História Um Elogio - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug)
Tags Céu, Elogio, Estrelas, Marichat
Visualizações 68
Palavras 491
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a dizer ;-; apenas perdoem qualquer errinho, ok?
;-;

Capítulo 1 - Brilhante


Marinette e Chat Noir estavam deitados no chão da varanda do quarto da mestiça olhando o céu estrelado

Fazia alguns meses que a azulada recebia as visitas do herói durante a noite.

Ele estava com a cabeça apoiada nos braços, enquanto Marinette escorava em seu peitoral.

O céu estava bem estrelado naquela noite. O clima não estava tão frio, nem tão quente. Mas por já ter anoitecido vinham uns ventos frios de vez enquando, fazendo Marinette usar um de seus moletons.

Chat Noir já estava inquieto. O silêncio era tão grande, e estavam tanto tempo parados. Ele estava ali para conversar e brincar com a azulada, não para ficar parado olhando para o céu.

Começou a se mexer inquietamente e Marinette percebeu.

- O que foi agora, Chat? – Revirou os olhos. Estava tudo tão bom, até o felino começar a se mover.

- Ah, princess... Está tão chato. – Suspirou, fazendo Marinette sentir seu peito subir e descer mais rapidamente no momento. – Eu vim aqui para conversar e encher seu saco! Não pra olhar a porra das estrelas!

- Pode ir parando, Chat Noir. – Sentou-se apoiando os braços no chão, ainda olhando para o céu. – As estrelas estão lindas hoje, nunca as vi tão brilhantes. E sem contar que estou bem zen ‘pra você vir me importunar.

O felino se sentou ficando na mesma posição que a amiga.

- Mais brilhante que essas estrelas sou eu. – Olhou para a mestiça ao seu lado. – Se gosta tanto de brilho, porque não olha para mim, Mari?

Marinette riu. O herói era mesmo uma comédia.

- Do que está rindo? Eu estou falando sério! – Fingiu-se de ofendido.

- Ai ai, gatinho... Você pode até brilhar mais que as estrelas, porém em um outro sentido. – Soltou um sorriso para o maior.

Ela não estava mentindo, Chat Noir, realmente tinha um brilho. Ele era diferente. Apesar das brincadeiras perversas tinha um grande coração, tinha um brilho especial. Mas provavelmente ele não entenderia o recado.

- Mari, vou te perguntar algo. Mesmo já tendo certeza da reposta... – Murmurou a última frase. – Eu sou lindo, não é? – Fechou os olhos, sentindo o vento balançar seus cabelos (o que aos olhos de Marinette chegava a ser uma cena bem sexy).

E mais uma vez a gargalhada da garota foi ouvida.

- Sim, você é, Chat Noir... – Balançou a cabeça rindo do convencimento dele

- Gostei disso!

- Disso o que? – Perguntou confusa.

- Desse elogio, ué! – Respondeu como se fosse a coisa mais óbvia – Eu sou tão lindo, Mari, que meu nome deveria ser considerado um elogio. Imagina: “Nossa, Marinette, você está tão Chat Noir hoje!”.

Marinette não queria admitir, mas havia gostado.

- Hm... É, acho legal...

- Legal? Minha ideia é Chat Noir, Marin!

A azulada bateu a palma da mão no rosto. Sabia que agora ele ficaria com essa mania.

- E... você está Chat Noir mesmo. – Sussurrou no ouvido da garota, fazendo-a corar com o comentário.



Notas Finais


É, descobri que gosto mesmo de escrever ones aleatórias heheh

Espero que tenha ficado bom <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...