1. Spirit Fanfics >
  2. Um Dono Diferente - JunHwan (REPOSTANDO). >
  3. Capítulo sete.

História Um Dono Diferente - JunHwan (REPOSTANDO). - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Capítulo sete.


Dia seguinte.

- Bom dia, Sook! - Jinhwan desejou, ao sentar-se de frente para o balcão. Está usando um moletom de manga azul marinho e um short leve que vai até a metade das coxas, usando nenhum calçado.

Sook sorriu para si. - Bom dia, Jin.

- Como foi a noite ontem?

- Maravilhosa, vamos se dizer assim. - respondeu, tendo alguns flashes da noite anterior. - E você, huh? Junhoe deixou a comida queimar?

- Não. - pendeu a cabeça e sorriu pequeno sem mostrar os dentes, lembrando do jeito cuidadoso que Junhoe preparou a comida e o quanto a mesma ficou saborosa.

- Já é de se esperar, Junhoe não iria fazer feio na sua frente. - comentou, deixando o bacon fritando, enquanto foi fazer o suco para o café da manhã.

Jinhwan fez uma expressão confusa. - Por que o Junhoe me trata bem? Não é somente na frente das câmeras que ele deve me tratar como namorado?

Sook suspirou, olhando para o menor. - Um dia você vai entender.

- O quê? Entender o quê? - franziu a testa.

- Já, já te servirei, Jin, pode assistir TV enquanto isso. - ignorou os questionamentos do outro, e mudou de assunto. - Ah, e pode por uma meia nesses seus pés, pois, não quero ver você esfriado.

- Ok, Sook.

Não foi a resposta que esperou, mas, não será incoveniente, insistindo e acabando aborrecendo a moça.

Depois de ter ido ao quarto pegar um par de meia, foi a sala e sentou-se no sofá, ligando a TV e parando em um desenho, se entretendo em poucos minutos.

[...]

Junhoe trabalhava tranquilamente quando a sua secretária bateu na porta, e sem vontade nenhuma, mandou-a entrar.

- Senhor Koo, os senhores de ontem estão aqui novamente. - informou, assim que ficou de frente para a mesa do seu chefe.

- Pode mandá-los entrar.

E foi o mesmo procedimento que ontem, a secretária saiu e os dois desocupados - apelido dado por Junhoe - entraram.

- Oi, primo! - Bobby comprimentou, sorrindo radiante, junto do seu namorado - que não está tão radiante como o outro, por ter sido obrigado a parar de assistir a sua série favorita para vir a empresa. - Sentiu saudades?

- Eu que pergunto. - Junhos rebateu. - Oi, Bobby.

- Oi, Junhoe.

- Então, primo, como você está?

- Vai logo ao ponto, Bobby. - exigiu, impaciente para papos banais.

Bobby assentiu, sentado em uma das cadeiras, igualmente a Hanbin. - Olha, não diz que foi eu que falei, mas, os tios estão indo lá para sua casa.

- O quê?! - Junhoe levantou da poltrona bruscamente, encarando o seu primo incrédulo.

- E já devem ter chegado, provavelmente. - Hanbin completou, ao concluir a hora no seu celular.

- Hmmm... O tio não gostou muito da sua resposta de ontem então decidiu fazer uma visita surpresa.

- Mas, ele sabe que não estou em casa nesse horário! - argumentou.

- É, primo, mas, ele quer conhecer o seu namorado, saber de onde ele veio, etc.

Instantaneamente, Junhoe congelou. Jinhwan, provavelmente, não sabe o que dizer, e isso pode despertar suspeitas em seus pais.

- Eu preciso ir para casa agora! - desligou o computador, depois de ter garantido que tudo está em ordem, e saiu correndo, avisando a secretária para que cuidasse de tudo, enquanto, estiver fora.

[...]

- Junhoe, como nunca falou de nós para o seu namorado? - a senhora Koo indagou ao filho, chocada quando o viu entrar no cômodo suado e ofegante.

- Mãe e pai, o que fazem aqui? - Junhoe perguntou, nervoso por dentro, mas, calmo por fora. Procurou Jinhwan e o viu em pé ao lado do seu sofá, assustado e nervoso.

- Viemos conhecer o novo membro da família, já que o nosso filho ingrato nem fez questão de fazer isso. - o senhor Koo respondeu ficando ao lado da esposa.

- Eu e o Jinhwan namoramos a pouco tempo, pai. - tentou soar educado, respirando fundo.

- Isto não explica o porquê da impressa ter sabido primeiro do que nós.

- Ok, me desculpe, pai. - preferiu não rebater. - Agora vocês já o conhecem, não?

- Não o suficiente.

Junhoe caminhou até Jinhwan ficando atrás do mesmo, pondo as mãos em seu ombro, fazendo uma massagem discreta para acalmá-lo. O dois mais velhos o acompanharam com o olhar. - No jantar o conhecerão como tanto desejam, por agora sem questionamentos.

E assim guiou o menor até as escadas, levando-o até o quarto, deixando os pais sozinhos na sala.

[...]

- D-Desculpe-me, senhor Koo! E-Eu... Não tive a intenção de deixá-lo em uma situação assim. - Jinhwan rapidamente disse, desculpando-se, enquanto mantinha a cabeça baixa e os olhos marejados. "É hoje que será punido?", questionou-se em seus pensamentos, rezando para que a resposta fosse não.

- Junhoe, não senhor Koo. E você não tem culpa. - Junhoe o puxou para os seus braços, abraçando-o e acariciando os seus fios de cabelo. - Meus pais que foram muito inconvenientes e decidiram vir aqui, sem, ao menos, me informar.

- Desculpa... - Jinhwan não escutou nada que Thomas disse-lhe, os seus pensamentos estão conturbados, lembrando-se das punições severas que aplicavam em si na boate... Lembrando-se do dia em que Charlie agrediu-o com chicotadas.

- Jinhwan, eu já disse que a culpa não é sua. - segurou-o nos ombros, deixando um selo singelo na testa do mesmo, em seguida enxugando suas lágrimas. - Olha, Jin, sente-se na cama que vou lá em baixo trazer um copo d'água para você, ok?

- Sim, senhor Koo. - assentiu, ainda soluçando. Foi até a cama fez o que foi pedido.

- Junhoe, Jin, Junhoe. - corrigiu-o novamente.

Jinhwan assim que esteve sozinho, respirou fundo e controlou o choro. Junhoe disse que a culpa não é sua, porém, pode ter dito aquilo apenas da boca para fora.

E com essa possibilidade, o seu medo só aumentou. "Hoje que Junhoe mostrará como realmente é?", questionou-se temendo pelo pior.

Espera que não, e que essa simpatia e gentileza fizesse parte, sim, de Junhoe. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...