História Um destino inalcançável- Min Yoongi - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Kim Seokjin (Jin), Lisa, Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae pô, desculpa a demora pra postar capítulo, mas eu tô adiantando a fic no meu bloco de notas, fica mais fácil pra mim, já que se eu quiser mudar algo, é só apagar e refazer. Mas enfim, tá aí o cap. Ele começa igual ao antigo, mas mudei algumas falas e o fim tbm.
Espero que gostem:)

Capítulo 4 - 6 anos atrás



Hoje é o meu primeiro dia de aula, eu estou realmente nervosa porque estou em uma nova escola. Eu fiquei muito triste quando minha mãe me disse que eu teria que me mudar. Ela me explicou que estamos passando por alguns problemas financeiros e ela não estava conseguindo me manter na outra escola, eu entendi completamente a situação, mas fiquei triste do mesmo jeito.

Percebi que a minha mãe estava buzinando, avisando que era hora de ir. Peguei a minha mochila e corri para o carro.

- Que enrola Sofia, que merda você estava fazendo? Você está atrasada!- diz ela praticamente berrando

- Desculpa mãe, eu estava distraída

- Espero que não se distraia assim nas aulas

- Não irei

Ela ligou o carro e nós fomos a caminho da escola. Passei o trajeto inteiro pensando em como as pessoas me receberiam e me tratariam. Será que elas vão gostar de mim? E se não gostarem? Vou ficar sozinha o resto do ano?

- Pronto filha, chegamos- diz minha mãe, me despertando mais uma vez de meus pensamentos- você quer que eu entre com você?

- Não mãe, tá tudo bem, eu me viro

- Tem certeza?- ela diz meio preocupada

- Sim, absoluta

- Então tá.... seja forte, eu sei que esse é seu primeiro dia de aula e por te conhecer, sei que está nervosa e preocupada com a reação dos outros sobre você. Mas não se importe com ninguém, se eles te magoarem, apenas ignore, eles não te merecem. Eu te amo meu amor

- Eu também te amo muito mãe, obrigada- dei um beijo e um abraço nela e saí do carro

Esperei a minha mãe ir embora e fui em direção à escola. Eu estava rezando para ser ignorada e ninguém perceber a minha presença. Mas não foi o que aconteceu, por eu ser aluna nova e estrangeira, era meio que impossível passar despercebida. Eu particularmente odeio ser observada, mesmo que por 2 segundos, eu simplesmente odeio. Não estava nada confortável com aquela situação, então resolvi apressar o passo. Entrei quase correndo na escola e procurei pela sala do diretor. Eu não estava achando de jeito nenhum.

De longe eu vi um adulto que aparentava trabalhar aqui, fui até ele e o cutuquei

- Licença, o senhor trabalha aqui?

- Oi mocinha, trabalho sim, por que?

- Desculpa incomodar mas eu preciso encontrar o diretor porque sou aluna nova, mas não estou achando a sala.

- Qual o seu nome?

- Sofia

- Prazer Sofia, meu nome é Roberto e eu sou o diretor- ele sorri- venha, me acompanhe até a minha sala

Eu sigo ele e paramos em uma sala meio distante de onde eu estava procurando. Ele se senta na cadeira e manda eu me sentar na cadeira em frente à sua mesa. Ele pergunta meu nome e qual série eu irei cursar. Ele checa todas as informações necessárias e me entrega uma ficha com o horário das aulas.

- Espere um pouco aqui Sofia, vou chamar uma pessoa para lhe apresentar a escola e quem sabe vocês não se tornam amigas- ele sorriu e saiu da sala

Apenas concordei e fiquei encarando o chão, pensando em como será a minha vida daqui pra frente.

-Sofia- o diretor me chama, fazendo com que eu o olhe- essa é Lisa, ela frequenta a mesma sala que você e ela vai te apresentar a escola. Espero que vocês se dêem bem.

Eu olhei para Lisa e sorri, ela retribuiu com outro sorriso. Ela pegou na minha mão e me tirou da sala

- Vai ser um prazer te ter como amiga, Sofia. Vem, vou te apresentar a escola- ela me puxou e me mostrou cada parte do lugar, era realmente muito grande e bonito. Acho que será legal estudar aqui.

--------------------------------------------------------------------

- Lisa - digo enquanto como, pois havia tocado o sino para o recreio

- Hm?

- Você conhece um tal de Yoongi?

- Yoongi? - ela me olha - um idiota arrogante?

Ri

- É.. deve ser

- Ele é quase um turista aqui

- Por que?

- Porque é raro ele vim para a escola

- Ele falta muito?

- Sim

- Por que?

- Não sei

Ela ri

- Por que você está rindo?

- Porque você pergunta demais - ela ri novamente

Sorrio meio sem jeito

- Por que você perguntou sobre ele?

- Sei lá, só curiosidade

- Você o conhece?

- Sim

- De onde?

- Ele é meu vizinho

Ela pensa um pouco e me olha

- Está interessada?

- Você pergunta demais - ri

--------------------------------------------------------------------

O resto do dia foi normal, a única parte ruim foi me apresentar para os alunos e professores. Eu odeio falar em público

Eu não vi ele hoje

Não que ele me faça falta, porque ele não faz

Mas eu vi ele chorando aquele dia, e de certa forma aquilo me deixou confusa

Eu só queria vê-lo para perguntar se ele está bem



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...