História Um Contratempo (Imagine Park Jimin) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Park Jimin, Romance, Violencia
Visualizações 55
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá minha gente maravilhosa! Saudades de vocês, eu tô muito sumida, mas foi porque aconteu muitas coisas e não deu pra escrever! Vim com essa fic nova e espero que vocês gostem.
Boa leitura♡
Desculpem os erros.

Capítulo 1 - Um Contratempo.


Fanfic / Fanfiction Um Contratempo (Imagine Park Jimin) - Capítulo 1 - Um Contratempo.

          Eu não aguento mais isso, minha vida tá parada, eu não sei mais o que fazer, quando penso que estou me animando com algo... vejo que foi apenas mais um pensamento ridículo. Estou começando a achar que nada mais vai me alegrar, sou uma irresponsável mesmo, terminei a escola e nem sei o que quero cursar e nem que falculdade ir. Estou perdida, nem sei mais quem eu sou. Aquela garota que sonhava e tinha esperanças, foi embora e sinseramente não sei se vai voltar. Eu só sei de uma coisa, preciso de respostas agora, se não vou acabar no fundo do poço.

Levantei de minha cama, e subi para a piscina, moro em um apartamento na cobertura, e tenho uma piscina paritular, agradeço muito por isso, pois tenho vergonha de tomar banho na frente dos outros. Também tem a do prédio para todos, claro. Meus avós me deram o apartamento para eu me organizar melhor e ficar mais a vontade. Meus pais morreram quando eu era criança, então passei a morar com meu avós e para mim eles são meus pais também, realmente amo eles, muito, muito, muito. Eu me sentei em uma cadeira e fiquei olhando a vista,que era linda, dava para ver uma boa parte de Seul.

Eu estava apenas apreciando e olhando as pessoas passarem na rua, algumas com pressa, outras calmas, e também tinha alguns turistas, eles pareciam meio perdidos, mas não posso culpá-los, Seul é muito grande e a probabilidade de se perder aqui é enorme, até eu que nasci aqui e moro até hoje(tenho 19 anos) não conheço todos os lugares dessa incrível cidade.

Enquanto eu olhava tudo que estava acontecendo, de repente algo me chamou atenção, a rua já estava deserta, havia apenas um rapaz,que aparentava ter vinte anos, ou mais um pouco. Possuia cabelos pretos, vestia uma calça preta colada e uma blusa elegante. Meus olhos se prenderam no garoto, mas desviei o olhar para um carro que está passando, parece que as pessoas do veículo reconheceram o rapaz.

Três caras saíram dele e foram atrás do garoto, nem deu tempo para ele correr, foi tudo muito rápido. Eles começaram a espancar ele. Pelo que eu vi, ele sabia lutar, mas era três contra um, então não deu muito certo. Ele levou muita surra, os caras pareciam estar gritando com ele, despois o deixaram sangrando, deitado na rua, e arracaram o carro com a maior rapidez do mundo.

Eu acho que estou meio louca, mas senti que deveria ajudar aquele rapaz, com certeza vou me meter em encrenca? CLARO que sim. Mas apertei o modo dane-se e sai correndo. Peguei o elevador e quando saí do prédio começou a chover.

- Ótimo né -Murmurei- Gosto de chuva, mas agora realmente não era o momento.

Atravessei a rua e corri até o garoto. Que parecia um pouco inconsciente.

-Ei, eu vim te ajudar - Eu disse. Ele estava meio inconsciente, mas era visível que não queria aceitar minha ajuda, estava fraco, então resolveu não se esforçar muito, acabou cedendo.- Você consegue andar?- Ele assentiu. Então segurei seus abraços e fiz um impulso para ele se levantar, se segurando em mim, lentamente atravessamos e entramos no prédio. Pegamos o elevador e subimos para a cobertura. Abri a porta e fui com o garoto até o quarto de hóspedes, o coloquei na cama com cuidado e fui ligar a banheira, fiz um banho de espuma, procurei roupas pra ele, o que tinha eram roupas do meu avô quando vem passar com minha avó um tempo comigo.

- Eu só vou ter roupa do meu avô neste momento.

- Tudo bem.- Ele respondeu.

Sua voz parecia de um anjo, não sei por que, mas parece que por trás dessa voz ele não é apenas um anjinho indefeso, é outra coisa, muito diferente disso. Mas é só um palpite. O banho estava pronto, estão o lavantei da cama e ele veio se apoiando em mim, a surra não foi pouca. Ele tirou a roupa e entrou na banheira, eu não olhei, claro. Ajudei ele a lavar o cabelo, pois seus braços estavam muito machucados.

Quando terminou o banho, eu saí e ele vestiu a roupa que deixei em cima da bancada. Já vestido, ele saiu e eu pude focar só no seu rosto, aconteceu tanta coisa que eu nem tinha percebido o quanto ele é lindo. Eu disse para ele se sentar e assim ele fez.

- Qual é o seu nome? - Perguntei.

-Jimin, e o seu?

- Meu nome é ______.

Peguei um kit de primeiros socorros e comecei a cuidar do seus ferimentos.

-Obrigado_____.

- Há, não é nada. Eu posso te perguntar uma coisa?

- Pode.

- Você conhece esses caras que bateram em você?

-Não. Eles saíram do carro e eu não pude nem correr, fiquei confuso, porque eu não conheço aqueles caras.

- Tude bem, mas que estranho isso, não é mesmo?

- Sim.

Jimin se mantia firme em suas palavras, eu não sei por que mas estou sentindo que essa não é totalmente a verdade...


Notas Finais


Então foi isso povo, espero que vocês tenham gostado. Se querem que eu continue, cometem para eu saber e digam se gostaram!
Bye♡ Até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...