História Um encontro com o amor - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Lésbico
Visualizações 4
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Orange, Saga, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiie, tudo bem ?espero que esteja ss

Capítulo 2 - Vamos se conhecer?


Curtindo a festa normalmente, fiquei só com duas garotas, eu tava quase bêbada. Mais não muito RS

Do nada chegou um cara loiro até que era bonito pra quem gosta, mais não é o meu caso, ele se aproximou de mim até demais. 

- oii, qual seu nome?

- Raquel, quem quer saber

- Rodrigo, eu no caso, tem namorado? 

- Hum,bom tchau. 

_ affs, que cara abusado, eu em .

Alguns minutos depois achei o Pedro , que não parava de correr atrás de um rabo de saia. 

- vamo embora cara, deu de festa pra mim hj. 

- Vamos sim,pq não pegou ninguém é? 

- Haha, e eu sou lá mulher de não pegar nenhuma garota em festa .

- É , eu sei você tem esse seu ego de pegadora, e vou te dizer, essa sua fama ainda pode te atrapalhar em algum momento. 

-  Que ego que nada, e não vai atrapalhar em nada , pois sou livre pra fazer o que eu quiser , e vamo logo. 

- tá não vou te falar mais nada. 

A gente foi embora, ele me deixou na minha casa, e provavelmente eu vou levar uma bronca do meu pai, pq são 04:34 da manhã, tipo ele é super liberal pra eu sair ,só não gosta que eu chegue tarde .

Entrei em casa,mais nem sinal de ninguém, então subi direto pro meu quarto, tomei um banho, no banheiro do meu quarto mesmo, e depois capotei de toalha mesmo. 

Na manhã seguinte acordei tarde ia dar meio dia , levantei tomei banho, fiz minhas higienes, e desce pra tomar um café pra despertar. Quando cheguei na cozinha meu pai tava sentado tomando uma xícara de café, e uma mulher que aparenta ser um pouco mais nova que ele ao seu lado.

- Bom dia, filha, que horas chegou ontem? 

- Bom dia pai, cheguei bem tarde , e pelo visto não foi só eu que dormi tarde. 

-Bom dia - disse a mulher ao seu lado. 

Eu acenei com a cabeça, peguei um copo com café e voltei pro meu quarto . 

Peguei meu celular, tinha algumas mensagens no whatsapp, entt fui ver, mais não era nada de interessante, só algumas meninas falando que gostou de ter ficado cmg e que quer me ver outra vez, o que não vai rolar.

_ Bom , não pense que eu sou um monstro, pq eu tô fazendo isso pelo bem delas, pq não quero namorar, não tô pronta para isso, é não sei se quero me entregar à alguém de novo , acho que nem sei namorar ou o que seja amor. Vou falar a vocês o porque. 

_No ano passado, eu tava no primeiro ano colegial e conheci uma garota chamada Brunna, da qual não quero muito mencionar o nome, agente se conhecia da escola mais ficamos próximas pq eu ia em festa e sempre encontrava ela lá, agente começou sair e algum tempo me peguei gostando dela , não sei direito o que era, daí começamos a namorar, no começo era bom até demais, mais depois começamos a brigarmuito, ela aparecia com marcas no corpo, eu perguntava e ela dizia que era eu quem fazia mais eu não me lembrava ,ela falava que era quando agente saia pra balada e festa quando eu bebia machucava ela, eu estranhei pq eu nunca fui agressiva, daí eu manerava na bebida pra não causar supostos ematomas nela, mais uma vez eu coloquei uma câmera pra filmar no meu quarto dela , pq nesse dia eu iria dormir na casa dela , aí fomos pra festa bebemos,demais até, fomos pra casa dela  , daí não me lembrava de mais nada depois de entrar no quarto dela , nem da câmera, passou uns dias eu me lembrei da câmera, fui na casa dela peguei a câmera sem que ela visse pra não ter briga , quando cheguei em casa fui logo ver ,mais o que eu vi me decepcionou tanto como uma facada. Dois dias depois de eu ter colocado a câmera no quarto dela , tinha um cara que eu já tinha visto na casa dela, que seria seu primo como ela sempre me dizia, mais no vídeo era outra coisa eles estavam transando, era ela com aquele idiota, enfiando àquele troço nela e ela amando aquilo. Aquilo me destruiu muito, me deixou fria com um vazio, eu só terminei com ela , sem dizer o porque mais acho que ela devé ria imaginar porque seria. 

