom sensual invadir o ambiente.

Gostando ou não o lobo uivaria a noite toda, ele era orgulhoso demais para dar a ré, mas no fim não se importava, fazer sexo nunca lhe fora demais e como Lucille estava fazendo aquilo se alongar como nunca em sua vida ele provará da experiência como um todo, agora percebendo que ele a seguia não mais pelo desafio, e sim pela vontade, ele queria ir até ela, queria tê-la de novo e sábia disso perfeitamente agora que ela o puxava pelo box e o beijava loucamente embaixo da água quente do chuveiro.

Novamente aqueles sons prazerosos de suas bocas voltaram a ser emitidos e Logan teve a pura certeza que não se cansaria tão cedo daquilo, daqueles momentos ou dela. Foi aí que ele identificou o grande problema que havia se metido, "Você está fodido, mas muito fodido Logan Reed!" Informa sua consciência com eco total no tempo que Logan aproveitava só mais um pedaço daquela noite com sua ovelhinha.

Continua...



Notas Finais


Atee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...