História Um dia De céu Nublado - Namjin - Capítulo 62


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bighit, Crianças, Filhos Jikook, Filhos Namjin, Filhos Taeyoonseok, Heung Jung, Jasminn, Jasung, Jikook, Leehyun, Máfia, Margarida, Min Seung, Min Soohyou, Mini Bangtan, Namjeung, Namjin, Park Lee, Próxima Geração, See, Sequestro, Sooyumi, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Violetta, Xurumela Dog, Yoonseok
Visualizações 133
Palavras 2.523
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo amores, o último. Se divirtam.

Capítulo 62 - Capítulo Final - Para sempre um dia de céu nublado


Fanfic / Fanfiction Um dia De céu Nublado - Namjin - Capítulo 62 - Capítulo Final - Para sempre um dia de céu nublado

 Duas horas depois

~ Pov Autora On

  Soohyou e Yoongi acordaram um ao lado do outro, tudo estava branco, eles pensaram que foram perdoados por rirem de memes errados na internet e estavam no céu mas era só o hospital de Seul mesmo, Soohyou ao ver sua tia Jisoo logo levantou rapidamente :

- O que aconteceu com a guerrilha?

- Eles viram que acertaram vocês dois e deram trégua porque não era intenção machucar e sim assustar pra darmos respeito a eles.

- Então, eles foram embora?

- A Yumi saiu e explicou tudo pra eles que entenderam o ocorrido, tanto que Demétrio até abraçou a See e deu um pacotinho de doces pra ela. Eu falei pra Yumi e os outros se acalmarem e que você e o Yoongi não estavam feridos.

- Uffa, então está tudo OK.

- Não pro Taehyung..

- O que tem o Tae? - perguntou Yoongi.

- Nós enterramos o Xurumela no jardim.. Quando ele ver..

- Tia Jisoo não se preocupe, vamos conversar com ele.

- Soohyou, no vocabulário do Tae não existe calma, conversar e não se preocupar na mesma frase. Ele vai ter um ataque e também estou triste.

- Verdade Papai.. Estou me sentindo melhor.

- Acabaram de sair de uma cirurgia que podia levá-los a morte e não estão nem ai né? - Perguntou Lisa no canto da sala chupando um pirulito.

- Não, mentira ligamos sim. - Brincou Yoongi. - Nós voltamos amanhã pra casa, voltarei ainda hoje pra Gwacheon.

- Claro ninguém vai perceber que levou um tiro .

- Não mesmo Jennie, irei disfarçar.

- obrigado Tia Jisoo por ter nos ajudado. Eu agradeço e muito. - Disse Soohyou.

- De nada minha linda, qualquer coisa já sabe né, Blackpink in your area.

....

  No outro dia

...

  Yumi ficou a noite toda cuidando de sua amada, que quando chegou em casa quase morreu esmagada porque Yumi a abraçou tão forte que poderia matá-la sufocada!

  Os outros estavam tristes e chorosos, mesmo que tudo tenha ficado "bem", Xurumela morreu na hora em que tomou um tiro!

  O Bangtan estacionou o carro deles na rua e abriram o portão, todos estavam no quintal esperando:

- Vovô Nam, Vovô Jin. - A pequena See correu até seus avós os abraçando.

- Como vai bebê, quer toddynho? - Perguntou Jungkook já o dando para a garota que o aceitou.

- Quelo sim titio Kook, mas o do homem da máfia ela mais gostoso.

- Que homem da máfia See? - perguntou Jimin.

- O que me pegou enquanto papai Nam mechia no celula

- O que está acontecendo aqui?  Por que tem um monte de flor em cima da plaquinha escrito Xurumela? Vocês estão me trolando porque se for pode parar. - Taehyung dizia já aos choros e Jimin o abraçou.

- Titio Hobi, quelo danxa. - See saiu do colo de seu avô e pediu pra Hoseok que o pegou.

- Vamos meu anjo, vamos dançar. - Ele levou ela pra dentro de casa.

- Me explica o que está acontecendo aqui agora Kim SeokYumi e Kim Namjeung. - Disse Jin furioso.

- A gente não pode sair em paz por sequer um dia? - Perguntou Namjoon com uma expressão nada agradável em seu rosto.