Bom, agente se afastou ,ela tinha ido para outro estado, mais três messes atrás voltou. E despertou em mim uma raiva enorme, não pq eu ame ela pq eu não amo mais, mais por pensar que eu já amei.

_ chega de falar do passado, fui logo ver o que o Pedro mandou. 

       Mensagem on :

P = oii, acorda mana, vamo sair? Vai ter menina.

R= oi, tô acordada, vamos mais pra onde? 

P= pro quiosque do parque.quer que eu vá te buscar? 

R= Eu vou de moto mesmo, tem vejo lá.

Coloquei uma roupa confortavel, e desce, peguei as chaves e fui.

 Cheguei lá, deixei a moto em qualquer lugar, e caminhei para o quiosque, que fica no parque , é mais uma floresta . Andei mais um pouco e logo vi a galera e logo abri um sorriso ao reparar que a morena na noite passada tava lá .

- Eaii gente feia rs. < falei 

- Eaiii branquela  < disse todos.

- Haha pra vcs . Quero cerveja. 

- pega  < o lugar jogou uma bebida pra mim 

- Oi, vê se não baba hj tá rs  < falou a moreninha 

- Pode deixar  < falei e pisquei pra ela.

- Oi amor, tá fazendo o que? <falou o Cara de ontem o tal Rodrigo. 

- Amor é uma merda não sou mais sua namorada. 

- Nem começa. 

- Nem começa você ,não gosto de vc idiota. 

Ele tentou agarrar ela , mais eu interfire. 

- Ou ,ela não quer você amigo então mete o pé. 

- Não se entromete sua Maria homem,ninguém te chamou na conversa.

- Eu chamei ,não é Raquel?

- É sim Bianca Rafaela. 

- Só Bia ou só Rafa. 

- Tá bem, bia rs

Juntou a galera toda em uma roda e ficamos todos conversando, a Bia sentou ao meu lado. Agente começou a conversar de tudo, ela me falou bastante dela. 

- Você não é daqui é, tipo nunca te vi.

- Ah eu não sou, moro na Califórnia, mais vou me mudar pra cá semana que vem , meus pais gostaram daqui.

- Ah , que bom, mais pq aqui , pq Londres? 

- Aqui é calmo , lindo e minha avó mora aqui. 

- Ah , quem é sua avó, vai que eu conheço. 

- Ah, acho que não, ela é bibliotecária, chama Rose. 

- Não brinca, conheço sim , eu vou lá quase todos os dias, pra conversar com ela e pegar livro, ela dá ótimos conselhos.

- Mdss, é ela da mesmo. 

Agente conversou bastante sobre a cidade onde ela morava e tal. E eu com curiosidade perguntei sobre o Rodrigo .

- e o Rodrigo? 

- O que tem ele?

- Ah você estão juntos? 

- Não, agente namorava, bem não era um namoro era mais um fica e não gosto dele se isso que você queria saber, rs ,tô diferente sabe?

- rs, dinerente como? 

- curiosa pra algumas coisas !

- tipo? 

- mulher ! Você! 

-  como assim ? Mulher , eu ?

- atração por mulher. 

- você é lésbica também? 

- não...

- bi? 

- eu sou curiosa. Mais é complicado.

Agente conversou bastante sobre isso, é depois ela mudou de assunto, conversamos de tudo um pouco, ela me deu seu número. E agente foi embora já era umas 18:00, então fui pra casa tomei um banho , jantei e fui dormir. 








Notas Finais


Bom foi esse o segundo capítulo, talvez eu poste outro ainda hoje bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...