- A culpa foi toda minha. Eu não tomei conta da See e ela foi sequestrada mas depois que falei com a Soo descobrimos que ela foi levada pela máfia de Busan e quando entramos lá ao invés de escutar o que eles tinham pra dizer apontei uma arma pro chefe e acabei gerando uma confusão enorme envolvendo tiros sendo que ele só estava com a See para fazê-la experimentar doces que distribuiria para as crianças pobres. O Xurumela morreu porque entrou na frente do Joohyun, ele salvou a vida do... - Namjeung não conseguiu terminar a frase porque levou um tapa tão forte na cara dado pelo seu pai Seokjin que ficou até vermelho.

- Você foi um babaca, irresponsável. Acha que filho é boneca? Que dá pra comprar outra se perder?

- Yumi me disse exatamente a mesma coisa e até me tapeou.

- Ela fez bem, podia ter acontecido coisa pior..

- COISA PIOR NAMJOON? O QUE DE PIOR? O XURUMELA MORREU, O CACHORRO QUE EU ACHEI FILHOTINHO NA RUA E TROUXE PRA CASA,MAS CLARO QUE VOCÊ TA POUCO SE LIXANDO PORQUE ELE NÃO ERA SEU.

- Papai Tae.. - Joohyun começou a chorar e correu pro colo de Tae, Soo, Park e Heung fizeram o mesmo. - Ele salvou minha vida papai, o nosso cachorrinho..

- Lembra quando o papai Yoongi comprou as piscinas quando eramos crianças? Xurumela nadou com a gente.

- Verdade Park, eu lembro disso também. - Disse Jasminn chorando e Taehyung caiu no chão.

- Meu Xurumela.. - Ele se arrastou até o túmulo do cãozinho que possuia até uma foto do mesmo na frente. - Volta pra mim meu amor.. - Tae tentou desintegrar mas seus filhos o impediram.

- Papai, vamos superar juntos. - Disse Soo o levantando.

  Nesse momento, os "filhotes" de Xurumela entraram correndo no quintal e viram o túmulo, farejaram e começaram a latir:

- Me desculpem, esses cachorros não tem jeito. Eu ia levá-los agora para o Canil..

- Por que senhora Nicolai? - perguntou Kook.

- Desde ontem esses cachorros não param quietos e vou me mudar para o Estados Unidos.

- Vão ser meus, nada de canil. - Disse Tae abraçando os três. - XuXu, Melinha e Lalá.

- Ganhamos mais três cachorrinhos. - Disse Heung limpando as lágrimas e sorrindo.

- E vocês duas no meio da confusão, fizeram o que? - Pergurou Jimin para as filhas.

- Eu cuidei da See com o Heung.

- Eu entrei na máfia de Busan com a Soo, eu estava com uma arma na mão, tipo de verdade, com bala e tudo. - Disse Violetta pulando. - Lá dentro é tão brilhante e histórico, eu achei tão lindo, fora os boys de lá, só tem novinhos.

- Você disse Boy novinho?

- Jimin aqueta a raba. - Jungkook deu um tapa na bunda do Jimin porque ficou com ciúmes.

- Kook você está pensando no que estou pensando?

- Entrar na máfia de Busan?

- Siiiim.

- Eu moro com gente louca. Misericórdia. - Disse Namjoon.

- Papai Tae, está com raiva de meu namorado? - Perguntou Seung.

- Não, um pouco triste mas raiva não. - Taehyung sorriu quadrado.

- Espero que tenha aprendido com os erros Namjeung e cuide melhor da minha neta que ela precisa, depende de você, tem apenas dois anos, vê se cria miolos na cabeça.

- Sim papai Nam.. Irei fazer isso.

   Hobi voltou com See no colo e deixou a menina com o Seung e correu pra pular em cima do Yoongi:

- Ai ai ai Hobi. - Disse ele colocando a mão no local onde fez a cirurgia.

- O que é isso Suga? Isso é um tiro?

- Calma amor, ta tudo bem..

- Nunca mais esconda nada de mim Min Yoongi, venha vou cuidar do seu curativo. - Disse Hobi o levando pra dentro de mãos dadas.

- Nossa que filho da Puta essa Yoongi, ele estava no meio dos tiros e não nos avisou. - Falou Namjoon.

- Talvez ele quisesse nos proteger, sim foi perigoso mas já está tudo bem. - Disse Jimin.

- Eu quelo bolo do vovô.

- Vou fazer pra você See. - Falou Namjoon e a menininha fez bico.

- Não, o bolo do vovô Jin, você só queima ou estraga o bolo vovô Nam.

  Todos riram dessa Fofura em miniatura.

...

  Todos se divertiram naquele dia, tudo estava bem agora entre o Bangtan, o Mini Bangtan e a pequena See que nesse caso, é a solo de toda casa.. Ou não.

- Gente eu vou no banheiro. - Disse Jasminn saindo da sala onde todos estavam vendo desenho.

  Ela trancou a porta do banheiro e vomitou na privada, vomitou até não se sentir mais enjoada. Tirou de dentro da tampa da privada o que ela estava escondendo ali desde quando transou pela última vez com Heung, um teste de gravidez

- Que droga, espero que dê negativo.

  Ela fez o teste e deu positivo, olhou espantada para aquele teste e colocou a mão na cabeça pensando "Que porra" , escondeu de novo o teste e deu descarga, limpou sua boca e desceu:

- Gente preciso falar algo..

- Fala gostosa do papai. - disse Jimin pausando o desenho.

- Então..

- O que foi Jasminn, estou preocupado .

- Calma papai Jimin.. Eu tô grávida.

  Jungkook cuspiu todo o toddynho que estava tomando e todos arregalaram os olhos:

- Se fudeu. - Disse Park olhando pro Heung que abaixou a cabeça.

- Perai gente, me disseram que estou passando na TV, perai Jasminn já continuamos com o assunto do seu filho. - Falou Soohyou mudando o canal.

  " e no notíciario de hoje vemos aqui o senhor tamagori, ele diz que a lamborghini vendida era do prefeito de Seul que comprou sem pensar na população, a chefe da máfia de Daegu roubou esse carro, vendeu e deu o dinheiro pra doação de caridade, essa garota é demais! Alguns internautas das redes sociais estão falando de retirar esse prefeito e colocar outro no lugar e que essa garota fez um bem muito grande. "

- Hey o tal Tamagori é o Serginho Soo.

- É ele mesmo Yumi.

" O prefeito de Seul atrasou em dar o dinheiro para a doação de caridade e pelo visto não iria doar esse dinheiro tão cedo, parece que nem toda máfia trabalha para o mal''


- Bem, não deu pra desmascarar ele na frente de todos ontem mas bem, pelo menos o dinheiro foi doado. Graças ao Serginho.

- Você é demais Soo, agora fala do seu filho irmã. - Disse Violetta.

- Jasminn quem é o pai? - Perguntou Jungkook se levantando.

- É meu titio Kook, eu engravidei a Jasminn. - Disse Heung e Jungkook desmaiou.

- Misericórdia, acode meu homem. Acorda Kook fica comigo fica comigo não se vá. - Dizia Jimin batendo fraco no rosto dele.

- Obaaaa eu vô tê uma amiguinha pla blinca comigo. - Disse See.

- Soohyou me arruma um emprego na sua máfia.

- Ô mas que caralho Heung, vocês só faz filho sem camisinha porque sabem que vou ceder emprego né, bando de folgados.

- Ai Soo, tadinho dele vai dá emprego. - Disse Joohyun.

- Violetta daqui a pouco vai aparecer grávida também do meu Barman mas ai não terei de dar emprego pra ele porque ele já trabalha lá.

- Nem vem com essa Soohyou.

- Ficamos mesmo pra trás né maninho?

- Sim Park, ficamos, vai ser só nós e a cachaça.

- Hey Joohyun, eu e a Soo também não temos filho OK. - Falou Yumi.

- Nossa que bagunça por causa de uma grávidez, me desculpa papai Jimin. - Jasminn abaixou a cabeça.

- Está tudo bem meu anjo. Eu vou ser o vovô mais gostoso e novinho do mundoooo, vovô Park Jimin o vô da bunda mais grande de toda a Seul.

  Jungkook acordou e se levantou, todos olharam pra ele que parecia estar desnorteado mas voltou ao normal:

- Jungkook com esse rostinho de neném vai ser avô, nem acredito. - Disse Namjoon.

- Não basta ser chamado de Oppa agora serei avô que aparenta ser bem mais velho que um oppa, saudades de quando eu era oppa.

- Imagina só Jungkook, o seu neto nasce, te chama de vovô oppa e ainda diz que prefere Nescau.

  Depois de Hoseok dizer isso Jungkook desmaiou de novo e todos deram risada de sua reação, Jimin o ergueu e ficou dizendo pra ele acordar até que o mesmo abriu os olhos:

- OK, me sinto melhor e filha não estou bravo com você mas por favor, escuta também Heung, não deixa o neném falar que prefere Nescau do que toddy.

- Pode deixar sogro.

Jungkook*: Ah Heung, quando você era pequeno me chamava de titio kook e agora me chama de sogro, como as coisas mudaram.

Yoongi*: Sim Jungkook, tudo mudou e assim como acabou essa do Heung te chamar de Titio Kook essa fanfic também vai acabar.

Taehyung*: Ah mas que droga, vou sentir saudades de atuar aqui como barraqueiro junto com o Jimin.

Hoseok*: Então foi isso galera, fechar cortinas. Essa nossa vida foi muito bacana, cada confusão, cada amor e cada filho.

Yumi *: Adorei fazer parte do Mini Bangtan.

Joohyun*: Adorei beber desde quando cresci.

Namjin*: Nós adoramos ter assumido e apostar tudo no nosso amor, porque ele nos levou a esse família maravilhosa que temos hoje.

Jimin*: Por hoje é isso pessoal, fechar as cortinas?

See*: Espelaaaaa eu quelo falar. Obligado por tudoooo eu amo faze pate da famíla Banguitã. Hihihi

Todos*: Ooooown.

Namjoon*: Deixa que eu fecho a cortina Jimin.. Vish acho que quebrei ela.

Jimin*: porra Namjoon não pode encostar um dedo no negócio e já quebra, Jungkook vem fechar a cortina.

Jungkook*: Hey você, você mesmo ai que tá lendo, você que me chama de Jungkook Oppa, você vai morrer antes do natal, então não me chame de oppa.. Brincadeirinha, Fechando a cortina da fanfic em


3


2


1

...


  Fim.


Créditos finais:

A neta do Jungkook, sim era menina e se chamava Margarida, depois de um tempo fez um ano e já aprendeu com o vovô que tomar toddynho é como tomar água.

  Yoongi voltou a trabalhar na máfia de Daegu mas dessa vez chamou seus esposos para trabalharem juntos, Taehyung cuidava da parte dos estilos das armas, produzindo a cada dia armas de novas cores formas e tamanhos. Hoseok trabalhava na parte de atirador de elite, ensinava os novos membros a terem mira boa e Yoongi administrava o local com sua filha.

Jimin e Jungkook entraram na máfia de Busan, Jimin era o estilista chefe de lá e Jungkook traficava Toddynho e espalhava para as crianças que não tinham condições de beber um bom toddynho de qualidade impecável, ele também fazia parte da elite parkour que ensinavam como fugir de polícia de uma maneira que não cansasse tanto.

O mini Bangtan continou sua vida, estudando e indo Para as baladas nas horas vagas mas como sempre os coelhinhos Jeung e Seung não iam, até porque agora tinham a filha pra cuidar também, Heung e Jasminn iam para as baladas de vez em quando pois cuidavam da Margarida e não gostavam de atrapalhar o casal Namjin por mais que esses não se incomodavam de olhar a netinha e a Margarida. 

Namjoon e Jin viraram os vovôs que cuidavam da netinha enquanto o filho ia estudar e trabalhar.

  Por decisão de Min Soohyou e a permissão de Seung e Namjeung, See, a filha deles, seria a próxima da linhagem a administrar corretamente a máfia de Daegu já que era a única herdeira pendente e Namjeung não discordou em deixar até porque oras, fazer parte de uma máfia ou ser dono dela não te faz uma pessoa ruim, até os mafiosos tem o seu bom coração pra fazer uma boa ação !



Notas Finais


Se eu to emocionada? Sim eu tô e muito, e pensar que eu morria de vergonha de postar essa fanfic e hoje é o último capítulo dela, pena que eu perdi contato com a pessoa que ficou Me incentivando a postar essa fic, se não fosse ela toda essa história estaria no bloco de notas sem nenhum leitor além de mim, tudo que criei realmente me faz ficar impactada, Yoongi é pai de sangue da Soohyou e também irmão de sangue do Seung, A See é sobrinha de sangue do Yoongi e prima da Soohyou mas ela vai crescer a chamando de tia né, a Yumi é tia de sangue da See enquanto a Soo é prima que bug louco que eu fiz e nem reparei, foi uma experiência boa pra uma primeira fic, primeira de muitas e espero que tenham gostado, obrigado por tudo amorzinhos ♡♡♡ Desculpem por qualquer coisa, erro ou comentário não respondido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...